Seqüenciamento do DNA ribossomal 18S, padrões enzimáticos e caracterização morfológica de isolados de Trichophyton

Os dermatófitos formam um dos principais grupos de fungos patogênicos, caracterizados pela utilização da queratina do hospedeiro para sua nutrição. Por se constituírem um grupo de fungos intimamente relacionados, compartilham uma série de características comuns. Além disto, a morfologia de isolados de determinadas espécies pode ser atípica, tornando a identificação das espécies ainda mais difícil. Muitos métodos vêm sendo explorados na tentativa de distinguir dermatófitos, porém a associação de diferentes abordagens para a investigação da variabilidade intra e interespecífica de Trichophyton permanece escassa. Alguns trabalhos têm demonstrado que apesar de conservados, os fragmentos amplificados da seqüência correspondente à subunidade ribossomal menor 18S, contêm regiões conhecidas por sua variabilidade e capacidade de distinção entre espécies de levedura de importância médica, indicando que esta região também pode ser útil na diferenciação dos dermatófitos. Nesse estudo, a análise da seqüência do DNA ribossomal 18S foi combinada com critérios morfológicos e bioquímicos com o objetivo de se detectar possíveis diferenças genéticas entre sete isolados e estimar suas relações filogenéticas. Os resultados mostram que os isolados investigados pertencem ao grupo Trichophyton, o qual pode potencialmente conter o cluster Trichophyton rubrum.

Trichophyton; seqüenciamento do DNA ribossomal 18S; enzimas extracelulares; dermatófito


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br