Susceptibilidade in vitro a antimicrobianos de staphylococci isolados de cães com piodermatite no estado do Rio de Janeiro, Brasil

B. Penna R. Varges L. Medeiros G.M. Martins R.R. Martins W Lilenbaum Sobre os autores

O estudo se propõe a avaliar a etiologia e a susceptibilidade de estafilococos isolados de cães com dermatite. Os isolados foram identificados por provas bioquímicas e testados quanto a sua susceptibilidade a 15 antimicrobianos. Trinta e nove isolados de Staphylococci foram obtidos, e S. pseudintermedius foi mais freqüente (47,4%). Todos isolados apresentaram resistência a pelo menos uma droga e 77,1% foram multirresistentes. A oxacilina foi a droga mais eficaz. O estudo demonstra níveis alarmantes de resistência antimicrobiana nos Staphylococcus de pioderma canino.

Staphylococci; resistência; agentes antimicrobianos; cães; pioderma


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br