Dois novos isolados brasileiros de Bacillus thuringiensis tóxicos para Anticarsia gemmatalis (Lepidoptera: Noctuidae)

Bacillus thuringiensis é uma bactéria utilizada na produção de biopesticidas e de plantas resistentes às pragas por causa da síntese de cristais proteicos pelos genes cry, os quais são eficazes no controle de diversas ordens de insetos, como os lepidópteros. O presente trabalho objetivou a avaliação e a caracterização de dois novos isolados de B. thuringiensis ativos contra lagartas de A. gemmatalis (Hübner 1818), que é a principal praga da cultura da soja. Os resultados obtidos revelaram que o isolado Bt117-4 amplificou fragmentos correspondentes aos genes cry2 e cry9, sendo que os fragmentos proteicos sintetizados foram equivalentes a 130, 90 e 45 kDa. O isolado Bt3146-4 amplificou fragmentos de DNA que correspondem ao gene cry9 e sintetizou fragmentos proteicos de 70, 58, e 38 kDa. Os dados de microscopia eletrônica de transmissão revelam a presença de cristais proteicos em ambos os isolados. A CL50, com proteínas Cry purificadas de Bt117-4 e Bt3146-4, correspondeu a 0,195 e 0,191 µg lagarta-1, respectivamente. Os dois isolados de B. thuringiensis selecionados neste trabalho mostraram-se eficientes no controle da lagarta-da-soja em laboratório, sendo recomendada sua avaliação a campo para posterior aplicação na formulação de biopesticidas ou como fonte de genes cry para a obtenção de plantas geneticamente modificadas resistentes à Anticarsia gemmatalis.

Lepidoptera; lagarta-da-soja; genes cry; Bacillus thuringiensis


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br