Distribuição de genótipos do Vírus da hepatite C (HCV) em pacientes soropositivos no Estado de Alagoas, Brasil

Rosa Maria S. Gonzaga Itatiana F. Rodart Mitermayer Galvão Reis Cícero Eduardo Ramalho Neto Denise Wanderlei Silva Sobre os autores

A frequência de genótipos do vírus da hepatite C (HCV) em pacientes soropositivos anti-HCV no estado de Alagoas, Brasil, foi determinada através da RT-PCR aninhada da região 5'NCR seguida pela análise do polimorfismo de comprimento dos fragmentos de restrição (RFLP). A RT-PCR aninhada utilizando primers genótipo-específicos da região core foi efetuada quando não foi possível determinar o genótipo pelo primeiro método. Níveis detectáveis de HCV-RNA estavam presentes em 115 (74,7%) das 154 amostras de soro. O genótipo 1 foi o mais freqüente (77,4%), contra 20,9% do genótipo 3 e 0,8% do genótipo 2. O subtipo 1b foi predominante (65,2%), seguido pelos subtipos 1a (8,7%) e 3a (6,1%). Co-infecção (1a/3a) foi detectada em 0,8% das amostras. Não foram encontradas diferenças significativas quanto à prevalência do genótipo 1 em relação ao que tem sido obtido de pacientes soropositivos anti-HCV de outras localidades do Brasil. Este é o primeiro relato da presença do genótipo 2 no estado.

Vírus da hepatite C; 5'NCR; região core; RT-PCR aninhada; genótipos


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br