Mecanismos de captação de ferro de Escherichia coli enteroinvasora

Agda Andrade Monique Dall’Agnol Salete Newton Marina B. Martinez Sobre os autores

Cepas de Escherichia coli enteroinvasora de diferentes sorotipos isoladas de pacientes com diarréia aguda foram examinadas quanto a capacidade de produzir sideróforos e proteínas de membrana externa reguladas pelo ferro (IROMP). O crescimento bacteriano em meio com deficiência em Fe foi obtido em caldo Lúria acrescido de 200 mM de alfa-<FONT FACE="Symbol">a</font>’dipiridil. Todas as cepas produziram enterobactina e 40% produziram aerobactina. As cepas produziram IROMPs com MM variando de 82-67 kDa. As proteínas foram induzidas ou estimuladas pela deficiência de ferro. Diferenças foram observadas no perfil eletroforético entre os sorotipos, originando 5 perfis eletroforéticos. Todos os sorotipos, com exceção do sorotipo O28ac:H- (onde a proteína de 76 kDa não foi produzida), expressaram proteínas de 82 kDa (FepA) e 76 kDa (IutA). Várias cepas (O29:H-, O144:H-, O152:H- e O167:H-) expressaram IutA na membrana externa, na ausência da produção de aerobactina. Além das proteínas (FepA e IutA), foram encontradas em alguns sorotipos duas IROMPs de função desconhecida: uma proteína de 71 kDa foi detectada em 3 perfis e uma de 67 kDa presente no sorotipo O152:H-. Além disso, 2 bandas (39 e 43 kDa), as quais não foram reguladas pelo ferro, mostraram afinidade à lactoferrina humana.

Escherichia coli enteroinvasora; captação de ferro


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br