Accessibility / Report Error

Levantamento de espécies de peixes do Baixo Rio Roosevelt, Sudoeste da Bacia Amazônica

Resumo:

Este estudo apresenta um inventário da ictiofauna da sub-bacia do baixo Rio Roosevelt e seus tributários associados. As coletas de peixes com malhadeiras e as medições de parâmetros ambientais da água ocorreram em Novembro/2012 (enchente), Fevereiro/2013 (cheia), Maio/2013 (vazante) e Agosto/2013 (seca). A média da profundidade foi 8,86 m, da transparência da água foi 0,6 m, da condutividade foi 22,7 µS.cm-1, do pH foi 6,59, do oxigênio dissolvido foi 7,63 mg.l-1 e da temperatura da água foi 28°C. A área total de captura estimada foi 68.829,6 m2 durante 2880 horas. A captura por unidade de esforço (CPUE) foi 0,37 indivíduos m-2.dia-1. As espécies foram espacialmente agregadas em todos os pontos de coleta e períodos de coleta. Um total de 5183 peixes em 7 ordens, 29 famílias, 104 gêneros e 188 espécies foram coletados. O índice de diversidade foi 4,121 e o índice de equidade foi 0,789. As ordens Characiforme, Siluriforme e Cichliforme foram as mais abundantes. As espécies Serrasalmus rhombeus Linnaeus 1766 com 327 indivíduos (5,9%), Chalceus epakros (Cope 1870) com 309 indivíduos (5,6%) e Acestrorhynchus microlepis Schomburgk 1841 com 250 indivíduos (4,5%) foram as mais abundantes. Os onívoros (28,6%), piscívoros (14,3%), carnívoros (13,8%) e detritívoros (12,8%) foram os indivíduos mais abundantes. De acordo com o IBAMA, 29,25% das espécies capturadas tem potencial ornamental.

Palavras-chave:
Ictiofauna; Inventário; Biodiversidade; Bacia do Rio Madeira

Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br