Tumor de células da granulosa com metástases numa gata

As características clínicas, macroscópicas e microscópicas de um tumor de células da granulosa no ovário de uma gata de 2 anos de idade são descritas neste trabalho. Essa neoplasia é rara em gatos, principalmente devido à idade apresentada pelo animal. O diagnóstico foi feito clinicamente através de exame ultra-sonográfico. O tumor, uma massa cística na região do ovário esquerdo, metastatizou para o epíploo e para os pulmões. As células tumorais expressaram vimentina e arranjavam-se num padrão sarcomatoso e difuso, sustentado por fino estroma fibrovascular. A presença de sinais clínicos, como perda de pêlos e repetição de estros, é indicativa de síndrome paraneoplásica ortoendócrina, devido à excessiva estimulação estrogênica. A existência desse tipo de tumor deve ser considerada no diagnóstico diferencial de distúrbios comportamentais em gatas.

Tumor de células granulosas; Ovário; Gatos; Imunoistoquímica; Síndromes paraneoplásicas


Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87, Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, 05508-270 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 3091-7636, Fax: +55 11 3031-3074 / 3091-7672 / 3091-7678 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: brazvet@edu.usp.br