Accessibility / Report Error

Whalesuckers and a spinner dolphin bonded for weeks: does host fidelity pay off?

A rêmora-das-baleias Remora australis (Echeneidae) é um peixe-pegador oceânico que vive agarrada somente a cetáceos, sendo seus hábitos mal conhecidos devido a esta característica. No Arquipélago de Fernando de Noronha, ao largo do Nordeste do Brasil, os golfinhos-rotadores Stenella longirostris (Delphinidae) congregam-se regularmente em grandes grupos numa baía rasa, o que permite o estudo subaquático de seu comportamento e dos peixes associados. Ao longo de um estudo amplo deste peixe-pegador pouco conhecido, tivemos a oportunidade de fazer registros múltiplos de dois pares de rêmoras (três delas com marcas naturais), agarradas ao mesmo golfinho em dois anos distintos, por períodos de 47 e 87 dias, respectivamente. Em todas as observações, os indivíduos de cada par de rêmoras foram registrados um ao lado do outro e posicionados no ventre do hospedeiro. Supomos que pelo menos um dos pares fosse um casal reprodutivo, pois o ventre do indivíduo maior apresentava saliência bilateral bem perceptível, que se estendia até o orifício cloacal, uma característica de fêmeas com gônadas maduras. Além disso, este indivíduo apresentava comprimento correspondente ao de fêmeas maduras desta espécie. Até onde sabemos, esta é a primeira vez que a fidelidade de associação desta espécie de rêmora a qualquer cetáceo é documentada na natureza. Propomos aqui que a fidelidade de associação ao mesmo hospedeiro aumente a possibilidade da rêmora se reproduzir. Adicionalmente, sugerimos que a natureza altamente social dos golfinhosrotadores facilite o encontro entre parceiros para reprodução. Os nossos registros indicam que a fidelidade ao hospedeiro possivelmente não seja um componente incomum do comportamento da rêmora-das-baleias, embora difícil de reconhecer. Numa das rêmoras registradas, a marca natural era uma cicatriz em forma de meia-lua, característica da mordida causada pelo tubarão-charuto Isistius brasiliensis (Dalatiidae), primeiro registro de ataque deste tubarão a uma espécie de rêmora.

Associação entre peixes e cetáceos; fidelidade ao hospedeiro; encontro entre parceiros; Echeneidae; Delphinidae; Atlântico Sudoeste


Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br