Characterization and stability studies of emulsion systems containing pumice

Marilene Estanqueiro Jaime Conceição Maria Helena Amaral Delfim Santos João Baptista Silva José Manuel Sousa Lobo Sobre os autores

Emulsões são a forma de apresentação mais comum dos produtos para aplicação na pele. No entanto estes sistemas podem exibir alguma instabilidade. Por esta razão, quando do desenvolvimento de emulsões para aplicação tópica é importante verificar se estas apresentam propriedades físicas ou mecânicas adequadas e avaliar a sua estabilidade. O objetivo deste trabalho consistiu no estudo da estabilidade de emulsões, cujas variações entre elas foi a proporção de agente emulsificante álcool estearílico (mais) laurilsulfato de sódio (mais) estearilsulfato de sódio (LSX), a natureza da fase oleosa (decil oleato, ciclometicona ou dimeticona) e a presença ou ausência de pedra-pomes (5% m/m). Mantendo as amostras à mesma temperatura, realizaram-se o estudo da reologia, a análise de textura e observação microscópica das formulações com e sem pedra-pomes. Amostras foram, também, submetidas a estudo de estabilidade acelerada por centrifugação e a ensaio de estresse térmico. Através dos testes realizados, constatou-se que a quantidade de agente emulsificante influencia a consistência e as propriedades de textura, como a firmeza e a adesividade. As formulações contendo LSX (5% m/m) e decil oleato ou dimeticona como fase oleosa exibiram melhores caraterísticas como produtos para aplicação na pele, uma vez que estas formulações apresentaram menor firmeza e consistência e permaneceram estáveis com o tempo.

Emulsões/uso tópico/estudo da estabilidade; Emulsões/uso tópico/caracterização; Pedra-pome/presença em emulsões; Emulsões/textura; Emulsões/reologia; Emulsões/espalhabilidade


Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas Av. Prof. Lineu Prestes, n. 580, 05508-000 S. Paulo/SP Brasil, Tel.: (55 11) 3091-3824 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjps@usp.br