Células dentríticas S-100 positivas em pele de bovinos normais e infestados por Dermatobia hominis

Teresa Cristina Goulart de OLIVEIRA-SEQUEIRA Carlos Eduardo BACHI Edy de LELLO Sobre os autores

Foram investigadas as células dendríticas (CD) na pele normal de cinco bezerros das raças Nelore, cinco da raça Holandesa Preta e Branca e cinco animais mestiços por meio da imunomarcação pela proteína S-100. Os animais mestiços foram infestados experimentalmente com 100 larvas de primeiro estádio de Dermatobia hominis e deles foram colhidas biópsias de pele parasitada às 24, 48, 72 e 168 horas após a infestação. Biópsias de pele destes animais, colhidas antes da infestação, foram utilizadas como controle. A imunomarcação das CDs foi feita empregando-se anticorpos de coelhos antiproteína S-100 e a técnica da avidina-biotina-peroxidase. Além das CDs, melanócitos, nervos e células endoteliais apresentaram imunomarcação pela proteína S-100. As DCs foram observadas exclusivamente na derme superficial, próximas à camada basal, tanto nos animais infestados como nos não-infestados. Não se detectou diferença significativa no número de CDs que pudesse ser atribuída à raça dos animais. Nos animais parasitados por D. hominis, as CDs apresentavam-se mais intensamente coradas e com os prolongamentos mais espessos do que nos controles não-parasitados. Além disso, nos animais parasitados observou-se um decréscimo significativo no número de CDs a partir de 24 horas após a infestação.

Células dendríticas; Proteínas; Bovinos; Pele; Dermatobia hominis


Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87, Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, 05508-270 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 3091-7636, Fax: +55 11 3031-3074 / 3091-7672 / 3091-7678 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: brazvet@edu.usp.br
Accessibility / Report Error