WBC count and functional changes induced by co-administration of clofazimine and clarithromycin, in single and multiple doses, in Wistar rats

Flávia Aparecida Paina Julise Cunha Miranda Cristiane Fernandes de Freitas Tavares Regina Helena da Costa Queiroz Ana Maria de Souza Sobre os autores

Clofazimina e laritromicina são utilizadas no tratamento da hanseníase e em infecções causadas pelo complexo Mycobacterium avium. Devido à escassez de dados sobre a toxicidade de esquemas terapêuticos que associam estes fármacos, este estudo teve por objetivo avaliar os efeitos adversos desta terapia, em ratos machos Wistar, por meio da determinação da contagem global e específica de leucócitos e ensaios de fagocitose e burst oxidativo de neutrófilos por citometria de fluxo. Houve aumento do número de leucócitos (dose múltipla) e de células polimorfonucleares (doses única e múltipla) nos grupos tratados com claritromicina em monoterapia ou associada à clofazimina e redução das células mononucleares, em doses única e múltipla, nos mesmos grupos. Os fármacos parecem inverter a proporção entre células mono e polimorfonucleares. Observou-se aumento do burst oxidativo nos animais tratados com os fármacos isolados ou associados. Concluindo, clofazimina e claritromicina provocam alterações leucocitárias e os resultados podem contribuir para melhor entendimento dos mecanismos relacionados aos efeitos da administração dos fármacos em associação.

Clofazimina; Clofazimina; Claritromicina; Claritromicina; Hanseníase; Mycobacterium avium; Mycobacterium avium; Leucócitos; Fagocitose; Burst oxidativo


Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas Av. Prof. Lineu Prestes, n. 580, 05508-000 S. Paulo/SP Brasil, Tel.: (55 11) 3091-3824 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjps@usp.br