Brazilian Journal of Biology, Volume: 66, Issue: 1a, Published: 2006
  • Editorial Note

  • Potential bird dispersers of Psychotria in a area of Atlantic forest on Ilha Grande, RJ, Southeastern Brazil: a biochemical analysis of the fruits

    Almeida, E. M.; Costa, P. F.; Buckeridge, M. S.; Alves, M. A. S.

    Abstract in Portuguese:

    Os objetivos deste trabalho foram monitorar o padrão de frutificação, o comportamento de forrageamento de aves e o conteúdo de açúcares em frutos maduros de duas espécies simpátricas de Rubiaceae (Psychotria brasiliensis e P. nuda). O estudo foi realizado em área de Floresta Atlântica, na lha Grande, RJ, entre agosto de 1998 e julho de 1999. A frutificação ocorreu durante todo o ano com um pico de frutos maduros em dezembro de 1998 para P. brasiliensis e outro em fevereiro de 1999 para P. nuda. Lipaugus lanioides (Cotingidae), Baryphtengus ruficapillus (Momotidae) e Saltator similis (Emberizidae) foram os principais consumidores dos frutos de P. brasiliensis, sendo que L. lanioides e B. ruficapillus removeram os frutos adejando, enquanto S. similis os alcançou pousado nas plantas. Lipaugus lanioides foi o consumidor de frutos mais importante e potencialmente foi o principal dispersor das sementes de P. brasiliensis. As aves deste gênero estão entre os principais frugívoros especialistas de florestas tropicais e amplamente consideradas como importantes agentes dispersores de sementes. Os frutos foram analisados qualitativa e quantitativamente em relação às quantidades de açúcares livres e amido. A espécie visitada (P. brasiliensis) apresentou a menor quantidade de sacarose e a maior quantidade de amido. Os resultados sugerem que o consumo diferencial de frutos por espécies de aves não é influenciado pela composição de carboidratos, mas possivelmente pela proporção de amido nos frutos das espécies de Psychotria estudadas.

    Abstract in English:

    The present study assessed the fruiting pattern, bird foraging behavior, and sugar content of ripe fruits of two sympatric species of Rubiaceae (Psychotria brasiliensis and P. nuda). This study was carried out in an Atlantic forest area on Ilha Grande, RJ, between August 1998 and July 1999. Fruit production occurred year round, with a peak of mature P. brasiliensis fruits in December 1998 and another of P. nuda in February of 1999. Lipaugus lanioides (Cotingidae), Baryphtengus ruficapillus (Momotidae) and Saltator similis (Emberizidae) made the most frequent foraging visits to fruiting P. brasiliensis, so that L. lanioides and B. ruficapillus removed the fruits with sallying maneuvers while S. similis gleaned the fruits. Lipaugus lanioides was by far the most important consumer, and potentially the main disperser of P. brasiliensis. Birds of this genus are heavy frugivores in the tropical forests and are widely assumed to be important seed dispersers. The fruits were analyzed quantitatively and qualitatively in relation to the amounts of sucrose and starch. Psychotria brasiliensis (the visited species) showed the smallest quantity of sucrose and the highest amount of starch. These findings suggest that what may influence the birds' choice of fruit is the proportion of starch in the Psychotria species studied here rather than the carbohydrate composition.
  • Dispersal of the egg parasitoid Gryon gallardoi (Brethes) (Hymenoptera: Scelionidae) in tobacco crops

    Canto-Silva, C. R.; Kolberg, R.; Romanowski, H. P.; Redaelli, L. R.

    Abstract in Portuguese:

    Um experimento de marcação e recaptura foi desenvolvido para estudar a dispersão de Gryon gallardoi (Brethes) (Hymenoptera: Scelionidae) em cultivo de fumo. Parasitóides emergidos em laboratório foram marcados com pó de corante. Em seis ocasiões distintas, de janeiro a fevereiro de 2002, foram feitos experimentos de campo nos quais parasitóides marcados foram liberados ao mesmo tempo. A dispersão foi determinada pela recaptura de indivíduos em grupos de armadilhas (adesivas e de bandeja com água) dispostas em três círculos concêntricos com intervalos de 1,4 m a partir do ponto central de liberação. As armadilhas foram monitoradas 4, 8, 24, 28, 32 e 48 h após a liberação dos parasitóides e dados climáticos foram obtidos a cada duas horas, das 9 h às 17 h, na área experimental. De 699 parasitóides marcados liberados, 91 foram recapturados (13,02%). Fêmeas foram menos recapturadas ao final da tarde, sugerindo que elas são menos ativas que os machos no período crepuscular. A recaptura de G. gallardoi não foi associada à direção média do vento em todas as ocasiões de liberação. Após oito horas das liberações, a maioria das recapturas ocorreram em armadilhas localizadas mais distantes do ponto de liberação, sugerindo que a área experimental foi pequena em relação à capacidade de dispersão do parasitóide. A partir do ajuste da curva de densidade média de recapturas nas diferentes distâncias aferida 4 h após as liberações ao modelo geométrico e considerando uma atividade diária de 12 h, foi estimada uma capacidade de dispersão para fêmeas de no mínimo 7,62 m/dia. Os valores aqui apresentados devem ser considerados como um indicativo do potencial para a dispersão ativa nas condições particulares do experimento. É possível que G. gallardoi, com a ajuda do vento, possa dispersar distâncias muito maiores do que a registrada neste estudo.

    Abstract in English:

    A mass marking-recapture experiment was carried out to study the dispersal of Gryon gallardoi (Brethes) (Hymenoptera: Scelionidae) in tobacco crops. Parasitoids emerged in the laboratory were marked with dye powder. Six separate field trials were conducted in Jan/Feb 2002 involving the simultaneous release of marked parasitoids. Dispersal was determined by the recapture of individuals in sets of sticky and Moericke traps arranged in three concentric circles arranged at 1.4 m intervals from the central point of release. Traps were checked 4, 8, 24, 28, 32 and 48 h after parasitoid release and weather data were recorded at 2-h intervals from 9 to 17 h at the site. Of the 699 marked parasitoids released, 91 were recaptured (13.02%). Fewer females were recaptured in the late afternoon, suggesting they are less active than males after dusk. G. gallardoi recaptures were not associated with average wind direction in any trials. After eight hours of release, recaptures occurred mostly in the traps farthest from the release point, suggesting that the experimental area was small in relation to the dispersal capacity of the parasitoid. Fitting a 4-h-after-release density-distance curve to a geometric model and considering a daily activity of 12 h, the female dispersal capacity was estimated to be at least 7.6 m/day. The values reported here must be considered as indicative of the potential for active dispersal under the particular experimental conditions of these trials. It is possible that G. gallardoi may disperse downwind much farther than the distance recorded in this study.
  • Reproductive parameters and longevity of Gryon gallardoi (Brethes) (Hymenoptera: Scelionidae) parasitizing Spartocera dentiventris (Berg) (Hemiptera: Coreidae) eggs

    Canto-Silva, C. R.; Romanowski, H. P.; Redaelli, L. R.

    Abstract in Portuguese:

    A fecundidade, a produção diária de prole e a longevidade de Gryon gallardoi (Brethes) (Hym.; Scelionidae) foram determinadas em condições de laboratório, utilizando-se ovos de Spartocera dentiventris (Berg) (Hem.; Coreidae) como hospedeiro. Dezenove fêmeas e 34 machos de G. gallardoi foram acompanhados ao longo de sua vida a 25 ± 1 °C, com fotofase de 12 h, recebendo solução aquosa de mel a 10% como alimento e grupos de 25 a 30 ovos de S. dentiventris para serem parasitados. O período médio de pré-oviposição foi 1,3 ± 0,35 dias, sendo que fêmeas foram capazes de ovipositar já no dia de sua emergência. Foi observado um período médio de oviposição de 10,1 ± 1,74 dias, com o pico de oviposição no segundo dia, sendo depositados ao longo dos dias uma média de 67,5 ± 11,29 ovos. O período de pós-oviposição foi curto (2,4 ± 0,48 dias). Fêmeas de G. gallardoi foram significativamente mais longevas que os machos, vivendo, respectivamente, 13,7 ± 1,94 e 10,6 ± 1,78 dias. A razão sexual total observada foi de 0,79. Os resultados aqui registrados sobre a capacidade reprodutiva da espécie sugerem que esta apresenta um bom potencial como um agente para o controle de S. dentiventris.

    Abstract in English:

    The fecundity, daily progeny and longevity of Gryon gallardoi (Brethes) (Hym.; Scelionidae) were determined under laboratory conditions, using Spartocera dentiventris (Berg) (Hem.; Coreidae) eggs as host. Nineteen G. gallardoi females and 34 males were reared at 25 ± 1 °C, with a 12 h photophase, fed on a 10% aqueous honey solution and provided with 25-30 S. dentiventris eggs daily. The average pre-oviposition period was 1.3 ± 0.35 days, although some females began laying from the day of emergence. On average, oviposition lasted for 10.1 ± 1.74 days, reaching a peak on the second day, with 67.5 ± 11.29 eggs laid. The post-oviposition period was short (2.4 ± 0.48 days). G. gallardoi females lived significantly longer than males: 13.7 ± 1.94 and 10.6 ± 1.78 days, respectively. The overall sex ratio was 0.79. The results reported here on the reproductive capability of the species suggest it may have a good potential as an agent for the control of S. dentiventris.
  • Diet and capture of Hypostomus strigaticeps (Siluriformes, Loricariidae) in a small brazilian stream: relationship with limnological aspects

    Cardone, I. B.; Lima-Junior, S. E.; Goitein, R.

    Abstract in Portuguese:

    O propósito deste estudo é investigar se as variações dos parâmetros limnológicos do rio Corumbataí - como uma conseqüência do lançamento de dejetos em suas águas - é responsável por variações na dieta e na captura do cascudo Hypostomus strigaticeps (Regan, 1907). Os indivíduos foram coletados durante dois anos em dois pontos do rio, com características físicas semelhantes, mas sujeitos a diferentes condições limnológicas; as variáveis ambientais (temperatura, pH, oxigênio dissolvido, condutividade elétrica, coliformes totais e coliformes fecais), quando consideradas conjuntamente, variaram significativamente entre os locais. As categorias alimentares encontradas nos tubos digestórios dos cascudos (sedimento, material não identificado, hifas de fungo, diatomáceas, clorófitas e cianófitas) apresentaram ordenamento hierárquico distinto nas amostras provenientes de diferentes pontos do rio. No local mais poluído (ponto B), diatomáceas e clorófitas ocuparam postos mais importantes em relação ao observado na dieta dos indivíduos coletados no ponto mais preservado (ponto A). Este resultado possivelmente esteja relacionado à maior concentração de matéria orgânica observada no ponto B, propiciando condições ambientais favoráveis à proliferação de algas e, conseqüentemente, para um peixe comedor de algas. Contudo, o número de indivíduos capturados no ponto B foi menor, sugerindo que, embora a oferta de alimento seja mais abundante no local mais alterado, as condições limnológicas neste ponto, quando consideradas em seu conjunto, são possivelmente menos benéficas para a sobrevivência da espécie que as condições observadas no ponto A.

    Abstract in English:

    The purpose of this study is to ascertain whether variations in the limnological parameters of the Corumbataí river resulting from the discharge of a variety of wastes into its waters may be responsible for spatial shifts in the diet and capture of the armored catfish Hypostomus strigaticeps (Regan, 1907). Individuals were collected over a period of two years from two sites with similar physical, albeit distinct limnological characteristics. As a whole, the environmental variables (temperature, pH, dissolved oxygen, electrical conductivity, and total coliforms and fecal coliforms) of the two sites were found to vary significantly. The food items found in the guts of these armored catfish (sediments, diatoms, fungi hyphae, chlorophytes, cyanophytes and non-identified material) ranked differently in samples from the two sites. In the more polluted (site B), diatoms and chlorophytes ranked higher in the diet than in that of individuals caught in the more preserved location (site A). This fact may be related to the greater amount of organic material found at site B, which provides favorable environmental conditions for such algae and, consequently, for algivorous fishes. Even so, fewer fish were captured at site B than at site A, suggesting that although food is more abundant in the more polluted site, its limnological conditions appear, on the whole, to be less beneficial than the conditions at site A.
  • Effects of an oil spill and discharge of domestic sewage on the insect fauna of Cururu stream, Manaus, AM, Brazil

    Couceiro, S. R. M.; Forsberg, B. R.; Hamada, N.; Ferreira, R. L. M.

    Abstract in Portuguese:

    As assembléias de insetos aquáticos e edáficos de três igarapés da Amazônia Central foram utilizadas para avaliar o impacto sofrido por um deles (igarapé Cururu), após um vazamento de óleo derivado de petróleo, ocorrido em agosto de 1999. O igarapé Cururu já era impactado pelo despejo de esgoto doméstico. A avaliação desses sistemas foi realizada em quatro diferentes períodos do ciclo hidrológico da região (vazante, seca, enchente e cheia), entre setembro de 2000 e maio de 2001. Os insetos foram coletados com draga Eckman, rede entomológica aquática e trado, e utilizados para estimar a riqueza taxonômica (nível de família) e a densidade de insetos em cada sistema. Os efeitos de anóxia e os efeitos da eutroficação foram mensurados pelas médias de concentração de oxigênio dissolvido, nitrogênio total e fósforo total, estimadas nos três sistemas. A riqueza e abundância da fauna de insetos foram maiores no igarapé Cristalino (não impactado) do que nos igarapés Bom Jardim (impactado pelo despejo de esgoto) e Cururu, com exceção das amostragens de insetos litorâneos. A concentração do oxigênio dissolvido no igarapé Cururu foi menor do que nos outros dois sistemas, enquanto as concentrações de nitrogênio total e fósforo total no igarapé Cururu foram maiores. Esses elementos tiveram valores inversos no igarapé Cristalino e intermediários no igarapé Bom Jardim. As concentrações de oxigênio dissolvido, nitrogênio total e fósforo total refletem as modificações provocadas pela eutroficação antropogênica nos sistemas Bom Jardim e Cururu. Isso ocorreu devido à liberação de efluentes domésticos pelas comunidades locais e pelo óleo introduzido no igarapé Cururu, influenciando negativamente a riqueza e abundância de insetos nesses igarapés.

    Abstract in English:

    Assemblages of aquatic and edaphic insects in three streams in Central Amazonia were used to evaluate the impact on one of the streams (Cururu) caused by an oil spill that occurred in August 1999. The Cururu stream had already been impacted by domestic sewage. These three streams were evaluated during four different periods of the regional hydrological cycle (falling-, low-, rising- and high-water), from September 2000 to May 2001. An Eckman dredge, an aquatic entomological net and a manual auger were used to collect insects, which were used to estimate the taxonomic richness (at the family level) and insect density in each stream. Anoxic and eutrophic conditions were determined in each stream based on the mean concentration of dissolved oxygen, total nitrogen and phosphorus. Richness and abundance of insect fauna were higher in the Cristalino stream (not impacted) than in the Bom Jardim stream (impacted by domestic sewage) and in the Cururu stream, with the exception of samples collected along the stream banks (littoral fauna). The mean dissolved oxygen was lower in the Cururu stream than in the other two, while the mean concentrations of total nitrogen and phosphorus were higher. These elements showed intermediate values in the Bom Jardim stream, while the opposite pattern was observed in the Cristalino stream, with higher concentrations of dissolved oxygen and lower concentrations of total nitrogen and phosphorus. The concentrations of these variables reflect the modifications resulting from anthropogenic eutrophication caused by the discharge of domestic sewage into Bom Jardim and Cururu and by the oil spill in Cururu, which negatively affected the richness and abundance of insects in these streams.
  • Expression pattern of glycoconjugates in the Bidderian and ovarian follicles of the Brazilian toad Bufo ictericus analyzed by lectin histochemistry

    Farias, C. F.; Azevedo, R. A.; Brito-Gitirana, L.

    Abstract in Portuguese:

    O órgão do Bidder e o ovário do sapo Bufo ictericus foram analisados por meio de microscopia de luz, utilizando a coloração pela hematoxilina-eosina (HE) e o método do ácido periódico de Schiff (PAS). A expressão e a distribuição de carboidratos foram verificadas por meio da histoquímica com lectinas, tendo sido utilizadas 8 lectinas com diferentes especificidades para carboidratos (Ulex europaeus (UEA I), Lens culinaris (LCA), Erythrina cristagalli (ECA), Arachis hypogaea (PNA), Ricinus communis (RCA I), Aleuria aurantia (AAA), Triticum vulgaris (WGA) e Glycine maximum (SBA). Os resultados mostraram que a zona pelúcida Bidderiana apresenta resíduos de alfa-mannose, alfa-L-fucose, beta-D-galactose, N-acetilDglicosamine e alfa/beta-N-acetil-galactosamina. As células foliculares Bidderianas mostraram a presença de beta-D-galactose e N-acetil-D-glicosamina. Na matriz de extracelular foram detectados resíduos de alfa-mannose e alfa/beta-N-acetil-galactosamina. Resíduos de alfa-L-fucose, N-acetyl-D-glicosamina e alfa/beta-N-acetil-galactosamina foram evidenciados na zona pelúcida ovariana, enquanto na célula folicular foi detectado o resíduo de alfa-mannose e de N-acetil-D-glicosamina. Assim, a zona pelúcida, em ambos os órgãos, contém resíduos de N-acetil-D-glicosamina e alfa/beta-N-acetil-galactosamina. O resíduo de alfa-L-fucose foi detectado na zona pelúcida de ambos os órgãos, mas utilizando-se diferentes lectinas. Considerando que o resíduo de alfa-D-galactose é ausente no ovário, mas presente no órgão de Bidder, a alfa-D-galactose pode ter um papel importante no controle do desenvolvimento folicular, bloqueando o desenvolvimento dos folículos Bidderianos e impedindo que o órgão de Bidder se transforme em um ovário funcional.

    Abstract in English:

    The Bidder's organ and ovary of the Brazilian toad Bufo ictericus were studied by light microscopy, using hematoxylin-eosin (HE) and periodic acid Schiff (PAS) staining. The expression and distribution of carbohydrate moieties was analyzed by lectin histochemistry, using 8 lectins with different carbohydrate specificities: Ulex europaeus (UEA I), Lens culinaris (LCA), Erythrina cristagalli (ECA), Arachis hypogaea (PNA), Ricinus communis (RCA I), Aleuria aurantia (AAA), Triticum vulgaris (WGA), and Glycine maximum (SBA). The results showed that the Bidderian zona pellucida presented alpha-mannose, alpha-L-fucose, beta-D-galactose, N-acetyl-D-glucosamine, and alpha/beta-N-acetyl-galactosamine residues. The Bidderian follicular cells showed the presence of beta-D-galactose and N-acetyl-D-glucosamine. In the extracellular matrix, alpha-mannose and alpha/beta-N-acetyl-galactosamine residues were detected. The ovarian zona pellucida showed alpha-L-fucose, N-acetyl-D-glucosamine, alpha/beta-N-acetyl-galactosamine residues, and alpha-mannose and N-acetyl-D-glucosamine residues were detected in the follicular cells. Thus, the zona pellucida in both organs contains N-acetyl-D-glucosamine, and alpha/beta-N-acetyl-galactosamine residues. alpha-L-fucose residues were detected in the zona pellucida of both organs, using different lectins. Considering that beta-D-galactose residue was absent from ovary but present in the Bidder's organ, this sugar residue may play an important role in follicle development, blocking the Bidderian follicles and preventing further development of the Bidder's organ into a functional ovary.
  • Dental development of Didelphis albiventris (Marsupialia): I - incisors and canines

    Fonseca, C. T.; Alves, J. B.

    Abstract in Portuguese:

    Estudou-se o desenvolvimento dos dentes incisivos e caninos em 76 amostras de Didelphis albiventris com idade entre 0 e 100 dias. Cortes transversais, seriados de 6 µm de espessura foram obtidos da região da maxila, corados com Hematoxilina e Eosina e analisados ao microscópio de luz. Verificou-se que o período estudado abrange todo o desenvolvimento dental, desde a fase de iniciação da interação epitélio/mesenquima até a completa formação e erupção dos incisivos e caninos. O espessamento do epitélio oral dá origem aos incisivos e caninos funcionais, enquanto o epitélio dental externo do órgão dental origina uma lâmina dental secundária, a qual sofre degeneração, quando o dente alcança o estágio de botão. Não há vestígios de dentição decídua. Sugere-se que a lâmina dental secundária é remanescente de uma condição primitiva na qual ocorria dentição secundária.

    Abstract in English:

    The formation of incisors and canines in marsupials of D. albiventris was studied at various stages of development. Seventy-six specimens, with ages varying from 0 to 100 days, were used in this investigation. Serial sections of the maxilla were obtained in the transverse plane and stained with hematoxylin and eosin. Histological analyses were made to verify the pattern of teeth development, as well as their chronology of eruption. The period of time from birth to 100 days comprised the entire process of teeth development, from epithelial bud formation to early eruption of the teeth. Oral epithelium thickening gave rise to the functional incisors and canines. In addition, a secondary dental lamina emerged in different phases of development in the outer epithelium of incisors and canines, which degenerated when it reached the bud stage. No evidence of deciduous dentition was observed. The results of this investigation suggest that secondary dental lamina represents remnants of a primitive condition in which secondary dentition used to be present.
  • Distribution patterns of Neotropical primates (Platyrrhini) based on Parsimony Analysis of Endemicity

    Goldani, A.; Carvalho, G. S.; Bicca-Marques, J. C.

    Abstract in Portuguese:

    A Análise de Parcimônia de Endemismo (PAE) é um método da biogeografia histórica que é usado para detectar e conectar áreas de endemismo. Baseando-se em dados de distribuição de primatas Neotropicais, construíram-se matrizes de dados utilizando-se quadrículas, regiões entre rios e áreas de endemismo pré-determinadas para aves como Unidades Geográficas Operacionais (OGUs). Codificou-se a ausência da espécie na OGU como 0 (zero) e a presença como 1 (um). Uma área hipotética com ausência total de espécies de primatas foi usada como grupo externo para polarização. Todas as três análises resultaram em grupos similares de áreas de endemismo, coincidindo com a distribuição de biomas na região Neotropical: uma área incluindo a América Central e o extremo Noroeste da América do Sul; outra, a Bacia Amazônica; e, uma terceira, a Mata Atlântica, Caatinga, Cerrado e Chaco.

    Abstract in English:

    The Parsimony Analysis of Endemicity (PAE) is a method of historical biogeography that is used for detecting and connecting areas of endemism. Based on data on the distribution of Neotropical primates, we constructed matrices using quadrats, interfluvial regions and pre-determinated areas of endemism described for avians as Operative Geographic Units (OGUs). We codified the absence of a species from an OGU as 0 (zero) and its presence as 1 (one). A hypothetical area with a complete absence of primate species was used as outgroup to root the trees. All three analyses resulted in similar groupings of areas of endemism, which match the distribution of biomes in the Neotropical region. One area includes Central America and the extreme Northwest of South America, other the Amazon basin, and another the Atlantic Forest, Caatinga, Cerrado and Chaco.
  • Ichthyofauna diversity in a protected area in the state of São Paulo, southeastern Brazil

    Gomiero, L. M.; Braga, F. M. S.

    Abstract in Portuguese:

    A região abordada encontra-se na Área de Proteção Ambiental das cuestas de São Pedro e Analândia, interior do Estado de São Paulo, com grande ação antrópica em seus cursos d'água. Duas bacias foram estudadas (sub-bacia do Corumbataí e bacia do Jacaré-pepira), com o objetivo de caracterizar a ictiofauna de alguns ribeirões, enfocando comparativamente a diversidade de suas comunidades ictíicas. A diversidade (H') verificada no Rio Passa-cinco foi a maior, e os índices de Jaccard e Morisita-Horn mostraram baixa similaridade entre os locais de coletas e entre as bacias. A diversidade foi relacionada à quantidade de habitats disponíveis e às condições gerais de cada ambiente.

    Abstract in English:

    The study site is located in an environmentally protected area known as an "APA" in São Pedro and Analândia, State of São Paulo, southeastern Brazil, whose watercourses are under strong anthropogenic pressure. Two basins were studied (sub-basin of the Corumbataí River and basin of the Jacaré-pepira River) with the purpose of characterizing the ichthyofauna of various streams, comparing fish diversity among assemblages. The Passa-cinco River showed the highest diversity (H'), and the Jaccard and Morisita-Horn indices showed low similarity among sites and between the basins. Diversity was correlated with the number of available habitats and with the environmental conditions.
  • Seasonal maturation of Glypthelmins vitellinophilum (Trematoda: Digenea) in Lysapsus limellus (Anura: Pseudidae) from an Argentinian subtropical permanent pond

    Hamann, M. I.

    Abstract in Portuguese:

    De dezembro de 1995 a novembro de 2000, a maturação sazonal de Glypthelmins vitellinophilum Dobbin, 1958, em seu hospedeiro definitivo, a rã Lysapsus limellus Cope, 1862, foi estudada em uma lagoa permanente subtropical no nordeste da Argentina. Os objetivos deste estudo foram: 1) determinar a dinâmica de infrapopulação do parasita, analisando o ciclo de maturação sazonal ao longo dos anos; e 2) examinar a relação entre intensidade de infecção do trematódeo em diferentes estádios do desenvolvimento (recrutamento, crescimento e maturação) e o comprimento de corpo da rã. De 1.400 espécimens de rãs em 60 meses (5 anos), foram achados 38% infetados com G. vitellinophilum, e a intensidade de infecção era 1-15 trematódeos por rã. Espécimes de G. vitellinophilum estavam presentes em L. limellus ao longo dos anos, mas não mostraram um ciclo sazonal pronunciado de maturação. São discutidas possíveis razões para estes resultados com referência a flutuações climáticas e fatores bióticos. O período infectante do parasita (estádio I) aconteceu no verão, outono e primavera, coincidentemente com o tempo de aparecimento de cada corte das rãs. Estas infecções eram principalmente registradas em tamanhos de corpo pequenos (classes 1 e 2) de L. limellus. Espécimes de parasitas juvenis e não grávidas (estádios II e III) eram encontradas em diferentes tamanhos de rãs ao longo do período de investigação. Espécimes de parasitas grávidas (estádio IV) eram geralmente registradas no outono, inverno e primavera, principalmente nos tamanhos de corpo maiores de rãs. O comprimento de corpo do trematódeo dos estádios I e IV eram significativa e positivamente correlatos com o comprimento de corpo da rã.

    Abstract in English:

    From December 1995 to November 2000, the seasonal maturation of Glypthelmins vitellinophilum Dobbin, 1958, in its definitive host, the frog Lysapsus limellus Cope, 1862, was studied in a subtropical permanent pond in northeastern Argentina. The objectives of this study were: 1) to determine the infrapopulation dynamics of the parasite, analyzing the seasonal maturation cycle throughout the years; and 2) to examine the relationship between the intensity of trematode infection in different developmental stages (recruitment, growth and maturation) and the host's body length. Of a total of 1,400 frogs examined over 60 months (5 years), 38% were found to be infected with G. vitellinophilum, and the intensity of infection was 1-15 trematodes per frog. Specimens of G. vitellinophilum were present in L. limellus throughout the years, but did not show a pronounced seasonal maturation cycle. Possible reasons for these findings are discussed with reference to climatic fluctuations and biotic factors. The infective period of the parasite (stage I) occurred in summer, autumn and spring, coinciding with the time each frog cohort appeared. These infections were found principally in small body sizes (classes 1 and 2) of L. limellus. Juvenile and nongravid specimens of worms (stage II and III) were found in frogs of different body sizes throughout the period of investigation. Gravid specimens of the parasite (stage IV) were generally recorded in autumn, winter and spring, mainly in the bodies of larger frogs. The body length of Trematodes in stages I and IV was significantly and positively correlated with that of the frogs.
  • Diversity of Calliphoridae (Diptera) in Brazil's Tinguá Biological Reserve

    Marinho, C. R.; Barbosa, L. S.; Azevedo, A. C. G.; Queiroz, M. M. C.; Valgode, M. A.; Aguiar-Coelho, V. M.

    Abstract in Portuguese:

    Os califorídeos são dípteros de grande importância ecológica e médico-sanitário, em virtude de serem decompositores de matéria orgânica, vetores mecânicos de agentes patogênicos e causadores de miíases. O presente trabalho objetivou verificar a diversidade de califorídeos na Reserva Biológica do Tinguá e correlacionar os dados meteorológicos (temperatura, umidade relativa do ar e precipitação) com a ocorrência desses dípteros. O estudo foi realizado em uma localidade da Reserva Biológica do Tinguá, município de Nova Iguaçu. Foram instaladas quatro armadilhas de captura, utilizando como isca vísceras de frango. O experimento foi conduzido no período de maio/2001 a abril/2002, sendo realizadas duas coletas mensais. Os dípteros capturados foram sacrificados com éter, conservados em álcool 70% e sua identificação ocorreu no Laboratório de Estudo de Dípteros (UNIRIO) e no Laboratório de Biologia e Controle de Insetos Vetores (FIOCRUZ). Foram capturados 1987 insetos pertencentes às famílias Calliphoridae (37,5%), Muscidae (29,4%), Sarcophagidae (16,0%) e outras (17,1%). Phaenicia eximia foi a espécie mais representativa (47,0%), seguida por Hemilucilia semidiaphana (23,6%), Mesembrinella bellardiana (13,7%), Hemilucilia segmentaria (7,5%), Chloroprocta idioidea (4,9%), Chrysomya albiceps (1,2%), Chrysomya megacephala (0,9%), Phaenicia sericata (0,6%), Eumesembrinella sp. (0,5%), e Chrysomya putoria (0,1%). Observou-se um maior percentual de fêmeas (70,6%). Constatou-se elevada incidência de califorídeos em maio, junho, setembro e janeiro, coincidindo com baixa precipitação e temperatura média entre 21,8 e 27,0 °C. Constatou-se uma correlação negativa entre o número de califorídeos capturados e os fatores meteorológicos.

    Abstract in English:

    The Calliphoridae are flies of great ecological, medical and sanitary importance because they are decom-posers of organic matter, mechanical vectors of pathogenic agents, and causers of myiasis. This paper attempts to ascertain the diversity of Calliphoridae in the Tinguá Biological Reserve and correlate meteorological data (temperature, relative humidity of the air, and precipitation) with the occurrence of these flies. The study was conducted at a site in the Tinguá Biological Reserve, located in the municipality of Nova Iguaçu, state of Rio de Janeiro, Brazil. Four traps were set up using chicken viscera as bait. The experiment was conducted over the period of May 2001 to April 2002, with two monthly collections. The captured flies were killed with ether and conserved in 70% alcohol and identified in the Laboratory of Diptera Studies (UNIRIO) and the Laboratory of Vector Insect Biology and Control (FIOCRUZ), both headquartered in the city of Rio de Janeiro, RJ, Brazil. A total of 1,987 insects were captured, 37.5% belonging to the family Calliphoridae, 29.4% to Muscidae, 16.0% to Sarcophagidae, and 17.1% to other families. The most representative species found was Phaenicia eximia (47.0%), followed by Hemilucilia semidiaphana (23.6%), Mesembrinella bellardiana (13.7%), Hemilucilia segmentaria (7.5%), Chloroprocta idioidea (4.9%), Chrysomya albiceps (1.2%), Chrysomya megacephala (0.9%), Phaenicia sericata (0.6%), Eumesembrinella sp. (0.5%), and Chrysomya putoria (0.1%). Large numbers of Calliphoridae were noted in May, June, September and January, coinciding with low rainfall and an average temperature of 21.8 to 27.0 °C. A negative correlation was found between the number of Calliphoridae captured and meteorological factors.
  • Mercury contents in aquatic macrophytes from two reservoirs in the Paraíba do Sul: Guandú river system, SE Brazil

    Molisani, M. M.; Rocha, R.; Machado, W.; Barreto, R. C.; Lacerda, L. D.

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo apresenta as concentrações de Hg em cinco espécies abundantes de macrófitas aquáticas (Elodea densa, Sagittaria montevidensis, Salvinia auriculata, Pistia stratiotes e Eichhornia crassipes) coletadas em duas represas que recebem águas da transposição do rio Paraíba do Sul, SE do Brasil. A acumulação de Hg nessas espécies e seu papel no transporte de Hg ao longo do sistema fluvial devido ao manejo das macrófitas são discutidos. As concentrações de Hg foram maiores nas macrófitas flutuantes que nas enraizadas. Em geral, as raízes apresentaram maiores concentrações de Hg que as folhas para todas as espécies. As concentrações de Hg variaram de acordo com as espécies entre 46-246 ng.g-1 e 37-314 ng.g-1, respectivamente. Estas concentrações são maiores que aquelas relatadas para macrófitas coletadas em lagos não contaminados no Brasil e em outras regiões tropicais, e similares àquelas relatadas para áreas moderadamente contaminadas. As concentrações de Hg podem ser atribuídas ao transporte fluvial a partir da região industrializada do vale do rio Paraíba do Sul. Uma amostragem intensiva de Pistia stratiotes na represa do Vigário foi realizada para avaliar a capacidade de incorporação de Hg por esta macrófita. Os resultados mostraram uma correlação negativa, significativa, entre as concentrações de Hg e o tamanho dos indivíduos, demonstrando a importância de juvenis desta espécie na absorção de Hg. A retirada periódica de macrófitas da represa, seguida por sua disposição em áreas adjacentes, pode afetar a dinâmica do Hg. Os resultados mostram uma mobilização de 0,52 a 1,3 kg Hg por ano, uma fração significativa da carga total de Hg presente nas águas da represa. A disposição inadequada deste material poderá resultar em um aumento da mobilização de Hg na bacia.

    Abstract in English:

    This paper reports on a study to determine the Hg content in the five most abundant aquatic macrophyte species (Elodea densa, Sagittaria montevidensis, Salvinia auriculata, Pistia stratiotes and Eichhornia crassipes) in two artificial reservoirs flooded by water diverted from the Paraíba do Sul river, SE Brazil. The potential of these species for Hg accumulation and their role in Hg transport along the river system due to macrophyte management were evaluated. Mercury concentrations were higher in free-floating than in rooted species. Roots were also richer in Hg than were leaves. Dry weight Hg concentrations in leaves and roots from all species varied from 46-246 ng.g-1 to 37-314 ng.g-1, respectively. These values are higher than those reported for uncontaminated lakes in Brazil and in other tropical areas and similar to those reported for moderately contaminated sites. Mercury concentrations can be attributed to fluvial transport from the heavily industrialized Paraíba do Sul river basin. Intensive sampling of Pistia stratiotes from two sites in the Vigário reservoir was performed to evaluate the capacity of Hg incorporation in short periods of time. The results showed a significant negative correlation between Hg content and size class of individual plants, demonstrating the importance of juveniles, fast growing plants in absorbing Hg. The foremost impact related to Hg contents in the studied area concerns the periodic removal of macrophytes for reservoir management, followed by disposal in nearby areas. This results in the mobilization of 0.52 to 1.3 Kg of Hg per year, a significant fraction of the Hg burden present in reservoir waters. Disposal of such material may result in Hg leaching to river systems, affecting the Hg transfer throughout the basin.
  • Larval development of Brachidontes solisianus (Bivalvia, Mytilidae): with notes on differences between its hinge system and that of the mollusk Perna perna

    Monteiro-Ribas, W.; Rocha-Miranda, F.; Romano, R. C.; Quintanilha, J.

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho faz parte de um programa de estudo sobre larvas meroplanctônicas que tem como objetivo o reconhecimento mais preciso das larvas no plâncton. Este estudo foi iniciado com a espécie Brachidontes solisianus (Bivalvia - Mytilidae) que é muito abundante nos costões rochosos da região de Cabo Frio. O desenvolvimento larvar foi realizado sob condições controladas durante 26 dias. A alimentação foi feita com Isochrysis galbana e Tetraselmis chui. A temperatura e a salinidade foram mantidas a 26° C e 28 ‰ , respectivamente. Diariamente, as larvas foram desenhadas em câmara clara e medidas com ocular micrométrica até a fixação. A primeira fase de véliger em forma de "D" ou Prodissoconcha I, mediu em média, 90 µm de comprimento por 70 µm de altura e a última, antes da fase de fixação (Pedivéliger), mediu 273 µm de comprimento e 257 µm de altura. No estudo comparativo das charneiras, duas espécies foram consideradas: Brachidontes solisianus e Perna perna. Observou-se que a espécie B. solisianus apresenta dentes mais evidentes nas extremidades do provinculum, enquanto na espécie P. perna aparecem ao longo de todo o provinculum.

    Abstract in English:

    This work, which is part of a study program on meroplankton larvae, aims to gain more in-depth knowledge about planktonic larvae. This study began with the mollusk Brachidontes solisianus (Bivalvia - Mytilidae), which is abundant on the rocky shores of the Cabo Frio region (state of Rio de Janeiro, Brazil). Brachidontes solisianus larvae were grown under controlled conditions for a period of 26 days and were fed with Isochrysis galbana and Tetraselmis chui. The temperature was kept at 26 °C and the saltiness at 28‰. Images of the larvae were taken daily with a light camera and measured with a micrometric lens until settlement occurred. The average size of the first D-shaped veliger stage was 90 µm in length and 70 µm in height, while the size in the last stage before settlement (pediveliger) was 273 µm in length and 257 µm in height. The comparative study of the hinge system involved the most abundant intertidal species of the study area: Brachidontes solisianus and Perna perna. The B. solisianus species were found to have more visible denticles at the extremities of the provinculum, whereas the denticles of the P. perna species occur along the entire provinculum.
  • The immature stages of Paramallocera hirta kirby, 1818 (Coleoptera: Cerambycidae: Elaphidionini)

    Morelli, E.; Sanchez, A.; Bianchi, M.

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho, se descrevem a larva do último instar e a pupa do Paramallocera hirta Kirby, 1818, com base em espécimes criados em laboratório a partir de larvas neonatas em toras de Eucalyptus globulus ssp. globulus e com uma dieta artificial. Apresentam-se, também, características com possível valor diagnóstico.

    Abstract in English:

    Last instar larva and pupa of Paramallocera hirta Kirby, 1818 are described and illustrated based on specimens reared in the laboratory from neonate larvae on Eucalyptus globulus ssp. globulus logs and on an artificial diet. Characteristics of possible diagnostic value are also presented in this paper.
  • Feeding dynamics and ecomorphology of Oligosarcus jenynsii (Gunther, 1864) and Oligosarcus robustus (Menezes, 1969) in the Lagoa Fortaleza, southern Brazil

    Nunes, D. M.; Hartz, S. M.

    Abstract in Portuguese:

    Oligosarcus jenynsii e Oligosarcus robustus são peixes pertencentes à família Characidae, sendo espécies ocorrentes no Rio Grande do Sul, Uruguai e norte da Argentina. Este estudo objetivou analisar os índices de repleção e hepatossomático e o fator de condição ao longo do tempo, fazer uma análise quali-quantitativa da dieta, e avaliar a segregação temporal e espacial ao longo da coluna d´água e ecomorfologia, como parâmetros de coexistência entre estas duas espécies. Os exemplares foram amostrados mensalmente, de maio de 2000 a abril de 2001, durante 24 horas/mês, com o auxílio de redes de espera de diversas malhagens. De cada indivíduo foram registradas medidas de comprimento total e padrão, peso total, peso do estômago e do fígado, sexo e estádio de repleção estomacal. Os resultados demonstram que O. jenynsii e O. robustus não apresentam um período alimentar definido, alimentando-se durante todo o tempo conforme a variação dos valores médios do índice de repleção, bem como das freqüências relativas dos estádios de repleção estomacal. O índice hepatossomático demonstra uma alocação de energia para o fígado durante todo o período, exceto na época reprodutiva, quando a energia é transferida para a maturação gonadal. O fator de condição estimado para as duas espécies revelou um aumento na época reprodutiva, evidenciando a influência das gônadas na condição em que se encontra o peixe. As análises na dieta revelaram que O. robustus é piscívoro, enquanto O. jenynsii se mostrou um carnívoro mais generalista, tendendo à piscivoria. O período de atividade das espécies foi crepuscular e está diretamente relacionado com a captura de presas. As análises ecomorfológicas revelaram diferenças no tamanho da cabeça e dimensões da boca entre as espécies. Os resultados obtidos sugerem que as espécies coexistem partilhando o recurso alimentar, diferindo em sua morfologia bucal, ingerindo, no entanto, presas similares porque o alimento pode não ser um fator limitante no ambiente.

    Abstract in English:

    Oligosarcus jenynsii and Oligosarcus robustus are fishes of Characidae family that occur in Rio Grande do Sul, Uruguay and northern Argentina. This work purported to study the feeding dynamics (repletion and hepatosomatic indexes and condition factor) over time, and to investigate the coexistence of these two species by evaluating the partition of resources using qualitative and quantitative analyses of diet, temporal and spatial segregation throughout the water column and some ecomorphological aspects of the species in the Lagoa Fortaleza. Specimens were sampled monthly, from May 2000 to April 2001 during 24 h/month, using stationary gill nets of different mesh sizes. The records of each individual included total and standard length; total, stomach and liver weight; sex and stomach repletion. The variation of the mean values of repletion index and relative frequencies of stomach repletion stages indicate that O. jenynsii and O. robustus do not present seasonal differences in feeding intensity. The hepatosomatic index shows an allocation of energy to the liver during every period except reproduction, when part of the energy is used for gonad maturation. The estimated condition factor for both species reveals an increase in the reproductive period, evidencing the influence of gonads upon the condition of the fish. The diet analysis revealed that O. robustus is piscivorous, whereas O. jenynsii is a generalist carnivore, tending to piscivory as well. The active period of O. robustus is more concentrated at sunrise and sunset, whereas O. jenynsii is continually active, a characteristic related to hunting for prey. The ecomorphological analysis revealed differences between the two species in the dimensions of the mouth. Evidence suggests that the species coexist, sharing food sources, differing in oral morphology but ingesting similar prey, possibly because food is not a limiting factor in the environment.
  • Abundance and frugivory of the toco toucan (Ramphastos toco) in a gallery forest in Brazil's Southern Pantanal

    Ragusa-Netto, J.

    Abstract in Portuguese:

    Dentre as espécies de tucanos, a maior delas, tucano toco (Ramphastos toco), é singular, uma vez que é muito comum em ambientes semi-abertos e/ou com manchas de florestas. As matas ciliares são citadas como ambientes em que essa espécie é comum. No entanto, os fatores relacionados com a ocorrência de R. toco, nesse tipo de vegetação, são desconhecidos. Estudei a abundância do tucano toco na mata ciliar do rio Miranda (Pantanal Sul), bem como a oferta de frutos carnosos, com o propósito de avaliar as relações entre esses parâmetros. Também examinei a exploração de frutos para avaliar as relações com a sua disponibilidade, bem como com a ocorrência do tucano toco na mata ciliar. Esse tucano foi mais comum de meados para o final da estação seca e em meados da estação chuvosa. Os frutos de três espécies arbóreas, Genipa americana (de longe o mais utilizado), Ficus luschnatiana e Cecropia pachystachya, foram amplamente consumidos. Os frutos das duas primeiras espécies destacaram-se durante a estação seca, enquanto os frutos da terceira foram importantes na estação chuvosa. O uso dos frutos de G. americana foi particularmente intenso, sendo que, ao final da estação seca, mais de 80% dos registros de alimentação incluíram essa espécie, quando a oferta de frutos carnosos declinou substancialmente. A ocorrência do tucano toco na mata ciliar foi significativamente relacionada com a oferta dos frutos mais utilizados e, também, com a atividade de exploração desses recursos. Esses resultados sugerem que, periodicamente, o R. toco movimentava-se para a mata ciliar em resposta à oferta de recursos alimentares abundantes, sobretudo os frutos de G. americana, amplamente disponíveis durante a rigorosa estação seca. Portanto, esse recurso potencialmente contribui para a persistência do R. toco no Pantanal Sul durante o período mais severo do ano.

    Abstract in English:

    Unlike other toucan species, the Toco toucan (Ramphastos toco) - the largest Ramphastidae - usually inhabits dry semi-open areas. This conspicuous canopy frugivore uses a large home range that includes a variety of vegetation types, among which gallery forests are widely cited as important to this species. However, the factors relating to the occurrence of Toco toucans in such habitats are unclear. I studied the abundance of Toco toucans as well as the availability of fleshy fruit in a gallery forest in the southern Pantanal (sub-region of Miranda, Brazil), in order to assess the relationship between these parameters. Also, I examined toucan foraging activity to analyze its relationship with both toucan abundance and fruit availability. The presence of the Toco toucan was more common in the gallery forest from the middle to the end of the dry season and during the middle of the wet season. Toucans foraged for fleshy fruits, mainly Genipa americana, Ficus luschnatiana, and Cecropia pachystachya fruits, feeding mostly on G. americana (by far the favorite food resource) and F. luschnatiana fruits during the dry season, while C. pachystachya fruits were important in the wet season. Toco toucans foraged particularly heavily (> 80% of foraging activity) on G. americana fruits during the latter part of the dry season, when fleshy fruit availability declined sharply. Toco toucan abundance in the gallery forest was associated with the availability of the most commonly consumed fleshy fruits, and also with its foraging activity. This finding suggests that the Toco toucan moved to the gallery forest periodically in response to the availability of abundant food resources, especially the G. americana fruits widely available and exploited during the severely dry season. Therefore, these fruits potentially contribute to Toco toucan persistence in the South Pantanal during the harshest period of the year.
  • Testicular maturation of Oligosarcus hepsetus (Cuvier) (Actinopterygii, Characidae) in a brazilian tropical reservoir

    Santos, R. N.; Andrade, C. C.; Santos, L. N.; Santos, A. F. G. N.; Araújo, F. G.

    Abstract in Portuguese:

    Seis classes de maturação dos testículos de Oligosarcus hepsetus (Cuvier, 1829), um Characiforme carnívoro de médio porte, foram descritas com base em técnicas macro e microscópicas. Um total de 175 indivíduos foi capturado mensalmente entre abril/2001 e junho/2002 no Reservatório de Lajes, Brasil, uma das maiores áreas represadas do Estado do Rio de Janeiro. As classes reprodutivas foram estabelecidas de acordo com mudanças na morfologia dos testículos e nos estádios das células germinativas: repouso, maturação inicial, maturação final, maduro, parcialmente esvaziado e totalmente esvaziado. Os testículos da classe em repouso apresentaram espermatogônias e espermatócitos ao longo da parede dos túbulos seminíferos, enquanto as espermátides foram encontradas no lúmen dos túbulos. Nos testículos em maturação inicial, a espermatogênese é intensa; em maturação avançada e maduros, os túbulos estão repletos de sêmen, que são característicos de peixes aptos a reprodução. Testículos esvaziados apresentaram sêmen residual nos túbulos seminíferos, coincidindo com a diminuição do IGS e com uma grande redução na espermatogênese. Em geral, a morfologia dos testículos e o desenvolvimento das classes de maturação de O. hepsetus no Reservatório de Lajes não diferiram de espécies similares em outros ambientes lênticos. Os menores valores do IGS para o reservatório oligotrófico de Lajes, quando comparados com lagos naturais eutróficos, sugerem que O. hepsetus pode estar alterando este aspecto de sua estratégia reprodutiva no ambiente artificial.

    Abstract in English:

    Six reproductive classes of male Oligosarcus hepsetus (Cuvier, 1829), a medium-sized carnivorous Characiform species, are described based on macroscopic and histological techniques. A total of 175 individuals were caught monthly between April 2001 and June 2002 in the Lajes Reservoir, Brazil, one of the largest impoundment areas in the state of Rio de Janeiro. The reproductive classes were based upon changes in the testicular morphology and stages of germinative cells, i.e., resting, early maturing, late maturing, mature, partially spent and totally spent. Fish in the resting class showed testes with spermatogonia and spermatocytes along the wall of seminal lobules, while spermatids were present in the lumina of the lobules. During early maturing, active spermatogenesis occurs throughout the testis; in the late maturing and mature classes, the lobules are swollen with sperm that are typical of fish in breeding condition. Spent testes presented seminal lobules with residual spermatozoa, coinciding with decreasing GSI and greatly reduced sperm production. Overall, the testicular morphology and class of maturity development of O. hepsetus in the Lajes reservoir did not differ significantly from those of closely related species in other lentic environments. Lower GSI values in the oligotrophic Lajes reservoir than in other eutrophic natural lakes suggest that this species may be modifying this aspect of its reproductive strategy in response to the artificial environment.
  • Reproductive studies on ipecac (Cephaelis ipecacuanha (Brot.) A. Rich; Rubiaceae): meiotic behavior and pollen viability

    Souza, M. M.; Martins, E. R.; Pereira, T. N. S.; Oliveira, L. O.

    Abstract in Portuguese:

    Estudos reprodutivos foram realizados em acessos brasileiros de poaia, Cephaelis ipecacuanha. O comportamento meiótico foi estudado usando a técnica de esmagamento. Foi observada segregação irregular de cromossomos durante meiose I e II, muitos grupos de cromossomos em telófase II, micronúcleos, divisão incorreta do citoplasma, citocinese incompleta e produtos pós-meióticos anômalos, principalmente políades. A média do índice meiótico foi inferior a 72%. A viabilidade polínica foi analisada utilizando-se solução de Alexander e a percentagem de pólen viável variou entre as formas florais, brevistila e longistila (85,3% a 93,1%), e entre as diferentes localidades (82,5% a 92,6%) analisadas. O tamanho do pólen variou entre viáveis e inviáveis, e entre os inviáveis vazios e contraídos. Em seu habitat natural, a poaia apresenta propagação por multiplicação vegetativa, mas a reprodução sexuada parece ser tão importante para essa espécie quanto a propagação vegetativa.

    Abstract in English:

    Reproductive studies were carried out on Brazilian accessions of ipecac, Cephaelis ipecacuanha. Meiotic behavior was studied using the squashing technique. Irregular chromosome segregation in meiosis I and II, many sets of chromosomes in telophase II, micronuclei, incorrect cytoplasm division, incomplete cytokinesis and anomalous post-meiotic products, mainly polyads, were observed. The mean meiotic index was lower than 72%. Pollen viability was analyzed using Alexander solution, and the percentages ranged between brevistylous and longistylous floral morphs (85.3 to 93.1%), and among different localities (82.5 to 92.6%) analyzed. The size of pollen ranged between viable and sterile, and empty and shrunken sterile. In its natural habitat, this species is known to propagate by vegetative multiplication, but sexual reproduction seems to be as important as the vegetative propagation to this species.
  • Chromosomal analysis of Astyanax fasciatus (PISCES, CHARACIDAE) from the Araguari river, Uberlândia, MG, Brazil

    Torres-Mariano, A. R.; Morelli, S.

    Abstract in Portuguese:

    O gênero Astyanax é um dos mais numerosos da família Characidae, englobando um grande número de espécies muito semelhantes na forma, mas que apresentam inúmeras variações cariotípicas no número e/ou estrutura cromossômica. Encontram-se descritas na literatura populações de A. fasciatus com o número diplóide variando de 2n = 45 a 2n = 48 cromossomos. No presente trabalho, espécimes de Astyanax fasciatus da população da calha do rio Araguari (bacia do Alto Paraná), foram caracterizados citogeneticamente. O número diplóide observado foi 2n = 46 cromossomos. As regiões organizadoras de nucléolo (NORs), detectadas com nitrato de prata, apresentaram um sistema múltiplo, com dois pares de cromossomos marcados. Esses dados estão de acordo com os descritos para outras populações da mesma espécie.

    Abstract in English:

    The genus Astyanax is one of the most numerous of the family Characidae, comprising a large number of similar-shaped species, but displaying innumerable karyotypic variations in its chromosome number and/or structure. The literature describes A. fasciatus populations with diploid chromosome numbers varying from 2n = 45 to 2n = 48. In this study, A. fasciatus specimens captured in the Araguari River (Alto Paraná basin) were cytogenetically characterized, revealing a diploid chromosome number of 2n = 46. The nucleolar organizing regions (NORs), detected with silver nitrate staining, showed a multiple system with two pairs of marked chromosomes. These findings are congruent with those of other studies involving populations of the same species.
  • Body size, diet and endoparasites of the microhylid frog Chiasmocleis capixaba in an Atlantic Forest area of southern Bahia state, Brazil

    Van Sluys, M.; Schittini, G. M.; Marra, R. V.; Azevedo, A. R. M.; Vicente, J. J.; Vrcibradic, D.

    Abstract in Portuguese:

    Analisamos a composição da dieta, endoparasitas e dimorfismo sexual em tamanho no anuro Chiasmocleis capixaba (Microhylidae) em um habitat de "mussununga" no município de Nova Viçosa, no sul do Estado da Bahia, Brasil. Todos os 119 espécimes analisados foram coletados em uma única noite com chuva intensa. As fêmeas (comprimento rostro-cloacal médio = 15,7 + 3,0 mm) foram significativamente maiores que os machos (comprimento rostro-anal médio = 13,2 + 2,1 mm), e indivíduos de ambos sexos foram menores do que os de uma população coespecífica de Aracruz, no Estado do Espírito Santo. A dieta de C. capixaba estava dominada por ácaros, formigas e colêmbolos. Setenta e nove indivíduos (66.4% do total) estavam infectados por helmintos, todos pertencentes a uma única espécie, Cosmocerca ornata, um nematódeo intestinal.

    Abstract in English:

    We analyzed the diet composition, endoparasites and sexual size dimorphism of the microhylid frog Chiasmocleis capixaba (Microhylidae) from a "mussununga" habitat in the municipality of Nova Viçosa, southern Bahia state, Brazil. All the 119 specimens analyzed were collected in a single night of heavy rainfall. Females (mean snout-vent length = 15.7 + 3.0 mm) were significantly larger than males (mean snout-vent length = 13.2 + 2.1 mm), and specimens of both sexes were smaller than those of a conspecific population previously reported in Aracruz, state of Espírito Santo state. The diet of C. capixaba was dominated by mites, ants and collembolans. Seventy-nine frogs (66.4% of the total) were infected by helminths, all belonging to a single species, Cosmocerca ornata, an intestinal nematode parasite.
  • Considerations on the effect of anti-sandfly antibodies on biological parameters of Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae)

    Vilela, M. L.; Souza, N. A.; Oliveira, S. M. P.; Costa-Pinto, D.; Cabello, P. H.; Rangel, E. F.; Traub-Cseko, Y. M.

    Abstract in Portuguese:

    A imunização de hospedeiros vertebrados com componentes derivados de vetores pode se constituir numa estratégia alternativa para o controle de doenças transmitidas por insetos. No presente estudo avaliamos o efeito de anticorpos antiflebótomos sobre alguns parâmetros biológicos de fêmeas de Lutzomyia longipalpis, vetor de leishmaniose visceral. Coelhos foram imunizados com extratos de tubos digestivos de fêmeas alimentadas com açúcar (GS), fêmeas alimentadas com sangue (GB), carcaças de fêmeas alimentadas com açúcar (CS) ou carcaças de fêmeas alimentadas com sangue (CB), e coelho imunizado por repetidas picadas de fêmeas de flebótomos (BITE). Os soros imunes de coelhos apresentaram títulos aumentados quando comparados com os soros pré-imunes, e bandas específicas foram detectadas por meio de Western Blot. A análise dos parâmetros biológicos revelou um decréscimo na fecundidade no grupo de fêmeas alimentadas em coelho imunizado com GB e BITE. A longevidade e a mortalidade foram estudadas em fêmeas com postura (paridas) e fêmeas sem postura (nulíparas). Fêmeas nulíparas que se alimentaram em coelho imunizado por repetidas picadas morreram em maior percentual. A análise da mortalidade, após a postura dos ovos, revelou um pico no quinto dia em todos os grupos, mas em fêmeas que se alimentaram em coelho submetido a repetidas picadas, foi antecipada para o terceiro dia.

    Abstract in English:

    The immunization of vertebrate hosts with vector components may be an alternative for the control of diseases transmitted by insects. In the present study we evaluated the effects of anti-sandfly antibodies on some of the biological parameters of female Lutzomyia longipalpis, a vector of visceral leishmaniasis. Rabbits were immunized with extracts of gut from blood-fed (GB) or sugar-fed (GS) females, carcass of sugar-fed (CS) or blood-fed (CB) females, and with repeated sandfly bites (BITE). Immune sera showed increased antibody titers compared to pre-immunized animals, and specific bands were detected by Western Blot. An analysis of biological parameters revealed a decline in fecundity in the group of females fed on rabbits immunized with GB and BITE. Longevity and mortality were studied in females with oviposition (parous) and without oviposition (nulliparous). Nulliparous females that fed on rabbits immunized with bites died in the highest percentage. A mortality analysis after egg laying revealed a peak on the fifth day in all the groups, but females fed on rabbit subjected to repeated bites showed a shift towards the third day.
  • Second record of Lasiurus ega (Gervais) (Mammalia, Chiroptera, Vespertilionidae) over the south atlantic Notes And Comments

    Esbérard, C. E. L.; Moreira, S. C.
  • Onychophora in humid forests of northeastern Brazil Notes And Comments

    Vasconcellos, A; Almeida, W. O.; Souza, L. A.
Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br