Novos registros do tatu-de-rabo-mole Cabassous unicinctus unicinctus Linnaeus, 1758 (Cingulata: Dasypodidae) no Brasil

Teresa Cristina da Silveira Anacleto Leandro Perez Godoy Darius Pukenis Tubelis Sobre os autores

A distribuição geográfica de Cabassous unicinctus é pouco conhecida devido ao baixo número de registros disponíveis. Foram reconhecidas na década de 1980 duas subespécies, sendo as distribuições limitadas pelo Rio Amazonas. Cabassous u. unicinctus tinha sido encontrado ao norte do rio, enquanto C. u. squamicaudis foi encontrado em áreas ao sul deste rio. Este estudo visa atualizar os registros de distribuição de C. u. unicinctus no Brasil. Nós compilamos registros de literatura, coleções de museus e estudos de campo. Novos registros dessa subespécie foram obtidos nos seguintes estados brasileiros: Acre, Pará, Rondônia e Mato Grosso. Esses registros ampliam a distribuição geográfica de C. u. unicinctus nos biomas Amazônia e Cerrado, em regiões localizadas ao sul do Rio Amazonas.

Xenarthra; distribuição geográfica; tatu; Amazonas; Cerrado; Mato Grosso


Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br