Accessibility / Report Error

Tratamento de soro com sobrenadante de cultura de Candida albicans reduz a fagocitose soro-dependente

Candida albicans é um potente ativador do sistema complemento, e opsoninas lábeis ao calor produzidas por ativação de C3 (C3b e iC3b) aumentam a fagocitose de C. albicans mediada por receptores de complemento. Neste estudo, tratamos o soro de camundongo com sobrenadante de culturas de uma cepa de C. albicans produtora de proteases e avaliamos a capacidade deste soro reduzir a fagocitose de C. albicans. Sobrenadantes livres de células obtidos de cultura de C. albicans foram concentrados 5 vezes e adicionados ao soro de camundongo por 30 minutos a 37ºC, antes deste soro ser usado para opsonização de C. albicans na forma de levedura e fixadas em glutaraldeido. Nós observamos que soro normal aumentou 3 vezes a fagocitose de C. albicans por macófagos peritoneais, enquanto que o soro tratado com sobrenadante não aumentou a fagocitose. Este efeito do sobrenadante sobre o soro foi evitado por adição de pepistatina (5 µg/ml; um inibidor de proteinase ácida) ao meio. Soro tratado com sobrenadantes de culturas de um mutante de C. albicans deficiente em produção de proteinase também aumentou em 3 vezes a fagocitose da levedura. Estes resultados sugerem que uma proteinase produzida por C. albicans causa proteólise de opsoninas do soro, desta maneira reduzindo a fagocitose da levedura.

Candida albicans; fagocitose; proteinase


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br