Efficacy, safety and tolerability of using abatacept for the treatment of rheumatoid arthritis

O objetivo foi fornecer dados atualizados sobre eficácia clínica, segurança e tolerabilidade do uso de abatacepte para o tratamento da artrite reumatoide. Realizaram-se uma revisão sistemática (com dados até junho/2011) e metanálises. Somente estudos clínicos controlados randomizados comparando o abatacepte (10 mg/kg) com placebo, ambos com uso concomitante de metotrexato, foram incluídos; todos possuíam qualidade alta ou moderada. A eficácia foi avaliada baseando-se em mudanças no ACR, DAS e HAQ; a segurança foi avaliada pelos eventos adversos e infecções graves, malignidades e mortes e a tolerabilidade pelo abandono do tratamento devido a eventos adversos (graves ou não) e falta de eficácia. Todos esses parâmetros foram avaliados ao final de um ano de tratamento. Nove estudos se adequaram aos critérios de inclusão, envolvendo 4219 pacientes. Em todos os parâmetros avaliados, o grupo tratado com abatacepte obteve melhores resultados, exceto para a melhora (>0,3) no HAQ (sem diferença estatisticamente significativa). Nenhum critério de segurança ou tolerabilidade apresentou diferença significativa entre os grupos, com exceção dos abandonos devido à falta de eficácia (grupo abatacepte apresentou resultados favoráveis em relação ao controle). O abatacepte possui maior eficácia quando comparado com o placebo, sem diferença significativa entre os grupos em termos de segurança.

Abatacepte; Artrite reumatóide; Metanálise


Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas Av. Prof. Lineu Prestes, n. 580, 05508-000 S. Paulo/SP Brasil, Tel.: (55 11) 3091-3824 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjps@usp.br