Accessibility / Report Error

Avaliação de métodos para detecção e identificação de espécies de Mycobacterium em pacientes com suspeita de tuberculose pulmonar

A. M. Marchi I. D. Juttel E. M. Kawacubo E. M. Dalmarco S. L. Blatt C. M. M. Cordova Sobre os autores

A tuberculose é um dos agravos prioritários para as políticas do Ministério da Saúde. No presente trabalho, o método de detecção de Mycobacterium tuberculosis pela Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) em amostras de escarro foi padronizado e o diagnóstico laboratorial da tuberculose pulmonar foi avaliado, comparando-se as metodologias de baciloscopia, cultura e PCR. Foram analisadas 117 amostras de escarro de diferentes pacientes com suspeita de tuberculose pulmonar, com solicitação de baciloscopia. A baciloscopia foi realizada com a coloração de Ziehl-Neelsen e a cultura pela semeadura das amostras em meio de Lowenstein-Jensen, incubadas a 37ºC por oito semanas. Para realização da PCR, o DNA foi amplificado com um par de oligonucleotídeos específicos para o complexo M. tuberculosis, resultando em um produto de 123 pb do elemento de inserção IS6110. Das 117 amostras analisadas, três (2,56%) apresentaram baciloscopia positiva e PCR positiva para M. tuberculosis (concordância de 100%), e nove (7,69%) tiveram crescimento de Mycobacterium sp. na cultura (P= 0,1384). Das seis amostras que tiveram resultado positivo somente por cultura, uma foi identificada ainda como pertencente ao complexo M. tuberculosis por PCR-RFLP, e outra foi identificada como micobactéria não tuberculosa. A sensibilidade e a especificidade da baciloscopia e da PCR em relação à cultura foram 33,3% e 100%, respectivamente.

tuberculose; baciloscopia; cultura; PCR


Sociedade Brasileira de Microbiologia USP - ICB III - Dep. de Microbiologia, Sociedade Brasileira de Microbiologia, Av. Prof. Lineu Prestes, 2415, Cidade Universitária, 05508-900 São Paulo, SP - Brasil, Ramal USP 7979, Tel. / Fax: (55 11) 3813-9647 ou 3037-7095 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjm@sbmicrobiologia.org.br