Diet of two sit-and-wait lizards, Phyllopezus pollicaris (Spix, 1825) (Phyllodactylidae) and Hemidactylus mabouia (Moreau de Jonnès, 1818) (Gekkonidae) in a perianthropic area of Mato Grosso do Sul, western Brazil

Nelson Rufino de Albuquerque Arianna da Silva Costa-Urquiza Michelly Pereira Soares Ledilene Saucedo Alves Marcus Vinícius Santiago Urquiza Sobre os autores

A composição da dieta de duas espécies de lagartos senta-e-espera, Hemidactylus mabouia e Phyllopezus pollicaris, que coocorrem sobre substratos rochosos e paredões rochosos em uma área periantrópica no oeste do Brasil, foi descrita. Ambas as espécies demonstraram um padrão de alimentação generalista, alimentando-se principalmente de insetos. As presas mais frequentes na dieta de P. pollicaris foram Coleoptera, Araneae e Homoptera enquanto que os itens mais importantes foram Coleoptera e Homoptera, respectivamente. Para H. mabouia as presas mais frequentes foram Araneae seguido de Coleoptera e Hemiptera, enquanto que os itens mais importantes foram H. mabouia seguido de Formicidae e Hemiptera. Nossas identificações de presas em categorias mais amplas (i.e., nível de ordem ou família) sugerem que certo grau de partição de recursos alimentares pode ocorrer, possivelmente através da ocupação de nichos temporais diferentes.

hábitos alimentares; Reptilia; Squamata; Pantanal; Mato Grosso do Sul


Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br