Influência das concentrações iniciais de asparagina e glicerol sobre a cinética de crescimento submerso de Mycobacterium bovis

Estudou-se a influência das concentrações iniciais, no meio de Sauton, de asparagina e glicerol sobre as produtividades, expressas em unidades formadoras de colônias e biomassa microbiana, referentes aos cultivos submersos do Mycobacterium bovis, em biorreator de 20 mL. As concentrações iniciais de 2,27 e 25 mL/L de asparagina e glicerol, respectivamente, conduziram à maior produtividade, em unidades formadoras de colônias, a saber 2,7.10(6) colônias/mg.dia. Por outro lado, as concentrações de 4,54 e 25 mL/L dos mesmos componentes, corresponderam à melhor produtividade em biomassa, a saber: 2,5 g/dia. Através das análises dos consumos relativos de asparagina e glicerol (50 e 26% respectivamente), verificou-se também que as concentrações destes componentes podem ser reduzidas na composição original do meio de Sauton, com o objetivo de obter uma produção otimizada de vacina BCG em bioreator.

BCG; Mycobacterium bovis; meio de cultura; vacina; cultivo submerso descontínuo


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br