Melhoramento do trigo: XII. Comportamento de novas linhagens e cultivares no Estado de São Paulo

Wheat breeding: XII. Evaluation of new inbred lines for the State of São Paulo, Brazil

Foram comparadas entre si vinte e uma linhagens e quatro cultivares comerciais de trigo através de ensaios instalados em diferentes localidades paulistas, analisando-se os seguintes parâmetros: rendimento de grãos, altura de plantas, ciclo em dias da emergência ao florescimento e da emergência à maturação, porcentagem de plantas acamadas, comprimento da espiga, número de grãos por espiga e por espigueta, número de espiguetas por espiga, peso de cem grãos, resistência à ferrugem do-colmo e da-folha em condições de campo e de casa de vegetação. Em condições de laboratório, foram realizados estudos da tolerância ao alumínio, em soluções nutritivas. Nos ensaios conduzidos em Campinas, em condição de irrigação por aspersão, destacaram-se, quanto à produção de grãos, as linhagens IAC-60 e IAC-67, e, nos de Capão Bonito, IAC-66, IAC-60 e IAC-69 apresentaram maior produtividade. As linhagens IAC-64, IAC-68, IAC-71 e IAC-60 destacaram-se em Tietê, e as linhagens IAC-67, IAC-63 e IAC-64 evidenciaram alta produção de grãos em Maracaí. As linhagens IAC-52, IAC-53, IAC-54, IAC-55, IAC-56, IAC-57, IAC-58, IAC-60, IAC-64, IAC-65, IAC-67, IAC-71 e o 'Alondra-S-46' mostraram plantas de porte semi-anão, diferindo significativamente do 'BH-1146', de porte alto. Em relação à ferrugem-do-colmo (Puccinia graminis f. sp. fruir), as linhagens IAC-62 e IAC-65 e o cultivar Alondra-S-46 foram resistentes às sete raças testadas em estádio de plântula em casa de vegetação e também em condições de campo. Em casa de vegetação, a linhagem IAC-64 foi resistente a quatro raças de P. recondita, agente da ferrugem-da-folha, e IAC-52 e IAC-55, a três raças desse patógeno. Em condição de infecção natural no estádio de planta adulta, as linhagens IAC-51, IAC-56, IAC-61, IAC-62, IAC-63 e IAC-67 apresentaram menor grau de infecção dessa ferrugem, enquanto IAC-51, IAC-60, IAC-63, IAC-68 e IAC-70, bem como 'BH-1146' e 'IAC-18',foram tolerantes à presença de 10mg/litro de Al3+ na solução nutritiva.

trigo; cultivares; linhagens; produção de grãos; altura das plantas; ferrugem do colmo; ferrugem da folha; tolerância; toxicidade de alumínio


Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br