• Mapping and evaluation of the state of conservation of the vegetation in and surrounding the Chapada Diamantina National Park, NE Brazil Articles

    Funch, Roy Richard; Harley, Raymond Mervyn; Funch, Ligia Silveira

    Abstract in Portuguese:

    O Parque Nacional da Chapada Diamantina foi criado numa região densamente ocupada e grandes áreas dentro desta reserva ainda estão em vias de recuperação natural em decorrência da mineração de diamantes que começou em 1844. Um mapa atualizado da vegetação regional elaborado de maneira que facilite sua interpretação é imprescindível para orientar administradores e outros grupos interessados na preservação e desenvolvimento da região. Um mapa da vegetação do Parque Nacional da Chapada Diamantina e as áreas no seu entorno foi preparado: 1) delimitando e descrevendo os vários tipos de vegetação regional; 2) fornecendo indicações do grau de conservação da vegetação; 3) apresentando estas informações num formato que facilite sua revisão e atualização; e 4) apresentando estas informações de maneira fácil de interpretar, podendo ser usadas para fins de planejamento, manejo e conservação. O mapa demonstrou perturbações de origem antrópica nas áreas de floresta, cerrado e caatinga adjacentes ao Parque Nacional. As terras dentro da reserva são, em geral, bem preservadas, demonstrando reduzidas alterações antrópicas diretas, embora freqüentes incêndios tenham transformado extensivas áreas de floresta em campos abertos. Apesar das modificações da vegetação regional, existem duas áreas relativamente bem preservadas fora dos limites do Parque Nacional que possuem alta prioridade para ações conservacionistas. O mapa da vegetação apresentado pode auxiliar na elaboração do Plano de Manejo da reserva e na reformulação futura dos seus limites.

    Abstract in English:

    The Chapada Diamantina National Park (CDNP) was created in the midst of a densely populated area, and significant sections of the reserve are still undergoing processes of natural regeneration after intensive diamond mining activities were initiated in the mid-1800's. An up-to-date vegetation map was needed in order to indicate the types and distribution of regional vegetation assemblages in an easily interpretable manner and at an appropriate planning scale that could be easily consulted by decision makers and other interested groups at all levels of conservation (and development) planning. A vegetation map of the Chapada Diamantina National Park, and the areas immediately surrounding it, was prepared that: 1) delimits, describes, and maps the regional vegetation assemblages; 2) provides an indication of the degree of conservation of the mapped vegetation; 3) develops this information in a format that facilitates continued updating and revision as more information becomes available, enabling the monitoring of the evolution of the Park lands, and; 4) presents this information in a manner that can be easily interpreted and used for planning, management and conservation purposes. The resulting vegetation map revealed intensive anthropogenic disturbances in forested, savanna, and semi-arid areas subjected to intensive agricultural use outside of the Park boundaries. The National Park lands are generally well preserved but burning has replaced formerly extensive forest areas with open sedge meadows. In spite of intensive modification of the regional vegetation, two well preserved areas with high priority for conservation efforts beyond the National Park limits were identified and characterized. The vegetation mapping of the park itself can aid in the preparation of its management plan and in the reformulation of the existing boundaries of that reserve.
  • Description of two new species of Sycorax Curtis (Diptera, Psychodidae, Sycoracinae) from the Atlantic Rain Forest of Espírito Santo, Brazil Articles

    Santos, Claudiney Biral dos; Bravo, Freddy

    Abstract in Portuguese:

    Duas espécies novas de Sycorax Curtis da Floresta Atlântica do Espírito Santo, S. cariacicaensis Santos & Bravo sp. nov. e S. espiritosantensis Santos & Bravo sp. nov., são descritas e desenhadas.

    Abstract in English:

    Two new species of Sycorax Curtis from the Atlantic Rain Forest of Espírito Santo, S. cariacicaensis Santos & Bravo sp. nov. and S. espiritosantensis Santos & Bravo sp. nov., are described and illustrated.
  • Untitled document Artigos

    Kitahara, Marcelo Visentini

    Abstract in Portuguese:

    A pesca demersal voltada as espécies de peixes (i.e. Lophius gastrophisus, Urophisys brasiliensis, Genipterus brasiliensis) e crustáceos (Chaceon ramosae e Chaceon sp.), com grande valor comercial no talude continental superior do sul do Brasil aumentou significativamente nas últimas décadas. A compilação de todos os dados até então publicados acerca dos pontos de ocorrência dos corais escleractíneos azooxantelados em águas sul-brasileiras entre 24° e 35° S, sobrepostos com as principais áreas de atuação das quatro modalidades de pesca demersais (arrasto de profundidade, emalhe e espinhel de fundo e covos), demonstrou que as frotas em questão vêm utilizando as áreas com ocorrência de corais, como principais áreas de esforço, indicando que os recifes de profundidade possuem elevada importância ecológica perante os ecossistemas da plataforma e talude continental, sendo importantes reservatórios da biodiversidade marinha profunda. Entretanto, desde as fases iniciais desta exploração evidenciou-se através de relatos de observadores de bordo, a captura, como "bycatch", de grandes quantidades de corais de profundidade. Desta maneira, visando não só apenas a proteção dos ecossistemas coralíneos de profundidade, mas também a sustentabilidade econômica da pesca, é recomendada a criação de áreas de exclusão da pesca demersal em locais com ocorrência de Scleractinia azooxantelados.

    Abstract in English:

    Demersal fishing of important commercial fishes (Lophius gastrophisus, Urophisys brasiliensis and Genipterus brasiliensis) and crustaceans (Chaceon ramosae and Chaceon sp.) along the upper slope off southern Brazil has increased dramatically in the last decade. Compilation of available data on the distribution of azooxanthellate corals between 24° and 35° S, compared with the distribution of bottom-longline, bottom-gillnets, trawl and trap fisheries shows that commercial fishing takes place over coral areas, providing evidence deep-sea reefs are important reservoirs of deep marine biodiversity. Since the initial phase of exploitation by demersal fisheries, onboard observers are describing large captures of corals as "bycatch" suggesting deep-sea communities are being destroyed even before being studied. In order to ensure protection of deep-sea coral ecosystems and economic sustainability of demersal fisheries in southern Brazilian waters, adoption of excluded fishing areas in those locations where azooxanthellate Scleractinia occur is strongly recommended.
  • Body size and extinction risk in Brazilian carnivores Articles

    Forero-Medina, German; Vieira, Marcus Vinícius; Grelle, Carlos Eduardo de Viveiros; Almeida, Paulo Jose

    Abstract in Spanish:

    Debido a que las extinciones no son aleatorias a través de los diferentes taxa, es importante para los biólogos de la conservación identificar las características que hacen a algunas especies más vulnerables. Los factores asociados con la vulnerabilidad incluyen distribuciones geográficas pequeñas, densidades poblacionales bajas, niveles tróficos altos, historias de vida "lentas", tamaño del cuerpo, y tolerancia a habitats alterados. En este estudio examinamos la relación del tamaño corporal, el potencial reproductivo y la longevidad con el riesgo de extinción para los carnívoros brasileros. Realizamos análisis de modelos lineares generalizados con contrastes filogenéticamente independientes para probar el efecto del tamaño corporal solo, y el efecto combinado del tamaño corporal, el tamaño de la camada y la longevidad sobre el riesgo de extinción. El tamaño del cuerpo apareció en los dos mejores modelos de acuerdo con el criterio de selección (AIC) y es la variable bionómica más plausible afectando el riesgo de extinción. El tamaño de la prole y longevidad, otras variables bionómicas que han presentado tal efecto en otros estudios, fueron implausibles. La mayor probabilidad de amenaza para las especies grandes puede deberse a que el tamaño del cuerpo afecta la vulnerabilidad a diferentes actividades humanas como la caza, la destrucción y fragmentación del hábitat, y al tamaño reducido de la mayoría de áreas protegidas.

    Abstract in English:

    Because extinctions are not random across taxa, it is important for conservation biologists to identify the traits that make some species more vulnerable. Factors associated with vulnerability include small geographical ranges, low densities, high trophic level, "slow" life histories, body size, and tolerance to altered habitats. In this study we examined the relationship of body size, reproductive output, longevity, and extinction risk for carnivores occurring in Brazil. We used generalized linear models analyses on phylogenetically independent contrasts to test the effect of body size alone, and the combined effect of body size, litter size and longevity on extinction risk. Body size appeared in the two best models according to the selection criteria (AIC), and it was the most plausible bionomic variable associated with extinction risk. Litter size and longevity, bionomic traits previously associated with threat risk of Brazilian carnivores, were implausible. The higher extinction risk for larger species could result from body size influencing vulnerability to different human activities, such as killing, habitat destruction and fragmentation, and the small size of natural reserves.
  • Florística vascular da Floresta Ombrófila Densa Altomontana de quatro serras no Paraná Artigos

    Scheer, Maurício Bergamini; Mocochinski, Alan Yukio

    Abstract in Portuguese:

    A Floresta Ombrófila Densa Altomontana é uma formação responsável por importantes funções ambientais, entre elas a proteção e manutenção dos fluxos hídricos de cabeceiras de bacias hidrográficas, o estoque de carbono na sua biomassa e na do solo, além da sua biodiversidade e seu elevado endemismo. Apesar de ainda existirem remanescentes primários significativos dessas florestas, apenas alguns estudos descreveram sua estrutura arbórea. O presente trabalho tem o objetivo de listar e comparar a florística vascular de quatro serras representativas da Floresta Ombrófila Densa Altomontana no Paraná e de comparar a florística arbórea das florestas do presente estudo com a de outras florestas semelhantes nas regiões sul e sudeste do Brasil. Foram detectadas 346 espécies vegetais vasculares, pertencentes a 176 gêneros e a 87 famílias, sendo 72 angiospermas (288 espécies), 14 pteridófitas (57 espécies) e 1 gimnosperma. A família com maior riqueza específica foi Myrtaceae, com 34 espécies (10% do total), seguida por Asteraceae (30; 9%), Orchidaceae (29; 8%), Rubiaceae (17; 5%), Melastomataceae (16; 5%), Poaceae (12; 3%) e Bromeliaceae (11; 3%). A composição florística arbórea das florestas altomontanas da Serra do Mar paranaense apresentou a menor similaridade entre as três grandes serras comparadas, com índices um pouco maiores com as florestas altomontanas da região de Aparados da Serra Geral (SC) e menores com a Serra da Mantiqueira, sudeste do Brasil (SP, RJ e MG). Além de diferenças geológicas, geomorfológicas, pedológicas e fitofisionômicas, as diferenças florísticas encontradas nas florestas altomontanas da Serra do Mar do Paraná em relação às demais serras comparadas pode também ser explicada pela melhor conservação dos trechos amostrados e pela baixa influência de elementos de outros tipos vegetacionais próximos (Floresta Ombrófila Mista, Floresta Ombrófila Densa Montana e vegetação secundária).

    Abstract in English:

    The Cloud Forests have very important environmental functions, among them, the maintenance and protection of the origin of the watersheds and the carbon stocks in its biomass and into the soil, besides its biodiversity and endemism. Despite still exist considerable remnants of primary cloud forests there are few studies that listed species that occur in these ecosystems. The aim of this study was to characterize the floristic composition of four areas of the Upper Montane Rain Forest of the "Serra do Mar" in the state of Paraná and to compare it with other cloud forests in southern and southeastern Brazil. A total of 346 vascular species were detected. They comprised 87 families including 72 angiosperms (288 species), 14 pteridophytes (57 species) and one gymnosperm. The species richest families were Myrtaceae (34 species; 10% of total), Asteraceae (30; 9%), Orchidaceae (29; 8%), Rubiaceae (17; 5%), Melastomataceae (16; 5%), Poaceae (12; 3%) and Bromeliaceae (11; 3%). The Serra do Ibitiraquire presented the largest area of cloud forests and the highest species richness (231 species). Of the 346 species found in typical cloud forests, 231 species were classified as typical, 41 as transitionals from high altitude grasslands and 68 as transitionals from lower montane forests. Similarities between the studied areas and other Brazilian cloud forests were low (cluster analyses and Sörensen indexes). Besides the geological, geomorphological, pedological and forest structural differences, the conservation status, the lower influence of "Mixed Ombrophyllous forests" (Araucaria Moist forests) species, pioneer and lower montane species, justify this lower similarity.
  • Análise morfométrica em Thoracocharax stellatus (Kner, 1858) (Characiformes, Gasteropelecidae) proveniente de diferentes bacias hidrográficas Sul-americanas Artigos

    Silva, Edson Lourenço da; Centofante, Liano; Miyazawa, Carlos Suetoshi

    Abstract in Portuguese:

    Foram utilizadas análises de variáveis canônicas livres de tamanho com o objetivo de investigar os padrões de variação morfológica entre populações de Thoracocharax stellatus em bacias hidrográficas Sul-Americanas: rios das bacias Araguaia-Tocantins e Paraguai do Brasil e Orinoco na Venezuela. Distinções entre as amostras do Araguaia-Tocantins e Orinoco foram observadas, com leve sobreposição dessas populações com as amostras da bacia do Paraguai. Os caracteres morfométricos que são os principais responsáveis por esta diversificação são comprimento da cabeça e comprimento da nadadeira dorsal. Os mecanismos que podem estar atuando nesta variação geográfica entre populações de T. stellatus são discutidos.

    Abstract in English:

    A free-size canonical variable analysis was made to investigate the morphological pattern of variation among different Thoracocharax stellatus populations in South American river basins: Araguaia-Tocantins and Paraguay Basins Rivers from Brazil, and Orinoco's basin in Venezuela. Distinction among the samples from Araguaia-Tocantins and Orinoco were observed, with overlap of these populations with the Paraguay's basin samples. The primarily characters responsible for this discrimination are head length and dorsal fin length. The mechanisms that can act in this geographic variation among T. stellatus populations are discussed.
  • Anfíbios Anuros do Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus, sudeste do Brasil, e suas relações com outras taxocenoses no Brasil Artigos

    Araujo, Cybele de Oliveira; Condez, Thais Helena; Sawaya, Ricardo Jannini

    Abstract in Portuguese:

    Apresentamos as 24 espécies de anfíbios anuros que ocorrem no Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus (PEFBJ), Pedregulho, São Paulo, sudeste do Brasil. Barycholos ternetzi, Rhinella rubescens, Scinax canastrensis e Phyllomedusa ayeaye correspondem a novos registros para o estado de São Paulo, sendo a última espécie incluída na lista de espécies ameaçadas de extinção do Ibama e IUCN. Para caracterizar a taxocenose de anuros do PEFBJ, comparamos sua composição de espécies com a de outras 66 localidades em diversos biomas e fitofisionomias do Brasil. As 67 taxocenoses foram ordenadas e agrupadas por meio de uma Análise de Coordenadas Principais (ACOP) e uma Análise de Agrupamento (Cluster Analysis). As análises multivariadas permitiram a identificação de quatro grupos: um de taxocenoses amazônicas; dois de taxocenoses de Mata Atlântica, sendo um composto por floresta ombrófila densa dos estados da Bahia e Espírito Santo e sua transição com a floresta estacional semidecidual (Minas Gerais), e o outro por localidades de floresta ombrófila densa dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná e suas transições com a floresta ombrófila mista, floresta estacional semidecidual, além de taxocenoses do Bioma Pampa; no quarto grupo foram incluídas as taxocenoses de biomas que apresentam fitofisionomias mais abertas, como Caatinga, Cerrado, Pantanal e a Mata Atlântica (floresta estacional semidecidual). Os agrupamentos faunísticos obtidos indicam que as composições de espécies das 67 localidades analisadas estão fortemente relacionadas com o tipo de vegetação onde ocorrem. A grande diversidade observada entre as fisionomias vegetais pode ser relacionada às variações topográficas e climáticas encontradas nos diferentes biomas examinados (Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal). A taxocenose de anuros do PEFBJ foi agrupada àquelas presentes em biomas com fitofisionomias abertas (quarto grupo), apresentando grande similaridade com as faunas de Cerrado e da floresta estacional semidecidual presente no Bioma Mata Atlântica do estado de São Paulo.

    Abstract in English:

    We present the 24 anuran species occuring in Parque Estadual das Furnas do Bom Jesus (PEFBJ), municipality of Pedregulho, São Paulo state, southeastern Brazil. Barycholos ternetzi, Rhinella rubescens, Scinax canastrensis, and Phyllomedusa ayeaye correspond to new records to the São Paulo state species list, the latter species considered as threatened in IBAMA and IUCN lists. In order to characterize the PEFBJ anuran assemblage we compare its species composition with 66 localities from different biomes in Brazil. The 67 assemblages were ordinated and grouped by Principal Coordinates Analysis (ACOP) and Cluster Analysis. The multivariate analysis allowed the identification of four groups: one from Amazonian forest assemblages; two from Atlantic forest assemblages, being one consisting of dense Atlantic rain forest of Bahia, Espírito Santo states and its transitions with seasonal semideciduous forests (Minas Gerais state), and the other one consisting of localities of dense Atlantic rain forest of Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná states and its transitions with araucaria rain forest (Atlantic rain forest with Araucaria angustifolia), seasonal semideciduous forests, and Pampas Biome assemblages; assemblages from more open physiognomies, as Caatinga (semiarid steppe of Northeast Brazil), Cerrado (Brazilian savanna), Pantanal (Brazilian wetlands), and the Atlantic forest (seasonal semideciduous forests) were included in the fourth group. The faunistic groups obtained indicate that species composition of the 67 localities are strongly related to the vegetation types where they occur. The great diversity observed among the physiognomic vegetation types could be related to the topographic and climatic variations found in the different biomes considered in our analysis (Amazon, Caatinga, Cerrado, Atlantic forest, Pampas and Pantanal). The anuran assemblage of PEFBJ was grouped among the biomes with open phytophysiognomies (fourth group), showing great similarity to the faunas of Cerrado and semideciduous forests in the Atlantic forest Biome of São Paulo state.
  • A new species of Philosepedon Eaton, 1904 (Diptera, Psychodidae) from Brazil Articles

    Chagas, Cínthia; Bravo, Freddy; Rafael, José Albertino

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho é descrita a espécie Philosepedon vieirai Chagas, Bravo & Rafael, sp. nov. do Brasil.

    Abstract in English:

    Philosepedon vieirai Chagas, Bravo & Rafael, n. sp. from Brazil is described and illustrated.
  • Ácaros em fruteiras e outras plantas no Estado de Amapá Artigos

    Mineiro, Jeferson Luiz de Carvalho; Silva, Wilson Rodrigues da; Silva, Ricardo Adaime da

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho teve como objetivo registrar as espécies de ácaros que ocorrem em frutíferas e outras plantas de importância econômica no Estado do Amapá. O levantamento foi realizado nos municípios de Macapá e Calçoene. Nove espécies de plantas pertencentes a sete famílias foram estudadas, tendo sido identificados 226 espécimes de ácaros, das famílias Ascidae, Phytoseiidae, Cunaxidae, Eriophyidae, Stigmaeidae, Tarsonemidae, Tenuipalpidae, Tetranychidae e Tydeidae. A família Tetranychidae apresentou cinco espécies, tendo sido a de maior riqueza.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to carry out a survey of mite species that occur on fructiferous and other economic important plants in the State of Amapá. The collect was made in two counties of the State of Amapá: Macapá and Calçoene. Nine species of plants belonging to seven families were studied and 226 mite species were identified, belonging to the families Ascidae, Phytoseiidae, Cunaxidae, Eriophyidae, Stigmaeidae, Tarsonemidae, Tenuipalpidae, Tetranychidae and Tydeidae. Five species in the tetranychid family were identified, which presented the highest richness of species.
  • Caracterização das assembléias de peixes de riachos de cabeceira no período chuvoso na bacia do rio Cachoeira (SE da Bahia, NE do Brasil) Artigos

    Cetra, Mauricio; Ferreira, Fabio Cop; Carmassi, Alberto Luciano

    Abstract in Portuguese:

    Visando conhecer a riqueza de espécies e aspectos ecológicos das assembléias ícticas de riachos de cabeceira da Bacia do Rio Cachoeira, foram realizadas coletas de peixes, de variáveis estruturais do ambiente e da água de oito riachos durante o mês de dezembro de 2007. Foram capturados 1.915 indivíduos pertencentes a 19 espécies das quais, cerca da metade, composta por organismos inferiores a 50 mm, o que sugere endemismo. Espécies com "status" taxonômico indefinido podem ser novas para a ciência. A confirmação de outras podem representar expansão da distribuição geográfica. Sugere-se novos levantamentos na área. Ocorreu correlação significativa entre as ordenações realizadas com dados ambientais e com abundância das espécies levando a formação de três assembléias distintas com suposta ação extrínseca nas suas organizações por parte da estrutura física do canal e de qualidade da água. Visando gerar instrumentos para programas de conservação e monitoramento da biodiversidade foram definidas espécies raras e dominantes.

    Abstract in English:

    Fish assemblage samples, environmental structure and water variables were collected from eight small streams in December of 2007 from Cachoeira river basin in the state of Bahia, Brazil. The objective was to obtain a set of information of the species richness and ecological aspects of the ichthyofauna. A thousand nine hundred and fifteen individuals of 19 species were captured. About half of the species contained individuals with a total length smaller than 50 mm. These findings suggest that some species are endemic. Two species with uncertain taxonomic status can be new. Confirmation of others two can represent expansion of the geographic distribution. These results indicate that new surveys in the area are necessary. Ordination analysis results with ambient data and abundance of the species showed significant correlation. Were identified three assemblages and it is suggested that were formed with extrinsic factors. Aiming to generate instruments for conservation programs and biodiversity monitoring species rare and dominant were defined.
  • Composição, uso de hábitat e estações reprodutivas das espécies de anuros da floresta de restinga da Estação Ecológica Juréia-Itatins, sudeste do Brasil Artigos

    Narvaes, Patrícia; Bertoluci, Jaime; Rodrigues, Miguel Trefaut

    Abstract in Portuguese:

    Apresentamos aqui dados sobre a composição de espécies, o uso de hábitat e as estações reprodutivas dos anuros da floresta de restinga da Estação Ecológica Juréia-Itatins, sudeste do Brasil. Entre fevereiro e dezembro de 1993, foram realizadas visitas mensais à área de estudo, com permanência de três ou quatro dias, totalizando 28 dias de trabalhos de campo. Três poças pré-selecionadas foram investigadas diariamente entre 18:00 e 22:30 horas, quando foi estimado o número de machos vocalmente ativos nas agregações observadas, tentando-se localizá-los visualmente em seus substratos característicos de vocalização. A fauna é composta por 20 espécies, a maior riqueza já registrada em um ambiente de restinga do Brasil. De acordo com os critérios da IUCN, oito dessas espécies possuem populações em declínio, devido principalmente à perda de hábitat. Onze espécies apresentaram machos em atividade de vocalização e reprodução nas poças monitoradas mensalmente durante todo o período de estudo; a maioria dos hilídeos apresentou segregação vertical em seus sítios de vocalização sobre a vegetação marginal. Scinax hayii e S. littoralis foram consideradas de reprodução contínua, mas o período reprodutivo da maior parte das espécies mostrou-se associado à estação chuvosa. A alta riqueza de espécies observada na área e a indicação de declínios populacionais de algumas espécies em outras regiões sugerem que a região da Juréia apresenta uma grande relevância como área de preservação de anuros.

    Abstract in English:

    Herein we present data on species composition, habitat use, and calling seasons of anurans from the Restinga forest of the Estação Ecológica Juréia-Itatins, Southeastern Brazil. The study site was visited monthly (3 to 4 days) between February and December 1993, a total of 28 days of field work. Three previously selected puddles were searched for anurans between 6:00 and 10:30 PM, when the number of calling males of each species was estimated and the positions of their calling sites were recorded. Anuran fauna is composed by 20 species, the highest richness ever recorded in a Brazilian restinga habitat. According to IUCN criteria, eight of these species have populations declining mainly due to habitat loss. Eleven species showed calling males in the three pools monitored during the study period; most hylids showed some vertical segregation on the marginal vegetation used as calling sites. Scinax hayii and S. littoralis were considered continuous breeders, but the calling and breeding period of most species was associated to the rainy season. The high species richness recorded and the indication of declining populations for some species outside the area suggest the E.E. Juréia-Itatins has a high potential to preserve anuran fauna.
  • Consumo de frutos e abundância de Tucano Toco (Ramphastos toco) em dois hábitats do Pantanal Sul Artigos

    França, Leonardo Fernandes; Ragusa-Netto, Jose; Paiva, Luciana Vieira de

    Abstract in Portuguese:

    Tucano Toco (Ramphastos toco) é um dos grandes frugívoros de dossel, tanto de florestas contínuas quanto ambientes semi-abertos. No Pantanal Sul o Tucano Toco é comum em paisagens que intercalam ambientes fechados e abertos. Neste estudo avaliamos a abundância de Tucano Toco em capões de mata e mata ciliar, bem como a produção e consumo de frutos carnosos durante a estação seca. Apenas seis espécies frutificaram em capões de mata, e cinco em mata ciliar. Nos capões de mata a maior abundância do gênero Ficus, cuja frutificação foi assincrônica, proporcionou disponibilidade constante de frutos. Na mata ciliar a oferta de frutos carnosos foi variável e as figueiras foram raras e não foram detectadas pelo método de quadrante centrado. Nos dois hábitats os tucanos exploraram frutos de Cecropia pachystachya, Genipa americana e Ficus. A ocorrência de Tucano Toco foi sempre maior em capões de mata do que em mata ciliar, sendo mais elevada em um dado hábitat, quando pelo menos duas espécies disponibilizavam frutos carnosos. A maior regularidade na ocorrência dos tucanos em capões de mata pode ter sido conseqüência da oferta constante de frutos carnosos, a qual ocorreu devido à presença das espécies do gênero Ficus neste hábitat. Porém, a presença da espécie nos hábitats avaliados deve decorrer da combinação de todos os frutos comuns na sua alimentação.

    Abstract in English:

    Toco Toucan (Ramphastos toco) is one of the largest frugivorous birds of canopy, even in continuous forests than in semi-opened habitat. At South Pantanal (Brazil) Toco toucan is common in landscapes that intersperse open and closed habitats. On this research we evaluated the Toco Toucan abundance in capões forest and gallery forest as well as the production and consumption of fleshy fruit during dry season. Only six species produced fruits in capões forests, and five in gallery forests. In capões forest the higher presence of Ficus genera, which fructifying was asynchronous, provided constant fruit source. In gallery forests where fig trees were rare, the abundance of fleshy fruits was variable. The toucans explored Cecropia pachystachya, Genipa americana and Ficus fruits at two habitats. The occurrence of Toco Toucan in capões forest always was higher than in gallery forest. The occurrence in each habitat was higher when at least two species produced fleshy fruits at the same time. The regular toucan occurrence at capões forest was potentially a consequence of constant fleshy fruit availability, which occurred due to the presence of Ficus species in this habitat. However, the presence of Toco Toucan at this habitat must result from the combination of all common fruits in bird feed.
  • Características da reprodução de tartarugas marinhas (Testudines, Cheloniidae) no litoral sul da Bahia, Brasil Artigos

    Camillo, Cássia Santos; Romero, Renato de Mei; Leone, Luciano Gerolim; Batista, Renata Lucia Guedes; Velozo, Raquel Sá; Nogueira-Filho, Sérgio Luiz Gama

    Abstract in Portuguese:

    Poucos estudos foram realizados sobre a nidificação de tartarugas marinhas no litoral sul da Bahia, região que está passando por um processo rápido de ocupação turística que pode ameaçar ainda mais estas espécies. Por estes motivos, este estudo teve como objetivos identificar as espécies de tartarugas marinhas que desovam no local e descrever as principais características de suas ninhadas. Durante quatro temporadas reprodutivas, de 2004 a 2008, foram identificados e monitorados os ninhos encontrados nas praias localizadas entre Uruçuca e Itacaré no litoral sul da Bahia. As variáveis coletadas foram: tamanho de ninhada, duração da incubação, sucesso de eclosão e fases de mortalidade embrionária. Foi registrada uma média de 37 ± 6,2 ninhos por temporada, com maior freqüência de ninhos das espécies Caretta caretta e Eretmochelys imbricata, tendo sido registradas também desovas esporádicas de Chelonia mydas. A temporada de desova de C. caretta ocorre de outubro a janeiro e de E. imbricata de dezembro a março. Este deslocamento temporal das temporadas reprodutivas pode estar relacionado a uma adaptação para minimizar a competição interespecífica. Além da época de nidificação, as duas espécies diferiram no tamanho de suas ninhadas, mas não diferiram na duração da incubação e no sucesso de eclosão. Diante dos resultados, acredita-se que áreas com baixa concentração de ninhos também devem ser alvo de programas de conservação, devido à sua relevância para a ampliação da variação genotípica e, sobretudo, fenotípica, das espécies de tartarugas marinhas, de forma que as mesmas possam se adaptar e sobreviver às constantes ameaças às quais estão submetidas. Tais programas de conservação podem ser estabelecidos por meio de parcerias entre organizações não governamentais e instituições privadas e a instituição governamental responsável pela conservação das tartarugas marinhas (Centro TAMAR/ICMBio).

    Abstract in English:

    Few studies have been carried out on nesting of sea turtles in the southern coast of Bahia, an area that is experiencing a fast process of tourist occupation what can increase levels of threat to these species. Thus, this study aimed to identify sea turtle species that nest in the area and to describe the main characteristics of their clutches. During four reproductive seasons, from 2004 to 2008, we identified and monitored nests found at beaches located between the municipalities of Uruçuca and Itacaré, in the southern coast of Bahia. The collected variables were: clutch size, incubation duration, hatching success and stages of embryonic mortality. We registered an average of 37 ± 6.2 nests per season, with nests of Caretta caretta and Eretmochelys imbricata being more frequent, along with sporadic nests of Chelonia mydas. Nesting season of C. caretta extends from October to January and that of E. imbricata from December to March. This temporary displacement of reproductive seasons might be related to a selective adjustment to minimize competition among species. Besides the time of nesting, the two species differed also in clutch size, but they did not differ in incubation duration and in hatching success. According to our results, we believe that areas with low concentration of nests should also be a target of conservation programs, due to their relevance to the increase of genotypic, and specially fenotypic, variation of sea turtle species, so that Brazilian populations can adapt and survive to the constant threats. Those conservation programs can be established by partnerships between non-governmental organizations and private institutions and the Brazilian government institution for the conservation of sea turtles (Centro TAMAR/ICMBio).
  • Os répteis do município de São Paulo: diversidade e ecologia da fauna pretérita e atual Artigos

    Marques, Otavio Augusto Vuolo; Pereira, Donizete Neves; Barbo, Fausto Erritto; Germano, Valdir José; Sawaya, Ricardo Jannini

    Abstract in Portuguese:

    O Município de São Paulo é uma área bem amostrada em relação à fauna de répteis devido à coleta intensiva feita pela população local nos últimos 100 anos. Neste trabalho consultamos registros e examinamos exemplares de coleções científicas para elaborar uma lista das espécies da região. A fauna de répteis também foi caracterizada em relação a três parâmetros ecológicos: uso do ambiente, uso de substrato e hábitos alimentares. Registramos um total de 97 espécies de répteis (dois quelônios, um crocodiliano, 19 lagartos, sete anfisbenídeos e 68 serpentes). Aproximadamente 70% da fauna de lagartos e 40% das serpentes é composta por espécies típicas de ambientes florestais e ocorrem na Serra do Mar. Outros squamata são característicos de formações abertas e são encontrados, sobretudo nas formações abertas de Cerrado do interior paulista. Todas tartarugas e o crodiliano estão associados a corpos da água. Aproximadamente 63% dos lagartos são predominantemente terrícolas e os demais são arborícolas. A maior parte das espécies de serpentes é terrícola (38%) ou subterrânea/criptozóica (25%), menor parte é arborícola (18%) ou aquática (9%). Artrópodes são o item predominante na dieta de lagartos. Quase 50% das espécies de serpentes alimentam-se exclusivamente ou predominantemente de anfíbios anuros. Outros itens alimentares importantes são mamíferos (24%), lagartos (18%), vertebrados subterrâneos (10%) e invertebrados (minhocas, moluscos e artrópodes; 15%). Um total de 51 espécies não tem sido registrado ao longo dos últimos seis anos no município. Provavelmente muitas dessas espécies já estão extintas na região em função da intensa urbanização e perda de hábitats. O levantamento de espécies coletadas no Município de São Paulo e recebidas pelo Instituto Butantan em anos recentes permitiu identificar pelo menos 42 espécies de serpentes e 10 lagartos que ainda ocorrem na região. A elevada riqueza desta fauna pretérita parece ser decorrente da localização geográfica do município, que, no passado, apresentava um mosaico de áreas florestais de Mata Atlântica e formações naturais abertas (cerrados, campos de altitude). Desse modo, a região deveria permitir originalmente a ocorrência concomitante de muitas espécies de áreas florestais e abertas. A fauna de serpentes atual registrada ao longo dos últimos três anos indica que houve uma perda maior da biodiversidade de espécies de formações abertas em relação àquelas de formações florestais.

    Abstract in English:

    The reptile fauna in the municipality of São Paulo is well sampled due to intensive collection in the last 100 years. In the present work we provide a checklist of reptile species in São Paulo municipality based on preserved specimens in scientific collections. The reptile fauna was also characterized by three ecological parameters: habitat use, substrate use, and diet. We recorded a total of 97 reptile species (two turtles, one crocodilian, 19 lizards, seven amphisbaenians, and 68 snakes). Approximately 70% of the lizards and 40% of the snakes are typical of forest habitats of the Serra do Mar mountain range. Other squamates are typical of open formations that occur mainly on inland Cerrado habitats. All turtles and the crocodilian are associated to riparian habitats. Approximately 63% of the lizards are predominantly terrestrial, and the remaining species are arboreal. Most species of snakes are terrestrial (38%) or subterranean/criptozoic (25%) whereas a smaller proportion are arboreal (18%) or aquatic (9%). Lizards feed upon arthropods. Almost 50% of the snake species are specialized or feed mainly upon anuran amphibians. Other important items consumed by snakes are mammals (24%), lizards (18%), subterranean vertebrates (10%), and invertebrates (earthworms, mollusks and arthropods; 15%). A total of 51 reptile species have not been recorded for the last six years. Probably many of these species are extinct in the region due the intense local urbanization and habitat loss. The survey of species collected in São Paulo municipality and received in the Instituto Butantan in recent years allowed the identification of 10 lizards at least 42 snake species already occurring in the region. The high species richness of the original fauna seems related to the geographic location of the municipality, in a contact zone between forested areas of the Atlantic Forest (ombrophilous forest) and open formations (savannas, high-altitude grassland). Thus, the original habitat composition probably allowed sympatry among different species pools typical of both open and forested formations. The extant snake fauna recorded in the last three years indicates a higher loss of the species in open formations when compared to the forested areas.
  • Micro-himenópteros associados com galhas de Cecidomyiidae (Diptera) em Restingas do Estado do Rio de Janeiro (Brasil) Artigos

    Maia, Valeria Cid; Azevedo, Maria Antonieta Pereira de

    Abstract in Portuguese:

    Os microhimenópteros são muito freqüentes em galhas de Cecidomyiidae (Diptera) e representam o principal inimigo natural dessa família de Diptera. Apesar de sua importância ecológica, pouco se conhece sobre a composição faunística dessa guilda de parasitóides em ambientes de Restinga. A coleção de micro-himenópteros do Museu Nacional abriga um grande número de exemplares coletados ao longo de 16 anos de coleta e identificados em nível de família. Inclui representantes de Aphelinidae, Bethylidae, Braconidae, Elasmidae, Encyrtidae, Eulophidae, Eupelmidae, Eurytomidae, Mymaridae, Platygastridae, Pteromalidae, Scelionidae, Tanaostigmatidae, Torymidae e Signophoridae, totalizando 15 famílias. Esses micro-himenópteros estão associados com 45 espécies de plantas hospedeiras (35 gêneros e 25 famílias) e 26 gêneros de Cecidomyiidae, sendo mais freqüentes em galhas de Asphondylia, Bruggmannia, Clinodiplosis, Dasineura, Lopesia, Neolasioptera e Stephomyia. A grande maioria é parasitóide, mas alguns representantes (Tanaostigmatidae e algumas espécies de Torymidae e Eulophidae) são fitófagos inquilinos de galhas. Eulophidae, Eupelmidae e Platygastridae destacaram-se como as famílias de Hymenoptera mais freqüentes, ocorrendo em um número maior de famílias, gêneros e espécies de plantas. Myrtaceae, Fabaceae e Malpighiaceae destacaram-se como as famílias de planta com maior número de famílias de Hymenoptera associadas. Cerca de 135 registros novos de parasitóides em galhas de Cecidomyiidae são apresentados.

    Abstract in English:

    Micro-Hymenoptera are very frequent on Cecidomyiidae (Diptera) galls and most important natural enemy of this Diptera. Although their ecological importance, little is known about the faunistic composition of this guild of parasitoids in Restinga areas. The collection of the Museu Nacional comprises a large number of micro-Hymenoptera collected during 16 years and identified at family level. It includes specimens of Aphelinidae, Bethylidae, Braconidae, Elasmidae, Encyrtidae, Eulophidae, Eupelmidae, Eurytomidae, Mymaridae, Platygastridae, Pteromalidae, Scelionidae, Tanaostigmatidae, Torymidae, and Signophoridae, totalizing 15 families. These micro-Hymenoptera are associated with 45 plant species (35 genera and 25 families) and 26 Cecidomyiidae genera, being more frequent on Asphondylia, Bruggmannia, Clinodiplosis, Dasineura, Lopesia, Neolasioptera and Stephomyia galls. The great majority is parasitoid, but some of them, as Tanaostigmatidae and few species of Torymidae and Eulophidae, are inquilinous of galls (phytophagous). Eulophidae, Eupelmidae and Platygastridae were the most frequent families of Hymenoptera, being associated with the greatest number of families, genera and species of plant. Myrtaceae, Fabaceae and Malpighiaceae were the plant families with the greatest number of associated Hymenoptera families. About 135 new records of parasitoids on Cecidomyiidae galls are presented.
  • Morfologia oral interna de larvas dos gêneros Eupemphix, Physalaemus e Leptodactylus (Amphibia: Anura) Artigos

    Miranda, Núbia Esther de Oliveira; Ferreira, Adelina

    Abstract in Portuguese:

    A morfologia bucal interna das larvas de Eupemphix nattereri, Physalaemus albonotatus, P. centralis, P. cuvieri, Leptodactylus furnarius, L. fuscus, L. petersii e L. podicipinus são descritas e comparadas utilizando microscopia eletrônica de varredura. A larva de E. nattereri apresenta muitas diferenças quando comparada à larvas de anuros do gênero Physalaemus. As larvas de P. albonotatus, P. centralis e P. cuvieri apresentam semelhanças em sua morfologia bucal interna, tais como o número de papilas infralabiais e papilas laterais à crista mediana. P. centralis difere na quantidade de papilas pós-nasais e papilas da arena do teto bucal. Entre as larvas de Leptodactylus é possível perceber um padrão na distribuição e quantidade das estruturas bucais internas (papilas infralabiais e linguais, papilas das arenas do assoalho e teto bucal, crista mediana, papilas laterais da crista e papilas pós-nasais) nos grupos de espécies. Os caracteres da morfologia bucal larvária podem ser úteis quando utilizados conjuntamente com outros dados auxiliando na compreensão das relações sistemáticas da ordem Anura.

    Abstract in English:

    The internal buccal morphology of the tadpoles of Eupemphix nattereri, Physalaemus albonotatus, P. centralis, P. cuvieri, Leptodactylus furnarius, L. fuscus, L. petersii and L. podicipinus are described and compared using scanning electron microscopy. The tadpole of E. nattereri has major differences when compared to other tadpoles of the Physalaemus genus. The tadpoles of P. albonotatus, P. centralis and P. cuvieri present similarities in internal buccal morphology, such as the number of the infralabial and lateral ridge papillae, but P. centralis differ in the number of the post-narial and buccal roof arena papillae. Among the tadpoles of the Leptodactylus species is possible to observe patterns, in distribution and quantity of the internal buccal structures (infralabial and lingual papillae, buccal floor and roof arena papillae, median ridge, lateral ridge papillae and postnarial papillae) in the species groups. The characteristics of the internal buccal morphology may be useful when used together with other data helping in comprehension of the systematic of the order Anura.
  • Ictiofauna da microbacia do Rio Jaguari, Juaguari/RS, Brasil Inventários

    Copatti, Carlos Eduardo; Zanini, Lucéle Gonçalves; Valente, André

    Abstract in Portuguese:

    A microbacia do rio Jaguari pertence à Bacia Hidrográfica do rio Uruguai e tem sua foz na margem superior do rio Ibicuí. Este trabalho teve o objetivo de identificar a Ictiofauna existente em um trecho da microbacia do rio Jaguari, em Jaguari-RS. Para a realização da pesquisa foram realizadas identificações de exemplares capturados nas quatro estações do ano, através do uso de redes de espera das seguintes malhas (medidas em cm entre nós adjacentes): 1,0; 1,5; 2,0; 2,5; 3,0; 4,0; 5,0; 6,0; e 7,0. As redes de espera permaneceram na água por 24 horas, sendo revisadas a cada seis horas, sempre nos mesmos horários (06:00; 12:00; 18:00 e 24:00 horas). Os peixes coletados, após serem identificados, foram numerados e, logo após, fixados em formol a 4,0% e depois conservados em álcool 70,0%. Foram identificados um total de 572 indivíduos, distribuídos em 14 famílias e 26 espécies. Na primavera ocorreu a maior captura, com 156 indivíduos, distribuídos em 15 espécies; no verão ocorreu a maior riqueza, com 146 indivíduos distribuídos em 19 espécies; já no outono e inverno ocorreu uma captura de 135 indivíduos para ambas as estações, com 16 e 12 espécies, respectivamente. A espécie mais abundante, com 291 exemplares, foi Apareiodon affinis, sendo que Hemiancistrus fuliginosos (75), Hypostomus commersoni (50) e Steindachnerina brevipina (41) também tiveram alta representatividade.

    Abstract in English:

    The microbasin of the Jaguari river belongs to the hydrographic basin of the River Uruguay and has its estuary in the raised edge of the river Ibicuí. This work had the objectif identify the existing ictyofaun of the microbasin of the river Jaguari in Jaguari-RS. For the accomplishment of the research identifications of units captured in the four months of the year had been carried through, being that nets of wait of each one of following meshes (measured in cm between adjacent points): 1.0; 1.5; 2.0; 2.5; 3.0; 4.0; 5.0; 6.0; and 7.0. The wait nets had remained in the water for 24 hours, being revised to each six hours, always in same periods (06:00 AM; 12:00 AM; 06:00 PM and 12:00 PM hours). The collected fish, after to be identified, had been numbered and then after, fixed in formaldehyde conserved 4.0% and later in alcohol 70.0%. A total of 572 individuals in the four stations of the year were identified, distributed in 14 families and 26 species. In the spring the biggest capture occurred, with 156 individuals, distributed in 15 species; in the period of summer the biggest richness occurred, with a capture of 146 individuals distributed in 19 species; in the autumn and winter a capture of 135 individuals for both occurred the stations, with a richness of 16 and 12 species, respectively. The species most abundant, with 291 units, was Apareiodon affinis, being that Hemiancistrus fuliginosos (75), Hypostomus commersoni (50) and Steindachnerina brevipina (41) also had high representation.
  • Flora arbustivo-arbórea do Parque Estadual do Jaraguá, São Paulo - SP Inventários

    Souza, Flaviana Maluf de; Sousa, Rita de Cássia; Esteves, Rejane; Franco, Geraldo Antônio Daher Corrêa

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi caracterizar a flora arbustivo-arbórea do Parque Estadual do Jaraguá (PEJ), a fim de contribuir para o conhecimento de sua diversidade. Foram feitas coletas mensais de material reprodutivo dos indivíduos arbustivos e arbóreos ao longo de três trilhas, durante um período de 12 meses. O levantamento resultou em uma lista florística contendo 262 espécies nativas, de 153 gêneros e 55 famílias. As famílias mais representativas foram Fabaceae, com 30 espécies, Myrtaceae (26), Asteraceae (24), Melastomataceae (20), Lauraceae (16) e Rubiaceae (15). Assim como relatado para outros remanescentes da região metropolitana de São Paulo e entorno, a vegetação do PEJ está situada em uma zona de transição, onde predomina a floresta ombrófila densa, com a presença de algumas espécies de floresta estacional semidecidual. Destaca-se ainda a existência de uma outra fitofisionomia em uma região de afloramentos de rocha e solo raso, onde ocorrem espécies de cerrado, e que merece estudos específicos. Nessa área, a vegetação é predominantemente herbácea, com árvores e arbustos esparsos, em geral de pequeno porte e com tronco suberoso. Especificamente nessa formação, foram registradas 55 espécies pertencentes a 41 gêneros e 18 famílias, das quais 22 não ocorreram nos outros locais amostrados. A família com maior riqueza foi Asteraceae (15 espécies), seguida por Myrtaceae (7), Fabaceae (5) e Melastomataceae (4). Em todo o levantamento, foram contabilizadas 20 espécies exóticas. Apesar de grande parte da vegetação do Parque ser secundária e estar exposta a fortes pressões antrópicas, foram encontradas 14 espécies presentes em alguma das categorias existentes nas listas oficiais de espécies ameaçadas, reforçando a importância do PEJ para a conservação da biodiversidade.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to characterize the floristic composition of trees and shrubs of the Jaraguá State Park (PEJ), contributing to the knowledge of its biodiversity. Reproductive botanic material was collected along three trails during a 12-month period. The field survey resulted in a flora of 262 native species, 153 genera and 55 families. Fabaceae was the richest family (30 species), followed by Myrtaceae (26), Asteraceae (24), Melastomataceae (20), Lauraceae (16) and Rubiaceae (15). As mentioned for other forest remnants in São Paulo metropolitan region and surroundings, the PEJ vegetation is in a transition zone, where the main formation is the ombrophilous dense forest, but where species of seasonal semi-deciduous forest also occur. Besides that, there is a completely different phytophysiognomy occurring in a region with rocky outcrops and low depth soils, in which cerrado species were found, and that deserves more specific studies. In this site, the vegetation of grasses is the most abundant, and there are also shrubs and trees sparsely distributed, many of them with low height and suberous trunk. Most specifically in this area there were 55 species of 41 genera and 18 families, from which 22 did not occur in the other sites visited. Asteraceae was the family with the higher number of species (15), followed by Myrtaceae (7), Fabaceae (5) and Melastomataceae (4). Twenty exotic species were found along the trails. Despite the fact that PEJ has a big area of secondary vegetation and that it is exposed to strong anthropogenic pressures, there were 14 species belonging to some threat category defined at the official red lists, reinforcing the importance of the Park for biodiversity conservation.
  • Herpetofauna em uma área de Floresta Atlântica na Ilha Anchieta, município de Ubatuba, sudeste do Brasil Inventários

    Cicchi, Paulo José Pyles; Serafim, Herbert; Sena, Marco Aurélio de; Centeno, Fernanda da Cruz; Jim, Jorge

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho teve como objetivo o estudo da diversidade da herpetofauna do Parque Estadual da Ilha Anchieta, município de Ubatuba, localizada no litoral norte do estado de São Paulo, enfocando os seguintes aspectos: diversidade, distribuição e padrões de atividade sazonal. Entre julho de 2005 e junho de 2006 foram realizadas viagens mensais à ilha, totalizando 55 dias de trabalhos de campo. Para a amostragem foram utilizados os métodos busca ativa, armadilhas de interceptação e queda, armadilhas de funil e coleta por terceiros, Busca ativa e armadilhas de interceptação e queda apresentaram melhor desempenho, e os demais métodos se mostraram complementares. Foram inventariadas 17 espécies de anfíbios anuros distribuídas em oito famílias, e oito espécies de répteis das quais cinco são espécies de lagartos de quatro famílias e três de serpentes de duas famílias. Como observado na grande maioria das pesquisas em áreas tropicais, a área de estudo apresentou relativamente baixa equabilidade, porém, diferente de outras comunidades estudadas, apresentou um maior número de espécies comuns em relação às espécies raras. A riqueza de anfíbios anuros foi mais alta nas fisionomias consideradas fechadas (mata latifoliada densa e mata latifoliada rala) em relação às abertas, enquanto que a riqueza de répteis foi mais representativa no campo antrópico (fisionomia considerada aberta). A análise de correlação demonstrou que a riqueza de anfíbios não foi significativa em relação aos elementos climáticos, enquanto a riqueza de répteis foi significativamente correlacionada às médias de temperaturas máxima e mínima. A presença de inúmeras peculiaridades reforça a importância da conservação do Parque Estadual da Ilha Anchieta.

    Abstract in English:

    The aim of this work was to study of herpetofaunal diversity patterns in Parque Estadual da Ilha Anchieta, municipality of Ubatuba, located on the northern coast of São Paulo state, focusing: diversity, distribution and seasonal activity patterns. Data was obtained monthly from July 2005 to June 2006, in a total of 55 fieldwork days. Four sampling methods were used: visual surveys, pitfall traps, funnel traps and local collectors. Visual surveys and pitfall traps were more successful than other methods, which were complementary. A total of 17 anuran amphibians and eight reptile species were recorded. As in most studies in tropical areas, local herpetofauna presented a relatively low evenness, and differred from other communities by showing higher number of common species in relation to the rare ones. Anuran richness was higher in the closed physiognomies (deciduous and non-deciduous broadleaf forest), while reptiles richness was more representative in the anthropic field (open physiognomy). Correlation analyses showed that amphibian richness was not significantly associated with environmental parameters and reptile richness was significantly associated to temperature means. Our results demonstrate the importance of conservation of this island within the protected area of Parque Estadual da Ilha Anchieta.
  • Bromeliaceae da Ilha Grande, RJ: revisão da lista de espécies Inventários

    Nunes-Freitas, André Felippe; Rocha-Pessôa, Thereza Christina da; Dias, Aline dos Santos; Ariani, Cristina Valente; Rocha, Carlos Frederico Duarte da

    Abstract in Portuguese:

    A Ilha Grande, localizada no sul do Estado do Rio de Janeiro, vem se destacando como importante área para fins conservacionistas, especialmente por ser um fragmento representativo de Floresta Atlântica e por apresentar um elevado número de estudos sobre a flora e a fauna local. Este estudo visa analisar o atual status do conhecimento sobre a família Bromeliaceae nesta localidade e analisar o incremento da lista de espécies desta família ao longo do tempo de estudo e do esforço amostral. Foram registradas 58 espécies de Bromeliaceae para a Ilha Grande, das quais 47 foram amostradas apenas com a metodologia empregada neste estudo e constituem registros novos para a Ilha Grande.

    Abstract in English:

    Ilha Grande, located at the Southern coast of Rio de Janeiro State, is constantly punctuated as an important area for conservational purposes, specially because it is a representative fragment of Atlantic forest and presents a high number of studies about the local fauna and flora. The aim of this study is to analyze the current knowledge of Bromeliaceae family at this island, and understand how the increase of the family's species list occurred through out the amount of time and sampling effort of this study. A total of 58 species of Bromeliaceae were listed for Ilha Grande, and 47 of them were sampled using only the methodology adopted at this study and, therefore, constitute new records for Ilha Grande.
  • Levantamento da ictiofauna da Floresta Nacional de Canela, na região superior da bacia hidrográfica do Rio Caí, Rio Grande do Sul, Brasil Inventários

    Dala-Corte, Renato Bolson; Franz, Ismael; Barros, Marcelo Pereira de; Ott, Paulo Henrique

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho são apresentados dados referentes a um inventário da fauna de peixes da Floresta Nacional de Canela, uma Unidade de Conservação Federal localizada no trecho superior da bacia hidrográfica do Rio Caí, em elevadas altitudes da Serra Geral do Rio Grande do Sul. Foram amostrados nove pontos de coleta em diversos ambientes aquáticos, incluindo um banhado, açudes e arroios, situados tanto no interior quanto no entorno da unidade. Para a captura dos exemplares utilizou-se puçá, picaré, linhas de pesca, redes de emalhar e armadilhas do tipo covo. Ao total, foram encontradas 20 espécies pertencentes a 10 famílias e 6 ordens. Hyphessobrycon luetkenii teve distribuição mais ampla, ocorrendo em quase todos os pontos amostrados, enquanto Callichthys callichthys foi registrado somente em um ponto. Nos açudes, a ordem Perciformes foi a mais representativa, seguida por Cypriniformes e Characiformes. Esses ambientes caracterizaram-se pela predominância da família Cichlidae (Perciformes), cuja maioria das espécies Neotropicais tem preferência por ambientes de água parada. Com distribuição restrita aos açudes, destaca-se a ocorrência de 4 espécies exóticas introduzidas (Ctenopharingodon idella, Cyprinus carpio, Hypophthalmichthys molitrix e Micropterus salmoides). Para os arroios, foi observado maior riqueza específica de Characiformes e Siluriformes de pequeno porte, padrão já encontrado em muitos estudos nos riachos sul-americanos. Destaca-se a presença de espécies com "status" taxonômico indefinido, tais como Trichomycterus sp. e Astyanax aff. scabripinnis, reforçando a importância dos levantamentos em riachos nas cabeceiras de rios do Rio Grande do Sul, para a obtenção de informações que subsidiem medidas de conservação desses ambientes. Embora as espécies exóticas tenham sido registradas apenas em açudes, recomenda-se a erradicação destas da unidade de conservação, em função das ameaças que podem representar à ictiofauna nativa e aos demais ecossistemas aquáticos da região.

    Abstract in English:

    Data referring to a survey of the fish fauna at Floresta Nacional de Canela, a National Conservation Unity located in the upper region of Rio Caí basin, in higher altitudes of Serra Geral do Rio Grande do Sul are presented in this study. Nine sites were sampled in several aquatic environments, including a swamp, dams and streams situated inside and in the nearby area of the unity. In order to capture the specimens, hand net, seine net, fishing lines, gill nets and baited traps were used. Altogether 20 species were found, belonging to 10 families and 6 orders. Hyphessobrycon luetkenii had a wider distribution, occurring in almost all of the sampled points, while Callichthys callichthys was recorded in only one site. In the dams, the order Perciformes was the most representative, followed by Cypriniformes and Characiformes. These environments are characterized by the dominance of family Cichlidae (Perciformes), of which most of the Neotropical species have preference for stagnant water environments. The occurrence of four exotic introduced species is highlighted (Ctenopharingodon idella, Cyprinus carpio, Hypophthalmichthys molitrix and Micropterus salmoides) with distribution restricted to the dams. For the streams, a greater specific richness of Characiformes and Siluriformes of small size was observed, a pattern that had already been found in the South American streams. It is also featured, the presence of species with non defined taxonomic status, such as Trichomycterus sp. and Astyanax aff. scabripinnis, reinforcing the importance of surveys on headwaters streams from Rio Grande do Sul, in order to obtain information to subsidize measures to conserve these environments. Despite the fact that the exotic species were registered only in the dams, their eradication from the conservation unity is recommended, considering the threats that they may represent for the native ichthyofauna and for the other aquatic ecosystems of the region.
  • Macroalgas de ambientes lóticos da região centro-oeste do Paraná, região sul do Brasil Inventários

    Branco, Ciro Cesar Zanini; Peres, Cleto Kaveski; Krupek, Rogério Antônio; Bertusso, Fernando Rodrigo

    Abstract in Portuguese:

    Estudos taxonômicos enfocando o inventário de macroalgas de ambientes lóticos em diferentes regiões são considerados importantes contribuições para o conhecimento básico destas comunidades algais. Neste contexto, o principal objetivo desta investigação foi realizar um levantamento florístico das comunidades de macroalgas da região centro-oeste do estado do Paraná, região Sul do Brasil, uma área de clima subtropical pouco investigada. Vinte e dois segmentos de rios/riachos foram amostrados através da técnica da transeção. Vinte e quatro táxons de macroalgas foram encontrados, incluindo 18 táxons subgenéricos e 6 grupos vegetativos. Chlorophyta foi a divisão com maior número de espécies (13 táxons = 54%), seguida por Cyanophyta (cinco táxons = 21%) e Rhodophyta e Heterokontophyta (3 táxons = 12,5% cada uma). Phormidium retzii (C. Agardh) Gomont (Cyanophyta) foi a espécie melhor distribuída, e emaranhados de filamentos o tipo morfológico predominante. Apesar de todos os táxons já tenham sido previamente descritos para ambientes lóticos brasileiros, 5 espécies são novos registros para o estado do Paraná. Embora sem nenhuma espécie nova registrada, o levantamento taxonômico da região centro-oeste do estado do Paraná é extremamente relevante, uma vez que ele amplia as distribuições geográfica e ambiental das comunidades de macroalgas no Brasil.

    Abstract in English:

    Taxonomic studies focusing on the inventory of lotic macroalgae in different regions are important contributions to the basic knowledge for these algal communities. In this context, the main objective of this investigation was to accomplish a floristic survey of the stream macroalgal communities in the mid-west region of Paraná State, Southern Brazil, a poorly investigated subtropical area. Twenty-two stream segments were sampled by means of cross-transect technique. Twenty-four macroalgal taxa were found, including 18 subgeneric taxa and 6 vegetative groups. Chlorophyta was the most species rich division (13 taxa = 54% of the total), followed by Cyanophyta (five taxa = 21%) and Rhodophyta and Heterokontophyta (3 taxa = 12.5%). Phormidium retzii (C. Agardh) Gomont (Cyanophyta) was the most widespread species, and mats the predominant morphological type. Although all the macroalgal taxa had been previously described from Brazilian streams, 5 species are new records from Paraná State. Even with no additional species reported, the survey in the mid-west region of Paraná State are relevant, since it expanded the geographical and environmental distribution of the stream macroalgal communities in Brazil.
  • Chave dicotômica ilustrada para a identificação de espécies de Thalassiosira Cleve (diatomácea) no estuário da Lagoa dos Patos e área costeira adjacente (Rio Grande do Sul, Brasil) Chave de Identificação

    Garcia, Marinês; Odebrecht, Clarisse

    Abstract in Portuguese:

    O trabalho apresenta uma chave dicotômica e uma tabela comparativa com as dimensões e características diagnósticas para a identificação de dezessete espécies de Thalassiosira (diatomáceas), comumente observadas no estuário da Lagoa dos Patos e na área costeira adjacente à sua desembocadura (~32° S e 52° W). Para todas as espécies estudadas são fornecidas ilustrações e comentários sobre os detalhes morfológicos importantes para a sua identificação em microscopia óptica, bem como imagens em microscopia eletrônica de varredura (MEV).

    Abstract in English:

    The paper presents a dichotomous key and a comparative table summarizing dimension data and diagnostic characteristics of seventeen Thalassiosira species (diatoms) commonly found in Lagoa dos Patos estuary and the coastal adjacent area (~32° S and 52° W). For all studied species, optic microscope illustrations and comments on significant morphological features are provided, together with scanning electron microscopy images.
  • Chromosome number and microsporogenesis of two accessions of Brachiaria dura Stapf (Poaceae) Short Communications

    Risso-Pascotto, Claudiceia; Pagliarini, Maria Suely; Valle, Cacilda Borges do

    Abstract in Portuguese:

    Os dois acessos de B. dura analisados (DU01 e DU02) são hexaplóides (2n = 6x = 54), derivados de x = 9. Anormalidades meióticas como migração precoce de cromossomos para os polos, cromossomos retardatários e micronúcleos foram observados em baixa frequência em ambos os acessos. A presença de poucas associações cromossômicas em diacinese e a estabilidade meiótica sugere que a hexaploidia provavelmente resultou de duplicação cromossômica. No acesso DU02 observou-se transferência de cromossomos (citomixia) entre meiócitos, envolvendo parte ou todo o genoma. As implicações destes resultados para o melhoramento de Brachiaria são discutidas.

    Abstract in English:

    The two accessions of B. dura analyzed (DU01 and DU02) are hexaploid (2n = 6x = 54), derived from x = 9. Meiotic abnormalities, such as precocious chromosome migration to the poles, laggards and micronuclei, were recorded in low frequency in both accessions. The few multivalent chromosome association at diakinesis and meiotic stability suggested that hexaploidy probably resulted from chromosome doubling. In DU02, chromosome transfer (cytomixis) among meiocytes, involving part or the entire genome was observed. The implication of these findings for the Brachiaria breeding is discussed.
  • First record of Philometra katsuwoni (Nematoda, Philometridae), a parasite of skipjack tuna Katsuwonus pelamis (Perciformes, Scombridae), off South American Atlantic Coast Short Communications

    Cárdenas, Melissa Querido; Moravec, František; Kohn, Anna

    Abstract in Portuguese:

    Philometra katsuwoni Petter & Baudin-Laurencin 1986, nematóide parasito do ovário de Katsuwonus pelamis (Linneaus 1758), originalmente descrito no Golfo da Guiné, é referido pela primeira vez na zona costeira do Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Comparados com a descrição original, os machos do material brasileiro são um pouco maiores e possuem o espículo direito e o gubernáculo mais longos. A fêmea subgrávida é descrita pela primeira vez. Ela se caracteriza pela região anterior do esôfago inflada e pela presença de dois lobos caudais distintos.

    Abstract in English:

    The nematode Philometra katsuwoni Petter & Baudin-Laurencin, 1986, a gonad-infecting parasite of Katsuwonus pelamis (Linneaus 1758), originally described from the Gulf of Guinea, is reported for the first time from the coastal zone of Rio de Janeiro State, Brazil. As compared with the original description, the males of the Brazilian material are generally somewhat larger and their right spicule and the gubernaculum are longer. The subgravid female is described for the first time. It is characterized by the anterior inflation of the esophagus and by the presence of two distinct caudal lobes.
  • Range extension of the Peale's Free-tailed Bat Nyctinomops aurispinosus (Molossidae) in Brazil Short Communications

    Bianconi, Gledson Vigiano; Gregorin, Renato; Carneiro, Daniel Carvalho

    Abstract in Portuguese:

    Há uma grande lacuna no conhecimento da biologia e corologia de Nyctinomops aurispinosus. Nesta comunicação, nós apresentamos o registro mais austral deste molossídeo, realizado na cidade de Curitiba (25° 25' S e 49° 15' W, 920 m), estado do Paraná, Brasil, e sumarizamos a distribuição geográfica conhecida para a espécie na América do Sul.

    Abstract in English:

    There is a lack of knowledge of the biology and distribution of Nyctinomops aurispinosus. Herein, we report the southernmost record of this species, from the city of Curitiba (25° 25' S and 49° 15' W, 920 m), state of Paraná, Brazil, and summarize its distribution in South America.
  • The Crab-eating Fox (Cerdocyon thous) as a secondary seed disperser of Eugenia umbelliflora (Myrtaceae) in a Restinga forest of southeastern Brazil Short Communications

    Cazetta, Eliana; Galetti, Mauro

    Abstract in Portuguese:

    O cachorro do mato (Cerdocyon thous) tem um hábito bastante generalista e frutos compõem uma grande proporção de sua dieta. No entanto, poucos estudos avaliaram a importância deste animal como dispersor de sementes. Na floresta de restinga da Mata Atlântica brasileira C. thous consome frutos de Eugenia umbelliflora, uma espécie de Myrtaceae, que é dispersa principalmente por aves. Este estudo avaliou o efeito da passagem das sementes pelo tubo digestivo na germinação das sementes e a seleção de tamanho de frutos de E. umbelliflora pelo cachorro do mato. Não houve diferença nas taxas de germinação entre as sementes dispersas pelo cachorro do mato e as sementes controle, mas as sementes dispersas pelo cachorro germinaram mais rápido, o que pode ser importante para o recrutamento das plantas. As sementes consumidas pelo cachorro do mato foram menores do que as sementes disponíveis no solo, indicando seleção por frutos menores. Apesar de selecionarem frutos menores, o cachorro do mato parece ser um importante dispersor secundário de E. umbelliflora, distribuindo grandes quantidades de sementes viáveis desta espécie de Myrtaceae na restinga.

    Abstract in English:

    The crab-eating fox (Cerdocyon thous) exhibits a very generalist habit and fruits compose a large proportion of its diet. However, few studies evaluated the importance of this animal as seed disperser. In the Restinga forest, in the Atlantic forest of Brazil, C. thous consumes fruits of Eugenia umbelliflora, a Myrtaceae species, which is dispersed chiefly by birds. This study evaluated the effects of gut transit on seed germination, and size selection of E. umbelliflora fruits by the crab-eating fox. We did not find differences on germination rates between seeds dispersed by foxes and control ones, but seeds dispersed by foxes germinated faster, which may be important for plant recruitment. Seeds consumed by C. thous were smaller than those available on the ground, indicating selection for small fruits. Regardless of the selection of small fruits, C. thous appears to be an important secondary disperser of E. umbelliflora, distributing large quantities of viable seeds of this Myrtaceae in the Restinga forest.
  • Distribution extension of Scinax aromothyella (Anura, Hylidae) Short Communications

    Laufer, Gabriel; Piñeiro-Guerra, Juan Manuel; Pereira-Garbero, Ramiro; Barreneche, Juan Manuel; Ferrero, Rosana

    Abstract in Spanish:

    Scinax aromothyella es un anfibio hilido recientemente descripto y con distribución poco conocida. Existen registros de Misiones, Argentina, y del sureste de Uruguay. Reportamos en este trabajo un nuevo registro de S. aromothyella para el Departamento de Cerro Largo, Uruguay, localidad Aceguá (31° 53' 39" S y 54° 9' 17" W) basado en renacuajos colectados el 15 de agosto de 2007. Este registro extiende la distribución de S. aromothyella más de 100 km al norte de los registros previos en Uruguay. La cercanía a la frontera (2 km) refuerza la idea de la ocurrencia de esta especie en el sur de Brasil.

    Abstract in English:

    Scinax aromothyella is a recently described hylid frog. Its distribution is not well known. There are records for Misiones, Argentina and for southeastern Uruguay. Here we report a new record of S. aromothyella from Aceguá, Cerro Largo Department, Uruguay (31° 53' 39" S and 54° 9' 17" W), based in tadpoles collected on the 15 of August, 2007. This new record extends the distribution of S. aromothyella in approximately 100 km north from previous reports in Uruguay. The samples were collected in a site located 2 km away from the border line with Brazil, reinforcing the idea that S. aromothyella might occur in Rio Grande do Sul.
Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br