Brazilian Journal of Biology, Volume: 65, Número: 4, Publicado: 2005
  • Editorial Note

  • Morfogênese das galhas induzidas por Baccharopelma dracunculifoliae (Hemiptera: Psyllidae) em folhas de Baccharis dracunculifolia (Asteraceae)

    Arduin, M.; Fernandes, G. W.; Kraus, J. E.

    Resumo em Português:

    Morfogênese das galhas induzidas por Baccharopelma dracunculifoliae (Hemiptera, Psyllidae) em folhas de Baccharis dracunculifolia (Asteraceae). A galha entomógena mais comum em folhas de Baccharis dracunculifolia (Asteraceae) é induzida por Baccharopelma dracunculifoliae (Hemiptera, Psyllidae). O inseto galhador ataca tanto folhas jovens não distendidas quanto as completamente distendidas. Quatro fases de desenvolvimento foram observadas nesse tipo de galha: 1) Fase de dobramento, na qual o limbo dobra-se ao longo da nervura central e devido à aproximação das margens, uma fenda é formada na porção superior da folha. Uma câmara única está presente na face adaxial da lâmina foliar; 2) Fase de intumescimento, em que a folha dobrada torna-se espessada e suas margens aproximam-se, fazendo com que a fenda se estreite. Nesta fase, a galha está madura, suculenta e fusiforme, apresentando coloração verde claro. A câmara ninfal abriga de 1 a vários indutores e é recoberta por cera branca; 3) Fase de deiscência, caracterizada pela abertura da fenda, liberando os indutores; e 4) Fase de senescência, quando torna-se escura e seca. O sistema de revestimento da galha madura é formado por epiderme uniestratificada. O mesofilo apresentou-se intumescido, devido principalmente à hiperplasia do tecido parenquimático. Na nervura central, os tecidos vasculares mostraram-se conspícuos e as fibras perivasculares com aspecto semelhante ao de células parenquimáticas. Nas cavidades secretoras hipertrofiadas, o conteúdo lipofílico era escasso. Nessa galha não se formou tecido nutritivo, mas foram vistas bainhas salivares deixadas pelos indutores junto ao parênquima, aos feixes vasculares e às cavidades secretoras. Os estudos feitos complementam as informações sobre a biologia da galha e contribuem para a compreensão da plasticidade dos tecidos vegetais estimulados por fatores bióticos.

    Resumo em Inglês:

    The commonest insect gall on Baccharis dracunculifolia (Asteraceae) leaves is induced by Baccharopelma dracunculifoliae (Hemiptera, Psyllidae). The gall-inducing insect attacks young leaves in both the unfolded and the fully expanded stages. Four developmental phases were observed in this type of gall: 1) A folding phase, during which the leaf lamina folded upward alongside the midrib and the edges of the upper portion of the leaf approached each other, forming a longitudinal slit. A single chamber was formed on the adaxial surface of the leaf; 2) A swelling phase, in which the folded leaf tissues thickened and the edges of the leaf drew closer together, narrowing the slit. In this phase the gall matured, turning succulent, fusiform and pale green. The single nymphal chamber was lined with white wax and was able to house from one to several nymphs; 3) A dehiscence phase, characterized by the opening of the slit to release inducers; and 4) A senescence phase, when the gall turned dark and dry. The dermal system of the mature gall was composed of a single-layered epidermis. The mesophyll was swollen, and the swelling was due mainly to hyperplasia of the parenchyma. The vascular tissues along the midrib vein were conspicuous and the perivascular fibers resembled parenchymal cells. The hypertrophied secretory cavities contained low lipophylic content. This gall does not form nutritive tissue, but salivary sheaths left by the inducers were observed near the parenchyma, vascular bundles and secretory cavities. This study complements our current knowledge of gall biology and sheds further light on the plasticity of plant tissues stimulated by biotic factors.
  • Efeito das operações de dragagem sobre a macrofauna de fundos moles em uma área portuária, região estuarina da Lagoa dos Patos, sul do Brasil

    Bemvenuti, C. E.; Angonesi, L. G.; Gandra, M. S.

    Resumo em Português:

    Objetiva-se avaliar a resposta da associação de macroinvertebrados bentônicos ao efeito de dragagens do canal de acesso ao Porto de Rio Grande, na região estuarina da Lagoa dos Patos, RS, Brasil. Foram tomadas 3 amostras em nove estações de coleta, durante quatro cruzeiros sazonais. Uma das estações foi posicionada a montante da área dragada. As coletas foram efetuadas com um pegador van Veen de 0,08 m². A análise de classificação (Similaridade Bray-Curtis) agrupou as estações de verão e outono, realizadas antes do início das dragagens, as quais mostraram maiores valores do número de espécies (35-36 spp) e das densidades do macrozoobentos. A estação localizada a montante da área de dragagem esteve sempre incluída neste grupo, independente do período de amostragem ou das condições de salinidade na região estuarina. Um segundo grupo incluiu as estações realizadas na primavera e no inverno, que coincidiram com o período de dragagem. Estas estações apresentaram menor número de espécies (20-18 spp.) e densidades, mas com um aumento da variância. A eficiente estratégia de resiliência das espécies estuarinas dominantes pode minimizar o efeito da dragagem sobre a biota, através de uma rápida recolonização das áreas dragadas no canal de acesso ao Porto de Rio Grande.

    Resumo em Inglês:

    An evaluation was made of the effects of dredging on the soft bottom community in the channel of the Rio Grande harbor in the Patos Lagoon estuarine region of southern Brazil. During four seasonal cruises, samples were collected from nine biological stations, one of which was located outside the dredged area. Three macrobenthic samples were collected on each cruise from each station, using a 0.08 m² van Veen grab. A cluster analysis was applied to group summer and autumn cruise stations before the dredging period, revealing larger numbers of species (35-36 spp.) and higher densities of organisms. The station located outside the dredging area was always included in this group, regardless of the sampling period or conditions of salinity. Another group comprised the winter and spring stations during the dredging period. This group was characterized by stations with the fewest species (20-18 spp.) and the lowest and most variable organism densities. The efficient strategies of resilience of the dominant estuarine species may minimize the effects of dredging on the biota through the rapid recolonization of the soft bottom of the harbor channel.
  • Uso do hábitat por Oryzomys subflavus (Rodentia) numa formação aberta de moitas no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, RJ, Brasil

    Bergallo, H. G.; Luz, J. L.; Raíces, D. S.; Hatano, F. H.; Martins-Hatano, F.

    Resumo em Português:

    A Restinga de Jurubatiba possui pelo menos 10 formações vegetais, entre elas a Arbustiva Aberta de Clusia. Esta formação é constituída por moitas densas de várias formas e tamanhos, sendo a espécie Clusia hilariana uma das mais importantes. Moitas com Clusia (CC) têm menor riqueza vegetal e são menos densas que moitas sem Clusia (SC). Oryzomys subflavus (Rodentia) é a espécie mais abundante de pequeno mamífero na Arbustiva Aberta de Clusia. Nós testamos a hipótese que a abundância do roedor aumentaria com o tamanho da área da moita e seria maior em moitas SC. Os roedores foram capturados, marcados e soltos em três transectos de 780 metros de extensão. Em cada ponto de armadilhamento, nós avaliamos a forma da moita, calculamos sua área e anotamos se era uma moita CC ou SC. Nós testamos por ANCOVA, se a abundância de O. subflavus aumentava com a área amostrada e se diferenciava em moitas CC ou SC. Nós também testamos se o tamanho das moitas usadas pelos roedores variavam na mesma freqüência que o tamanho de moitas disponíveis. A abundância do roedor aumentou com o aumento da área, mas as retas de regressão das moitas CC e SC não diferiram nem na inclinação e nem na elevação. O padrão na abundância de O. subflavus em diferentes classes de tamanho de moitas não diferiu do número disponível de moitas observadas por classes. Esses resultados indicam que O. subflavus é uma espécie generalista na área estudada, usando o hábitat de acordo com o que está disponível.

    Resumo em Inglês:

    The Restinga de Jurubatiba has at least 10 plant formations, including open Clusia shrubland. This formation is composed of dense shrubs of many shapes and sizes, where Clusia hilariana is one of the most important plant species. Shrublands with Clusia (CC) are poorer in plant species and less dense than shrublands without Clusia (SC). Oryzomys subflavus (Rodentia) is the most abundant small mammal species in the open Clusia shrubland. We tested the hypothesis that the abundance of rodents would increase with the size of the patch and would be higher in SC shrublands. Rodents were captured, marked and released in three 780-m-long transects. At each capture site, we evaluated the shape of the shrubland patch, calculated the area and noted the category of the shrubland. Using ANCOVA, we ascertained whether the abundance of Oryzomys subflavus increased with the sampled area and used CC and SC shrublands differently. We also verified if the size of patches used by rodents varies in the same frequency as the size of available shrublands. Rodent abundance was found to increase significantly with the area. There were no differences in the size of the patches used by rodents and the frequency of the size of available patches. This finding indicates that O. subflavus, in the study area, is a generalist species that uses its habitat according to availability.
  • Influência da transmissão serotonérgica e da ação 5-HT2C pós-sináptica no comportamento alimentar em Coturnix japonica (Galliformes: Aves)

    Cedraz-Mercez, P. L.; Almeida, A. C.; Costa-e-Sousa, R. H.; Badauê-Passos Jr., D.; Castilhos, L. R.; Olivares, E. L.; Marinho Jr, A.; Medeiros, M. A.; Reis, L. C.

    Resumo em Português:

    Investigamos nesse estudo o papel dos receptores 5-HT2C e da transmissão serotonérgica no controle do comportamento alimentar em codornas. Em grupo de aves em jejum, a administração do liberador de serotonina, fenfluramina (FEN) e dos agonistas 5-HT2C, mCPP e MK212, nas doses de 1,0 e 3,3 mg/Kg induziu a uma redução significativa da ingestão alimentar (0,71 ± 0,18 g e 0,47 ± 0,2 g; 0,49 ± 0,22 g e 0,48 ± 0,29 g; 0,82 ± 0,13 g e 0,71 ± 0,16 g; respectivamente). A ingestão de alimento nos grupos controles variou de 2,89 ± 0,21 g a 2,97 ± 0,22 g, 60 min após a reapresentação de alimento, P < 0,0001). Resultados similares foram obtidos com as codornas normoalimentadas. Tanto o liberador de serotonina, FEN, quanto os agonistas 5-HT2C, mCPP e MK212 em doses de 3,3 mg/Kg induziram resposta hipofágica (FEN, 0,78 ± 0,08 g; mCPP, 0,89 ± 0,07 g; MK212, 1,25 ± 0,17 g vs. controles, 2,05 ± 0,12 g, 120 min após a oferta de alimento, P < 0.0001 a P < 0.01). A administração prévia do antagonista 5-HT2C, LY53857 (5,0 mg/Kg) bloqueou a resposta hipofágica induzida pelos agonistas 5-HT2C, 60 min após a apresentação de alimento. Os resultados obtidos demonstram o papel modulatório da liberação de serotonina e dos receptores pós-sinápticos 5-HT2C, no controle do comportamento alimentar de codornas.

    Resumo em Inglês:

    We investigated the role of 5-HT2C receptors and serotonergic transmission in the feeding behavior control of quails. Administration of serotonin releaser, fenfluramine (FEN) and 5-HT2C agonists, mCPP and MK212, 1.0 and 3.3 mg/Kg induced significant inhibition of food intake in previously fasted fowls (0.71 ± 0.18 g and 0.47 ± 0.2 g; 0.49 ± 0.22 g and 0.48 ± 0.29 g; 0.82 ± 0.13 g and 0.71 ± 0.16 g, respectively). Control groups ranged from 2.89 ± 0.21 g to 2.97 ± 0.22 g, 60 min after reintroduction of food, P < 0.0001). Similar results were obtained with normally fed quails. Both serotonin releaser and 5-HT2C agonists, in a 3.3 mg/Kg dose, induced hypophagy (FEN, 0.78 ± 0.08 g; mCPP, 0.89 ± 0.07 g; MK212, 1.25 ± 0.17 g vs. controls, 2.05 ± 0.12 g, 120 min after food was presented, P < 0.0001 to P < 0.01). Previous administration of 5-HT2C antagonist, LY53857 (5.0 mg/Kg) blocked the hypophagic response induced by 5-HT2C agonists 60 min after food was reintroduced. Current data show a modulatory role of serotonin release and postsynaptic 5-HT2C receptors in the feeding behavior of quails.
  • Variação sazonal da hidroquímica em uma lagoa costeira tropical (Lagoa do Açu, Brasil)

    Chagas, G. G.; Suzuki, M. S.

    Resumo em Português:

    Condições hidroquímicas da lagoa do Açu são descritas usando a variação espacial e temporal de algumas variáveis limnológicas (temperatura da água, oxigênio dissolvido (OD), condutividade elétrica, alcalinidade total, CO2, nutrientes dissolvidos e totais (N, P, Si) e clorofila a para entender a estrutura e funcionamento de uma lagoa costeira isolada e fortemente influenciada pela sazonalidade. Amostras de água foram coletadas mensalmente (novembro 1999 a dezembro 2000) em cinco estações de amostragem estabelecido ao longo da lagoa. Um gradiente espacial decrescente de condutividade elétrica foi observado da região da barra de areia, que separa a lagoa do mar, em direção a região que recebe entrada de água doce. A correlação positiva entre os valores de pH e oxigênio dissolvido, e negativa observada destes com o CO2, evidencia o acoplamento de processos biológicos, como o de produção primaria e de decomposição. A variação espaço temporal de nutrientes dissolvidos mostrou um rápido incremento e redução da concentração de nutrientes dissolvidos no inicio do verão, sugerindo que a entrada de nutrientes pelas chuvas é um fator que estimula o crescimento fitoplanctônico, refletido pelo aumento da concentração de clorofila a.

    Resumo em Inglês:

    Hydrochemical conditions in the Açu Lagoon are described using spatial and temporal variations of various limnological variables (water temperature, dissolved oxygen, electric conductivity, total alkalinity, carbon dioxide, dissolved and total nutrients (N, P and Si), and chlorophyll a). Collected data was used in order to understand the structure and functioning of an enclosed coastal lagoon strongly influenced by climatic conditions. Water samples were collected monthly (November 1999-December 2000) in five sampling stations established along the lagoon. A decreasing spatial gradient of electrical conductivity was observed beginning from a sand bar region between the lagoon and the sea in the direction of the sweet-water input area. The positive correlation observed between the pH and dissolved oxygen (DO) values, and the negative one observed between pH values and those of carbon dioxide (CO2), evidenced coupled biological processes, e.g., primary production and decomposition. Both spatial and temporal variation of dissolved nutrients showed fast increase and decrease in the beginning of summer, suggesting that nutrient input resulting from rainfall stimulates phytoplankton production, as reflected by chlorophyll a concentration increase.
  • Desenvolvimento ovariano do acará disco Amazônico, Symphysodon discus Heckel (Osteichthyes: Cichlidae)

    Chellappa, S.; Câmara, M. R.; Verani, J. R.

    Resumo em Português:

    O acará disco, Symphysodon discus, é um ciclídeo neotropical originário da bacia Amazônica e seu corpo apresenta formato discoidal. Embora esta espécie seja popularmente utilizada em aquariofilia e exportada como peixe ornamental, ainda é pouco estudada. Este trabalho teve como objetivo estudar os aspectos morfológicos e histológicos do desenvolvimento ovariano do acará disco. Para este estudo foram utilizadas 40 fêmeas de S. discus, de tamanhos diferentes, em várias fases de desenvolvimento gonadal. Os ovários foram pesados e examinados macroscopicamente para observar os estádios de maturação. Para as observações microscópicas dos ovários foi utilizada coloração de hematoxilina-eosina. Os resultados da análise macroscópica apresentaram os estádios de desenvolvimento ovariano imaturo, em maturação, maduro e parcialmente esvaziado. A análise microscópica dos ovários revelou cinco estádios e cinco fases de desenvolvimento ovariano. Os ovários das fêmeas maduras apresentaram todas as diferentes fases de desenvolvimento ovocitário, indicando a desova múltipla para a espécie estudada.

    Resumo em Inglês:

    The Neotropical red discus fish, Symphysodon discus, originates from the Amazonian basin and has a discoid body. Although this species is popularly used in aquaria and is exported as an ornamental fish, it has not been intensively studied. The purpose of this work was to study the morphological and histological aspects of the ovarian development in the red discus. Forty females of S. discus of varying body sizes and different stages of gonadal development were used in this study. The ovaries were weighed and examined macroscopically in order to observe the maturation stages. Histological staining of hematoxilin-eosin was used for microscopic observations of the ovaries. Macroscopic observations showed immature, maturing, mature and partially spent stages of ovarian development. Microscopic examination of the ovaries revealed five stages and five phases of ovarian development. The ovaries of the mature females showed all the different phases of oocyte development, indicating the multiple spawning habit of this species.
  • Aplicando o ganho de peso em Pomacea lineata (Spix, 1824) (Mollusca: Prosobranchia) como uma medida de toxicidade a herbicida

    Coler, R. A.; Coler, R. R.; Felizardo, E. K. G.; Watanabe, T.

    Resumo em Português:

    Pomacea lineata, um molusco amplamente distribuído e considerado como peste em plantações de arroz no Oriente, pode ser considerado como um valioso recurso para monitorar a qualidade da água no Nordeste do Brasil. Neste trabalho, apresentamos dados que demonstram que o incremento de peso em moluscos neonatos é uma medida consistente que responde eficientemente ao estresse imposto por concentrações tóxicas subletais dos herbicidas Paraquat e Round-up. Os resultados de crescimento para avaliar a toxicidade crônica foram obtidos em experimentos de quatro e quatro, oito, doze e dezesseis dias para Paraquat e Round-up, respectivamente. A maior concentração de efeito não observado (NOEC) e a menor concentração de efeito observado (LOEC) para Paraquat, após 96 horas, foram respectivamente de 0,12 e 0,25 mg/L. Para o Round-up, os valores de NOEC e LOEC estimados foram respectivamente de 0,25 e 0,5 mg/L. Todas as concentrações de Round-up testadas após 192 horas de exposição provocaram diminuições nas taxas de crescimento, sendo significativamente diferentes do controle. Conseqüentemente não pode ser estimado o valor de NOEC. O valor de LOEC foi menor do que 0,12 mg/L. Além disso, não houve nenhuma mortalidade durante o teste. Por conseguinte, nenhum NOEC pôde ser derivado e o LOEC era < 0,12 mg/L. Para as mais baixas concentrações de Paraquat testadas (0,005 mg/L), houve um aumento do crescimento que foi significativamente maior que o controle, sugerindo a ocorrência de um efeito hormético.

    Resumo em Inglês:

    Pomacea lineata, an extremely ubiquitous snail and pest to rice farmers throughout Asia, holds promise as a valuable resource for monitoring water quality in northeast Brazil. In this paper, we present data demonstrating the rate of weight gain in P. lineata neonates as a consistent measure of the stress imposed by sublethal concentrations of the herbicides Paraquat and Round-up. Our secondary agenda is to demonstrate the feasibility of incorporating bioassay into the standard municipal and state procedure of monitoring water quality. Growth data to assess chronic toxicity were generated in experiments of four and four, eight, twelve and sixteen days for Paraquat and Round-up, respectively. We estimated a 96 h no observed effect concentration (NOEC) and lowest observed effect concentration (LOEC) for Paraquat of 0.12 and 0.25 mg/L. The 96 h Round-up data yielded NOEC and LOEC values, respectively, of 0.25 and 0.5 mg/L. All concentrations of Round-up tested for the 192 h exposure yielded significantly lower growth than the control. Consequently, no NOEC could be derived. The LOEC was < 0.12 mg/L. Furthermore, there was no mortality during the test. At the lowest concentrations of Paraquat tested (0.005 mg/L) there was a significant increase in growth compared with the controls, suggesting a hormetic effect.
  • Chave ilustrada para machos adultos de Fannia Robineau-Desvoidy neotropicais pertencentes ao subgrupo pusio (Diptera, Fanniidae)

    Couri, M. S.

    Resumo em Português:

    As onze espécies neotropicais de Fannia pertencentes ao subgrupo pusio (grupo canicularis), são chaveadas - F. dodgei Seago; F. femoralis (Stein); F. pamplonae Couri & Araújo; F. parafemoralis Araújo & Couri; F. paraisensis Araújo & Couri; F. punctivervis Malloch; F. pusio (Wiedemann); F. sabroskyi Seago; F. snyderi Seago; F. trimaculata (Stein); F. trimaculatoides Couri & Pamplona. A chave é direcionada apenas para os machos e as ilustrações auxiliam na visualização dos caracteres.

    Resumo em Inglês:

    The 11 neotropical species of Fannia belonging to the pusio sub-group (canicularis group), are keyed -F. dodgei Seago; F. femoralis (Stein); F. pamplonae Couri & Araújo; F. parafemoralis Araújo & Couri;F. paraisensis Araújo & Couri; F. punctivervis Malloch; F. pusio (Wiedemann); F. sabroskyi Seago;F. snyderi Seago; F. trimaculata (Stein); F. trimaculatoides Couri & Pamplona. The key is addressed only to the males and the illustrations help in the visualization of the characters.
  • Novos dados sobre Philornis seguyi Garcia (1952) (Diptera, Muscidae)

    Couri, M. S.; Rabuffetti, F. L.; Reboreda, J. C.

    Resumo em Português:

    Philornis Meinert é um gênero muito interessante de Muscidae (Diptera), com larvas associadas a várias espécies de aves. Philornis seguyi Garcia (1952) foi descrita da Argentina e, até o momento, apenas a descrição da fêmea e a sua associação com uma espécie de aves eram conhecidas. Durante as estações de procriação nos anos de 2000-2002, exemplares de Philornis foram coletados em seis espécies de aves na província de Buenos Aires, Argentina. Todos os exemplares foram identificados como P. seguyi. O material coletado ensejou a descrição da larva, pupário, macho adulto, e terminália do macho e da fêmea. Todas as associações com hospedeiros assinaladas - Mimus saturninus (Mimidae), Troglodytes aedon (Troglodytidae), Pitangus sulfuratus (Tyrannidae), Pyrocephalus rubinus (Tyrannidae), Satrapa icterophrys (Tyrannidae), e Molothrus bonariensis (Icteridae) em ninhos de M. saturninus e Troglodytes aedon, são novas para P. seguyi. Dados sobre a biologia desta espécie também são apresentados.

    Resumo em Inglês:

    Philornis Meinert is a very interesting Muscidae (Diptera) genus whose larvae are associated with a wide range of bird species. The existing description of Philornis seguyi Garcia (1952), which was reported in Argentina, so far involves only the female. During the 2000-2002 breeding seasons, we collected Philornis flies from six bird species in Buenos Aires province, Argentina. All the flies were identified as P. seguyi. Based on this material, we describe the larva, puparium, adult male, and male and female terminalia. All the host associations presented here - Mimus saturninus (Mimidae), Troglodytes aedon (Troglodytidae), Pitangus sulfuratus (Tyrannidae), Pyrocephalus rubinus (Tyrannidae), Satrapa icterophrys (Tyrannidae) and Molothrus bonariensis (Icteridae) in nests of M. saturninus and Troglodytes aedon - are new for P. seguyi. We also present some data on the biology of the species.
  • Tabanidae (Diptera) do estado do Maranhão, Brasil: I. descrição de Stibasoma (Stibasoma) bella sp. n.

    Limeira-de-Oliveira, F.; Rafael, J. A.

    Resumo em Português:

    Um espécime de Stibasoma (Stibasoma) bella sp. n. coletado no município de Carolina é descrito e ilustrado, representando o primeiro registro do gênero no estado do Maranhão, Brasil.

    Resumo em Inglês:

    A specimen of Stibasoma (Stibasoma) bella n. sp. collected in the municipality of Carolina is described and illustrated, representing the first record of this genus in the state of Maranhão, Brazil.
  • Biologia reprodutiva de Astyanax Janeiroensis (Osteichthyes, Characidae) do Rio Ubatiba, Maricá, RJ

    Mazzoni, R.; Mendonça, R. S.; Caramaschi, E. P.

    Resumo em Português:

    Foram analisados aspectos da biologia reprodutiva de Astyanax janeiroensis do rio Ubatiba - Maricá, RJ, afim de discutir se a estratégia adotada possui alguma relação de causalidade com as variáveis ambientais. Os espécimens foram coletados mensalmente, entre outubro 1994 e setembro 1995, mediante pesca elétrica. A proporção sexual não diferiu significativamente do esperado 1:1 (G = 1.29; p > 0.50); mas, considerando-se 3 classes de tamanho distintas, foi registrada diferença significativa, com predomínio de fêmeas, na classe de maior tamanho (G = 11,07; p < 0,01). O tamanho médio da 1ª maturação não apresentou diferença significativa entre os sexos. A análise da relação entre o peso e o indicou alometria negativa para os machos e isometria para as fêmeas. A estrutura de tamanho foi significativamente diferente entre os sexos sugerindo que as fêmeas alcançam tamanho superior ao dos machos (D = 0,027, p < 0,01). Foram registrados indivíduos reprodutivos ao longo de nove meses do ciclo anual. A variação temporal de indivíduos reprodutivos, de duas classes de comprimento, indicou comportamento assincrônico com os exemplares de maior tamanho reproduzindo durante um maior intervalo de tempo e os exemplares menores com reprodução restrita a alguns meses do ciclo anual. Altos valores de fecundidade foram registrados, variando de 3169 a 18714 ovócitos para peixes de 9,1 a 10,2 cm, respectivamente. Análises de correlação, entre peso total e o número de ovócitos/unidade de peso, apresentou correlação positiva e indicou que os espécimes maiores produzem mais ovos.

    Resumo em Inglês:

    Aspects of the reproductive biology of Astyanax janeiroensis in the Ubatiba river in Maricá, RJ, Brazil were evaluated in order to ascertain whether the strategy adopted by the species is causally related to environmental variables. Specimens were collected on a monthly basis from October 1994 to September 1995, through electrofishing. The Sex ratio was not significantly different from the expected frequency of 1:1 (G = 1.29; p > 0.50); nonetheless, considering three standard length classes, significantly larger numbers of females were recorded for the higher SL class (G = 11.07; p < 0.01). Size at first maturation showed no significant differences between sexes. Length-weight ratio analyses showed negative allometry for males and isometry, for females. Length structure was significantly different between sexes, suggesting that females are larger than males (D = 0.027, p < 0.01). Reproductive specimens were recorded during nine months of the annual cycle. Seasonal variations of reproductive specimens belonging to two different standard length classes displayed an asynchronous behavior, with larger specimens having a longer reproductive period and smaller ones reproducing for fewer months during the annual cycle. High values of fecundity (F), varying from 3169 to 18714 oocytes, were recorded for fish of 9.1 and 10.2 cm lengths, respectively. The correlation between weight and number of oocytes/unit of weight was positive, indicating that larger specimens produced more eggs.
  • Estudo limnológico de uma lagoa salina do Pantanal

    Medina-Júnior, P. B.; Rietzler, A. C.

    Resumo em Português:

    Estudos limnológicos envolvendo aspectos físicos, químicos e biológicos, com ênfase na comunidade zooplanctônica, foram realizados em uma lagoa salina do Pantanal, sub-região de Nhecolândia (Mato Grosso do Sul, Brasil) considerando-se os períodos de seca e cheia dentro de um ciclo hidrológico local. Os resultados mostraram que a lagoa não sofreu a influência direta do pulso de inundação através da coalescência superficial, tendo sido alimentada, provavelmente, pelo lençol freático. Valores extremamente elevados foram encontrados para a maioria das variáveis medidas, destacando-se a concentração de sais dissolvidos, pH, condutividade elétrica, nutrientes e clorofila a. Estes valores foram maiores no período de seca, em função da redução do volume de água no sistema. Em decorrência das condições limnológicas, a comunidade zooplanctônica foi basicamente representada por Metacyclops mendocinus, que apresentou elevadas densidades nos dois períodos estudados. A baixa diversidade encontrada corrobora com estudos feitos em outros ambientes continentais de água salgada.

    Resumo em Inglês:

    Limnological studies involving physical, chemical and biological aspects, with emphasis on the zooplankton community, were carried out in a saline lake of the Pantanal floodplain, in the subregion of Nhecolândia (Mato Grosso do Sul, Brazil), during the dry and wet seasons of the local hydrological cycle. The results show that the lake is not directly affected by the flood-pulse through superficial coalescence, probably receiving groundwater instead. Most of the measured variables showed extremely high values, particularly dissolved salts, pH, conductivity, nutrients and chlorophyll a. These values were highest during the dry period due to the system's low water volume. The zooplankton community was basically represented by Metacyclops mendocinus, which displayed high population densities throughout the periods studied. The low diversity recorded is congruent with other studies on continental saline water-bodies.
  • Distribuição espacial e abundância do coral invasor Tubastraea (Cnidaria, Scleractinia) na Ilha Grande, Brasil

    Paula, A. F.; Creed, J. C.

    Resumo em Português:

    A distribuição e abundância do coral azooxantelado Tubastraea Lesson, 1829 foram estimadas em diferentes profundidades e inferido seu ângulo preferencial de ocorrência em costões rochosos da Ilha Grande, Brasil. Tubastraea é um escleractínio ahermatípico introduzido no Brasil que, provavelmente, chegou incrustado em casco de navios e/ou plataformas de petróleo na década de 80. O coral exótico foi encontrado em uma extensão geográfica de 25 km no Canal Central da Ilha Grande. A abundância de Tubastraea foi quantificada em relação à profundidade usando três diferentes métodos: densidade de colônias e porcentagem de cobertura por estimativa visual e pontos de intersecção. O coral Tubastraea demonstrou ter ampla tolerância à temperatura e dessecação, sendo encontrado em águas muito rasas (0,1-0,5 m), apesar de haver substrato consolidado disponível em maiores profundidades em todas as estações amostradas. Em todas as estações 1-5 colônias foram mais freqüentemente encontradas em cada 0,25 m², porém, ocasionalmente, mais que 50 colônias por 0,25 m² foram encontradas, indicando um padrão de agregação na distribuição espacial deste coral. Tubastraea foi encontrado ocupando todos os possíveis ângulos de inclinação no Canal Central da Ilha Grande, porém, a maior parte das colônias foram encontradas ocupando ângulos entre 80-100°. Desta forma, a amplitude de inclinação de substrato e profundidades viáveis ao recrutamento do coral indicam que este organismo, de grande tolerância ecológica, tem a potencialidade de colonizar novas áreas e aumentar sua distribuição no Brasil.

    Resumo em Inglês:

    The distribution and abundance of azooxanthellate coral Tubastraea Lesson, 1829 were examined at different depths and their slope preference was measured on rocky shores on Ilha Grande, Brazil. Tubastraea is an ahermatypic scleractinian nonindigenous to Brazil, which probably arrived on a ship's hull or oil platform in the late 1980's. The exotic coral was found along a great geographic range of the Canal Central of Ilha Grande, extending over a distance of 25 km. The abundance of Tubastraea was quantified by depth, using three different sampling methods: colony density, visual estimation and intercept points (100) for percentage of cover. Tubastraea showed ample tolerance to temperature and desiccation since it was found more abundantly in very shallow waters (0.1-0.5 m), despite the fact that hard substratum is available at greater depths at all the stations sampled. At most sites, 1 to 5 colonies per 0.25 m² were found most frequently, but occasionally more than 50 colonies were found per 0.25 m², indicating a somewhat gregarious spatial distribution for this coral. The coral Tubastraea was found to occupy slopes of every possible angle in the Canal Central of Ilha Grande, but more colonies were found occupying slopes of 80 to 100°. Therefore, its insensitivity to angles of recruitment and its tolerance for different depths makes it an organism with great ecological tolerance, with a potential to colonize new areas and increase its current range in Brazil's coastal waters.
  • Influência de agonista 5-HT1A sobre o comportamento alimentar em Coturnix japonica (Galliformes: Aves)

    Reis, L. C.; Marinho, V. R.

    Resumo em Português:

    Investigamos no presente trabalho o efeito da estimulação de receptor serotonérgico 5-HT1A no comportamento alimentar de codornas (Coturnix japonica). A administração do agonista 5-HT1A, 8-OH-DPAT (0,05 a 5,0 mg/kg), inibiu de modo dose-dependente a ingestão de alimento em codornas normoalimentadas. A inibição mais intensa foi obtida com a dose de 5,0 mg/kg (0,93 ± 0,21 g vs. 5,83 ± 0,25 g, P < 0,05, 2 h após a oferta de alimento). Resposta comparável foi alcançada nas aves previamente submetidas ao jejum alimentar. Ao final de 2 h, a dose maior de 8-OH-DPAT induziu a uma intensa resposta hipofágica (1,59 ± 0,41 g vs. 6,85 ± 1,04 g, P < 0,0001). O tratamento prévio com o antagonista 5-HT1A/beta-adrenérgico, propranolol, não bloqueou a ação inibidora do 8-OH-DPAT na ingestão alimentar, ao contrário, intensificou-a (controles, 5,22 ± 1,09 g; 8-OH-DPAT, 1,41 ± 0,19 g; propranolol + 8-OH-DPAT, 0,44 ± 0,25 g, P < 0,01, para todas as comparações). A administração isolada de propranolol evidenciou uma ação hipofágica com a dose maior (controles, 4,5 ± 0,8 g vs. propranolol, 2,0 ± 0,2 g, P < 0,01). Os resultados obtidos evidenciaram um possível papel dos receptores 5-HT1A na modulação do comportamento alimentar em codornas de natureza oposta ao referido para mamíferos. Por outro lado, a potencialização da hipofagia pela prévia administração de propranolol suscita a hipótese de um mecanismo beta-adrenérgico excitatório no controle do comportamento alimentar em codornas.

    Resumo em Inglês:

    In this study, we investigate the effect of serotonin receptor 5-HT1A stimulation on the feeding behavior of quails (Coturnix japonica). The administration of 5-HT1A agonist, 8-OH-DPAT (0.05 to 5.0 mg/Kg) dose-dependently inhibited the food intake in normally fed quails. Greater inhibition was attained with 5.0 mg/kg (0.93 ± 0.21 g vs. 5.83 ± 0.25 g, P < 0.05, 2 h after food offer). A comparable response was obtained from previously fasted quails. At end of 2 h, a higher dose of 8-OH-DPAT induced more intense hypophagy (1.59 ± 0.41 g vs. 6.85 ± 1.04 g, P < 0.0001). Previous treatment with the antagonist 5-HT1A/beta-adrenergic, propranolol, failed to block the inhibitory action of 8-OH-DPAT, but instead, intensified it (controls, 5.22 ± 1.09 g; 8-OH-DPAT, 1.41 ± 0.19 g; propranolol + 8-OH-DPAT, 0.44 ± 0.25 g, P < 0.01, for all comparisons). The administration of an isolated higher dose of propranolol induced a hypophagic action (controls, 4.5 ± 0.8 g vs. propranolol, 2.0 ± 0.2 g, P < 0.01). Current outcomes suggest a possible role of 5-HT1A receptor on the feeding behavior of quails, as opposed to mammals. On the other hand, the intensified hypophagy induced by previous administration of propranolol raises the hypothesis of a beta-adrenergic excitatory mechanism that controls the feeding behavior of quails.
  • Efeitos do fogo na composição da comunidade de aves em uma Savana amazônica brasileira

    Cintra, R.; Sanaiotti, T. M.

    Resumo em Português:

    Os efeitos do fogo na composição da comunidade de aves foram estudados em uma savanna perto de Alter-do-Chão, Pará, Brasil. Capturas usando redes ornitológicas e contagens visuais foram usadas para amostrar a riqueza de espécies e abundância de aves antes e depois do fogo em uma área de aproximadamente 20 ha. Contagens visuais ao longo de transectos foram usadas para amostrar aves numa área vizinha de aproximadamente 2000 ha. Resultados usando os mesmos métodos de análise de ordenação (escalonamento multidimensional) mostraram efeitos significativos do fogo nas áreas de 20 ha e 2000 ha, e sugerem fortemente que houve efeitos diretos do fogo na composição da comunidade de aves. Entretanto, os efeitos foram diferentes nas diferentes escalas espacias e ou anos, indicando que os efeitos do fogo variam espacialmente e ou temporalmente. A composição da comunidade de aves antes do fogo foi significativamente diferente daquela depois do fogo. Análise de regressão múltipla indica que o número de árvores queimadas e não queimadas não foi significativamente relacionado à riqueza de espécies ou à abundância de aves. Dois meses depois do fogo, nem a riqueza de espécies nem a abundância de aves foram significativamente relacionadas ao número de árvores florindo (Lafoensia pacari) e árvores frutificando (Byrsonima crassifolia). Como o fogo é um evento anual em Alter-do-Chão, e está se tornando frequente na Amazônia, as comunidades de aves em áreas afetadas pelo fogo podem estar mudando constantemente no tempo e no espaço.

    Resumo em Inglês:

    The effects of fire on the composition of a bird community were investigated in an Amazonian savanna near Alter-do-Chão, Pará (Brazil). Mist-net captures and visual counts were used to assess species richness and bird abundance pre- and post-fire in an approximately 20 ha area. Visual counts along transects were used to survey birds in an approximately 2000 ha area in a nearby area. Results using the same method of ordination analysis (multidimensional scaling) showed significant effects of fire in the 20 ha and 2000 ha areas and strongly suggest direct effects on bird community composition. However, the effects were different at different spatial scales and/or in different years, indicating that the effects of fire vary spatially and/or temporally. Bird community composition pre-fire was significantly different from that found post-fire. Using multiple regression analysis it was found that the numbers of burned and unburned trees were not significantly related to either bird species richness or bird abundance. Two months after the fire, neither bird species richness nor bird abundance was significantly related to the number of flowering trees (Lafoensia pacari) or fruiting trees (Byrsonima crassifolia). Since fire is an annual event in Alter-do-Chão and is becoming frequent in the entire Amazon, bird community composition in affected areas could be constantly changing in time and space.
  • Estudos limnológicos e ecotoxicológicos na cascata de reservatórios do rio Tietê (São Paulo, Brasil)

    Rodgher, S.; Espíndola, E. L. G.; Rocha, O.; Fracácio, R.; Pereira, R. H. G.; Rodrigues, M. H. S.

    Resumo em Português:

    O presente trabalho visou avaliar a qualidade de amostras de água e sedimento dos reservatórios em cascata do rio Tietê (SP) através de análises limnológicas e ecotoxicológicas. Foram realizadas coletas de água e sedimento em dois períodos (fevereiro e julho de 2000) e em 15 estações de amostragem. Foram realizados bioensaios de toxicidade aguda para Daphnia similis, de toxicidade crônica para Ceriodaphnia dubia e para larvas pós-eclodidas de Danio rerio. Análises de nutrientes totais, material em suspensão total e cádmio, cromo, cobre e zinco foram realizadas para as amostras de água e análises de matéria orgânica, granulometria e metais biodisponíveis (cádmio, cromo, cobre e zinco) para o sedimento. Os resultados obtidos para as variáveis limnológicas, revelaram diferenças na qualidade da água, com elevado aporte de nutrientes e metais pelos rios Tietê e Piracicaba, além da incorporação, da sedimentação e da redução de materiais no reservatório de Barra Bonita, promovendo a melhoria da qualidade da água nos demais reservatórios. Os bioensaios revelaram toxicidade aguda para Daphnia similis somente nos reservatórios localizados à jusante da barragem de Barra Bonita, porém os bioensaios de toxicidade crônica com Ceriodaphnia dubia e com Danio rerio revelaram toxicidade decrescendo em magnitude de Barra Bonita à Três Irmãos, evidenciando um gradiente de degradação ambiental nos reservatórios.

    Resumo em Inglês:

    An evaluation was made of the quality of samples of water and sediment collected from a series of reservoirs in the Tietê River (SP), based on limnological and ecotoxicological analyses. The samples were collected during two periods (Feb and Jul 2000) from 15 sampling stations. Acute toxicity bioassays were performed using the test organism Daphnia similis, while chronic bioassays were carried out withCeriodaphnia dubia and Danio rerio larvae. The water samples were analyzed for total nutrients, total suspended matter and total cadmium, chromium, copper and zinc concentrations, while the sediment samples were examined for organic matter, granulometry and potentially bioavailable metals (cadmium, chromium, copper and zinc). The results obtained for the limnological variable, revealed differences in the water quality, with high contribution of nutrients and metals for Tietê and Piracicaba rivers, besides the incorporation and sedimentation, consequently causing a reduction of materials in Barra Bonita reservoir, thus promoting the improvement of the water quality in the other reservoirs. The toxicity bioassays revealed acute toxicity for Daphnia similis only in the reservoirs located below Barra Bonita dam. On the other hand, chronic toxicity for Ceriodaphnia dubia and acute for Danio rerio showed a different pattern, decreasing in magnitude from Barra Bonita to Três Irmãos, demonstrating an environmental degradation gradient in the reservoirs.
  • Morfologia de sementes e distribuição de plântulas de palmeiras arborescentes

    Salm, Rodolfo

    Resumo em Português:

    Foi investigada a relação da morfologia das sementes de duas palmeiras arborescentes de grande porte, Attalea maripa (Aubl.) Mart. e Astrocaryum aculeatum G. Mey, com a chuva de sementes, em uma floresta amazônica sazonalmente seca. As sementes de A. maripa são menores e produzidas em maiores quantidades que aquelas de A. aculeatum. Tais sementes também têm uma quantidade de reservas nutricionais disponível para o embrião substancialmente menor. As plântulas de A. maripa foram encontradas em números muito maiores que as de A. aculeatum. Os resultados sugerem que, na escala espacial considerada, a chuva de sementes de A. maripa é mais restrita ao redor de palmeiras reprodutivas que aquela de A. aculeatum. As sementes de A. maripa, menores, devem ser menos atraentes para roedores que estocam seu alimento difusamente enterrando-o (e.g. Dasyprocta aguti). O padrão observado enfatiza a importância de tais roedores como dispersores de sementes de grande porte nas florestas neotropicais.

    Resumo em Inglês:

    This study examines how the seed morphology of two large arborescent palms, Attalea maripa (Aubl.) Mart. and Astrocaryum aculeatum G. Mey, may affect their seed shadow in a seasonally dry Amazonian forest. In addition to being smaller and produced in larger numbers than those of A. aculeatum, A. maripa seeds also presented a substantially lower amount of nutritional reserves available for the embryo. However, A. maripa seedlings were found in much higher numbers than those of A. aculeatum. The results suggest that, within the spatial scale considered, the seed rain of A. maripa is more restricted to the area surrounding around reproductive conspecifics than that of A. aculeatum. Furthermore, in comparison with those of A. aculeatum, the smaller seeds of A. maripa might be less attractive to scatterhoarding rodents (e.g. Dasyprocta aguti). The pattern observed emphasizes the importance of scatterhoarding rodents as dispersers of large-seeded plant species in Neotropical forests.
  • Associações de moluscos bivalves na plataforma continental norte de São Paulo, sudeste do Brasil

    Soares-Gomes, A.; Pires-Vanin, A. M. S.

    Resumo em Português:

    Moluscos bivalves de fundos não-consolidados foram amostrados no verão e no inverno entre as profundidades de 10 a 100 m na plataforma norte de São Paulo. Baseado na análise de variância por similaridade não foi verificada diferença sazonal significativa nas associações de bivalves. A análise de agrupamento evidenciou três grupos de estações que correspondem ao gradiente batimétrico. Tanto as curvas de dominância-K, quanto os índices biológicos usados (Shannon e Pielou) mostraram uma maior diversidade biológica e uma maior uniformidade na distribuição dos indivíduos nas áreas rasas. A maioria dos bivalves coletados pode ser classificada como de hábito alimentar suspensívoro. Estes, porém, co-ocorreram com espécies depositívoras, o que sugere uma ausência de correlação negativa entre esses dois grupos tróficos. Diferenças na freqüência de ocorrência de distúrbios ao longo do gradiente batimétrico, causados por ondas de tempestade, mais comuns no inverno, e também causados por predação e atividades antrópicas, tais como dragagens realizadas por barcos de pesca e despejo de esgoto in natura, podem explicar os padrões de diversidade observados.

    Resumo em Inglês:

    Soft bottom bivalve mollusc assemblages were sampled along a depth gradient (10 to 100 m) on the northern São Paulo shelf during the austral summer and winter. A one-way analysis of similarity permutation test revealed there was no seasonal difference in the structure of the bivalve assemblages in the area. A clustering analysis indicated 3 groups of stations corresponding to the bathymetric gradient. Both K-dominance curves and Shannon and Pielou indexes showed higher biological diversity and higher evenness for the shallower area. Most of the bivalves found were classified as suspension-feeders, co-occurring with deposit-feeder species, suggesting an absence of negative interactions between these trophic groups. Differences in the frequency of disturbance along the depth gradient caused by wave storms - more common in winter - and also by predation and anthropogenic activities, such as dredging of fishing boats and input of gross sewage, likely explain the higher diversity found on the inner shelf of Ubatuba.
  • Reavaliação de infecções experimentais em camundongos com uma cepa brasileira de Schistosoma mansoni

    Vilar, M. M.; Pinto, R. M.

    Resumo em Português:

    Os objetivos da presente investigação foram os de reavaliar resultados anteriores obtidos através de infecções experimentais de camundongos SW com cercarias e esquistossômulos da cepa LE de Schistosoma mansoni mantida em laboratório. Três grupos de camundongos foram considerados: animais do primeiro grupo foram infectados com cercarias pela via percutânea (método do anel), os do segundo inoculados pela via subcutânea com cercarias e os do terceiro inoculados pela mesma via com esquistossômulos obtidos "in vitro". Os dados obtidos mostraram que a via de infecção mais eficiente é a injeção subcutânea de esquistossômulos transformados "in vitro", com média de recuperação de vermes adultos de 54.1%, quando comparada às vias percutânea abdominal e subcutânea, com médias de 36,7% e 32,4%, respectivamente, sugerindo que em infecções experimentais de camundongos SW com S. mansoni da cepa LE, a pele pode ser considerada um eficaz sítio de atrito na via percutânea, enquanto no caso da inoculação de cercarias, um pequeno número de larvas não se transforma em esquistossômulos viáveis, talvez pelo fato de a barreira da pele haver sido evitada. Breves considerações a respeito dos sítios de atrito e eliminação de formas larvares do S. mansoni em camundongos, são apresentadas.

    Resumo em Inglês:

    The present investigation involves a reevaluation of previous results obtained after experimental infection of Swiss Webster mice with cercariae and schistosomula of the Schistosoma mansoni LE strain maintained under laboratory conditions. Three experimental groups of mice were considered: the animals of the first group were percutaneously (ring method) infected with cercariae, those of the second were subcutaneously inoculated with cercariae and the mice of the third were inoculated by the same route with schistosomula transformed in vitro. The data obtained so far indicated that the most effective method of infection is the subcutaneous injection with schistosomula, with a mean adult worm burden recovery of 54.1% when compared to the abdominal percutaneous and subcutaneous routes of infection with cercariae, in which the values were 36.7% and 32.4%, respectively. This suggests that, in experimental infections of SW mice with a LE S. mansoni strain, the skin is to be considered an effective attrition site in the percutaneous route, whereas in the case of inoculation with cercariae, a small amount of larvae fails to be transformed into viable schistosomula, possibly due to skin phase avoidance. A brief discussion about attrition sites and elimination of larval S. mansoni worms in mice is presented.
  • Hyperseasonal cerrado, a new brazilian vegetation form Notes and Comments

    Batalha, M. A.; Cianciaruso, M. V.; Silva, I. A.; Delitti, W. B. C.
  • Apyrene spermatozoa in Achroia grisella (Lepidoptera: Piralidae): a honeybee waxmoth Notes and Comments

    Fernandez, F. C.; Cruz-Landim, C.
  • New PCR multiplexes for sex typing of ostriches Notes and Comments

    Malagó-Jr., W.; Medaglia, A.; Matheucci-Jr., E.; Henrique-Silva, F.
Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br