Accessibility / Report Error

Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae) como potencial polinizador de Brassica napus (cv. Hyola 432) (Brassicaceae), no Sul do Brasil

AS. Rosa B. Blochtein NR. Ferreira S. Witter Sobre os autores

Brassica napus Linnaeus é considerada uma cultura autocompatível, entretanto, estudos indicam que o forrageio de abelhas eleva sua produtividade de sementes. Considerando-se a escassez de alimento para abelhas no inverno e a canola sendo uma cultura desse período, objetivou-se avaliar o comportamento de forrageio de Apis mellifera Linnaeus, 1758 nas suas flores e verificar se apresenta comportamento propício ao sucesso de polinização dessa cultura no Rio Grande do Sul. O estudo foi desenvolvido em lavoura de canola, no Sul do Brasil. Os estágios da antese foram caracterizados morfologicamente e relacionados à receptividade do estigma e à viabilidade dos grãos de pólen. Paralelamente, o comportamento de indivíduos de A. mellifera nas flores foi acompanhado, considerando-se o número de flores visitadas por planta, o tempo de permanência nas flores, as estruturas tocadas e os recursos coletados. A fidelidade floral foi inferida analisando-se a carga polínica de abelhas coletadas em flores. As abelhas visitaram entre 1-7 flores/planta (x = 2,02; sd = 1,16), o tempo de permanência nas flores variou entre 1-43 segundos (x = 3,29; sd = 2,36) e, ao buscarem néctar e pólen, invariavelmente tocavam anteras e estigmas. A carga polínica apresentou 100% de pólen de B. napus. A visita a poucas flores/planta, a curta permanência sobre as flores, o contato das abelhas com anteras e estigma e a plena constância floral, permitem considerá-las como potenciais polinizadoras de B. napus.

comportamento; canola; abelhas melíferas; antese; polinização


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br