Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, Volume: 36, Issue: 1, Published: 1999
  • Anatomic research on the goat placenta by neoprene injection Ciências Básicas

    NEVES, Willams Costa; MIGLINO, Maria Angélica; ARRIVABENE, Mônica; CAVALCANTE FILHO, Miguel Ferreira; FEITOSA Jr., Francisco Solano

    Abstract in Portuguese:

    Estudamos a placenta quanto aos seus aspectos morfológicos em 30 caprinos sem raça definida, adultos oriundos do Estado do Piauí, mediante a análise de esquemas de modelos obtidos pela injeção de látex Neoprene "650". Obtivemos 17 casos, ou seja, 56,66% de gestações únicas e 13 casos, ou seja, 43,33% de gestações gemelares. A área do hilo placentário varia de 1 a 6 cm de diâmetro e está situada no centro da placenta, região caracterizada pela apresentação do pedículo umbilical. O formato dos cotilédones varia de ovóide, circular, elíptica, piriforme ou reniforme, sendo que a maioria mostra-se ovóide. O número total de cotilédones em 30 gestações é igual a 3.117, sendo a média 104 cotilédones por gestação. Nas gestações únicas em 16 casos (94,11%), o corno uterino gestante apresenta maior número de cotilédones do que o corno uterino não-gestante. Nas gestações gemelares, em 7 observações (53,84%), o corno uterino esquerdo mostra maior número de cotilédones do que o corno uterino direito.

    Abstract in English:

    The morphologic aspects of the goat placenta were the subjects of our research. Thirty adult, mixed-breed goats, from the State of Piauí (Brazil), were studied, and the models obtained by Neoprene "650" latex injection were analyzed. We found that in 17 cases (56.66%) single gestation occurred, while in 13 animals (43.33%) gemellary gestations were present. The diameter of the hilus placental area ranged from 1 to 6 centimeters. It was located in the center of the placenta, an area characterized by the presence of the umbilical pedicle. Concerning the cotyledon shape, the great majority was ovoid, although circled, elliptical, pyriform and reniform shapes were also found. The total number of cotyledons in all thirty pregnancies was 3.117, which shows an average of 104 cotyledons per gestation. In 16 cases of single gestation (94.11%), the pregnant uterine horn had a greater number of cotyledons than the contralateral one. In 7 animals with gemellary gestation (53.84%), the left uterine horn had a greater number of cotyledons than the right uterine one.
  • Detection of Leptospira spp. from pure cultures and from experimentally contaminated bovine semen by polymerase chain reaction Basic Sciences

    HEINEMANN, Marcos Bryan; GARCIA, José Fernando; NUNES, Cáris Maroni; HIGA, Zenaide Maria Moraes; VASCONCELLOS, Silvio Arruda; Richtzenhain, Leonardo José

    Abstract in Portuguese:

    Considerando a importância do sêmen na transmissão da leptospira bovina, foi realizado o presente estudo que teve como objetivo aplicar a reação em cadeia pela polimerase (PCR) para a detecção de leptospiras em sêmen bovino experimentalmente contaminado. A reação de PCR foi capaz de amplificar um fragmento de DNA específico de 330 pares de bases a partir de cultivos puros de 26 sorovares de Leptospira spp. A contaminação experimental de sêmen com Leptospira interrogans serovar hardjo revelou que a técnica de PCR conseguiu detectar 10 bactérias/ml, concentração sensivelmente mais baixa que as 1.000 bactérias/ml detectadas através do cultivo microbiológico. Os resultados observados revelam o grande potencial da reação de PCR para a detecção de Leptospira spp. em sêmen bovino, notadamente em centrais de inseminação artificial.

    Abstract in English:

    Due to the high importance of the venereal transmission of bovine leptospirosis, this study aimed to test the ability of PCR to detect Leptospira interrogans serovar hardjo DNA in experimentally contaminated bovine semen. Employing primers directed to the 16S rRNA gene, 10 bacteria/ml of semen could be detected by PCR. Results achieved in this work show that PCR can have a great potential to detect Leptospira spp. in insemination centers.
  • Occurrence of some endo and ectoparasites in the serpentarium of UNIFENAS - Universidade de Unifenas - MG Ciências Básicas

    ARAÚJO, Terezinha; MORO, Luciana; LÚCIA, Maria; GOLLOUBEFF, Bárbara; VASCONCELOS, Anilton César

    Abstract in Portuguese:

    Com o objetivo de estudar a fauna parasitológica dos ofídios do serpentário da UNIFENAS - Universidade de Alfenas, MG, foram necropsiados alguns espécimes de cascavéis (Crotalus durissus terrificus) e urutus (Bothrops alternatus), mantidos em cativeiro. Esses animais apresentavam anorexia, desidratação, diarréia, anemia e morte em torno de dois meses após o início dos sinais clínicos. Foram identificados helmintos dos gêneros Kalicephalus, Ophidascaris, Rhabdias e Oxyuris; protozoários do gênero Haemogregarina e acarinos do gênero Ophionysus. Aos sobreviventes foi administrado tratamento específico com Ivermectin, bem como terapia auxiliar à base de vitamina A e complexo B.

    Abstract in English:

    Specimens of Crotalus durissus terrificus and Bothrops alternatus held in captivity by University of Alfenas- MG were examined with the aim of studying the parasitological fauna of the snakes. These animals showed anorexia, dehydration, diarrhea and anemia. Three rattlesnakes and two Bothrops alternatus died about two months after the beginning of the clinical signs. It were identified helmints of the genus Kalicephalus, Ophidascaris, Rhabdias and Oxyuris; protozoans of the genus Haemogregarina and mites of the genus Ophionysus. Ivermectin was administrated to the survivors.
  • Prevalence of DEA 1 canine blood group system in dogs (Canis familiaris, Linnaeus, 1758) reared in Brazil Basic Sciences

    NOVAIS, Adriana Alonso; SANTANA, Aureo Evangelista; VICENTIN, Luciene Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    Os cães possuem cinco grupos sangüíneos bem estabelecidos, compostos por sete determinantes antigênicos eritrocitários, os quais são denominados de "dog erythrocyte antigen" (DEA). O grupo DEA 1 (subgrupos 1.1, 1.2 e 1.3) tem sido considerado o mais importante no que se refere às transfusões de sangue. Isto ocorre porque esse grupo possui um alto potencial para estimulação antigênica e, dessa forma, pode estimular a produção de anticorpos se um receptor DEA 1 negativo receber uma transfusão de sangue DEA 1 positivo, levando a uma reação transfusional hemolítica em uma segunda transfusão com hemácias do tipo DEA 1. A freqüência de aparecimento do grupo DEA 1 é bem conhecida em outros países, porém, até então, não havia informações disponíveis sobre o referido grupo no Brasil. No presente estudo, objetivou-se avaliar a prevalência do grupo sangüíneo DEA 1 (subgrupos 1.1 e 1.2) em cães criados no Brasil. Para tanto, 150 cães de raças, sexos e idades diferentes, triados junto ao Hospital Veterinário da FCAV/UNESP, Campus de Jaboticabal, foram submetidos a tipagem sangüínea para o grupo DEA 1 (subgrupos 1.1 e 1.2) canino, utilizando-se reagentes adquiridos comercialmente junto ao Laboratório de Imunoematologia e Sorologia da Universidade de Michigan (EUA). Os resultados obtidos neste ensaio revelaram que a prevalência geral para o grupo DEA 1 é de 91,3%, consideradas as condições e características da população estudada, compreendendo 51,3% de cães do tipo DEA 1.1, 40% de cães do tipo DEA 1.2, e os 8,7% restantes sendo negativos para o referido grupo. A partir das prevalências encontradas, calculou-se que a probabilidade de um cão DEA 1 negativo receber sangue DEA 1.1, em uma primeira transfusão feita ao acaso, é de aproximadamente 4,5%. Sendo assim, este índice reflete um risco potencial para a sensibilização de um receptor DEA 1 negativo, o que deflagraria a produção de anticorpos. Posteriormente, se este mesmo paciente recebesse uma segunda transfusão de sangue, feita ao acaso, a probabilidade de receber hemácias do tipo DEA 1.1 seria de aproximadamente 2,3%, o que representaria o risco potencial de ocorrência de uma reação transfusional hemolítica aguda. Por outro lado, a probabilidade de este cão receber sangue do tipo DEA 1.2 seria cerca de 1,8%, o que levaria a uma reação transfusional menos grave, porém potencialmente prejudicial. No presente estudo, observou-se que o risco potencial para uma reação transfusional é mínimo, quando se trata de um cão mestiço.

    Abstract in English:

    Up to the present, the DEA 1 system has been regarded as the most important dog blood group as far as blood transfusion is concerned. It occurs because the DEA 1 system is highly antigenic and may elicit the production of alloantibodies in a DEA 1 negative recipient, following a transfusion with DEA 1 positive red cells. As a consequence, the recipient will develop a hemolytic transfusion reaction if it receives a second transfusion with DEA 1 type cells. The frequency of appearance of the DEA 1 system is well known in other countries but no information was available for dogs reared in Brazil. In the present experiment 150 dogs were typed, using specific reagents purchased from "The Immunohematology and Serology Laboratory" of Michigan State University, in order to clarify the prevalence of the DEA 1 system (1.1 and 1.2 subgroups) in pure breeds and mongrel dogs reared in Brazil and referred to the Veterinary Hospital of São Paulo State University. The results obtained showed a general prevalence of 91.3% for the DEA 1 system, comprising 51.3% of DEA 1.1 type dogs, while 40% of the animals were positive for DEA 1.2 type. Only 8.7% of tested dogs were negative for DEA 1 system. The prevalence found in this study for dogs reared in Brazil is higher than those ones, described by foreign authors, for dogs reared in other countries. Moreover, through a statistic study, it was found that the potential risk for the occurrence of a hemolytic transfusion reaction in a mongrel dog reared in Brazil is minimum.
  • Evaluation of preprandial and postprandial serum bile acids and plasma ammonia concentrations in healthy dogs, and the effects of frozen storage on plasma ammonia concentrations Basic Sciences

    KOGIKA, Márcia Mery; MATSUURA, Shinobu; HAGIWARA, Mitika Kuribayashi; MIRANDOLA, Regina Mieko Sakata; ORTOLANI, Enrico Lippi

    Abstract in Portuguese:

    Foram avaliadas as concentrações pré e pós-prandiais de ácidos biliares séricos (2 e 4 horas) e de amônia plasmática (2 horas) em vinte e dois cães hígidos. O efeito do tempo de armazenamento (à temperatura de -20ºC) do plasma sobre as concentrações de amônia também foi estudado. A média e o erro padrão da média em relação aos valores pré-prandias de ácidos biliares séricos (ABS) foram de 2,1 ± 0,3 mmol/l e de 7,5 ± 1,2 momol/l e 7,8 ± 1,4 mmol/l para os valores pós-prandiais de 2 e 4 horas, respectivamente. As concentrações plasmáticas de amônia pré e pós-prandias (118,2 ± 13,2 mg/dl ou 67,3 ± 7,5 mmol/l e 227,9 ± 59,2 mg/dl ou 129,9 ± 33,7 mmol/l), diferiram (p<0,05) nas amostras mensuradas em até 30 minutos após a colheita de sangue; entretanto, a diferença entre os valores pré e pós-prandiais deixou de existir quando a amônia era mensurada nas amostras que foram congeladas pelo período de 24 e 48 horas. Observou-se que os valores de amônia das amostras pós-prandiais, que foram congeladas, apresentavam-se mais baixos quando comparados aos valores obtidos da mesma amostra mensurada em até 30 minutos após a colheita, e a diminuição da concentração de amônia era mais drástica quando os valores iniciais eram muito elevados. Os resultados obtidos sugerem que o plasma do cão não pode ser estocado para posterior determinação de amônia, utilizando-se apenas do congelamento como forma de estabilizar a amônia. Para a avaliação dos valores séricos pós-prandiais de ácidos biliares, sugere-se que a colheita de sangue possa ser efetuada em 2 ou 4 horas após a alimentação. Os valores de amônia plasmática obtidos no presente estudo podem permitir a comparação com os valores observados em cães com doença hepática ou encefalopatia e assim confirmar a importância da sua utilização no diagnóstico e prognóstico.

    Abstract in English:

    Preprandial and postprandial (2 and 4 hours) serum bile acids (SBA) and pre and postprandial (2 hours) plasma ammonia concentrations were evaluated. Additionally, the effects of freezing (for 24 and 48 hours at -20ºC) were observed on plasma ammonia concentrations in 22 healthy dogs. The preprandial SBA concentration was 2.1 ± 0.3 mmol/l and 7.5 ± 1.2 mmol/l and 7.8 ± 1.4 mmol/l for samples obtained 2 and 4 hours after feeding, respectively. Fasting and postprandial (2 hours) plasma ammonia concentrations were significantly different when measurement was performed within 30 minutes after blood collection (118.2 ± 13.2 mg/dl or 67.3 ± 7.5 mmol/l and 227.9 ± 59.2 mg/dl or 129.9 ± 33.7 mmol/l), but the difference between pre and postprandial concentrations was not observed when ammonia was measured in samples stored (-20º) for 24 and 48 hours. Plasma freezing makes ammonia concentrations fall considerably when these levels were initially too high, mainly in postprandial samples. From these results it may be suggested that canine plasma cannot be stored for later ammonia determination by using freezing as the sole stabilizer, and for SBA determinations, blood samples might be collected 2 or 4 hours after feeding. Plasma ammonia values obtained in this study should allow comparisons to data obtained from dogs with hepatic disease or hepatoencephalopathy, so as to confirm the importance of its use as means of diagnosis and prognosis in future.
  • Lesions (ulcers and/or erosions) and desquamations location in the gastric mucosa from asymptomatic Quarter Horse foals: endoscopic survey Basic Sciences

    DEARO, Antonio Cezar de Oliveira; LOPES, Marco Aurélio Ferreira; GANDOLFI, Waldir

    Abstract in Portuguese:

    A úlcera gástrica figura como uma importante causa de desconforto abdominal em eqüinos jovens. De acordo com a localização das lesões na mucosa gástrica, a presença ou ausência de sinais clínicos e possíveis complicações resultantes de sua ocorrência, quatro síndromes clínicas são freqüentemente descritas em potros: 1) Úlceras assintomáticas ou silenciosas; 2) Úlceras sintomáticas ou ativas; 3) Úlceras perfuradas; e 4) Obstruções gástrica ou duodenal. Com o objetivo de se verificar a distribuição de lesões gástricas (úlceras e/ou erosões) e descamações do epitélio aglandular no estômago de eqüinos jovens assim como uma possível relação entre as alterações mencionadas (lesão/descamação) sessenta potros da raça Quarto de Milha não-portadores de sinais clínicos compatíveis com úlceras gástricas foram submetidos à gastroscopia. Os potros foram divididos em quatro faixas etárias de 15 animais cada uma, sendo: 1 a 30 dias, 31 a 60 dias, 61 a 90 dias e 91 a 120 dias de idade. As lesões ocorreram em ordem decrescente de freqüência nas regiões aglandular próximo ao margo plicatus ao longo da curvatura maior, aglandular próximo à cárdia ao longo da curvatura menor, fundo glandular e aglandular e antro. As descamações do epitélio aglandular ocorreram de forma similar nas regiões de fundo e margo plicatus. Não houve associação entre a ocorrência de lesões e descamações.

    Abstract in English:

    Gastric ulcer accounts for an important cause of abdominal discomfort in young horses. Concerning either the presence or absence of clinical signs and their variations, the lesions location in the gastric mucosa and complications resulting from ulcerative lesions, four clinical syndromes have been described in foals: 1) Asymptomatic or silent ulcers; 2) Symptomatic or active ulcers; 3) Perforated ulcers; and 4) Gastric or duodenal obstruction. With the aim of studying the distribution of lesions (ulcers and/or erosions) and desquamations from the non-glandular epithelium in the gastric mucosa of young horses and a possible relationship between both alterations (lesion/desquamation), sixty Quarter Horse foals without signs of gastric disease underwent gastroscopy. Foals were divided by age in four groups of 15 animals as follows: 1 to 30 days, 31 to 60 days, 61 to 90 days and 91 to 120 days. Lesions were most prevalent in the stratified squamous epithelial mucosa mainly adjacent to the margo plicatus along the greater curvature followed by squamous mucosa next to the cardia along the lesser curvature, glandular and non-glandular fundus and antrum. Regions of the fundus and margo plicatus were similarly affected by desquamations. There was no association between lesions and desquamations occurrence.
  • Rabies virus isolated from a frugivorous bat (Artibeus lituratus), captured in 1997, in Rio Claro, São Paulo, Brazil Ciências Básicas

    PASSOS, Estevão de Camargo; CARRIERI, Maria Luíza; SILVA, Miriam Martos Sodré; PEREIRA Jr., Ronaldo Gomes; MELO, João Alfredo Torres Silva; MAULE, Laerte José

    Abstract in Portuguese:

    O vírus rábico foi isolado de morcego frugívoro Artibeus lituratus, capturado no município de Rio Claro, SP, em bairro residencial, em 1997. Neste município, o último caso de raiva animal ocorreu em 1986, sendo este o primeiro relato do isolamento em morcego frugívoro. As implicações em Saúde Pública foram discutidas.

    Abstract in English:

    Rabies virus was isolated from a frugivorous bat, Artibeus lituratus, captured in downtown Rio Claro, SP, Brazil, in 1997. There was not any animal rabies since 1986, and this is the first isolation of rabies virus in a frugivorous bat in Rio Claro. Implications of Public Health were discussed.
  • Chondroma in rufescent tiger-heron (Tigrisoma lineatum): case report Basic Sciences

    REGO, Alexandre Aparecido Mattos da Silva; MATUSHIMA, Eliana Reiko; MIGUEL, Maria Cândida

    Abstract in Portuguese:

    Relata-se a ocorrência de neoplasia em Tigrisoma lineatum (socó-boi), localizada na região metacarpiana esquerda, caracterizada histologicamente como condroma. Este é um dos primeiros relatos desta patologia em indivíduos desta espécie.

    Abstract in English:

    The paper describes a chondroma affecting the left metacarpus of a free-ranging rufescent tiger-heron (Tigrisoma lineatum). There are very few reports of such neoplastic process in this avian species.
  • Morphological and cytochemical observations of blood cells of Caiman crocodilus yacare (Daudin, 1802) (Reptilia, Crocodilia) Ciências Básicas

    MOURA, Weber Leal de; MATUSHIMA, Eliana Reiko; OLIVEIRA, Luiz Waldemar; EGAMI, Mizue Imoto

    Abstract in Portuguese:

    Foram utilizados 10 jacarés Caiman crocodilus yacare, colhendo-se 5 ml do sangue periférico de cada animal. A análise morfológica foi realizada após coloração por Leishman. Para estudo citoquímico, empregaram-se os métodos do PAS, do Sudan black B, da o-toluidina e do azul de bromofenol. Foram identificados 7 tipos celulares: eritrócitos, trombócitos, heterófilos, eosinófilos, basófilos, linfócitos e monócitos azurófilos. Os eritrócitos nucleados apresentam formato elíptico com atividade mitótica e positividade citoplasmática para o azul de bromofenol. Os trombócitos são de formato elíptico, com citoplasma abundante nos pólos, contendo grânulos de glicogênio e núcleo com sulcos profundos. Heterófilos, grosseiramente esféricos, mostram núcleo esférico excêntrico e citoplasma repleto de grânulos corados em salmão, de formato fusiforme, em baqueta, oval ou esférico. A citoquímica nestas células revelou a presença de glicogênio, grânulos citoplasmáticos positivos para azul de bromofenol e parcialmente sudanófilos e positivos para mieloperoxidase. Eosinófilos mostram-se esféricos com núcleo lenticular excêntrico e citoplasma com grânulos esféricos ou ovais róseos positivos para Sudan e mieloperoxidase, porém fracamente para o azul de bromofenol. Basófilos apresentam formato esférico, de tamanho menor em relação aos demais granulócitos, núcleo esférico central e citoplasma com poucos grânulos fortemente basófilos. Linfócitos mostram-se polimórficos com núcleo de formato irregular, citoplasma escasso com projeções e grânulos azurófilos. Monócito azurófilo, de formato esférico, núcleo excêntrico e citoplasma basófilo contendo grânulos azurófilos abundantes.

    Abstract in English:

    Samples of peripheral blood were collected from 10 healthy Caiman crocodilus yacare and stained with Leishman, for morphological analysis, or submitted to the following cytochemical methods: PAS, Sudan black B, o-toluidine and mercury bromophenol blue. Seven types of cells were identified: erythrocytes, thrombocytes, heterophils, eosinophils, basophils, lymphocytes and azurofilic monocytes. Erythrocytes were elliptical and positive for bromophenol blue. Some mitotic figures were noted. Spindle-shaped thrombocytes showed large nucleus with striking indentation. The cytoplasm was attenuated at one or both poles into knob-like projections containing glycogen. Heterophils revealed round eccentric nuclei and cytoplasm containing glycogen and many polymorphic granules. These granules showed partial positive reaction for Sudan and activity for myeloperoxidase. Eosinophils showed eccentrically located lenticular-shaped nuclei and numerous round granules stained positive with myeloperoxidase and Sudan. Basophils revealed a round central nuclei and cytoplasm with few basophilic round granules. Lymphocytes appeared as polygonal or irregular cells with thin cytoplasm forming bleb-like protrusions. Azurophilic monocytes were round with eccentrically located nuclei and basophilic cytoplasm containing numerous azurophilic granules.
  • Sodium lasalocid and concentrate/roughage ratio effects on productive performance of lactating cows Zootecnia

    LUCCI, Carlos de Sousa; RODRIGUES, Paulo Henrique Mazza; MELOTTI, Laércio

    Abstract in Portuguese:

    Quatro vacas mestiças Holandesas com peso médio de 470 kg, lactantes com dois meses de paridas, homogêneas em porte, todas dotadas de cânulas de rúmen, foram utilizadas em um delineamento em quadrado latino, para avaliar quatro tratamentos dispostos em arranjo fatorial, como segue: ausência ou presença de lasalocida (200 mg/animal/dia) e duas proporções de concentrado/volumoso (feno): 30%-70% e 60%-40%. Foram medidas as produções de leite e de gordura, consumos de matéria seca, pH do conteúdo do rúmen e taxas de revolução líquida ruminal. O emprego de lasalocida apresentou tendência (dados não-significativos estatisticamente) de aumentar a produção de leite nas rações com 70% de volumoso. O emprego de maior proporção de concentrados (60%) apresentou aumentos (não-significativos estatisticamente) do consumo de MS por quilo de peso ou por quilo de peso metabólico. Estas dietas também aumentaram a produção de leite e a produção de leite corrigida a 4% de gordura, a produção de proteína do leite, e diminuíram a concentração de gordura láctea, bem como o pH do conteúdo ruminal no tempo de 6 horas após a primeira refeição.

    Abstract in English:

    Four crossbred Holstein 2 month lactating cows with 470 kg of average live-weight, fitted with rumen canulas, were used in a change over design, in a 2 x 2 factorial arrangement with four treatments: without or with sodium lasalocid (200 mg/cow/day); and two concentrate/roughage ratios: 30%-70% and 60%-40%. Milk and fat production, dry matter consumption, ruminal pH and liquid turnover rates were measured. Lasalocid resulted in higher but not statistically significant increase in milk production with the 70% roughage diet. Rich concentrate diets (60%) resulted in higher, but not statistically significant, dry matter consumption; these diets increased milk, fat corrected milk and milk protein production, and decreased fat milk production, as well as the ruminal pH at 6 hours after the first meal.
Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87, Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, 05508-270 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 3091-7636, Fax: +55 11 3031-3074 / 3091-7672 / 3091-7678 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: brazvet@edu.usp.br