Accessibility / Report Error

Inoculantes bacterianos na ensilagem do capim-elefante (Pennisetum purpurem, Schum)

Elephantgrass (Pennisetum purpurem, Schum) silage under effect of bacterial inoculants

Estudou-se os efeitos de 3 inoculantes biológicos na ensilagem do capim-elefante, cultivar Napier, em silos de laboratório (baldes plásticos de 5 litros, portando válvula para escape dos gases). O capim sofreu corte de uniformização e adubação, sendo cortado 60 dias após, quando apresentou 14,5% de matéria seca e 9,7% de proteína bruta, tendo sido picado em partículas de 2,0 cm e submetido a quatro tratamentos: controle (C); inoculante Sil-All (SA), produto a base de Streptococcus faecium, Pediococcus acidilactici, Lactobacillus plantarum, amilase, celulase e hemicelulase; inoculante Pioneer 1174 (P), produto a base de Streptococcus faecium e Lactobacillus plantarum; e inoculante SiloBac (SB), produto a base de e Lactobacillus plantarum, Streptococcus faecium e Lactobacillus sp. Os silos foram abertos após 123 dias para determinar o perfil de fermentação, perdas e digestibilidade 'in vitro' da matéria seca. Não foram observadas diferenças quanto ao teor de nitrogênio amoniacal, ácido lático, ácido acético, ácido butírico, perdas e digestibilidade in vitro da matéria seca. No entanto, o pH de SB foi menor do que SA e C. O maior pH observado foi o da silagem C.

Fermentação; Pennisetum purpureum


Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87, Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, 05508-270 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 3091-7636, Fax: +55 11 3031-3074 / 3091-7672 / 3091-7678 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: brazvet@edu.usp.br