Isolamento e caracterização de uma nova cepa de Stenotrophomonas maltophilia com várias dioxigenases para degradação de hidrocarbonetos monocíclicos

Guzik Urszula Greń Izabela Wojcieszyńska Danuta Łabużek Sylwia Sobre os autores

Uma bactéria Gram-negativa, denominada KB2, foi isolada de lodo ativado, verificando-se ser capaz de utilizar substratos aromáticos com única fonte de carbono e energia. Com base nas características morfológicas e físico-químicas, e na análise da sequencia do gene 16SrRNA, esta bactéria foi identificada como Stenotrophomonas maltophilia. Entre as diversas cepas de S. maltophilia já descritas, essa cepa é a primeira com atividade de três tipos de dioxigenases, dependendo da estrutura do indutor. As células cultivadas em benzoato e catecol apresentaram atividade de catecol 1,2-dioxigenase principalmente. A atividade de 2,3-dioxigenase foi detectada após indução com fenol. Após incubação com ácidos 4-hidrobenzoico, ácido protocatecuico e vanílico, encontrou-se protocatecuato 3,4-dioxigenase no extrato celular. Devido ao amplo espectro de atividade das diferentes dioxigenases de S. maltophilia KB2, esta cepa parece ser uma ferramenta poderosa e útil para o biotratamento de efluentes e descontaminação do solo.

biodegradação; Stenotrophomonas; compostos aromáticos; dioxigenases


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br