Brazilian Journal of Oceanography, Volume: 57, Issue: 4, Published: 2009
  • Editorial: BJO no século 21

    Vanin, Ana Maria Setubal Pires
  • The influence of the 1992-1993 el niño on the reproductive biology of Scomber japonicus peruanus (Jordán & Hubb, 1925)

    Caramantin-Soriano, Hilda; Vega-Pérez, Luz Amelia; Ñiquen, Miguel

    Abstract in Portuguese:

    A influência do evento El Niño 1992-1993 no comportamento reprodutivo de Scomber japonicus peruanus (cavalinha) foi estudada a partir de amostras coletadas mensalmente, ao longo do litoral peruano (3º23'S-14º00'S), de janeiro de 1990 a dezembro de 1993. A variação mensal do índice gonadossomático e a freqüência dos estágios de maturação gonadal evidenciaram que a desova da cavalinha ocorreu o ano inteiro, sendo mais intensa no verão. Os valores do índice gonadossomático foram mais elevados durante o evento El Niño, mas, em contraposição, as fêmeas apresentaram peso menor. Os dados mostraram que o fator de condição diminuiu em fêmeas com mais de 35 cm de comprimento furcal.

    Abstract in English:

    The influence of the 1992-1993 El Niño events on the reproductive behavior of the Scomber japonicus peruanus (Chub mackerel) was studied from samples collected monthly, along the Peruvian coast (3º23'S-14º00'S), from January 1990 to December 1993. The monthly variation of the gonadosomatic index and the frequency of the periods of gonad maturation evidenced that the spawning of the species occurred all year long, being more intense in summer. The values of the gonadosomatic index were higher during the occurrence of the 1992-1993 El Niño, while the body weight and gonad weight decreased. Regarding the condition factor, its values decreased in females over 35 cm in fork length.
  • Age and growth of the king mackerel (Scomberomorus Cavalla) off the northeastern coast of Brazil

    Nóbrega, Marcelo Francisco de; Lessa, Rosangela Paula

    Abstract in Portuguese:

    A idade e o crescimento da King mackerel (Scomberomorus cavalla) foram estimados na região nordeste do Brasil. Foram analisados 405 otólitos sagita, sendo 140 machos (24,4-112 cm), 73 fêmeas (28-114,8 cm) e 193 exemplares com sexo indeterminado (11,5-121 cm). A análise do incremento marginal indicou um padrão anual na deposição das bandas de crescimento. As classes de idade variaram entre 1 e 15 anos e os comprimentos de 11,5 a 121 cm. O modelo de Schnute indicou que o melhor ajuste é apresentado pelo modelo de von Bertalanffy com p=1/b, sendo, então, utilizado para as estimativas de crescimento. As curvas retrocalculadas apresentaram as menores variâncias e os parâmetros de crescimento foram estimados para machos: L∞ = 116,8 cm, K = 0,190, t0 = 0,37; para fêmeas: L∞ = 132,7 cm, K = 0,159 e t0 = 0,387. Para comparação das curvas de machos e fêmeas, foram construídas regiões de confiança de 95% para os parâmetros gerados pelo método de mínimos quadrados não linear de von Bertalanffy. Exemplares entre 3 e 8 anos representaram 82,2% (n=5,783) da composição das capturas, caracterizando assim, o estoque capturável da espécie na região.

    Abstract in English:

    Age and growth of the king mackerel (Scomberomorus cavalla) were estimated for northeastern Brazil. A total of 405 sagittal otoliths from 140 males (24.4-112 cm), 73 females (28-114.8 cm) and 193 specimens of unknown sex (11.5-121 cm) were examined. Marginal increment analysis indicated an annual pattern for growth band deposition. The age classes ranged from 1 to 15 years. Length ranged from 11.5 to 121 cm. The Schnute model indicated that the von Bertalanffy growth model demonstrated the best adjustment, with p=1/b, and was therefore used for estimating growth. Back-calculated curves had smaller variances, giving the following estimated growth parameters for males: L∞= 116.8 cm, K = 0.190, t0 = 0.377; and females: L∞= 132.7 cm, K = 0.159 and t0 = 0.387. In order to compare the curves for males and females, the overlapping of 95% confidence intervals was performed for the parameters generated from the von Bertalanffy non-linear least square method. Specimens between 3 and 8 years of age represented 82.2% (n=5,783) of the catch composition, characterizing the species as a catchable stock in the region.
  • Polychaete assemblage of an impacted estuary, Guanabara Bay, Rio de Janeiro, Brazil

    Santi, Leonardo; Tavares, Marcos

    Abstract in Portuguese:

    Trinta e oito estações foram amostradas na Baía de Guanabara, Rio de Janeiro, Brasil, no intuito de descrever a diversidade e biomassa de poliquetas sublitorais. As coletas foram realizadas em dois períodos distintos do ano: seco (Setembro 2000) e chuvoso (Maio de 2001). A distribuição espacial dos poliquetas sublitorais demonstrou ser nitidamente heterogênea na Baía de Guanabara. Um gradiente negativo de diversidade e biomassa foi observado em direção as partes internas e protegidas da baía. Foi encontrada uma grande área azóica dentro da baía. Por outro lado, algumas áreas com alta biomassa e baixa diversidade foram encontradas nas proximidades de locais com despejo de esgoto urbano não tratado. Nestas áreas foi observado aumento da biomassa de poliquetas no período chuvoso. Uma comunidade diversificada foi identificada na entrada da baía sem mudanças dramáticas deste padrão entre os dois períodos estudados. Os depositívoros de superfície foram dominantes em toda a área estudada. A importância relativa dos carnívoros e omnívoros aumentou em direção ao setor externo contendo estações de coleta com frações granulométricas mais grosseiras. A Baía de Guanabara pôde ser dividida em três principais regiões levando-se em consideração as condições ambientais, diversidade e biomassa de poliquetas sublitorais: A) área com alta diversidade situada em regiões hidrodinamicamente mais expostas, compostas por areias oxidadas ou pouco reduzidas e com concentrações normais de oxigênio dissolvido na coluna d'água; B) área com baixa diversidade e alta biomassa de poliquetas depositívoras e suspensívoras na porção intermediária da baía próxima a efluentes urbanos, abrangendo estações com contribuições semelhantes de silte, argila e areias finas; C) área azóica ou com emprobecimento da comunidade de poliquetas, apresentando baixa densidade em regiões com baixa energia hidrodinâmica compostas por silte e argila em condição extremamente reduzida, altas concentrações de matéria orgânica total e pouca disponibilidade de oxigênio na coluna d'água, localizada essencialmente do meio até o setor norte da baía. O alto conteúdo de matéria orgânica e as condições de hipoxia da coluna d´água, combinados com a baixa renovação das águas nas áreas protegidas, parecem ter exercido papel fundamental na diversidade e biomassa das poliquetas sublitorais. Os processos de sedimentação e o aporte orgânico intenso a que a Baía de Guanabara está sujeita podem ter contribuído negativamente para a sobrevivência da fauna.

    Abstract in English:

    Thirty-eight stations were sampled in Guanabara Bay, Rio de Janeiro, Brazil, to assess the spatio-temporal diversity and biomass of sublittoral polychaetes. Samples were collected during the dry (September 2000) and rainy season (May 2001) in shallow sublittoral sediments. The polychaete spatial composition showed a heterogeneous distribution throughout the bay. A negative gradient of diversity and biomass was observed towards the inner parts of the bay and sheltered areas. A wide azoic area was found inside the bay. Some high-biomass and low-diversity spots were found near a sewage-discharge point. In these areas, the polychaete biomass increased after the rainy season. A diversified polychaete community was identified around the bay mouth, with no dramatic changes of this pattern between the two sampling periods. Deposit-feeders were dominant in the entire study area. The relative importance of carnivores and omnivores increased towards the outer sector, at stations with coarse sediment fractions. Guanabara Bay can be divided into three main zones with respect to environmental conditions and polychaete diversity and biomass patterns: A) High polychaete diversity, hydrodynamically exposed areas composed of sandy, oxidized or moderately reduced sediments with normoxic conditions in the water column. B) Low diversity and high biomass of deposit and suspension-feeding polychaete species in the middle part of the bay near continental inflows, comprising stations sharing similar proportions of silt, clay and fine sands. C) Azoic area or an impoverished polychaete community in hydrodynamically low-energy areas of silt and clay with extremely reduced sediments, high total organic matter content and hypoxic conditions in the water column, located essentially from the mid-bay towards the north sector. High total organic matter content and hypoxic conditions combined with slow water renewal in the inner bay seemed to play a key role in the polychaete diversity and biomass. Sedimentation processes and organic load coming from untreated sewage into the bay may have negatively affected the survivorship of the fauna.
  • Combined effect of body weight, temperature and salinity on shrimp Litopenaeus vannamei oxygen consumption rate

    Bett, Crislei; Vinatea, Luis

    Abstract in Portuguese:

    Com o objetivo de aperfeiçoar os cálculos a cerca da necessidade de aeração mecânica em sistemas de cultivo de camarão marinho Litopenaeus vannamei, foi quantificado o consumo de oxigênio em condições combinadas de temperaturas (20, 25 e 30ºC) e salinidades (1, 13, 25 e 37 ‰) para juvenis de L. vannamei com três tamanhos diferentes (2, 6 e 12 g). Para medir o consumo de oxigênio por animal foi utilizado um sistema de respirometria do tipo semi-aberto. Os resultados evidenciaram que a temperatura, salinidade, peso do animal e a interação dos três fatores influenciam significativamente o consumo de oxigênio específico (mg O2 g-1 h-1). Animais menores (2 g) possivelmente sofreram estresse osmótico com maior consumo de oxigênio em salinidades de 37 ‰, enquanto que em animais maiores (6 e 12 g) este estresse foi observado em 1 ‰. Em temperaturas de 25 e 30ºC o consumo apresentou-se mais estável em 13 e 25 ‰ em todos tamanhos analisados, sendo que em 20ºC o consumo abaixo de 25 ‰ foi maior, possivelmente devido ao comprometimento da capacidade hiperosmorregulatória em baixas temperaturas. Com base nos resultados encontrados, foram obtidas equações de regressão que permitem calcular o consumo de oxigênio de L. vannamei para as diferentes combinações de temperaturas, salinidades e tamanhos avaliados neste trabalho. Estas equações podem ser empregadas em cálculos de capacidade suporte dos ambientes de cultivo, bem como em cálculos a cerca da quantidade de aeração mecânica necessária para manutenção de valores ideais de oxigênio dissolvido nos sistemas de produção de L. vannamei.

    Abstract in English:

    Aiming to optimize the calculations of mechanical aeration requirements in Litopenaeus vannamei marine shrimp cultures, oxygen consumption was quantified in combined conditions of temperature (20, 25 and 30ºC) and salinity (1, 13, 25 and 37 ‰) at three body weights (2, 6 and 12 g) for juvenile L. vannamei. To measure oxygen consumption, shrimps were placed in a semi-open respirometry system. Results demonstrate that temperature, salinity, shrimp size and the interaction of these parameters significantly influence the specific oxygen consumption (mg O2 g-1 h-1). The 2-g shrimp perhaps suffered osmotic stress and consumed more oxygen at salinity 37 ‰, whereas 6 and 12-g shrimp suffered such stress at salinity 1 ‰. At 25 and 30ºC oxygen consumption was more stable at salinities 13 and 25 ‰ for all groups. At 20ºC and salinity below 25 ‰ oxygen consumption was higher, possibly due to the reduced hyperosmoregulatory ability in lower temperatures. The resulting regression equations allowed the calculation of L. vannamei shrimp oxygen consumption at the temperatures, salinities and sizes tested in this study. The equations can be used for the estimation of the environmental capacity and also the mechanical aeration requirements to secure ideal levels of oxygen in L. vannamei culture systems.
  • Impact of oil spill and posterior clean-up activities on wrack-living talitrid amphipods on estuarine beaches

    Borzone, Carlos A.; Rosa, Leonardo C.

    Abstract in Portuguese:

    Um estudo sazonal da geomorfologia e fauna de seis praias estuarinas na baia de Paranaguá, Brasil, foi interrompido bruscamente pela explosão e posterior afundamento do navio chileno Vicuña, que derramou 291 toneladas de óleo bunker. As praias que foram afetadas pela deposição de óleo e pelas posteriores atividades de limpeza, tinham sido amostradas duas vezes antes do acidente. Nas coletas posteriores ao acidente não foram registradas nem reduções drásticas das abundâncias nem indivíduos impregnados por óleo. As significativas variações tanto da quantidade de detrito quanto nas densidades de anfipodes talitrídeos foram relacionadas às atividades de limpeza. Uma limpeza manual e de curta duração (1 a 3 meses) resultou num aumento das abundâncias dos talitrídeos, juntamente com o aumento da distribuição de uma das espécies, Platorchestia monodi, que de três passou a ser encontrada em seis praias amostradas.Os fatores que contribuíram para estes resultados foram, por um lado, a migração ativa e a concentração de organismos em locais sem detrito durante as atividades de limpeza, e por outro, o contínuo aporte de novo detrito característico das praias estuarinas.

    Abstract in English:

    A geomorphological and faunistic seasonal study of six estuarine beaches on Paranaguá Bay, Brazil, was abruptly interrupted when the Chilean ship "Vicuña" exploded and sank, spilling 291 tons of bunker fuel oil. The beaches sampled twice before the accident were affected by the oil spill deposition and the posterior clean-up activities. Neither drastic reduction in abundances nor occurrences of oil-covered individuals were registered. Significant variation in both amount of debris and talitrid amphipod densities was directly related to beach clean-up activities. A short (1-3 month) manual clean-up of polluted wrack resulted in an increase in talitrid abundances, with the local distribution expansion of one species, Platorchestia monodi, from three to six of the beaches sampled. The active migration and concentration of organisms at sites without wrack during cleaning activities and a massive and continuous recovery of new debris, characteristic of estuarine beaches, may contribute to the findings.
  • Anthropogenic influences in a lagoonal environment: a multiproxy approach at the valo grande mouth, Cananéia-Iguape system (SE Brazil)

    Mahiques, Michel Michaelovitch de; Burone, Leticia; Figueira, Rubens Cesar Lopes; Lavenére-Wanderley, Ana Amélia de Oliveira; Capellari, Benjamim; Rogacheski, Carlos Eduardo; Barroso, Cassia Pianca; Samaritano dos Santos, Leonardo Augusto; Cordero, Luisa Mariutti; Cussioli, Mariana Coppede

    Abstract in Portuguese:

    O sistema Cananéia-Iguape (Sudeste do Brasil), consiste em um complexo de canais lagunares localizados no interior de uma Reserva da Biosfera (assim definida pela UNESCO). Não obstante, variações ambientais importantes ocorreram nos últimos 150 anos, devido à abertura de um canal artificial, o Valo Grande, conectando o Rio Ribeira de Iguape ao sistema lagunar. O objetivo deste trabalho foi determinar a história das variações ambientais no sistema lagunar, causadas pela abertura do canal artificial, através da análise das camadas superiores da coluna sedimentar de um testemunho coletado no sistema. Neste sentido, uma abordagem integrada, envolvendo variações geoquímicas e faunísticas foi utilizada. As variações ambientais ocorridas apontam para mudanças drásticas na salinidade, nos padrões de sedimentação, nas associações de foraminíferos (incluindo períodos azóicos) e, mais drasticamente, no aporte de metais para o sistema costeiro. As concentrações de Pb no testemunho coletado indicam valores duas vezes maiores do que os medidos em sedimentos contaminados do estuário de Santos, situado na zona costeira mais industrializada do Brasil.

    Abstract in English:

    The Cananéia-Iguape system, SE Brazil, consists of a complex of lagoonal channels, located in a United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (UNESCO) Biosphere Reserve. Nevertheless, important environmental changes have occurred in approximately the last 150 yrs due to the opening of an artificial channel, the Valo Grande, connecting the Ribeira de Iguape River to the lagoonal system. Our objective is to assess the historical record of the uppermost layers of the sedimentary column of the lagoonal system in order to determine the history of environmental changes caused by the opening of the artificial channel. In this sense, an integrated geochemical-faunal approach is used. The environmental changes led significant modifications in salinity, in changes of the depositional patterns of sediments and foraminiferal assemblages (including periods of defaunation), and, more drastically, in the input of heavy metals to the coastal environment. The concentrations Pb in the core analyzed here were up to two times higher than the values measured in contaminated sediments from the Santos estuary, the most industrialized coastal zone in Brazil.
  • Stomach contents of the pelagic stingray (Pteroplatytrygon violacea) (elasmobranchii: dasyatidae) from the tropical atlantic Notes

    Véras, Dráusio Pinheiro; Vaske Júnior, Teodoro; Hazin, Fábio Hissa Vieira; Lessa, Rosangela Paula; Travassos, Paulo Eurico; Tolotti, Mariana Travassos; Barbosa, Taciana Martins
  • Natural and anthropogenic effects on salt marsh over five decades in the patos lagoon (Southern Brazil) Notes

    Marangoni, Juliano César; Costa, César Serra Bonifácio
Universidade de São Paulo, Instituto Oceanográfico Praça do Oceanográfico, 191 , 05508-120 Cidade Universitária, São Paulo - SP - Brasil, Tel.: (55 11) 3091-6501, Fax: (55 11) 3032-3092 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: io@usp.br