Melhoramento da cana-de-açúcar IIa: experimentos regionais com clones obtidos em 1967

Sugarcane breeding: IIª experiments with clones obtained in 1967

Uma série de clones obtidos em programas de melhoramento iniciado em 1967, no Instituto Agronômico, foi testada em quatro experimentos conduzidos em terras das diversas regiões canavieiras paulistas. No trabalho, iniciado em 1974, usando como testemunhas as variedades comerciais 'IAC 52-150', 'IAC 52-326', 'IAC 58-480', 'CB 41-76' e 'NA 56-79', foram feitas três colheitas em cada experimento: cana-planta, soca e ressoca, sendo as análises estatísticas executadas com as médias das três. Os clones 67-112, 67-48, 67-145 e 67-122 tiveram produção de cana superior à das testemunhas; os clones 67-19, 67-6, 67-14, 67-28, 67-21 e 67-7 não diferiram da melhor testemunha, a 'IAC 58-480', nessa característica. O clone 67-139 apresentou teor de açúcar superior ao de todos os tratamentos; o 67-55 teve teor de açúcar semelhante ao das três melhores testemunhas. Em produção de açúcar por área, o clone 67-112 foi superior a todos os outros tratamentos, com exceção do 67-122. Este último, juntamente com o 67-48, 67-12, 67-47 e 67-145, não diferiu das três melhores testemunhas nessa característica. Os clones 67-12, 67-47, 67-48, 67-55, 67-112, 67-122 e 67-139 foram considerados novas variedades, recebendo o prefixo IAC.


Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br