Accessibility / Report Error

Reprodução do falcão-de-coleira Falco Femoralis Temminck 1822 (Falconiformes: Falconidae) no município de Juiz de Fora, sudeste do Brasil

Marco Antonio M. Granzinolli Celso H. V. Rios Leonardo D. Meireles Alberto Resende Monteiro Sobre os autores

Resumos

De junho de 1998 a dezembro de 1999, cinco eventos reprodutivos do falcão-de-coleira Falco femoralis foram registrados e monitorados no município de Juiz de Fora, Estado de Minas Gerais, sudeste brasileiro. Dois ninhos encontrados em 1998 foram monitorados por duas estações reprodutivas (1998/99), enquanto um terceiro, encontrado em 1999, foi monitorado apenas em uma estação reprodutiva. Todos os ninhos estavam situados em árvores isoladas, localizadas em áreas de pastagens, e a altura em relação ao solo, variou entre 5,1 a 7,2 m. A estação reprodutiva ocorreu, nos dois anos, no final da estação seca e no início da estação chuvosa (posturas efetuadas em agosto e setembro).Dos 15 ovos colocados, três foram predados e outros três foram abandonados pelo casal, possivelmente por perturbação antrópica. A média de postura foi de três ovos por ninho e a taxa de eclosão dos filhotes foi de 1,6 ( 1,5. Oito filhotes eclodiram do total dos ovos colocados. A média de filhotes por ninho que alcançaram o primeiro vôo foi de 1,4 ( 1,5, representada por sete filhotes (seis no primeiro ano e um no segundo ano do estudo). Com exceção de um casal que abandonou o sítio reprodutivo em 1999, todos os indivíduos permaneceram durante todo o monitoramento, em seus territórios. Foi constatada a utilização de um ninho abandonado e o maior ninho possuía 77 cm de diâmetro, 32 cm de altura e 25 cm de profundidade da cuba interna. A biologia reprodutiva do falcão-de-coleira nesse estudo foi similar ao registrado em outras regiões, sendo que variações de latitude e condições climáticas parecem não afetar o padrão reprodutivo da espécie.

reprodução; falcão de coleira; Falco femoralis; Falconidae; sudeste do Brasil


From June 1998 to December 1999, five breeding events of the aplomado falcon (Falco femoralis) were studied in Juiz de Fora, Minas Gerais State, southeastern Brazil. While two nests were observed during two breeding seasons (1998/ 1999), a third one was studied during only one (1999). The nests were placed in isolated trees located at 5.1 to 7.2 m above the ground near pasture areas. The breeding period started at the end of the dry season and beginning of the wet one. (laying in August and September). From 15 eggs laid, predators attacked three of them and three were abandoned by the parents, possibly due to human disturbance. Mean number of eggs laid per nest was three and the birth rate of nestlings was 1.6 + 1,5. Eight nestlings were born from the total of eggs laid. The average number of fledglings per nest was 1.4 + 1,5 (six in the first year and one in the second). Except for a pair of falcons that left the nest site in 1999, the others remained at the original breeding sites during the period of study. An abandoned nest was utilised and the biggest nest was 77 cm in diameter, 32 cm high and 25 cm deep. The breeding biology of aplomado falcons in this area is similar to the different regions where this species has been studied. Variation in latitude and climate does not seem to affect the species breeding pattern.

breeding; aplomado falcon; Falco femoralis; Falconidae; southeastern Brazil


COMUNICAÇÕES BREVES

Reprodução do falcão-de-coleira Falco Femoralis Temminck 1822 (Falconiformes: Falconidae) no município de Juiz de Fora, sudeste do Brasil

Marco Antonio M. GranzinolliI, II; Celso H. V. RiosI; Leonardo D. MeirelesI, III; Alberto Resende MonteiroI, IV

ISEAM - Sociedade de Estudos Ambientais Muriqui. Rua João Garcia Curi, 104. CEP. 36046-150. Juiz de Fora, Minas Gerais. Brasil

IILaboratório de Ecologia Trófica, Departamento de Ecologia - Universidade de São Paulo. Caixa Postal 11461, CEP. 05422970. São Paulo-SP. email mgranzi@usp.br

IIIDepartamento de Botânica - Universidade Estadual de Campinas. Caixa postal 6109, CEP 13083-970. email: ldmeireles@zipmail.com

IVUniversidade do Vale do Paraíba. Instituto de Pesquisas & Desenvolvimento (IP&D). Av. Shishima Hifumi, 2911. CEP. 12244-000- São José dos Campos-SP. email: monteiar@univap.br

ABSTRACT

From June 1998 to December 1999, five breeding events of the aplomado falcon (Falco femoralis) were studied in Juiz de Fora, Minas Gerais State, southeastern Brazil. While two nests were observed during two breeding seasons (1998/ 1999), a third one was studied during only one (1999). The nests were placed in isolated trees located at 5.1 to 7.2 m above the ground near pasture areas. The breeding period started at the end of the dry season and beginning of the wet one. (laying in August and September). From 15 eggs laid, predators attacked three of them and three were abandoned by the parents, possibly due to human disturbance. Mean number of eggs laid per nest was three and the birth rate of nestlings was 1.6 + 1,5. Eight nestlings were born from the total of eggs laid. The average number of fledglings per nest was 1.4 + 1,5 (six in the first year and one in the second). Except for a pair of falcons that left the nest site in 1999, the others remained at the original breeding sites during the period of study. An abandoned nest was utilised and the biggest nest was 77 cm in diameter, 32 cm high and 25 cm deep. The breeding biology of aplomado falcons in this area is similar to the different regions where this species has been studied. Variation in latitude and climate does not seem to affect the species breeding pattern.

Palavras-chave: breeding, aplomado falcon, Falco femoralis, Falconidae, southeastern Brazil.

RESUMO

De junho de 1998 a dezembro de 1999, cinco eventos reprodutivos do falcão-de-coleira Falco femoralis foram registrados e monitorados no município de Juiz de Fora, Estado de Minas Gerais, sudeste brasileiro. Dois ninhos encontrados em 1998 foram monitorados por duas estações reprodutivas (1998/99), enquanto um terceiro, encontrado em 1999, foi monitorado apenas em uma estação reprodutiva. Todos os ninhos estavam situados em árvores isoladas, localizadas em áreas de pastagens, e a altura em relação ao solo, variou entre 5,1 a 7,2 m. A estação reprodutiva ocorreu, nos dois anos, no final da estação seca e no início da estação chuvosa (posturas efetuadas em agosto e setembro).Dos 15 ovos colocados, três foram predados e outros três foram abandonados pelo casal, possivelmente por perturbação antrópica. A média de postura foi de três ovos por ninho e a taxa de eclosão dos filhotes foi de 1,6 ( 1,5. Oito filhotes eclodiram do total dos ovos colocados. A média de filhotes por ninho que alcançaram o primeiro vôo foi de 1,4 ( 1,5, representada por sete filhotes (seis no primeiro ano e um no segundo ano do estudo). Com exceção de um casal que abandonou o sítio reprodutivo em 1999, todos os indivíduos permaneceram durante todo o monitoramento, em seus territórios. Foi constatada a utilização de um ninho abandonado e o maior ninho possuía 77 cm de diâmetro, 32 cm de altura e 25 cm de profundidade da cuba interna. A biologia reprodutiva do falcão-de-coleira nesse estudo foi similar ao registrado em outras regiões, sendo que variações de latitude e condições climáticas parecem não afetar o padrão reprodutivo da espécie.

Palavras-chave: reprodução, falcão de coleira, Falco femoralis, Falconidae, sudeste do Brasil.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

5. Agradecimentos

Este trabalho faz parte do "Projeto Falconiformes", processo 0.2000.003615/94-95 (convênio 10/98), financiado pelo FNMA (Fundo Nacional do Meio Ambiente) e desenvolvido pela SEAM (Sociedade de Estudos Ambientais Muriqui). Agradecemos ao Thales e a Joziana pelo apoio durante o desenvolvimento do trabalho; ao Sr. José Delio, Sr. Francisco, Sr Antônio Caetano por permitirem o acesso em suas propriedades; aos estagiários que auxiliaram no trabalho de campo do "Projeto Falconiformes", principalmente ao Alan Ribeiro e ao Leandro Vespoli. José C. Motta-Junior e Pedro F. Develey revisaram o manuscrito. Agradecemos também ao CEMAVE/IBAMA pela licença do anilhamento e pela concessão das anilhas

6. Bibliografia

Recebido em 03/07/2002

Revisado em 09/09/2002

Publicado em 23/09/2002

  • 1. ANDRADE, M.A. 1996. Observações sobre ninhos e ovos de algumas aves em Minas Gerais. Atualidades Ornitológicas 74:13-14.
  • 2. BARBA, M.N, SEGUNDO-ONTIN, C.S., HERNANDEZ, J.C. e RODRIGUEZ, J.L. 1990. Segunda puesta de lechuza comum (Tyto alba) associada al aumento de consumo del topillo campestino (Microtus arvalus). Doñana, Acta Vertebrata 17 (1):106-108.
  • 3. BAUMGARTEN, L.C. 1998. Ecologia dos Falconiformes de áreas abertas do Parque Nacional das Emas (Mineiros-GO). Dissertação de Mestrado. Unicamp. 73pp.
  • 4. BELTON, W. (1984). Birds of Rio Grande do Sul part 1; Rheidae through Furnariidae. Bull. Amer. Mus. Nat. Hist. 178(4): 1-631.
  • 5. CODY, M.L. 1966. A general theory of clutch size. Evolu-tion 20:174-184.
  • 6. CRAMP, S. e SIMMONS, K. 1980. Handbook of the birds of Europe the Middle East and North Africa. Vol. II. Ox-ford University Press. 695pp.
  • 7. de la Penã, M.R. 1987. Nidos y huevos de aves argentinas. Santá Fé, Argentina. Imprensa Lux, S.R.L. 254p.
  • 8. del HOYO, J., ELLIOTT, A. e SARGATAL, J. 1994. Hand-book of the birds of the world. Vol 2. New World vultures to Guineafowl. Lynx Edicions, Barcelona. 639pp
  • 9. DONÁZAR, A.J., CEBALHOS, O. e HIRALDO, F. 1993. Roadside raptor surveys in the Argentinean Patagonia. J. Raptor Research 27(2):106-110.
  • 10. ELLIS, D.H., GLINSK, R.L. e SMITH, D.G. 1990. Raptors road surveys in South America. J. Raptor Res. 24:98-106.
  • 11. FORSMAN, D. e SOLENEN, T. 1984. Censusing breed-ing raptors in south Finland: methods and results. Anm. Zool. Fennici 21:317-320.
  • 12. FRASER, J.D., FRENZEL, L.D. e MATHISEN, J.E. 1985. The impact of human activities on breeding bald eagles in north-central Minnesota. J. Wildl. Manage. 49:585-592.
  • 13. GARGETT, V. 1977. Sibling aggression in the Black Eagle in the Matopos, Rhodesia. Ostrich 49:205-237.
  • 14. HÉCTOR, D.P. 1981. The habitat, diet and foraging be-havior of the Aplomado falcon, Falco femoralis (Temminck). M.S. thesis, Oklahoma State Univ. Stillwater, Oklahoma. 189pp.
  • 15. _____. 1987. The decline of the Aplomado falcon (Falco femoralis) in the United States. American Birds 41:381-389.
  • 16. IRRIBARREN, J.J. e RODRÍGUEZ, A.A. 1988. Sobre la biología del Aguila Calzada Hieraetus pennatus (Gmelin 1788) en Navarra. Pub. Biol. Univ. Navarra. Serv. Zool:17.
  • 17
    JUIZ DE FORA 1996. Prefeitura de Juiz de Fora. Instituto de Pesquisa e Planejamento de Juiz de Fora. Plano Diretor de Juiz de Fora -1996.
  • 18. LACK, D. 1954. The natural regulation of animal num-bers. Oxford Univ. Press. London.
  • 19
    _____. 1968. Ecological adaptations for breeding in birds. Chapman and Hall. London.
  • 20. LENCIONE-NETO, F. 1996. Reprodução sincrônica en-tre Elanus leucurus (Vieillot, 1818) e Falco femoralis Temminck, 1822 (AVES, ACCIPITRIDAE/FALCONIDAE. Comum. Mus. Ciênc. Tecnol. PUCRS. Ser. Zool. 9: 37-44.
  • 21. MEYBURG, B.U. 1974. Sibling aggression and mortality among nestling eagles. Ibis 116:224-228.
  • 22. MONTEIRO, A.R. 1992. Eco-biologia de aves rapaces de bosque de la Navarra Media . Thesis Doctoral - Universidad de Navarra, Facultad de Ciencias. 406p.
  • 23.MONTOYA, A.B., ZWANK, P.J. e CARDENAS, M. 1997. Breeding biology of Aplomado Falcons in desert grass-lands of Chihuahua, Mexico. J. Field Ornithhol., 68(1):135-143.
  • 24. NEWTON, I. 1977. Breeding strategies in birds of prey. Living Bird 16:51-82.
  • 25. _____. 1979. Population ecology of raptors. Buteo Books. Vermillion, South Dakota. 399pp.
  • 26. _____. e MOSS. 1986. Post-fledging survival of Sparrowhawks Accipiter nisus in relation to mass, brood size and brood composition at fledging. Ibis 128:73-80.
  • 27. PACHECO, J.F e BAUER, C. 1995. Predação de Morpho athena (Lepidoptera:Nymphalidae) por Falco femoralis (Falconiformes:Falconidae) no Rio de Janeiro, Brasil. Ararajuba 3:74-75.
  • 28. PETTINGIL, S.O. 1956. A laboratory and field manual of ornithology. Burgess Publising. Mineapolis. USA. 379pp.
  • 29. PORTER, R.D. e WIEMEYER, S.N. 1972. Reproductive patterns in captive American Kestrel (Sparrow Hawks). Condor 74:46-53.
  • 30. RENAULT, C.P. 1978. Las aves de Aragon. Libreria Gen-eral. Zaragoza. 230pp.
  • 31. SCHUBART, O., AGUIRRE, A.C. e SICK, H. 1985. Contribuição para o conhecimento da alimentação das aves brasileiras. Arq. Zool., São Paulo 12:95-249.
  • 32.SICK, H. 1997. Ornitologia brasileira.- Ed. Nova Fronteira. Rio de Janeiro - 912p.
  • 33. SILVEIRA, L., JÁCOMO, A.T.A., RODRIGUES, F.H.G. e CRAWSHAW-JÚNIOR, P. Hunting association between the Aplomado Falcon (Falco femoralis) and the maned wolf (Chrysocyon brachyurus) in Emas National Park, central Brazil. Condor 99:201-202.
  • 34. SOLER, M. 1989. Fracaso reprodutor en grajilla (Corvus monedula) : perdidas de huevos y mortalidad de pollos. Ardeola 36(1):69-89.
  • 35. SWENSON, J.E. 1979. Factors affecting status and re-production of ospreys in Yellowstone National Park. J. Wildl. Manage. 43:595-601.
  • 36. VELOSO, H.P. e GOES, L. 1982. Fitogeologia brasileira; classificação fisionômeco-ecológica. Ecologia da vegetação neotropical. Boletim técnico do projeto RADAMBRASIL, série vegetação, Salvador 1:1-80.
  • 37. WILEY, J.W. 1975. The nesting and reproductive suc-cess of Red-tailed Hawks and Red-shouldered Hawk in Orange Country, California. Condor 77:133-139.
  • 38. WILLIS, E.O. 1992. Casal de Falco femoralis ataca uma andorinha. Atualidades Ornitológicas 47(3):4.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    11 Jun 2013
  • Data do Fascículo
    2002

Histórico

  • Aceito
    23 Set 2002
  • Revisado
    09 Set 2002
  • Recebido
    03 Jul 2002
Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br