Presença de Staphylococcus spp. e Candida spp. na cavidade bucal humana

Clélia Aparecida de Paiva Martins Cristiane Yumi Koga-Ito Antonio Olavo Cardoso Jorge Sobre os autores

A presença de leveduras do gênero Candida e Staphylococcus na cavidade bucal humana é de extrema importância, pois podem atuar como microbiota suplementar e em determinadas situações causar doença bucal ou sistêmica. O objetivo do presente trabalho foi estudar a prevalência de Candida spp. e Staphylococcus spp. na cavidade bucal humana. Enxagüe bucal foi coletado de 68 indivíduos segundo a técnica proposta por Samaranayake e MacFarlane e a seguir semeados em ágar Sabouraud dextrose com cloranfenicol e ágar Baird-Parker. Após crescimento, os microrganismos foram isolados e identificados através de provas bioquímicas. Os dados foram analisados através de análise de variância (ANOVA). Leveduras do gênero Candida foram encontradas em 61,76% dos indivíduos examinados, sendo C. albicans a mais frequentemente isolada. Staphylococcus spp. foram isolados em 95,60% das cavidades bucais, sendo 41 cepas (63%) coagulase-negativas. Das cepas coagulase-positivas, nove eram S. aureus, 11 S. hyicus, e quatro S. schleiferi subespécie coagulans. Não foi observada correlação entre as contagens (UFC) de Candida spp. e Staphylococcus spp. encontradas nos enxagües bucais dos indivíduos examinados.

Staphylococcus; Candida; fosfolipase; proteinase; sistema killer; cavidade bucal


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br