Accessibility / Report Error

Identificação de progênies de arroz resistentes à brusone no Estado de São Paulo, em 1976/77

Identification of resistant rice progenies to leaf blast disease in the State of São Paulo, Brazil, in 1976/77

Resumos

Este trabalho apresenta os resultados das pesquisas realizadas para a avaliação da resistência à brusone (Pyricularia oryzae Cav.) dos principais materiais de sequeiro e irrigado do programa de melhoramento genético do Instituto Agronômico do Estado de São Paulo, e de genótipos exóticos, introduzidos de diversos países, visando à obtenção de cultivares de arroz resistentes àquela limitante doença fúngica. Os testes foram realizados em condições de campo, em canteiros padronizados para reação uniforme a P. oryzae, e a avaliação das plantas foi feita através da observação dos sintomas visuais deixados pela doença, aos quais foram atribuídas notas de 1 a 7, conforme a escala de notas adotadas no "Symposium on the rice blast disease", em 1963. Sessenta e três germoplasmas de arroz de sequeiro e trinta de cultivo irrigado foram testados quanto à resistência à brusone na folha, nas seguintes localidades paulistas: Itararé, Mococa, Pariquera-Açu, Pindamonhangaba, Pindorama e Ribeirão Preto. Foram ainda avaliados 102 genótipos exóticos de arroz visando à detecção de fontes de resistência à brusone nas mesmas localidades, além de Campinas. Somente cinco cultivares de sequeiro, GS-73-164, GS-73-165, GS-73-94, IAC-25 e GS-73-17, e dois cultivares de arroz irrigado, IAC-120 e Pinda F-3-7, embora suscetíveis, apresentaram comportamento satisfatório quanto à brusone. Dos genótipos exóticos testados, vinte e sete foram indicados como fontes de resistência à brusone no Estado de São Paulo.

arroz; brusone; resistência genética


Local upland and lowland rice progenies and some exotic rice germplasms were evaluated with relation to leaf blast resistance. The tests were carried out in field conditions (natural inoculation) in standard nurseries for homogeneous reaction to leaf blast. The plants were evaluated according to the visual symptoms of the disease, and rated from one to seven, according to the degree system adopted in the "Symposium ou the rice blast disease", in 1963. Sixty three upland and thirty lowland rice progenies were scored to leaf blast resistance in the following areas of the State of São Paulo: Itararé, Mococa, Pariquera-Açu, Pindamonhangaba, Pindorama and Ribeirão Preto. Besides, one hundred and two exotic rice germplasms were tested in the game locations plus Campinas, looking for leaf blast resistance sources. Only five upland rice cultivars/progenies (GS-73-164, GS-73-165,. GS-73-94, IAC-25 and GS-73-17) and two lowland rice cultivars (IAC-120 and Pinda F-3-7), although susceptible, performed quite well as related to leaf blast incidence. Twenty seven exotic varieties were indicated as good leaf blast resistance sources in the State of São Paulo.

rice; blast; genetic resistance


ARTIGOS

Identificação de progênies de arroz resistentes à brusone no Estado de São Paulo, em 1976/771 1 Trabalho apresentado no VII Congresso Paulista de Fitopatologia, realizado em Botucatu (SP), 23-25 de janeiro de 1984. Os autores registram seus agradecimentos aos colegas Túlio Ribeiro Rocha, Rui Ribeiro dos Santos, Nelson C. Schmidt, João Aloisi Sobrinho e Guido De Sordi

Identification of resistant rice progenies to leaf blast disease in the State of São Paulo, Brazil, in 1976/77

Jaciro SoaveI, 2 2 Com bolsa de suplementação do CNPq. ; Luiz Ernesto AzziniII, 2 2 Com bolsa de suplementação do CNPq. ; Octávio Bento de Almeida CamargoIII, 2 2 Com bolsa de suplementação do CNPq. ; Armando Pettinelli JúniorIV, 2 2 Com bolsa de suplementação do CNPq. ; Mauro SakaiV, 2 2 Com bolsa de suplementação do CNPq.

ISeção de Microbiologia Fitotécnica, Instituto Agronômico (IAC), Caixa Postal 28 - 13100, Campinas, SP

IISeção de Genética, IAC

IIISeção de Arroz e Cereais de Inverno, IAC

IVEstação Experimental de Tatuí, IAC

VEstação Experimental de Pariquera-Açu, IAC

RESUMO

Este trabalho apresenta os resultados das pesquisas realizadas para a avaliação da resistência à brusone (Pyricularia oryzae Cav.) dos principais materiais de sequeiro e irrigado do programa de melhoramento genético do Instituto Agronômico do Estado de São Paulo, e de genótipos exóticos, introduzidos de diversos países, visando à obtenção de cultivares de arroz resistentes àquela limitante doença fúngica. Os testes foram realizados em condições de campo, em canteiros padronizados para reação uniforme a P. oryzae, e a avaliação das plantas foi feita através da observação dos sintomas visuais deixados pela doença, aos quais foram atribuídas notas de 1 a 7, conforme a escala de notas adotadas no "Symposium on the rice blast disease", em 1963. Sessenta e três germoplasmas de arroz de sequeiro e trinta de cultivo irrigado foram testados quanto à resistência à brusone na folha, nas seguintes localidades paulistas: Itararé, Mococa, Pariquera-Açu, Pindamonhangaba, Pindorama e Ribeirão Preto. Foram ainda avaliados 102 genótipos exóticos de arroz visando à detecção de fontes de resistência à brusone nas mesmas localidades, além de Campinas. Somente cinco cultivares de sequeiro, GS-73-164, GS-73-165, GS-73-94, IAC-25 e GS-73-17, e dois cultivares de arroz irrigado, IAC-120 e Pinda F-3-7, embora suscetíveis, apresentaram comportamento satisfatório quanto à brusone. Dos genótipos exóticos testados, vinte e sete foram indicados como fontes de resistência à brusone no Estado de São Paulo.

Termos de indexação: arroz; brusone; resistência genética.

SUMMARY

Local upland and lowland rice progenies and some exotic rice germplasms were evaluated with relation to leaf blast resistance. The tests were carried out in field conditions (natural inoculation) in standard nurseries for homogeneous reaction to leaf blast. The plants were evaluated according to the visual symptoms of the disease, and rated from one to seven, according to the degree system adopted in the "Symposium ou the rice blast disease", in 1963. Sixty three upland and thirty lowland rice progenies were scored to leaf blast resistance in the following areas of the State of São Paulo: Itararé, Mococa, Pariquera-Açu, Pindamonhangaba, Pindorama and Ribeirão Preto. Besides, one hundred and two exotic rice germplasms were tested in the game locations plus Campinas, looking for leaf blast resistance sources. Only five upland rice cultivars/progenies (GS-73-164, GS-73-165,. GS-73-94, IAC-25 and GS-73-17) and two lowland rice cultivars (IAC-120 and Pinda F-3-7), although susceptible, performed quite well as related to leaf blast incidence. Twenty seven exotic varieties were indicated as good leaf blast resistance sources in the State of São Paulo.

Index terms: rice; blast; genetic resistance.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido para publicação em 31 de maio de 1984.

  • AMARAL, R.E.M.; SOUZA, D.M.; MALAVOLTA, V.M.A. & ISSA, E. Raças fisiológicas de Pyricularia oryzae Cav. no Estado de São Paulo. O Biológico, São Paulo, 45:205-208, 1979.
  • BEDENDO, I.P.; RIBEIRO, A.S. & CARDOSO, C.O.N. Variabilidade do fungo Pyricularia oryzae Cav. agente de brusone do arroz. Summa Phytopathologica, Piracicaba, 5:106-109, 1979.
  • BROWNING, T.A. & FREY, K.J. Multiline cultivars as a means of disease control. Annual Review of Phytopathology, 7:355-382, 1969.
  • FRATTINI, J.A. & SOAVE, J. Tentativa de avaliação das perdas causadas pelo brusone nas culturas de arroz no Estado de São Paulo. Revista de Agricultura, Piracicaba, 49:101-108, 1974.
  • INTERNATIONAL RICE RESEARCH INSTITUTE. Leaf lesion types of the rice blast disease adopted by the Symposium on the rice blast disease, In:_________ The Rice Blast Disease. Baltimore, Maryland, John Hopkins Press, 1963. p.450.
  • NELSON, R.R. Breeding plants for disease resistance, concepts and applications. London, Pennsylvania State University Press, 1973. 401p.
  • OU, S.H. A look at worldwide rice blast disease control. Plant Disease, 64: 439-445, 1980.
  • __________ Rice Diseases. Kew, Surrey, England. Commonwealth Mycological Institute, 368p. 1972.
  • __________ & JENNINGS, P.R. The relation between leaf and neck resistance to the rice blast disease. International Rice Comission Newsletter, 12(4):30-35, 1969.
  • PRABHU, A.S. Sistema de produção de arroz de sequeiro visando o controle de brusone. Goiânia, EMBRAPA, Centro Nacional de Pesquisa de Arroz e Feijão, 1980. 15p. (Circular Técnica, 01)
  • __________; BEDENDO, I.P.; FARIA, J.C.; SOUZA, D.M.; SOAVE, J. & AMARAL, R.E.M. Fontes de resistência vertical a Pyricularia oryzae em arroz. Summa Phytopathologica, Piracicaba, 8:78-90, 1982.
  • QUAMARUZZAMAN, M.D. & OU, S.H. Monthly changes of pathogenic races of Pyricularia oryzae ih blast nursery. Phytopathology, 60:1266-1269, 1970.
  • RIBEIRO, A.S. Prevalência de raças de Pyricularia oryzae Cav. no Rio Grande do Sul. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, 15:175-182, 1980.
  • SOAVE, J.; AZZINI, L.E; BANZATTO, N.V.; SCHMIDT, N.C. & ALOISI SOBRINHO, J. Reação comparativa dos principais cultivares paulistas de arroz (Oryza sativa L.) à Pyricularia oryzae Cav. em seis localidades do Estado de São Paulo, nos anos agrícolas de 1972/73 e 1973/74. Summa Phytopathologica, Piracicaba, 2:109-114. 1976.
  • __________; __________; BANZATTO, N.V. & ROCHA, T.R. Comportamento de cultivares de arroz quanto à suscetibilidade a Pyricularia oryzae Cav. em quatro localidades do Estado de São Paulo, em 1971/72. Summa Phytopathologica, Piracicaba, 1:87-91, 1975.
  • SOAVE, J.; AZZINI, L.E.; BANZATTO, N.V.; SCHMIDT, N.C. & ALOISI SOBRINHO, J. Reação comparativa dos principais cultivares paulistas de arroz (Oryza sativa L.) a Pyricularia oryzae Cav. em seis localizades do Estado de São Paulo, nos anos agrícolas de 1972/73 e 1973/74. Summa Phytopathologica, Piracicaba, 2:109-114, 1976.
  • __________; __________; SCHMIDT, N.C. & BANZATTO, N.V. Reação dos principais cultivares e progênies de arroz à brusone no Estado de São Paulo em 1974/75 e 1975/76. Fitopatologia Brasileira, Brasília, 9:59-65, 1984.
  • 1
    Trabalho apresentado no VII Congresso Paulista de Fitopatologia, realizado em Botucatu (SP), 23-25 de janeiro de 1984. Os autores registram seus agradecimentos aos colegas Túlio Ribeiro Rocha, Rui Ribeiro dos Santos, Nelson C. Schmidt, João Aloisi Sobrinho e Guido De Sordi
  • 2
    Com bolsa de suplementação do CNPq.
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      17 Dez 2007
    • Data do Fascículo
      1985

    Histórico

    • Recebido
      31 Maio 1984
    Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
    E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br