Accessibility / Report Error
Biota Neotropica, Volume: 1, Issue: 1-2, Published: 2001
  • Do BIOTASP à internet 2 Editorial

    Joly, Carlos Alfredo
  • BIOTA/FAPESP, Brazil's model program for assessing global biodiversity Point Of View

    Staley, James T.

    Abstract in Portuguese:

    O governo do Estado de São Paulo, Brasil, está entre os poucos no mundo que reconheceram a importância da biodiversidade, implantando com sucesso o Biota/FAPESP como parte de seu programa de pesquisas na área de Ciências Biológicas. Agora que já fazem três anos que o Programa BIOTA/FAPESP está e funcionamento é o momento certo para nos colocarmos algumas questões sobre o seu sucesso. As questões que eu vou tratar neste artigo são: Quais as características que garantiram o sucesso do BIOTA/FAPESP numa área onde, ao redor do mundo, outras iniciativas falharam? Podemos utilizar o BIOTA/FAPESP como modelo para Programas de Pesquisa em Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade no mundo?

    Abstract in English:

    Brazils state of São Paulo ranks among the few governments that has recognized the importance of biodiversity. It has successfully launched Biota as part of its FAPESP program in biology. The Biota program has been in operation for three years now, long enough to pose questions about its promise. The questions I will try to address here are: What attributes of the Biota progam have allowed it to succeed where others have failed? Can the Biota program serve as a global model for biodiversity efforts?
  • Effects of deforestation pattern and private nature reserves on the forest conservation in settlement areas of the Brazilian Amazon Articles

    Metzger, Jean Paul

    Abstract in Portuguese:

    Os efeitos de padrões de desmatamento, de extensão das "Reservas Legais" e do tempo de pousio agrícola na conservação florestal foram simulados para assentamentos agrícolas da Amazônia brasileira que produzem padrões de ocupação em espinha-de-peixe" e onde a prática agrícola predominante é de corte-e-queima. As simulações basearam-se na dinâmica da paisagem da região da Bragantina, a mais antiga fronteira agrícola da Amazônia brasileira. O estado de conservação florestal foi inferido utilizando-se o tamanho dos remanescentes florestais, a extensão de floresta de interior, a conectividade e o grau de fragmentação florestal. Os resultados mostram que o melhor cenário para conservação é a manutenção de 80% das propriedades como Reserva Legal (RL) e a utilização de um padrão de desmatamento que permite o agrupamento dos remanescentes florestais dos diferentes proprietários numa única reserva, no fundo dos lotes. Quando RL< 80%, o estado de conservação florestal varia muito em função do padrão de desmatamento. Alguns padrões (e.g., aleatórios) são nesse caso particularmente deletérios, resultando em paisagens altamente fragmentadas, enquanto outros padrões (e.g., desmatamento progressivo a partir das bordas florestais) são capazes de manter grandes fragmentos. Para conservar a floresta quando RL< 80%, o padrão de desmatamento e a extensão das RL têm que ser consideradas conjuntamente. Padrões de desmatamento progressivos em lotes de 2000m por 500m, com RL de 50%, parecem resultar no melhor balanço entre conservação florestal e uso agrícola. Para garantir a conservação, o agrupamento das RL no fundo dos lotes deve ser definido no momento do planejamento dos assentamentos.

    Abstract in English:

    The effects of deforestation patterns, private nature-reserve extents and agricultural fallow periods on forest conservation were simulated for settlement projects in the Brazilian Amazon that produce a fish-bone pattern of occupation and where slash-and-burn agriculture is predominantly used. Data for simulation was obtained from previous work at the Bragantina region, the oldest agricultural frontier in the Brazilian Amazon. Forest conservation was evaluated using the size of remnant forest fragments, the amount of interior habitat, the connectivity among fragments and the extent of fragmentation. Results showed that the best scenario for forest conservation is the maintenance of 80% of the lot as privatereserve using deforestation pattern that allow to group the reserves from different farmers at the end of the lot. When private-reserve coverage is bellow 80% of the landscape, forest conservation status will be influenced by the deforestation pattern. Some patterns (e.g. random location of deforestation plots) will then be particularly deleterious, producing a highly fragmented landscape, while other patterns (e.g., progressive deforestation from one edge) can allow the maintenance of large forest fragments. To get forest conservation in these cases, private-reserve extent and deforestation pattern should be considered together. Considering both forest conservation and agricultural use, progressive patterns of deforestation (or land use) in a lot of 2,000m by 500m, with private nature-reserves covering 50% of the landscape seems to be the best compromise. To guarantee the private forest preservation, these forests should be pre-established when settlements are planned and grouped at the end of the lots.
  • Biodiversity informatics, Biota/FAPESP and the future a personal view Articles

    Chapman, Arthur D.

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo analisa o Desenvolvimento do Programa BIOTA/FAPESP do ponto de vista de um membro do Comitê Internacional de Avaliação (Scientific Advisory Committee). Discute a implementação das sugestões propostas no decorrer do processo anual de avaliação e o desenvolvimento do Programa nos últimos três anos, oferecendo algumas opiniões a respeito dos rumos que o Programa deverá seguir nos próximos anos. Este artigo analisa o Internacional de Avaliação decorrer do processo anual de opiniões a respeito dos rumos

    Abstract in English:

    This paper explores the development of the FAPESP/Biota project from the view of an external adviser. It explores the implementation of advice received and the development of the project through the first three years, and provides some views on future directions for the project.
  • Stream fishes of the Morro do Diabo State Park, Upper Paraná River basin, SP Inventários

    Casatti, Lilian; Langeani, Francisco; Castro, Ricardo M. C.

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho foi realizado um levantamento das espécies de peixes de riacho que ocorrem no Parque Estadual Morro do Diabo. Quatro riachos foram amostrados, de primeira a segunda ordem, onde foram coletadas 22 espécies, pertencentes a cinco ordens e 11 famílias, num total de 1.573 indivíduos. Foi registrado o predomínio da Ordem Siluriformes, seguida por Characiformes. Com base em aspectos gerais da biologia das espécies de peixes, as mesmas foram classificadas em oito guildas. De modo geral, as espécies estudadas são capazes de utilizar diversos recursos alimentares e micro-hábitats disponíveis nesses ambientes, sendo particularmente favorecidas pelo pequeno porte apresentado. Chave de identificação e fotos de exemplares recém-coletados de todas as espécies de peixes são fornecidas.

    Abstract in English:

    A survey of the fish species in the streams of the Morro do Diabo State Park was performed. Four first and second order streams were sampled and 22 fish species and 1,573 individuals were collected, belonging to five orders and 11 families. A predominance of Order Siluriformes, followed by Characiformes was registered. Based on general aspects of their biology, the fish species were classified in eight guilds. The studied species are able to use several food sources and microhabitats available in these environments, being particularly favored by their small size. An identification key for the species, together with illustrations of their live coloration is provided.
  • O que é ecologia de paisagens? Revisões Temáticas

    Metzger, Jean Paul

    Abstract in Portuguese:

    A ecologia de paisagens é uma nova área de conhecimento dentro da ecologia, marcada pela existência de duas principais abordagens: uma geográfica, que privilegia o estudo da influência do homem sobre a paisagem e a gestão do território; e outra ecológica, que enfatiza a importância do contexto espacial sobre os processos ecológicos, e a importância destas relações em termos de conservação biológica. Estas abordagens apresentam conceitos e definições distintas e por vezes conflitantes, que dificultam a concepção de um arcabouço teórico comum. Nesse trabalho, proponho uma definição integradora de paisagem como sendo "um mosaico heterogêneo formado por unidades interativas, sendo esta heterogeneidade existente para pelo menos um fator, segundo um observador e numa determinada escala de observação". Esse "mosaico heterogêneo" é essencialmente visto pelos olhos do homem, na abordagem geográfica, e pelo olhar das espécies ou comunidades estudadas na abordagem ecológica. O conceito de paisagem proposto evidencia ainda que a paisagem não é obrigatoriamente um amplo espaço geográfico ou um novo nível hierárquico de estudo em ecologia, justo acima de ecossistemas, pois a escala e o nível biológico de análise dependem do observador e do objeto de estudo. A ecologia de paisagens vem promovendo uma mudança de paradigma nos estudos sobre fragmentação e conservação de espécies e ecossistemas, pois permite a integração da heterogeneidade espacial e do conceito de escala na análise ecológica, tornando esses trabalhos ainda mais aplicados para resolução de problemas ambientais.

    Abstract in English:

    Landscape ecology is a new subject in ecology characterized by two main approaches: a geographical one, which studies how man affects and manages landscapes; and an ecological one, which emphasizes the effects of spatial structure on ecological processes and the importance of these relationships for conservation purposes. The construction of a common theoretical foundation is a difficult task with the coexistence of different and conflicting notions and definitions from these two approaches. In the present work, I present a unified notion of landscape as "a heterogeneous mosaic composed by interactive landscape units, where heterogeneity exists for at least one parameter, one specific observer and at a particular scale". The heterogeneity is essentially interpreted through the "human eyes" in the geographical approach and through the "eyes" of other species or communities in the ecological perspective. The proposed landscape definition also shows that landscape does not necessarily correspond to broad spatial scales or a new biological level, just above the ecosystem. The scale and the biological level will be determined by the observer or the studied species. Landscape ecology is promoting a paradigm shift in fragmentation and biological conservation studies as far as it integrates the spatial heterogeneity and the concept of scale in the ecological analysis, transforming ecology in a more useful science for environmental problem solving.
  • Diet of Crenicichla britskii (Perciformes: Cichlidae) in a stream of Rio Aguapeí basin, Upper Rio Paraná system, southeastern Brazil Short Communications

    Gibran, Fernando Zaniolo; Ferreira, Katiane Mara; Castro, Ricardo M. C.

    Abstract in Portuguese:

    Estudamos qualitativamente os conteúdos estomacais de 20 exemplares (36,1-71,3 mm de comprimento padrão) de Crenicichla britskii ("Jacundá" ou "Joaninha"), coletados na bacia do rio Aguapeí, Estado de São Paulo, sudeste do Brasil, em um trecho de 100 m de riacho de segunda ordem correndo no interior de uma mata de galeria rala localizada dentro de uma grande área de pastagem. A dieta, em termos de composição percentual, foi predominantemente constituída por insetos aquáticos (50%) (principalmente estágios imaturos), crustáceos (14,3%), material orgânico não identificado e algas clorofíceas filamentosas (ambos com 10,7%), seguidos por peixes e aracnídeos (ambos com 7,1%). A análise da dieta mostra que C. britskii é um insetívoro generalista que apresenta um tubo digestivo relativamente curto, e uma dieta composta por itens autóctones que captura na coluna d'água ou na superfície, enterrados ou sobre o substrato, ou ainda associados às macrófitas e restos vegetais submersos.

    Abstract in English:

    We qualitatively studied the gut contents of 20 specimens (36.1-71.3 mm standard length) of the pike cichlid Crenicichla britskii from a 100 m stretched second order stream running inside a small gallery forest in a large pasture area of Rio Aguapeí basin, State of São Paulo, southeastern Brazil. The diet, in terms of per cent composition, constituted primarily of aquatic insects (50%) (mostly immature forms), crustaceans (14.3%), unidentified organic material and filamentous green algae (both with 10.7%), followed by fishes and arachnids (both with 7.1%). Diet analysis indicates that C. britskii is a generalist insectivore with a relatively short digestive tube, which feeds on autochthonous items captured in a broad array of habitats such as in the water column or at the surface, buried in or over the bottom, or associated with macrophytes and submerged vegetation debris.
Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br