Biota Neotropica, Volume: 19, Issue: 4, Published: 2019
  • Infracommunities of bat flies (Diptera: Streblidae and Nycteribiidae) of bats (Mammalia: Chiroptera) in three conservation units in the State of Amapá, Brazil Article

    Hrycyna, Gabriela; Martins, Ana Carolina Moreira; Graciolli, Gustavo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Dípteros pertencentes as famílias Nycteribiidae e Streblidae são ectoparasitos hematófagos, sendo exclusivamente de morcegos. O estado do Amapá localiza-se na região Norte do Brasil e representa um dos estados com as menores taxas de desmatamento do país, com aproximadamente 80% do território preservado. Dentro do Estado, existem as unidades de conservação, a Floresta Nacional do Amapá (FNA), o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (PNMT) e a Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapurú (RDS) que representam áreas prioritárias para a Conservação da Biodiversidade da Amazônia. Estudos sobre a diversidade e a distribuição de morcegos têm sido estudada recentemente no Amapá, no entanto, não existem registros de artrópodes ectoparasitos associados. Sendo assim, o objetivo foi descrever padrão de associação das espécies de Nycteribiidae e Streblidae sobre morcegos em três unidades de conservação do Amapá. Os morcegos foram coletados por meio de redes de neblina, onde cada hospedeiro teve seu corpo revisado visualmente e os dípteros coletados foram identificados através de bibliografia específica. Foram identificados 1086 indivíduos de moscas ectoparasitas, distribuídos em 52 espécies (Streblidae = 49 e Nycteribiidae = três). Entre as três infracomunidades, a infracomunidade de PNMT foi a maior encontrada tanto com relação a abundancia como em riqueza de dípteros ectoparasitas. Todas as espécies encontradas, representam novas ocorrências para o Estado do Amapá, sendo essas, 18 novos registros para a Região Norte e sete novos registros para o Brasil.

    Abstract in English:

    Abstract: Diptera belonging to the families Nycteribiidae and Streblidae are hematophagous ectoparasites, exclusively of bats. The Amapá State is located in the North Region of Brazil. The Amapá represents one of with the lowest rates of deforestation in the country, with approximately 80% of the territory preserved. Within the State, there are conservation units, Floresta Nacional do Amapá (FNA), Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (PNMT) and Reserva de desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapurú (RDSI). These areas represent priority areas for the Conservation of Amazonian Biodiversity. Recently in Amapá studied on the diversity and distribution of bats, however, there are no records of associated arthropod ectoparasites. Therefore, the objective was to describe the pattern of association of Nycteribiidae and Streblidae species on bats in three protected areas of Amapá. Bats were collected through mist nets, where each host had its body visually revised and the Diptera collected were identified through a specific bibliography. One thousand and eighty- six individuals of bats flies were identified, distributed in 52 species (Streblidae = 49 and Nycteribiidae = three). Among the three infracommunities, the PNMT infracommunities was the largest found with abundance and richness of bats flies. All species found, represent new occurrences for the Amapá, being these, 18 new records for the North Region and seven new records for Brazil.
  • Interactions between cetaceans and artisanal fishermen from Ilhéus, Bahia - Brazil Article

    Seminara, Cecilia Inés; Barbosa-Filho, Márcio Luiz Vargas; Pendu, Yvonnick Le

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Estudos etnobiológicos são necessários para conhecer as relações entre pescadores e cetáceos. O objetivo deste trabalho foi descrever as interações entre cetáceos e pescadores artesanais e possíveis conflitos decorrentes destas. Entrevistas semiestruturadas foram aplicadas de fevereiro a setembro de 2017 a 35 pescadores do município de Ilhéus, Brasil. Todos os pescadores relataram interações positivas e negativas com Megaptera novaeangliae, Tursiops truncatus e Sotalia guianensis e interações somente negativas com Balaenoptera acutorostrata (n=14) e Stenella frontalis (n=4). As interações positivas se referem a relações lúdicas e pesca colaborativa. Interações negativas (emalhe, emaranhamento, colisão) afetam os pescadores e os cetáceos. S. guianensis é a mais afetada por emalhes em redes de pesca e M. novaeangliae por emaranhamento e colisão com embarcações. Os resultados deste estudo destacam o valor de reunir comunidades científicas e pesqueiras para compreender os conflitos através da monitorização das interações, a fim de avaliar o impacto das atividades de pesca nas populações de cetáceos. Os pescadores possuem uma percepção positiva sobre os cetáceos, conhecem as áreas onde ocorrem os acidentes e gostariam de evita-os. Eles podem contribuir para as pesquisas sobre estes animais e a elaboração de planos de manejo adequados a realidade local. Isto aponta a necessidade da integração de conhecimentos científicos e locais para a conservação dos cetáceos e para a sustentabilidade das práticas da pesca.

    Abstract in English:

    Abstract: Ethnobiological studies are necessary to understand the relationships between fishers and cetaceans. The aim of this study was to describe the interactions between cetaceans and artisanal fishers and the possible conflicts that can arise as a result. Semi-structured interviews were conducted from February to September 2017 with 35 fishermen from the municipality of Ilhéus, Brazil. All fishermen reported both positive and negative interactions with Megaptera novaeangliae, Tursiops truncatus and Sotalia guianensis and only negative interactions with Balaenoptera acutorostrata (n=14) and Stenella frontalis (n=4). The positive interactions consisted of playful relationships and collaborative fishing. Negative interactions (bycatch, entanglement, collisions) affect both the fishermen and cetaceans. S. guianensis is the species most affected by bycatch in fishing nets and M. novaeangliae by entanglement and collision with vessels. The results of this study highlight the value of bringing together scientific and fishing communities to understand conflicts by monitoring interactions in order to assess the impact of fishing activity on cetacean populations. Fishers have a positive perception of cetaceans, know the areas where accidents occur and would like to avoid them. They can contribute to research on these animals and to the development of management plans appropriate to the local reality. This points out the need to integrate scientific and local knowledge for the conservation of cetaceans and for the sustainability of fishing practices.
  • Potential seed dispersers: a new facet of the ecological role of Boa constrictor constrictor Linnaeus 1758 Article

    Cabral, Sofia de O.; Freitas, Itainara da S.; Morlanes, Viviane; Katzenberger, Marco; Calabuig, Cecilia

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A jiboia (Boa constrictor) é considerada um predador de topo e a sua dieta inclui uma grande variedade de aves, mamíferos e outros répteis, todos relacionados diretamente com a sua disponibilidade no ambiente por ela habitado. Sete jiboias foram encontradas atropeladas em estradas no entorno de unidades de conservação da região semiárida do estado do Rio Grande do Norte, no nordeste brasileiro. O seu trato digestivo foi analisado de modo a identificar itens alimentares e a classificá-los de acordo com a sua orientação no trato. De entre os itens alimentares encontrados, o gambá-de-orelha-branca (Didelphis albiventris) e o teju (Salvator merianae) foram ingeridos no sentido ântero-posterior, enquanto que dentes de punaré (Thrichomys laurentius) e de preá (Galea spixii) e pelos de um roedor não identificado foram encontrados do trato intestinal. Dois itens novos foram identificados: a rolinha-de-asa-de-canela (Columbina minuta), que foi ingerida no sentido póstero-anterior, e sementes de carnaúba (Copernicia prunifera). A orientação dos itens (ântero-posterior ou póstero-anterior) seguiu o que era esperado para cada tipo de presa. A presença de sementes de carnaúba indica que, além de ser um predador de topo, a jiboia também pode ser um potencial dispersor de sementes, o que constitui um papel ecológico previamente não descrito para esta espécie.

    Abstract in English:

    Abstract: The boa (Boa constrictor) is considered a top predator and its diet includes a wide variety of birds, mammals, and other reptiles, all related directly to their availability in the environment inhabited by the snake. Seven boas were found roadkilled on highways adjacent to conservation units in the semi-arid region of Rio Grande do Norte state, in northeastern Brazil. Their digestive tract was analyzed to identify food items and classify them according to their orientation in the tract. Among the food items found, the white-eared opossum (Didelphis albiventris) and the black-and-white tegu (Salvator merianae) were ingested head-first, while teeth of a punaré (Thrichomys laurentius) and a Spix's yellow-toothed cavy (Galea spixii) and hairs of an unidentified rodent were found in the intestinal tract. In addition, two novel items were identified: the plain-breasted ground-dove (Columbina minuta), which were ingested tail-first, and carnauba palm seeds (Copernicia prunifera). The orientation of the prey (head-first or tail-first) followed what was expected for each type of prey. In addition, the presence of carnauba palm seeds indicates that, while being a top predator, the boa may also be a potential disperser of seeds, which would constitute a previously unrecorded ecological role for this species.
  • Patterns of avian malaria in tropical and temperate environments: testing the "The enemy release hypothesis" Article

    Antonini, Yasmine; Lobato, Debora Nogueira Campos; Norte, Ana Cláudia; Ramos, Jaime A.; Moreira, Patrícia de Abreu; Braga, Erika Martins

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: De acordo com a hipótese da liberação do inimigo (HLI), a disseminação de espécies invasoras será facilitada pela liberação de seus inimigos ao ocuparem novas áreas. No entanto, a HLI raramente é testada comparando-se as populações de espécies nativas (não invasivas, estabelecidas há muito tempo) que apresentam expansão ou alteração de habitats, com populações das mesmas espécies em habitats que foram invadidos. Testamos a HLI com relação aos níveis de parasitas no sangue (prevalência e intensidade de Plasmodium spp. e Haemoproteus spp.). De (a) duas espécies estreitamente relacionadas e amplamente distribuídas de Turdus (Turdus leucomelas e T. merula), e (b) um pardal invasor (Passer domesticus) cujo alcance se expandiu do Velho Mundo para o Novo Mundo desde o século 18. Um total de 158 aves foram amostradas em Portugal e 99 no Brasil. Todas as espécies foram parasitadas e 55% dos indivíduos foram parasitados, sendo que a intensidade média da infecção foi de 28 parasitas por 10.000 eritrócitos. Avaliamos se as diferenças nos níveis de infecção (prevalência e intensidade) foram devidas ao local (tropical/Novo Mundo e temperado/Velho Mundo) ou espécies hospedeiras. A HLI foi corroborada: Passer domesticus e Turdus merula apresentaram valores mais elevados de parasitismo no Velho Mundo do que no Novo Mundo. Assim, P. domesticus parece estar se beneficiando de sua expansão "recente" em comparação com T. leucomelas, através da liberação ecológica de seus parasitas nativos porque os parasitas da área recentemente invadida parecem infestar espécies nativas.

    Abstract in English:

    Abstract: According to the enemy release hypothesis (ERH) the spread of invasive species will be facilitated by release from their enemies as they occupy new areas. However, the ERH has rarely been tested by comparing populations of native (non-invasive, long established) species with expanding or shifting ranges, to the same species as invasive in another area. We tested the ERH with respect to blood parasite levels (prevalence and intensity of Plasmodium spp. and Haemoproteus spp.) of (a) two closely related, widely distributed species of thrush (Turdus leucomelas and T. merula), and (b) an invasive sparrow (Passer domesticus) whose range has expanded from the Old World to the New World since the 18th century. A total of 158 birds were sampled in Portugal and 99 in Brazil. All bird species were parasitized, and 55% of the individuals collected were parasitized, and the mean intensity of infection was of 28 parasites per 10,000 erythrocytes. We assessed whether differences in levels of infection (prevalence and intensity) were due to site (tropical/New World and temperate/Old World) or host species. The ERH was supported: Passer domesticus and Turdus merula had higher levels of parasitism in the Old World than in the New World. Thus, P. domesticus seems to be benefitting from its "recent" range expansion, compared to T. leucomelas, through ecological release from its native parasites and because the parasites of the recently invaded area seem to be infesting native species instead.
  • Wild pig (Sus scrofa L.) occupancy patterns in the Brazilian Atlantic forest Article

    Hegel, Carla Grasiele Zanin; Santos, Luane Reis dos; Pichorim, Mauro; Marini, Miguel Ângelo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Apesar dos grandes impactos da invasão do javali (Sus scrofa) nos ecossistemas naturais, o uso de hábitats por esta espécie nos neotrópicos ainda permanece pouco estudado. Aqui, nós investigamos os efeitos do hábitat local e de covariáveis da paisagem (tipos de vegetação, cursos d'água e estradas) sobre os padrões de ocupação do javali na Mata Atlântica do sul do Brasil. Utilizamos a modelagem de ocupação de estação única para estimar as probabilidades de detecção (p) e de ocupação (ψ) dos javalis, usando monitoramento de armadilha fotográfica por 8 dias em 100 locais. As câmeras detectaram javalis em 64 locais (ocupação ingênua = 64%). Os quatro melhores modelos explicaram 72,7% dos padrões de ocupação, e o melhor modelo (com variável "água") teve um peso de 28,5%. Embora nenhuma das variáveis testadas apresentaram alto poder explicativo na ocupação do javali, a variável água foi a que contribuiu com uma tendência de efeito negativo (β = -1,124; SE = 0,734), com 59% de ocupação quando a água estava presente e 82% quando estava ausente nos pontos de amostragem. Vestígios da presença de javali em diferentes tipos de vegetação revelaram que eles utilizaram plantações de Pinus sp., florestas nativas e culturas de milho e aveia. O padrão de ocupação mostra que o javali é extremamente generalista em nosso local de estudo na Mata Atlântica, sendo encontrado em todos os lugares, o que levanta preocupações ecológicas e econômicas sobre os potenciais efeitos negativos de sua invasão.

    Abstract in English:

    Abstract: Despite the great impacts of invasive wild pig (Sus scrofa) to natural ecosystems, habitat use by this species in the neotropics remains poorly studied. Here, we investigated the effects of local habitat and landscape covariates (vegetation types, running watercourses and roads) on occupancy patterns of wild pig in the Atlantic Forest of southern Brazil. We used single season occupancy modeling to estimate detection (p) and occupancy (ψ) probabilities, using 8-day camera-trap monitoring of 100 sampled sites. The cameras detected wild pig in 64 sites (naïve occupancy = 64 %). The four best models explained 72.7 % of the occupancy patterns, and the top model (with "water" variable) had a weight of 28.5 %. Even though none of the tested variables had high explanatory power of wild pig occupancy, the water variable had a negative effect trend (β = -1.124; SE = 0.734), with 59 % of occupancy when water was present and 82 % when it was absent around the sampling sites. Vestiges of the presence of wild pig in different vegetation types revealed that they used plantations of Pinus sp., native forests, and corn and oat crops. The occupation pattern shows that wild pig are generalist at our study site at the Atlantic Forest being found everywhere, raising ecological and economic concerns about the high potential negative effects of its invasion.
  • Diversity of Biomphalaria spp. freshwater snails and associated mollusks in areas with schistosomiasis risk, using molecular and spatial analysis tools Article

    Palasio, Raquel Gardini Sanches; Xavier, Iara Giordano; Chiaravalotti-Neto, Francisco; Tuan, Roseli

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A região do Médio Rio Paranapanema, em São Paulo, Brasil abriga uma diversidade significativa das espécies de Biomphalaria. É também uma região vulnerável a impactos ambientais e de saúde, como a esquistossomose. Este estudo atualiza dados sobre a distribuição de caramujos de água doce em ecossistemas de uma porção da Bacia do Médio Rio Paranapanema, com ênfase no gênero Biomphalaria. Os caramujos foram coletados de 114 corpos distintos de água doce, entre 2015 e 2018. Exemplares pertencentes ao gênero Biomphalaria foram identificados de acordo com características morfológicas e moleculares, enquanto animais de outros gêneros (Drepanotrema, Lymnaea, Melanoides, Physa e Pomacea) foram identificados somente de acordo com características da concha. Ferramentas de análise geoespaciais foram utilizadas para atualizar os sítios de colonização dos caramujos e, consequentemente, auxiliar na identificação de possíveis pontos críticos para hospedeiros intermediários da esquistossomose. As sequências do gene COI relacionadas ao DNA barcode foram testadas quanto à similaridade com sequências encontradas no GenBank, por análise filogenética sob maxima verossimilhança, e analisadas em ABDG, bPTP e GMYC para a delimitação de espécies putativas. Dos 10.722 moluscos coletados, 86,7% pertenciam a família Planorbidae (75,5% Biomphalaria e 11,2% Drepanotrema) e 13,3% a Lymnaea spp., Melanoides spp., Physa spp. e Pomacea spp. A comparação das sequências taxonômicas de COI com o banco de dados de nucleotídeos do NCBI, e a análise filogenética usada para testar a monofilia dos grupos, resultaram em delimitações taxonômicas comparáveis à delimitação morfológica. As espécies B. glabrata e B. tenagophila estão heterogeneamente distribuídas ao longo da área de estudo. B. glabrata foi identificada em apenas cinco coleções de água doce, quatro delas em Ourinhos, enquanto B. tenagophila predominou em Ipaussu. Por outro lado, B. straminea, B. occidentalis e B. peregrina estão distribuídas uniformemente na área de estudo.

    Abstract in English:

    Abstract: The Middle Paranapanema River region of São Paulo, Brazil is home to significant diversity of Biomphalaria species and is very vulnerable to health and environmental impacts such as schistosomiasis. This study updates freshwater malacological surveys for ecosystems in one portion of the Middle Paranapanema River Basin, with emphasis on the genus Biomphalaria. Snails were collected from 114 distinct bodies of water between 2015 and 2018. Biomphalaria specimens were identified according to morphological and molecular characteristics, while animals in other genera (Drepanotrema, Lymnaea, Melanoides, Physa and Pomacea) were identified solely according to shell characteristics. A geographic information system was used to update intermediate host colonization sites and consequently assist in identifying probable hotspots for intermediate hosts of schistosomiasis. The sequences of the COI gene relating to the DNA barcode stretch were tested for similarity against sequences found in GenBank, for monophyly through Maximum Likelihood phylogenetic inference, and analyzed in ABDG, bPTP and GMYC for the delimitation of putative species. Of the 10,722 snails collected, 86.7% were in the Planorbidae family (75.5% Biomphalaria and 11.2% Drepanotrema) and 13.3% were other non-Planorbidae species (Lymnaea, Melanoides, Physa and Pomacea). The taxonomic COI reference sequences in the NCBI nucleotide database used for DNA sequence comparison, and phylogenetic analysis used to test the monophyly of the groups, resulted in more reliable taxonomic units than delimitation of the COI sequences in MOTUs using statistical taxonomic models. Analysis of the species distribution shows that B. glabrata and B. tenagophila are heterogeneously distributed in the study area. B. glabrata colonizes only five water bodies, in the study area, most of them in Ourinhos, while B. tenagophila predominates in water bodies in Ipaussu. Contrasting with this, B. straminea, B. occidentalis and B. peregrina are evenly distributed throughout the study area.
  • Ichthyofauna from floodplain lakes of Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS-PP), lower rio Purus Article

    Morales, Bruno Ferezim; Ota, Rafaela Priscila; Silva, Victória Dandara Pereira e; Deus, Cláudia Pereira de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A ictiofauna do rio Purus tem sido pouco investigada, especialmente em seu curso inferior, caracterizada pela diversidade de ambientes aquáticos, especialmente em áreas de inundação. Inventariamos a ictiofauna dos lagos de várzea com diferentes tipos de manejo na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS-PP), que representa importante recurso para pesca commercial na região Norte, no primeiro inventário ilustrado da fauna de peixes do baixo rio Purus. Amostramos 20 lagos classificados como de uso (oito lagos) e proteção (12 lagos), durante o período de águas baixas de 2009. Foi coletado um total de 2.299 indivíduos representados por sete ordens, 25 famílias e 74 espécies. Characiformes foi a ordem mais representativa em número de espécies e famílias, seguida por Siluriformes, Cichliformes, Gymnotiformes, Clupeiformes e Osteoglossiformes. As espécies mais abundantes e frequentes foram Pygocentrus nattereri, Triportheus angulatus, Serrasalmus sp. "2n=58", Pterygoplichthys gibbiceps e Osteoglossum bicirrhosum. Lagos de proteção apresentaram maior riqueza de espécies comparados aos lagos de uso. Similarmente, lagos de proteção possuíam 26 espécies ocorrendo exclusivamente nesta categoria, com ênfase no Colossoma macropomum, uma espécie importante para pesca devido ao seu valor comercial. Adicionamos 44 novos registros de espécies de peixes para o baixo rio Purus. Nossos resultados indicam a potencial eficácia do sistema de zoneamento de lagos de uso e proteção para o manejo da pesca estabelecido pela população local e regulamentada pela RDS-PP. Portanto, sugerimos fortemente sua manutenção para conservação da ictiofauna dos lagos de várzea do baixo rio Purus.

    Abstract in English:

    Abstract: The ichthyofauna of the rio Purus has been little investigated, especially in its lower portion, characterized by diverse aquatic environments, especially in flooded areas. We inventoried the ichthyofauna of floodplain lakes with different management efforts in Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS-PP), which represent important resource for commercial fishing in North region, in the first illustrated inventory of the fish fauna from lower rio Purus. We surveyed 20 lakes, classified as open access (eight lakes) and protected (12 lakes) during 2009 low water levels. A total of 2,299 individuals were collected, represented by seven orders, 25 families and 74 species. Characiformes was the most representative order in number of species and families, followed by Siluriformes, Cichliformes, Gymnotiformes, Clupeiformes, and Osteoglossiformes. Most abundant and frequent species were Pygocentrus nattereri, Triportheus angulatus, Serrasalmus sp. "2n=58", Pterygoplichthys gibbiceps, and Osteoglossum bicirrhosum. Protected lakes presented higher species richness compared to open access lakes. Similarly, protected lakes possessed 26 species occurring exclusively, with emphasis on Colossoma macropomum, an important species for fisheries due to its commercial importance. We added 44 new records of fish species for the lower rio Purus. Our results indicate the potential efficiency of zoning systems of open access and protected lakes established by local population and ruled by RDS-PP for fisheries management. Therefore, we strongly suggest its maintenance for conservation of ichthyofauna of floodplain lakes of lower rio Purus.
  • A preliminary overview of the Brazilian Apioninae (Coleoptera: Brentidae) with an illustrated key for genera, and a checklist with distribution information Article

    de Sousa, Wesley Oliveira; Ribeiro-Costa, Cibele Stramare; Rosado-Neto, Germano Henrique

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: O conhecimento sobre a diversidade taxonômica da fauna de Apioninae (Coleoptera: Brentidae) do Brasil é atualizado com base na literatura disponível e exame de material depositado nas principais coleções públicas do país. Dez gêneros e de 89 espécies válidas foram incluídas em 30 novos registros de distribuição (25 gêneros e cinco espécies). Chrysapion Kissinger, 1968 é registrado pela primeira para o Brasil, restrito aos biomas do Nordeste do Brasil. A distribuição geográfica inclui Amazônia (três gêneros e um subgênero) e Mata Atlântica (quatro gêneros e um subgênero), o Pantanal (cinco gêneros) e Cerrado (três gêneros). A distribuição de vários gêneros é atualizada para mais de um bioma. Uma chave de identificação (com imagens dos adultos e desenhos da genitália masculina) é apresentada pela primeira vez para os 10 gêneros de Apioninae que ocorrem no Brasil.

    Abstract in English:

    Abstract: Here we examine the taxonomic diversity of the Brazilian Apioninae (Coleoptera: Brentidae) and provide an update based on the literature and through examination of material in primary Brazilian collections. Ten genera and 89 species are valid and we include 30 (25 genera, 5 species) new distribution records. Chrysapion Kissinger, 1968 is first reported in Brazil, restricted to the northeast. Ranges now include the Amazon (three genera and one subgenus) and Atlantic (four genera and one subgenus) forests, the Pantanal (five genera) and Cerrado (three genera). The ranges of several genera now include more than one new biome. An identification key (including images of adults and illustrations of male genitalia) also includes the 10 Brazilian genera of Apioninae for the first time.
  • Odonata of the state of Maranhão, Brazil: Wallacean shortfall and priority areas for faunistic inventories Article

    Bastos, Rafael Costa; Brasil, Leandro Schlemmer; Carvalho, Fernando Geraldo; Calvão, Lenize Batista; Silva, José Orlando de Almeida; Juen, Leandro

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: As mudanças ambientais são preocupantes em um cenário com muitas lacunas de conhecimento sobre a distribuição das espécies. Várias espécies podem ser extintas antes mesmo de serem conhecidas pela ciência. Considerando este cenário, o presente estudo tem como objetivo avaliar a distribuição conhecida das espécies de Odonata registradas para o Maranhão, na região nordeste do Brasil e discutir sobre as lacunas de conhecimento sobre Odonata, indicando áreas prioritárias para inventários faunísticos. Usando os dados primários e secundários juntos, nós apresentamos polígonos mínimos convexos da distribuição de todas as espécies registradas para o estado neste estudo. Além disso, criamos mapas com a riqueza de espécies e número de registros de Odonata no Maranhão. Para os dados primários foram coletados 269 indivíduos, representando 17 gêneros e 30 espécies. Das 30 espécies amostradas, 17 são novos registros para o Maranhão; dessas, 35,29% são espécies com ampla distribuição geográfica, ocorrendo em praticamente todas as regiões do Brasil. Considerando os registros na literatura, houve um aumento de 68% no número de espécies conhecidas para o Maranhão. A região mais desconhecida é o Cerrado do Maranhão. Outrossim, a região de transição Cerrado e Amazônia, e a transição entre Cerrado e Caatinga são também desconhecidas. Todas essas áreas são prioritárias para inventários faunísticos.

    Abstract in English:

    Abstract: Environmental changes are worrying in a scenario with large knowledge gaps on species diversity and distribution. Many species may become extinct before they are known to science. Considering this scenario, the present study aims to evaluate the known distribution of the species recorded for Maranhão state in Brazilian northeast region and discuss knowledge gaps about Odonata indicating the priority areas for faunistic inventories. Using primary and secondary data together, we present convex minimum polygons of the distribution of all the species registered for the state. In addition, we created maps with the richness of species and number of records of Odonata in the Maranhão state. In primary data sample 269 specimens, represented by 17 genera and 30 species were collected. Of the 30 species collected, 17 are new records for the state of Maranhão; of these, 35.29% are geographically widespread species, occurring in practically all regions of Brazil. Considering the records in the literature, there was a 68% increase in the number of Odonata species known for Maranhão. The most unexplored region is the Cerrado of the state of Maranhão. Furthermore, the transition regions between Cerrado and Amazônia and between Cerrado and Caatinga are also unknown. All these areas are a priority for faunistic inventories.
  • The tribes Acacieae and Ingeae (Leguminosae: Caesalpinioideae) in the Environmental Protection Area Serra Branca, Raso da Catarina, Jeremoabo, Bahia, Brazil Inventory

    Brito, Aline Franco Sampaio; Souza, Élvia Rodrigues de; Conceição, Adilva de Souza

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Leguminosae inclui seis subfamílias, onde a tradicional subfamília Mimosoideae foi reconhecida como um clado distinto dentro da recircunscrita subfamília Caesalpinioideae, chamado de clado Mimosoida. Os representantes das tribos Acacieae e Ingeae podem ser diferenciadas principalmente pelo padrão dos estames, sendo livres em Acacieae e monoadelfos em Ingeae. O levantamento florístico de Acacieae e Ingeae na Área de Proteção Ambiental Serra Branca compreendeu análises de espécimes coletados no período de junho 2011 a setembro 2012. As análises foram complementadas com coleções herborizadas depositadas nos seguintes herbários: ALCB, HRB e HUEFS. Foram catalogadas dez espécies, distribuídas em quatro gêneros de Ingeae: Calliandra Benth. (1 sp.); Chloroleucon (Benth.) Britton & Rose ex Record (1 sp.); Enterolobium Mart. (1 sp.) e Pithecellobium Mart. (1 sp.), e um gênero de Acaciae: Senegalia Raf. (6 spp.). As espécies mais representativas foram Calliandra aeschynomenoides Benth. associada a solos arenoso-pedregosos e Chloroleucon foliolosum (Benth.) G.P.Lewis e Senegalia bahiensis (Benth.) Seigler & Ebinger a solos arenoso-argilosos. O tratamento taxonômico inclui uma chave de identificação, descrições, ilustrações, fotos, dados de distribuição geográfica, dados fenológicos e comentários sobre as espécies.

    Abstract in English:

    Abstract: Leguminosae includes six subfamilies, where the traditionally recognised subfamily Mimosoideae was accepted as a distinct clade included within the recircumscribed subfamily Caesalpinioideae, called informally as Mimosoid clade. The representatives of the tribes Acacieae and Ingeae can be differentiated principally in terms of the patterns of their stamens, being free in Acacieae and monadelphous in Ingeae. The floristic survey of Acacieae and Ingeae in the Environmental Protection Area Serra Branca included analysis of specimens collected from June 2011 to September 2012. The analyses were supplemented with dried collections from the following herbaria: ALCB, HRB and HUEFS. Ten species were cataloged, distributed among four genera of Ingeae: Calliandra Benth. (1 sp.), Chloroleucon (Benth.) Britton & Rose ex Record (1 sp.), Enterolobium Mart. (1 sp.), Pithecellobium Mart. (1 sp.); and one genus of Acacieae: Senegalia Raf. (6 spp.). The most representative species were Calliandra aeschynomenoides Benth. associated with sandy and stony soils and Chloroleucon foliolosum (Benth.) G.P.Lewis and Senegalia bahiensis (Benth.) Seigler & Ebinger growing on sandy-clay soils. The taxonomic treatment includes a key for the identification, descriptions, illustrations, photos, data of the geographical distribution phenological data and comments about the species.
  • Ichthyofauna of lotic environments in the Ivinhema river basin, upper Paraná river, Mato Grosso do Sul state, Brazil Inventory

    Vicentin, Wagner; Ferreira, Fabiane Silva; Súarez, Yzel Rondon

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Com o objetivo de inventariar a riqueza de espécies e a composição da ictiofauna ao longo da bacia do rio Ivinhema, 232 trechos de rios e riachos foram amostrados de 2000 a 2018, utilizando uma peneira retangular, rede de arrasto, rede de espera, tarrafas e pesca elétrica. Ao todo 141 espécies foram amostradas na bacia, incluindo oito ordens e 35 famílias. Para as espécies registradas, 42 são do alto rio Paraná, 51 do baixo rio Paraná, 27 de outras bacias, duas de outros continentes e para 19 espécies as origens são desconhecidas ou não reportadas. Seis espécies são registradas pela primeira vez na bacia alto rio Paraná: Astyanax abramis, Moenkhausia oligolepis, Serrapinnus kriegi, Curimatopsis myersi, Pyxiloricaria menezesi e Cichlasoma dimerus. Este é o primeiro levantamento da ictiofauna em ambientes lóticos para toda a bacia do rio Ivinhema, contendo informação relevante para estudos comparativos e servindo como dados de referências que podem contribuir para gerenciamento e implementação de políticas para conservação da bacia. Este levantamento também acrescenta 24 espécies na lista do inventário mais completo realizado no alto rio Paraná publicado em 2007.

    Abstract in English:

    Abstract: In order to inventory the species richness and fish fauna composition along the Ivinhema river basin, 232 stretches of rivers and streams were sampled from 2000 to 2018, using a rectangular sieve, trawls, gillnets, cast nets, and electrofishing. A total of 141 species was caught in the basin, including seven orders and 35 families. For the recorded species, 42 are from the upper Paraná river, 51 from lower Paraná river, 27 from other basins, two from other continents, and the origin for 19 species are unknown/not reported. Six species are registred for the first time in the upper Paraná river basin: Astyanax abramis, Moenkhausia oligolepis, Serrapinnus kriegi, Curimatopsis myersi, Pyxiloricaria menezesi, and Cichlasoma dimerus. This is the first complete survey of the ichthyofauna in lotic environments along the whole Ivinhema river basin, containing relevant information for comparing studies and serving as reference data that can contribute to the management and implementation of politics for conservation of the basin. This survey also increases 24 species on the list of the most complete inventory in the upper Paraná river published in 2007.
  • Streblid bat flies (Diptera) and other ectoparasites on bats (Mammalia: Chiroptera) from French Guiana Inventory

    Graciolli, Gustavo; Guerrero, Ricardo; Catzeflis, Francois

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Pesquisas de campo recentes de morcegos (Chiroptera) em várias localidades da Guiana Francesa foram acompanhadas pela coleta e preservação de ectoparasitas, principalmente moscas ectoparasitas (Diptera: Streblidae e Nycteribiidae). A maioria dos espécimes de ectoparasitos foi coletada aleatoriamente durante o curso dos inventários de morcegos, mas pesquisas sistemáticas em toda a comunidade de quirópteros foram realizadas em cinco oportunidades. Sobre Streblidae, 813 indivíduos foram examinados, dos quais representam 46 espécies e/ou subespécies pertencentes a 15 gêneros e 6 táxons para posterior confirmação específica e/ou descrição. Para Nycterbiidae, 44 indivíduos de 3 espécies e 2 para posterior confirmação específica e/ou descrição. Outros ectoparasitos foram coletados (hemípteros polictenídeos e ácaros), os quais também foram listados com detalhes sobre seus hospedeiros, localidade e data de coleta. Para seis espécies de morcegos com mais de 10 morcegos infestados a descrição da composição de cada infracomunidade encontrada e sua frequência são apresentados.

    Abstract in English:

    Abstract: Recent field surveys of bats (Chiroptera) in various localities of French Guiana have been accompanied by the collection and preservation of ectoparasites, mainly bat flies (Diptera: Streblidae and Nycteribiidae). Most specimens of ectoparasites was collected haphazardly during the course of bats inventories, but systematic surveys on the whole chiropteran community were realized at five opportunities. Concerning Streblidae, 813 individuals have been examined, which represent 46 species and/or subspecies belonging to 15 genera and 6 taxa for confirmation and/or future description. For Nycteribiidae, 44 individuals of 3 identified species and 2 for confirmation and/or future description. Other ectoparasites have been found (Hemiptera and acarids), which are also listed with details on their bat-host, place and date of collect. For six species of bats in which at least 10 animals were carrying ectoparasites, a brief description of the frequencies of their ectoparasites provides some preliminary characteristics of their infracommunities.
  • Diversity of Odonata (Insecta) in Seasonal Deciduous Forest fragments in southern Brazil (state of Rio Grande do Sul), with a new record for the state and comments on the seasonal distribution of the species Inventory

    Pires, Mateus Marques; Kotzian, Carla Bender; Sganzerla, Cleber; Prass, Gabriel; Dalzochio, Marina Schmidt; Périco, Eduardo

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Uma checklist das espécies de Odonata (Insecta) de um fragmento de Floresta Estacional Decidual (Bioma Mata Atlântica) localizado na região central do estado do Rio Grande do Sul (RS) é apresentada neste estudo, bem como uma checklist das espécies para esta região fitoecológica para o estado. Além disso, também é discutida a distribuição temporal da ocorrência das espécies na área de estudo. Dois riachos e sete reservatórios localizados no trecho médio da bacia do rio Jacuí foram estudados entre dezembro de 2007 e fevereiro de 2009. Ao todo, 49 espécies de 21 gêneros e seis famílias foram registradas. Argia serva Hagen in Selys, 1865 (Coenagrionidade) teve seu primeiro registro mencionado para o estado, elevando para 183 o número total de espécies de Odonata ocorrentes no Rio Grande do Sul. O número de espécies registrado na área de estudo corresponde a cerca de 26% da diversidade de Odonata conhecida no RS. Libellulidae foi a família mais rica (22 espécies, ~45% do total), seguida por Coenagrionidae (18 espécies, 37% do total). A lista compilada de espécies para a Floresta Estacional Decidual no RS indicou a ocorrência de 83 espécies de Odonata nesta região fitoecológica (~45% da diversidade de Odonata conhecida do estado). Essa alta diversidade pode estar relacionada à densidade da estrutura da vegetação. Na área de estudo, 20 espécies foram encontradas em riachos e 45 em reservatórios. A distribuição temporal das espécies foi marcadamente sazonal na área de estudo, com 88% das espécies registradas do verão ao outono, e nenhuma espécie detectada em riachos no inverno. Além disso, 70% das espécies ocorreram em uma ou duas estações em reservatórios, enquanto 65% das espécies registradas em riachos foram detectadas somente em uma estação. Este resultado indica que o ciclo de vida das espécies de Odonata no extremo sul do Brasil é fortemente influenciado pelos padrões sazonais de temperatura.

    Abstract in English:

    Abstract: We present an Odonata (Insecta) check list of species occurring in a fragment of the Seasonal Deciduous Forest (Atlantic Forest biome) from the central region of the state of Rio Grande do Sul (RS), southern Brazil, along with a list of the odonate species recorded in this phytoecological region for the state. In addition, we provide comments on the seasonal distribution of the species occurring in the study area. Two streams and seven farm ponds located in the middle course of the Jacuí River basin were surveyed between December 2007 and February 2009. Overall, we recorded 49 species from 21 genera and six families. Argia serva Hagen in Selys, 1865 (Coenagrionidade) had its first occurrence record mentioned for the state, elevating to 183 the total number of Odonata species occurring in Rio Grande do Sul. The number of species recorded in the study area corresponds to ~26% of the known Odonata diversity in RS. Libellulidae was the most species-rich family (22 species, ~45% of the total), followed by Coenagrionidae (18 species, 37% of the total). The checklist for the Seasonal Deciduous Forest in RS indicated the occurrence of 83 species of Odonata in this phytoecological region (~45% of the known odonate species in the state). This elevated diversity could be related to the density of the vegetation structure. In the study area, 20 species were found in streams, and 45 in farm ponds. Species occurrence showed marked seasonal patterns in the study area, with 88% of the species recorded from summer to autumn, and no species detected in streams in the winter. Moreover, 70% of the species were recorded in either one or two seasons in farm ponds, while 65% occurred solely in one season in streams. This result indicates that the life cycle of Odonata in southern Brazil is strongly influenced by seasonal patterns in temperature.
  • Survey of fish species from the Lower Roosevelt River, Southwestern Amazon basin Inventory

    Anjos, Marcelo Rodrigues dos; Machado, Nadja Gomes; Pedersoli, Mizael Andrade; Pedersoli, Nátia Regina Braga; Barros, Bruno Stefany; Lourenço, Igor Hister; Barreiros, João Pedro

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este estudo apresenta um inventário da ictiofauna da sub-bacia do baixo Rio Roosevelt e seus tributários associados. As coletas de peixes com malhadeiras e as medições de parâmetros ambientais da água ocorreram em Novembro/2012 (enchente), Fevereiro/2013 (cheia), Maio/2013 (vazante) e Agosto/2013 (seca). A média da profundidade foi 8,86 m, da transparência da água foi 0,6 m, da condutividade foi 22,7 µS.cm-1, do pH foi 6,59, do oxigênio dissolvido foi 7,63 mg.l-1 e da temperatura da água foi 28°C. A área total de captura estimada foi 68.829,6 m2 durante 2880 horas. A captura por unidade de esforço (CPUE) foi 0,37 indivíduos m-2.dia-1. As espécies foram espacialmente agregadas em todos os pontos de coleta e períodos de coleta. Um total de 5183 peixes em 7 ordens, 29 famílias, 104 gêneros e 188 espécies foram coletados. O índice de diversidade foi 4,121 e o índice de equidade foi 0,789. As ordens Characiforme, Siluriforme e Cichliforme foram as mais abundantes. As espécies Serrasalmus rhombeus Linnaeus 1766 com 327 indivíduos (5,9%), Chalceus epakros (Cope 1870) com 309 indivíduos (5,6%) e Acestrorhynchus microlepis Schomburgk 1841 com 250 indivíduos (4,5%) foram as mais abundantes. Os onívoros (28,6%), piscívoros (14,3%), carnívoros (13,8%) e detritívoros (12,8%) foram os indivíduos mais abundantes. De acordo com o IBAMA, 29,25% das espécies capturadas tem potencial ornamental.

    Abstract in English:

    Abstract: This study presents an inventory of the ichthyofauna of the lower Roosevelt River sub-basin and its associated tributaries. Fish sampling with fishing nets and measurements of environmental parameters of water occurred in November/2012 (rising water), February/2013 (flooding), May/2013 (falling water) and August/2013 (drought). Depth mean was 8.86 m, water transparency was 0.6 m, conductivity was 22.7 µS.cm-1, pH was 6.59, dissolved oxygen was 7.63 mg.l-1 and temperature was 28°C. The total estimated capture area was 68,829.6 m2 during 2,880 hours. The catch per unit Effort (CPUE) was 0.37 individuals m-2.day-1. Species were spatially aggregated in all sampling points and river water levels. A total of 5,183 individuals distributed in 7 orders, 29 families, 104 genders and 188 species were sampled in this survey. The diversity index was 4.121 and equitability index was 0.789. The Characiforms order was the most abundant with 106 species, followed by Siluriforms with 63 species and Cichliforms with 23 species. The most abundant species was Serrasalmus rhombeus (Linnaeus, 1766) with 327 individuals (5.9%), followed by Chalceus epakros (Cope, 1870) with 309 individuals (5.6%) and Acestrorhynchus microlepis (Schomburgk, 1841) with 250 individuals (4.5%). Trophicity was characterized by omnivorous (28.6%), piscivorous (14.3%), carnivorous (13.8%) and detritivorous (12.8%). According to IBAMA's regulation, 29.25% of captured species presents ornamental potential.
  • Arctiini Leach, [1815] (Lepidoptera, Erebidae, Arctiinae) of the Brazilian Amazon. IV - Subtribe Euchromiina Butler, 1876 Inventory

    Teston, José Augusto; Ferro, Viviane Gianluppi

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: As mariposas Euchromiina compreendem 735 espécies na região Neotropical. Neste trabalho, nós apresentamos uma lista das espécies de Euchromiina que ocorrem na Amazônia brasileira. A lista foi produzida através de observação de espécimes depositados nas mais importantes coleções brasileiras e também através de dados da literatura. Aproximadamente 30% (219) das espécies de Euchromiina que ocorrem na região Neotropical foram registradas, incluindo 13 novas ocorrências para a Amazônia brasileira. Santarém e Belém foram os municípios com maior número de espécies registradas, com 96 e 74, respectivamente. Embora o número de registros de Euchromiina seja considerado alto na Amazônia, este valor é subestimado visto que a fauna nunca foi amostrada na imensa maioria do bioma. Este cenário é preocupante, pois a Amazônia possui a maior taxa absoluta de redução florestal do mundo. A fim de podermos sugerir políticas de conservação eficientes para a fauna de Arctiinae da Amazônia, é urgente que se intensifique o esforço de coleta neste bioma.

    Abstract in English:

    Abstract: The Euchromiina moths comprise 735 species in the neotropics. Here we provide a list of Euchromiina species from the Brazilian Amazon. The list was produced from specimens deposited in the most important Brazilian collections and from literature data. Nearly 30% (219) of the neotropics Euchromiina species were recorded, including 13 new occurrences for the Brazilian Amazon. Santarém and Belém were the municipalities with the highest number of species records, with 96 and 74, respectively. Although the number of Euchromiina records is high in the Amazon, this value is underestimated because the fauna was never sampled in the vast majority of the biome. This is a worrying scenario because the Amazon has the world highest absolute rate of forest reduction. In order to suggest efficient conservation policies for the Amazon Arctiinae fauna, it is urgent to intensify the sampling effort in this biome.
  • Frugivorous butterflies from the Atlantic Forest in Southern Brazil (Lepidoptera: Nymphalidae) Inventory

    Bordin, Sandra Mara Sabedot; Monteiro, Marcelo; Ferreira, Valéria Wesner; Lutinski, Junir Antonio; Rodrigues, Everton Nei Lopes

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: O estudo teve como objetivo elaborar uma lista das espécies de borboletas frugívoras ocorrentes em florestas da Mata Atlântica, nas Unidades de Conservação: Floresta Nacional de Chapecó (FLONA), Estação Ecológica da Mata Preta (ESEC) e Parque Estadual das Araucárias (PAEAR) e fragmentos florestais adjacentes, localizados na Região Oeste de Santa Catarina. Foram realizadas três campanhas de coletas entre dezembro de 2017 e março de 2018, totalizando 24 dias de coletas em cada área amostral. Para a captura das borboletas frugívoras, foram utilizadas armadilhas Van Someren-Rydon. Foram registradas 4231 borboletas frugívoras pertencentes a quatro subfamílias, 12 tribos e 49 espécies. Foram amostradas 37 espécies de borboletas frugívoras na FLONA e 29 nos fragmentos florestais adjacentes. Na ESEC 29 espécies e 33 nos fragmentos florestais adjacentes. No PAEAR 33 espécies e 28 nos fragmentos florestais adjacentes. Do total de espécies registradas, 15 espécies de borboletas frugívoras são novos registros para o estado de Santa Catarina e 11 são novos registros para a região oeste do estado. As espécies mais abundantes para a FLONA foram: Manataria hercyna (Hübner, 1821) e Hermeuptychia sp. Na ESEC, foram Hermeuptychia sp. e Yphthimoides ordinaria (Freitas, Kaminski & Mielke, 2012). No PAEAR verificou-se maior abundância das espécies Forsterinaria quantius (Godart, 1824) e Eryphanes reevesii (Doubleday, 1849). Para os fragmentos florestais adjacentes das Unidades de Conservação houve maior abundância das espécies: Hermeuptychia sp., Moneuptychia soter (Butler, 1877), Morpho epistrophus (Fabricius, 1796) e Forsterinaria quantius (Godart, 1824). Satyrinae apresentou maior riqueza (S=34) e abundância (90,58%) de borboletas frugívoras em todas as áreas amostradas. As curvas de rarefação e extrapolação, para as Unidades de Conservação e fragmentos florestais adjacentes mostraram uma maior ascendência nas unidades amostrais da FLONA e PAEAR e seus fragmentos florestais adjacentes. A cobertura estimada de amostragem para as borboletas frugívoras, para as Unidades de Conservação e fragmentos florestais, ficou acima de 97%. A riqueza calculada através do estimador Jackknife 1, mostrou-se superior à riqueza observada, sendo que para as amostragens na FLONA e PAEAR, o estimador apresentou um valor de 50,75 e 37,09, respectivamente. A fauna de borboletas frugívoras da região, investigada pela primeira vez em áreas de Unidades de Conservação, mostrou-se bastante expressiva e bem representada no Bioma Mata Atlântica, indicando seu potencial como refúgio da biodiversidade.

    Abstract in English:

    Abstract: This study aimed to present a list of the species of frugivorous butterflies occurring in Atlantic Forests, in the Conservation Units: National Forest of Chapecó (FLONA), Ecological Station of Mata Preta (ESEC) and State Park of Araucárias (PAEAR) and adjacent forest fragments, located in the western region of the state of Santa Catarina. Three samplings were conducted between December 2017 and March 2018, totaling 24 days of collection in each sampling area. Van Someren-Rydon traps were used to capture frugivorous butterflies. There were 4,231 frugivorous butterflies belonging to four subfamilies, 12 tribes and 49 species. In all, 37 species of frugivorous butterflies were sampled in FLONA and 29 in adjacent forest fragments. In ESEC, 29 species and 33 in adjacent forest fragments. In PAEAR, 33 species and 28 in adjacent forest fragments. Of the total species registered, 15 species are new records for the state of Santa Catarina and 11 are new records for the western region of the state. The most abundant species for FLONA were: Manataria hercyna (Hübner, 1821) and Hermeuptychia sp. In ESEC, were Hermeuptychia sp. and Yphthimoides ordinaria (Freitas, Kaminski & Mielke, 2012). In PAEAR, greater abundance of Forsterinaria quantius (Godart, 1824) and Eryphanes reevesii (Doubleday, 1849) were verified. For the adjacent forest fragments to Conservation Units, there was a greater abundance of Hermeuptychia sp., Moneuptychia soter (Butler, 1877), Morpho epistrophus (Fabricius, 1796) e Forsterinaria quantius (Godart, 1824). Satyrinae presented higher richness (S = 34) and abundance (90.58%) in all areas sampled. The rarefaction and extrapolation curves for the Conservation Units and adjacent forest fragments showed a greater rise in the FLONA and PAEAR sampling units and their adjacent forest fragments. The estimated sampling coverage for Conservation Unit and forest fragments was above 97%. The richness calculated through the Jackknife 1 estimator, for the FLONA and PAEAR samplings, presented a value of 50.75 and 37.09, respectively. The fauna of frugivorous butterflies from this region, first investigated in areas of Conservation Units, showed to be expressive and well represented in the Atlantic Forest Biome, indicating its potential as a refuge for biodiversity.
  • Flora of Pernambuco, Brazil: Tabebuia alliance and tribe Jacarandeae (Bignoniaceae) Inventory

    Costa, Swami; Lohmann, Lúcia G.; Buril, Maria Teresa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Bignoniaceae é uma família de plantas pantropicais que inclui 82 gêneros e 830 espécies de árvores, lianas e arbustos. A aliança Tabebuia (14 gêneros e 147 espécies) e tribo Jacarandeae (2 gêneros e 50 espécies) são ambas neotropicais e representam os maiores clados de árvores e arbustos na família. Aqui, apresentamos um tratamento taxonômico para estes dois clados para o estado de Pernambuco, Brasil. No geral, nós documentamos 23 espécies distribuídas em 7 gêneros, i.e., Cybistax Mart. ex Meisn., Godmania Hemsl., Jacaranda Juss., Handroanthus Mattos, Sparattosperma Mart. ex Meisner, Tabebuia Gomes ex DC., e Zeyheria Mart. Seis táxons são novos registros para o estado, i.e., Cybistax antisyphilitica (Mart.) Mart., Handroanthus capitatus (Bureau & K. Schum) Mattos, Handroanthus umbellatus (Sond.) Mattos, Jacaranda cuspidifolia Mart., Sparattosperma catingae A.H. Gentry, e Tabebuia stenocalyx Sprague & Stapf. Além disso, S. catingae, que anteriormente se pensava ser endêmica da Caatinga da Bahia, foi documentada pela primeira vez no domínio da Mata Atlântica. Nós apresentamos chaves de identificação e descrições taxonômicas para todos os gêneros e espécies, assim como fornecemos ilustrações e informações sobre a distribuição geográfica, habitat e fenologia para todas as espécies.

    Abstract in English:

    Abstract: Bignoniaceae is a Pantropical plant family that includes 82 genera and 830 species of trees, lianas, and shrubs. The Tabebuia alliance (14 genera and 147 species) and tribe Jacarandeae (2 genera and 50 species) are both Neotropical and represent the largest clades of trees and shrubs in the family. Here, we present a taxonomic treatment for these two clades for the state of Pernambuco, Brazil. Overall, we documented 23 species distributed in seven genera, i.e., Cybistax Mart. ex Meisn., Godmania Hemsl., Jacaranda Juss., Handroanthus Mattos, Sparattosperma Mart. ex Meisner, Tabebuia Gomes ex DC., and Zeyheria Mart. Six taxa are new records for the state, i.e., Cybistax antisyphilitica (Mart.) Mart., Handroanthus capitatus (Bureau & K. Schum) Mattos, Handroanthus umbellatus (Sond.) Mattos, Jacaranda cuspidifolia Mart., Sparattosperma catingae A.H. Gentry, and Tabebuia stenocalyx Sprague & Stapf. Furthermore, S. catingae, previously thought to be endemic to the Caatinga of Bahia, was documented for the first time in the Atlantic Forest domain. We present identification keys and taxonomic descriptions for all genera and species, as well as provide illustrations and information on the geographic distribution, habitat, and phenology for all species.
  • First inventory of benthic mollusks associated with the reef ecosystems of Morro de São Paulo on Tinharé Island in northeastern Brazil Inventory

    Lima, Silvio Felipe Barbosa; Lima, Bianca Vieira; Abreu, Evandro Cosmo; Oliveira, Geraldo Semer Pomponet; Lucena, Rudá Amorim; Mendonça, Luana Marina de Castro; Prata, Jéssica; Souza, J. Weverton S. de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Os ecossistemas recifais do Morro de São Paulo estão na área de proteção ambiental Tinharé-Boipeba, a qual foi estabelecida em 1992 no estado da Bahia, Brasil. Apesar desta área ter sido criada há mais de duas décadas, nenhum estudo foi realizado sobre a biodiversidade de invertebrados associados a tais ecossistemas recifais. Este trabalho representa o primeiro inventário de moluscos bentônicos associados aos ecossistemas recifais do Morro de São Paulo com base na coleta de indivíduos vivos e conchas com superfície íntegra e desgastada. Moluscos foram amostrados em janeiro de 2015 e agosto de 2016 através de busca ativa em habitats das regiões entremarés e sublitoral dos ecossistemas recifais nas três praias do Morro de São Paulo. A riqueza taxonômica e índices de biodiversidade foram analisados. O inventário da malacofauna resultou na identificação de 84 espécies pertencentes a 44 famílias de gastrópodes bem como 13 espécies pertencentes a oito famílias de bivalves e um quiton (total: 98 species). A riqueza de espécies foi numericamente dominada por membros da subclasse Caenogastropoda. As famílias com o maior número de espécies foram Ranellidae (5), Muricidae (6) and Marginellidae (7). Conus regius, Cypraecassis testiculus, Lobatus goliath, Strombus pugilis, Tonna galea, Turbinella laevigata e Vasum cassiforme são macroespécies extremamente vulneráveis na região devido a sua importância comercial. A composição malacofaunística da área estudada foi comparada com a do Arquipélago de Abrolhos. ACE e CHAO 1 estimaram 133 espécies de moluscos para a região. Apesar do rápido levantamento, o número de espécies descobertas na área em questão se aproximou em 73.6% do número total estimado. O considerável número de espécies de moluscos encontradas em uma área relativamente pequena com insuficiente esforço amostral ressalta a importância dos ecossistemas recifais do Morro de São Paulo como uma área prioritária para conservação na costa do estado da Bahia, Brasil, na qual a riqueza de outros grupos de invertebrados é virtualmente desconhecida.

    Abstract in English:

    Abstract: The reef ecosystems of Morro de São Paulo are located in the Tinharé-Boipeba Environmental Preservation Area which was established in 1992 in the state of Bahia, Brazil. Despite this area has been created more than two decades ago, no study has provided knowledge on the invertebrate biodiversity associated with such reef ecosystems. The present investigation provides the first inventory of benthic mollusks associated with the reef ecosystems of Morro de São Paulo based on the collection of living specimens and fresh empty as well as some worn shells. Mollusks were sampled in January 2015 and August 2016 through intensive searches from the intertidal to shallow subtidal habitats of the reefs on three beaches of Morro de São Paulo. Taxonomic richness and biodiversity indices were analyzed. This rapid assessment of the malacofauna resulted in the determination of 84 species belonging to 44 families of gastropods as well as 13 species belonging to eight families of bivalves and one chiton (total: 98 species). Species richness was numerically dominated by members of the subclass Caenogastropoda. The families with the largest number of species were Ranellidae (5), Muricidae (6) and Marginellidae (7). Conus regius, Cypraecassis testiculus, Lobatus goliath, Strombus pugilis, Tonna galea, Turbinella laevigata and Vasum cassiforme are extremely vulnerable macrospecies in the region due to their commercial importance. Comparisons of the malacofauna composition between the study site and Abrolhos Bank were made from data published for this region. ACE and CHAO 1 estimated 133 mollusk species for the region. Despite the rapid assessment, the number of species discovered in the study area approached 73.6% of the estimated total number. The considerable number of mollusk species found in a relatively small area with insufficient sampling underscores the importance of the reef ecosystems of Morro de São Paulo as a one priority area for conservation on the coast of the state of Bahia, Brazil, for which the species richness of other invertebrate groups is virtually unknown.
  • Biodiversity of aquatic environments in a peri-urban Atlantic Forest protected remnant: a checklist Inventory

    Magalhães, Karine Matos; Lima, Maria Cecília Santana de; Santos, Ednilza Maranhão; Correia, Jozélia Maria de Sousa; Silva, Ana Carolina Borges Lins e

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Apresentamos uma lista da biodiversidade aquática de dois reservatórios em um sítio do PPBio (Programa de Pesquisa em Biodiversidade) em um fragmento de floresta peri-urbana, o Parque Estadual Dois Irmãos (PEDI), em Pernambuco, Brasil. Obtivemos os dados através de extensa coleta de campo e informações de pesquisa bibliográfica especializada. Registramos 397 espécies em 156 famílias; os animais foram o grupo mais abundante (140 espécies), seguido pelos fungos (103), perifíton (69), macrófitas aquáticas (44) e plantas terrestres em áreas alagadas (41). Esta revisão reflete diferentes esforços de amostra para grupos selecionados e permite a definição de um protocolo de longo prazo para orientar novas pesquisas com base nas lacunas de conhecimento identificadas. Pesquisas ecológicas futuras devem abordar a influência do estado trófico dos reservatórios, bem como os efeitos da exclusão competitiva e predação na viabilidade a longo prazo da diversidade local.

    Abstract in English:

    Abstract: We present a checklist for the aquatic biodiversity from two reservoirs within a PPBio (Biodiversity Research Program) site in a peri-urban forest fragment, the Dois Irmãos State Park (PEDI), in Pernambuco, Brazil. We obtained the data via extensive field collection and information from a specialized literature survey. We recorded 397 species in 156 families; the animal was the most abundant group (140 species) followed by fungi taxa (103), periphyton (69), aquatic macrophytes (44), and terrestrial plants in flooded areas (41). This review reflects different sample efforts toward selected groups and allows the definition of a long-term protocol for guiding new research based on the identified knowledge gaps revealed. Future ecological research should address the influence of the trophic state of the reservoirs, as well as the effects of competitive exclusion and predation on the long-term viability of the local diversity.
  • Brazilian assessment on biodiversity and ecosystem services: summary for policy makers Point-Of-View

    Joly, Carlos A.; Scarano, Fabio R.; Bustamante, Mercedes; Gadda, Tatiana Maria Cecy; Metzger, Jean Paul Walter; Seixas, Cristiana Simão; Ometto, Jean Pierre HB; Pires, Aliny Patrícia Flauzino; Boesing, Andrea Larissa; Sousa, Francisco Diogo Rocha; Quintão, José Maurício Brandão; Gonçalves, Leandra Regina; Padgurschi, Maíra de Campos Gorgulho; Aquino, Michely Ferreira dos Santos de; Castro, Paula Felício Drummond de; Santos, Isabela Lima dos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A biodiversidade e os ecossistemas são elementos importantes para enfrentar as crises socioeconômicas e ambientais nacionais e globais, uma vez que proporcionam novas oportunidades de desenvolvimento. Incorporar a biodiversidade na vida cotidiana é uma oportunidade de ouro para promover o uso sustentável da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos. A conservação e a restauração da biodiversidade, dos ecossistemas e de seus serviços associados mostram potencial para um novo desenvolvimento social e econômico, como fonte de geração de emprego e renda, redução da pobreza e da desigualdade socioeconômica. A diversidade biológica brasileira também se expressa em sua imensa diversidade cultural, com uma grande variedade de detentores de conhecimento indígenas e tradicionais. Esses povos possuem vasto conhecimento sobre agrobiodiversidade, pesca, manejo do fogo, medicina natural, entre outros de valor comercial, cultural e espiritual. As principais conclusões deste Sumário para Tomadores de Decisão é que as mudanças no uso da terra e as mudanças climáticas tenham sido - e continuarão sendo ao longo deste século - os principais vetores da perda de biodiversidade e serviços ecossistêmicos no país. Intervenções políticas em diferentes níveis (do local ao nacional, do público ao privado) e a aplicação das leis existentes (mecanismos regulatórios e incentivos) são necessárias para promover a mitigação dos impactos negativos sobre a biodiversidade e a perda de serviços ecossistêmicos. O Brasil já possui uma ampla variedade de instrumentos de política e opções de governança socioambiental, bem como compromissos globais (ODS, Metas de Aichi, Acordo de Paris) relacionados à possibilidade de um futuro sustentável. Entretanto, o controle ineficiente da gestão ou a falta de incentivo para cumprir as regras traz riscos para a consolidação do caminho para esse futuro. O país tem instituições fortes e capazes, mas problemas de infraestrutura, processos lentos, medidas ineficazes e conflitos judiciais, sociais e ecológicos impedem a realização de um desempenho eficiente. Há uma falta de comunicação entre a ciência e a sociedade que precisa ser melhorada por meio do estabelecimento de um fluxo efetivo que torne a comunicação inclusiva e representativa, alcançando os tomadores de decisão públicos e privados. Esforços permanentes para integrar essas duas esferas de conhecimento na sociedade são desejáveis para criar confiança entre os formuladores de políticas e os pesquisadores.

    Abstract in English:

    Abstract: Biodiversity and ecosystems are important elements for addressing national and global socioeconomic and environmental crises, since they provide new development opportunities, for example, as source of job and income creation, and reduction in poverty and socioeconomic inequity. Brazilian biological diversity is also expressed in its immense cultural diversity, with a great variety of knowledge holders. These peoples possess vast knowledge on agrobiodiversity, fishing, fire management, natural medicine, among others of commercial, cultural and spiritual value. The main conclusions of this Summary for Police Makers is that land use changes and climate changes have been - and will continue to be throughout this century - the main drivers that result in the loss of biodiversity and ecosystem services in the country. Political interventions at different levels (from local to national, from public to private) and the enforcement of existing laws (regulatory mechanisms and incentives) are required to cope with the mitigation of the negative impacts of biodiversity and ecosystem services loss. Brazil has already a wide variety of policy instruments and socioenvironmental governance options, as well as global commitments (ODS, Aich Targets, Paris Agreement) related to the objective of a sustainable future. However, inefficient management control or lack of incentive to comply with the rules pose risks to consolidating the path to this future. The country has strong and capable institutions, but infrastructural problems, slow processes, inefficient measurements and judicial, social and ecological conflicts obstruct a proficient performance. There is a lack of communication between science and society which needs to be improved by establishing an effective flow that makes communication inclusive and representative, reaching public and private decision makers. Permanent efforts to integrate Science and policy knowledges are desirable to build confidence between policy makers and researchers.
  • Unfolding additional massive cutback effects of the Native Vegetation Protection Law on Legal Reserves, Brazil Short Communication

    Tavares, Paulo André; Brites, Alice Dantas; Sparovek, Gerd; Guidotti, Vinícius; Cerignoni, Felipe; Aguiar, Daniel; Metzger, Jean Paul; Rodrigues, Ricardo Ribeiro; Pinto, Luis Fernando Guedes; Mello, Kaline de; Molin, Paulo Guilherme

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A Lei de Proteção da Vegetação Nativa - 2012 - (LPVN) é a principal lei brasileira para proteção da vegetação nativa (VN) em terras privadas. A LPVN, atualmente em fase de implementação, reduziu os requerimentos de Reserva Legal (RL) presentes no Código Florestal (CF) de 1965 através de uma série de mecanismos legais. Entre eles, o Artigo 68 (Art.68) elimina a obrigação de recomposição ou restauração da VN convertida sem violação da lei vigente à época da conversão. O Art.68 é um dos mais controversos mecanismos da LPVN e cujos efeitos ainda não são conhecidos. Nós desenvolvemos um modelo para estimar os efeitos do Art.68 utilizando o estado de São Paulo, Brasil, como estudo de caso. Para isso, levantamos marcos legais nos quais os requerimentos mínimos de preservação da VN foram alterados. Em seguida, levantamos a existência de dados espaciais da cobertura de VN com a precisão necessária para cada marco legal. Combinando os marcos legais com os dados espaciais encontrados, criamos dois cenários incluindo os efeitos do Art.68 e um cenário linha de base para controlar tais efeitos. O primeiro cenário considerou apenas um marco legal, o CF de 1965 (cenário "1965"), enquanto o segundo incluiu a Lei Federal de proteção ao Cerrado de 1989 (cenário "1965/89"). O cenário "1965" reduz os déficits de RL em 49% quando comparado ao cenário de base, dispensando os proprietários de terra da obrigação de restaurar ou recompor 423 mil hectares (kha) de VN. O cenário "1989/65" dispensa da obrigação de restauração ou recomposição 507 kha de VN, representando uma redução de 59% do déficit de RL em comparação ao cenário base. A redução apresentada pelo cenário "1965/89" assume grande importância uma vez que se concentra em áreas de Cerrado, bioma já extremamente fragmentado e impactado. Em conjunto com as reduções promovidas por outros Artigos da LPVN, estes efeitos revelam grande preocupação sobre o papel das RL como uma ferramenta para a conservação de VN em terras privadas, ameaçando compromissos governamentais de restauração e indicando que estratégias de comando e controle deverão ser complementadas por políticas de incentivo para atingir os objetivos de conservação desejados.

    Abstract in English:

    Abstract: The Native Vegetation Protection Law - 2012 - (NVPL) is the main Brazilian regulation for protecting native vegetation (NV) on private land. The NVPL, currently in the implementation phase, reduced Legal Reserves (LR) requirements compared to its previous version, the 1965's Forest Act (FA), through several legal mechanisms. Among them, Article 68 (Art.68) exempts landholders from LR obligations if NV was converted without offending the legislation in place at the time of the conversion. The technical implementation of Art. 68 is controversial and its effects are still unknown. We developed a model to estimate the effects of Art.68 on LR using São Paulo State (Brazil) as case study. We analyzed former environmental laws to identify key periods in which NV preservation requirements had changed. After, we searched for past spatial data on NV cover with sufficient accuracy for each legal benchmark. Combining legal benchmarks with spatial data, we created two scenarios for Art.68 effects, plus a baseline scenario. The first scenario considered a single legal benchmark, the 1965's FA (scenario "1965"), while the other included the 1989 Cerrado's protection Federal Law as a second benchmark (scenario "1965/89"). The baseline scenario did not include Art.68 effects. Scenario "1965" reduced LR deficits in 49% compared to the baseline scenario, waiving landholders from restoration or offsetting needs in 423 thousand hectares (kha) of NV. Scenario "1965/89" waved 507 kha of NV from restoration needs and represented a 59% reduction in LR deficit compared to the baseline scenario. The LR reduction by scenario "1965/89" assumed particular importance considering that the additional cutback was concentrated on Cerrado, an already very fragmented and impacted region. Together with reductions from other NVPL rules, the additional effects of Art. 68 unfolded great concerns about the role of LR as a tool for NV preservation on private land, threating governmental restoration commitments, and pointing that conservation command and control approaches should be complemented with incentive policies to achieve the desired and committed standards.
  • Morphological abnormality in a Longnose Stingray Hypanus guttatus (Bloch & Schneider, 1801) (Myliobatiformes: Dasyatidae) Short Communication

    Schmid, Kurt; Andrade, Marcelo; Machado, Fabiola; Araujo, Juliana; Corrêa, Eglé; Giarrizzo, Tommaso

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Um embrião de Arraia-bicuda Hypanus guttatus (Bloch & Schneider, 1801) com uma anomalia morfológica assimétrica grave na nadadeira peitoral foi obtido como captura-acidental de um barco de pesca de camarão da costa da foz do rio Amazonas, no norte do Brasil. O indivíduo e sua deformação, que provavelmente teria impedido sua sobrevivência ao longo prazo, são descritos e documentados em detalhe. Apresentamos com esse estudo o primeiro registro de um indivíduo anormal dessa espécie para a costa do Brasil.

    Abstract in English:

    Abstract: A Longnose stingray Hypanus guttatus (Bloch & Schneider, 1801) embryo with a major asymmetrical morphological abnormality to its pectoral fin was obtained from commercial shrimp fisher's bycatch, off the coast of the Amazon River Mouth in northern Brazil. The specimen and the deformity, which would presumably have impeded its long-term survival, are described and documented in detail. We herein provide the first report of an abnormal individual of this species for the Brazilian coast.
  • Native parasitoids (Hymenoptera: Braconidae) of fruit flies (Diptera: Tephritidae) in Serra da Bodoquena National Park-MS, Brazil Short Communication

    Almeida, Luciano Brasil Martins de; Coelho, João Batista; Guimarães, Jorge Anderson; Uchoa, Manoel Araecio

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: As moscas-das-frutas estão entre os principais grupos de insetos fitófagos. Suas larvas, ao se alimentarem da polpa ou das sementes dos frutos hospedeiros, podem causar podridão e favorecer a entrada de patógenos. Sendo assim, os objetivos desse estudo foram: (1) Conhecer as associações tróficas entre as espécies de parasitoides e moscas das frutas no Parque Nacional da Serra da Bodoquena (PNSB). (2) Inventariar as espécies de parasitoides no PNSB. Foram realizadas expedições mensais de janeiro de 2017 a fevereiro de 2018 para as coletas de frutos e obtenção de moscas das frutas (Tephritidae) e seus respectivos parasitoides. Os frutos coletados foram transportados ao Laboratório de Insetos Frugívoros (LIF) da Universidade Federal da Grande Dourados-MS. As larvas das moscas das frutas foram diariamente recolhidas e inseridas em copos de acrílico transparentes contendo areia esterilizada onde permaneceram até a emergência dos adultos de tefritídeos e/ou seus parasitoides. Foram recuperados 23 adultos de parasitoides das larvas dos tefritídeos, representados por duas espécies de Braconidae: Doryctobracon areolatus (18) e Utetes anastrephae (5), ambos parasitando espécies de Anastrepha: Anastrepha fraterculus, A. sororcula e A. striata em Myrtaceae: Psidium guajava e Eugenia myrcianthes. Doryctobracon areolatus e Utetes anastrephae são relatados pela primeira vez parasitando espécies de Anastrepha em frutos de Eugenia myrcianthes.

    Abstract in English:

    Abstract: Fruit flies are among the main groups of phytophagous insects. Their larvae, when feeding on the pulp or seeds of the host fruits, can cause rot and favor the entrance of pathogens. Thus, the objectives of this study was: (1) To know the trophic associations between species of parasitoids and fruit flies in the Parque Nacional da Serra da Bodoquena (PNSB)-MS, Brazil. (2) To inventory the parasitoid species associated with fruit flies in fruit trees in the Parque Nacional da Serra da Bodoquena. Monthly expeditions were carried out (From Jan 2017 to Feb 2018) in order to collect the fruits and obtain the fruit flies (Tephritidae) and their respective parasitoids. The collected fruits were transported to the laboratory of frugivorous insects (LIF) of the Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)-MS. The fruit fly larvae were daily collected and placed in transparent acrylic cups containing sterilized sand, where they remained till the emergence of adults and their parasitoids. Twenty-Three adult Tephritid parasitoids were recovered, represented by two species of Braconidae: Doryctobracon areolatus (18) and Utetes anastrephae (5), both infesting Anastrepha species: Anastrepha fraterculus, A. sororcula and A. striata in Myrtaceae: Psidium guajava and Eugenia myrcianthes. Doryctobracon areolatus and Utetes anastrephae are reported for the first time parasiting Anastrepha species in Eugenia myrcianthes.
Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br