Estudo da associação entre antígenos de histocompatibilidade e estomatite aftoide recorrente em população brasileira

A Estomatite Aftoide Recorrente é uma doença oral com incidência em 20% da população mundial, caracterizada por úlceras mucosas de caráter recidivante. O diagnóstico baseiase principalmente na história clínica do paciente. Hereditariedade pode ser um fator de risco para doença, entretanto, os estudos disponíveis não são conclusivos quanto aos resultados obtidos, variando segundo a população estudada. OBJETIVO: Tipificar moléculas HLA de classe I e de classe II e avaliar a frequência destas moléculas em pacientes brasileiros, portadores de Estomatite Aftoide Recorrente, comparando com grupo controle. MATERIAL E MÉTODO: Este trabalho possui um desenho prospectivo, transverso e investigativo. Foram estudados 31 pacientes com suspeita diagnóstica de Estomatite Aftoide Recorrente no período de fevereiro de 2004 a maio de 2006. Os pacientes foram submetidos a protocolo de exames e, daqueles que obedeceram aos critérios de inclusão, foi extraído o DNA e realizada a tipificação HLA por Reação de Polimerização em Cadeia. RESULTADO: Nos pacientes portadores de Estomatite Aftoide Recorrente do tipo minor encontramos as frequências HLA A33 e B35 estatisticamente significantes. CONCLUSÃO: As frequências HLA-A33 e HLA-B35 podem estar associadas à Estomatite Aftoide Recorrente minor na população brasileira.

antígenos hla; estomatite aftosa; hereditariedade; medicina bucal


Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial. Sede da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial, Av. Indianópolia, 1287, 04063-002 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (0xx11) 5053-7500, Fax: (0xx11) 5053-7512 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista@aborlccf.org.br