Desempenho de meios de transporte e seletivo na recuperação de Bordetella bronchiseptica de suínos e sua comparação à detecção pela reação em cadeia pela polimerase

Tania Alen Coutinho Mari Lourdes Bernardi Marisa Ribeiro de Itapema Cardoso Sandra Maria Borowski Andrea Micke Moreno David Emilio Santos Neves de Barcellos Sobre os autores

Três ensaios comparativos foram feitos com o objetivo de aperfeiçoar a sensibilidade do diagnóstico da infecção pela Bordetella bronchiseptica a partir de suabes nasais de leitões. O experimento inicial comparou a recuperação de B. bronchiseptica a partir de suabes, simultaneamente inoculados com B. bronchiseptica e algumas bactérias interferentes, imersos em três formulações para transporte (meio Amies com carvão, caldo tripticaseína de soja e tampão de fosfatos segundo Soerensen suplementado com 5% de soro fetal bovino) e submetidos a diferentes temperaturas (10ºC e 27ºC) e períodos de incubação (24, 72 e 120 horas). O experimento subseqüente comparou três meios seletivos (ágar MacConkey, meio seletivo G20G modificado e o meio de ceftiofur) em relação às suas capacidades de recuperação a partir de amostras clínicas. O último experimento comparou a reação em cadeia pela polimerase aos três meios seletivos. No primeiro experimento, a recuperação de B. bronchiseptica nos sistemas de transporte foi melhor a 27ºC e as três formulações tiveram boas performances nesta temperatura, mas o conjunto das análises qualitativa e quantitativa apontou para o uso preferencial do meio Amies para o transporte de suabes nasais. O segundo experimento indicou que o ágar MacConkey e o G20G modificado mostraram resultados similares e foram superiores ao meio de ceftiofur. No experimento final, a técnica de reação em cadeia pela polimerase apresentou uma capacidade de detecção da B. bronchiseptica superior a do cultivo.

Bordetella bronchiseptica; suínos; meios de transporte; meios seletivos; PCR


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br