Adubação do pimentão em solo orgânico álico do Vale do Ribeira (SP)

Pepper fertilization on organic soil of Ribeira Valley (SP)

Estudaram-se os efeitos de doses de fertilizantes químicos acrescidos de adubação orgânica (20t/ha de composto) na produtividade, número e peso de frutos (totais e comerciáveis) do pimentão cv. Agronômico 10-G. A adubação mineral constou de quantidades variáveis da fórmula 04-16-08, no plantio, e de coberturas com N e K. Quatro tratamento fornecendo, além do composto, 0-0-0, 180-320-240, 360-640-480 e 540-960-720kg/ha de N, P2O5 e K2O foram comparados a uma testemunha sem adubo, mineral ou orgânico. 0 experimento foi instalado na Estação Experimental de Pariquera-Açu, em solo orgânico álico, com calagem. Os resultados mostraram que a adubação orgânica, isoladamente, não apresentou efeito significativo, e a mineral proporcionou aumentos na produtividade, número e peso médio de frutos. A melhor produtividade comerciável (33,2t/ha) e o melhor lucro foram obtidos quando se utilizaram 360-640-480kg/ha de N, P2O5 e K2O respectivamente.

pimentão (Capsicum annuum L.); adubação


Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br