Management of effluents and waste from pharmaceutical industry in Minas Gerais, Brazil

Atualmente, a gestão de resíduos sólidos e águas residuais é uma grande preocupação para a humanidade. Na ultima década, a detecção de traços de medicamentos no ciclo da água tem sido reportada e tem gerado preocupação entre os agentes reguladores, fornecedores de água e público devido os riscos potenciais para a saúde humana. As empresas farmacêuticas, em Minas Gerais, aplicam tratamentos convencionais para as águas residuais e não há praticamente avaliação sobre a eficiência de remoção de resíduos de antibióticos. Este estudo avaliou a gestão de resíduos sólidos e concluiu que o destino principal foi, para o caso de resíduos perigosos, a incineração e, para os não perigosos, a reciclagem e o aterro sanitário. No entanto, denúncias apresentadas à Agência Ambiental - FEAM indicam que número significativo de empresas envia seus resíduos perigosos para aterros sanitários e até mesmo para lixões, ressaltando, assim, a necessidade urgente de adequada gestão dos resíduos gerados. A espectrometria de massas com ionização electrospray (ESI-MS) mostrou que a rota de tratamento convencional adotada por duas empresas do setor selecionadas não foi suficientemente eficaz, uma vez que resíduos e fragmentos de antibióticos foram detectados. Os resultados da caracterização físico-química de efluentes evidenciaram suas características variáveis, que podem influenciar a sua tratabilidade. O ensaio de degradação com o reagente Fenton destaca-se como caminho promissor para alcançar maior remoção. Este estudo contribuiu para elevar o nível de conhecimento no gerenciamento de águas residuais e resíduos sólidos da indústria farmacêutica no estado de Minas Gerais e evidenciou a necessidade de estudos mais detalhados.

Indústria farmacêutica; Resíduos sólidos; Resíduos sólidos; Águas residuárias; Águas residuárias; Brasil


Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas Av. Prof. Lineu Prestes, n. 580, 05508-000 S. Paulo/SP Brasil, Tel.: (55 11) 3091-3824 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjps@usp.br