Abelhas das orquídeas de fragmentos florestais na Amazônia Sul-Ocidental

As abelhas pertencentes à tribo Euglossini são conhecidas como abelhas das orquídeas. Em geral, áreas com maior cobertura de vegetação apresentam maior abundância e diversidade dessas abelhas. Esse estudo investigou os efeitos da fragmentação florestal sobre as assembleias de abelhas Euglossini na região do município de Rio Branco, Acre e arredores. Os fragmentos florestais com tamanhos variados foram selecionados para a área de estudo e classificados como urbanos e rurais. As abelhas foram coletadas entre dezembro de 2005 e agosto de 2006. Um total de 3.675 machos pertencentes a quatro gêneros e 36 espécies foi coletado. De modo geral, abundância e riqueza de Euglossini não foram estatisticamente diferentes entre fragmentos urbanos e rurais. O índice de borda do fragmento foi preditor de riqueza e diversidade das abelhas. A conectividade estimada também foi preditora da riqueza. Fragmentos com maior similaridade em relação à estrutura paisagística foram também mais similares em relação à composição faunística.

Euglossini; conservação; diversidade; Estado do Acre


Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br