Condições de armazenamento na viabilidade e dormência de sementes de videira

Effect of storage conditions on the viability and dormancy of grape seeds

A manutenção da viabilidade de sementes por períodos mais ou menos longos está bastante relacionada com as condições em que elas são armazenadas. Temperatura e teor de umidade estão entre os fatores que mais afetam sua longevidade. O objetivo deste trabalho é o estudo da viabilidade e dormência de uva do cultivar Patrícia, armazenada durante 24 meses em dois tipos de recipientes - em vidro hermético e saco de papel - a temperaturas de 10, 20 e 30°C, com dois diferentes teores iniciais de umidade. A porcentagem de sementes dormentes e viáveis foi determinada bimestralmente durante os primeiros 12 meses, e semestralmente nos períodos mais longos. O armazenamento não quebrou a dormência das sementes de uva em nenhuma das condições estudadas. Enquanto as sementes frescas mostraram melhor conservação a 10°C quando embaladas em vidro hermético, sementes secas se conservaram melhor a 20°C. Em saco de papel, foram poucas as diferenças encontradas entre os tratamentos, a não ser nos períodos finais do armazenamento, quando 20°C se mostrou a pior temperatura de conservação. Dessa maneira, a dormência não foi alterada pelo armazenamento, nas condições estudadas, e a viabilidade foi bastante afetada tanto pelo tipo de embalagem como pela temperatura de armazenamento.

uva; sementes; armazenamento; viabilidade; germinação; dormência


Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br