Explorando as aplicações biotecnológicas do domínio archaea

As arqueas representam uma considerável fração dos procariotos nos ecossistemas marinhos e terrestes, indicando que estes organismos devem possuir um grande impacto nos ciclos energéticos. A natureza extremofílica de muitas arqueas tem estimulado intensos esforços para compreender sua adaptação fisiológica a ambientes extremos. Suas propriedades incomus as tornam uma fonte valiosa no desenvolvimento de novos processos biotecnológicos e aplicações industriais como novos fármacos, cosméticos, suplementos nutricionais, sondas moleculares, enzimas e reagentes. Na presente mini-revisão, mostramos e discutimos algumas de suas características exclusivas correlacionando-as com seu potencial biotecnológico e aplicação industrial. Os tópicos são: características das arqueas, divisão filogenética, aplicações biotecnológicas, isolamento e cultivo de novos microrganismos, genoma e metagenoma.

Archaea; Biotecnologia; Enzimas extremofílicas; Filogenia Molecular; Genômica


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br