Primeiro registro de larvas de Hysterothylaciumsp. Moravec, Kohn et Fernandes, 1993 (Nematoda: Anisakidae) infectando o peixe ornamental Hyphessobrycon eques Steindachner, 1882 (Characiformes, Characidae)

AA Acosta RJ Silva Sobre os autores

Resumo

Este estudo reporta pela primeira vez infecção com larva de Hysterothylacium sp. no peixe ornamental Hyphessobrycon eques do rio Paranapanema, reservatório de Jurumirim, estado de São Paulo, Brasil. Uma amostra de 33 spécimens de H. eques foi coletada em Outubro de 2011. Quatro espécimes de H. eques estavam parasitados por larva de Hysterothylacium sp. no intestino de cavidade celomática, com prevalência baixa de 12,1%, intensidade média de infecção de 1 e abundância média de 0,121 ± 0,05. Um total de 40 nematóides livres não identificados foi encontrado no conteúdo estomacal de 17 peixes. Esta espécie de peixe é introduzida no rio Paranapanema. Espécies invasoras podem afetar a fauna nativa dada a introdução de patógenos e parasitas. Este estudo também complementa os dados de alimentação de H. eques devido os registros de nematoides de vida livre como parte do conteúdo estomacal. Infecções com larva de Hysterothylacium sp. afetam a biologia deste peixe e pode ocasionar prejuízos para aquaristas.

Palavras-chave:
caracídeo; helminto; nematoda; parasitas; doença

Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br