Accessibility / Report Error

Fitorreguladores de crescimento e capação na cultura algodoeira

Effects of growth phytoregulators and pruning on the cotton crop

Resumos

Estudaram-se, em dez experimentos de campo, os efeitos dos seguintes fitorreguladores de crescimento e da capação na cultura algodoeira: cloreto de clorocolina, aplicado na dose de 50 g/ha; cloreto de chlormequat, 100 g/ha e cloreto de mepiquat, 100 g/ha. A capação foi realizada manualmente, planta por planta, na mesma época da aplicação dos fitorreguladores, aos 60-70 dias da emergência das plantas. O delineamento estatístico foi de blocos ao acaso, com cinco tratamentos e seis repetições e, a variedade utilizada, a IAC 19. Para a avaliação dos resultados de produção e altura de plantas, efetuaram-se dois agrupamentos de ensaios, sendo um com maior e outro com menor desenvolvimento, ou seja: plantas em parcelas testemunhas com altura superior e inferior a 100 cm respectivamente. As demais características agronômicas e tecnológicas da fibra foram analisadas em um só grupo. Para o grupo de plantas com maior desenvolvimento, foi obtido, em média, um aumento de 16,3 e 8,4%, respectivamente, para o tratamento com capação e aplicação de fitorreguladores. O fitorregulador proporcionou, em média, redução de 12,1% na altura das plantas e a capação, em média, 20,8%. Os fitorreguladores, indistintamente, proporcionaram aumento de peso do tapulho e das sementes, enquanto, com a prática da capação, não se verificou esse efeito. A aplicação de cloreto de clorocolina resultou em menor porcentagem de fibra do que o cloreto de mepiquat.

algodão; Gossypium hirsutum L.; cloreto de clorocolina; cloreto de chlormequat; cloreto de mepiquat; fitorregulador de crescimento; capação; produtividade e altura de plantas


The effects of growth phytoregulators and pruning on the cotton crop were studied in ten field experiments. The phytoregulators used were: chlorocholine chloride, applied on dose of 50 g/ha; chlormequat chloride 100 g/ha, and mepiquat chloride, applied on dose of 100 g/ha. The pruning was done handly and individually by plant, at the same period of the application of the phytoregulators by 60-70 days after the plant emergence. The statistical delineament used was the randomized complete block design, with five treatments and six replications. The variety used was the IAC 19. Two groups of tests were done for the evaluation of yield and plant height results, one with a bigger development and another one with a smaller development, that is: plants of check plots with a height above and below 100 cm, respectively. The others agronomic and technological fiber characteristics were analyzed in an only group. For plants with the biggest development there was, on average, an increase in height of 16.3 and 8.4%, respectively, for the pruning treatment and for application of the phytoregulators. The application of the phytoregulator provided, on average, a reduction of 12.1% in the height of plants. In the other hand on average the practice of the pruning reduced in 20.8% the height of the plants, on average. The use of phytoregulators indistinctly, provided boll and seed weight increases, while with the practice of pruning, this effect was not significant. The application of chlormequat resulted in a lower percentage of fiber than the mepiquat chloride.

cotton; Gossypium hirsutum L.; chlorocholine chloride; chlormequat chloride; mepiquat chloride; growth phytoregulator; pruning; productivity and plant height


V. FITOTECNIA

Fitorreguladores de crescimento e capação na cultura algodoeira1 1 Trabalho apresentado na IV Reunião Nacional do Algodão, em Belém (PA), outubro de 1986.

Effects of growth phytoregulators and pruning on the cotton crop

Luiz Henrique CarvalhoI, VII; Ederaldo José ChiavegatoI, VII; Edivaldo CiaI, VII; Júlio Isao KondoII; José Carlos SabinoIII, VII; Armando Pettinelli JúniorIV; Nelson BortolettoV; Paulo Boller GalloVI

ISeção de Algodão, Instituto Agronômico (IAC), Caixa Postal 28, 13001-970 Campinas (SP)

IISeção de Tecnologia de Fibras, IAC, Caixa Postal 28, 13001-970 Campinas (SP)

IIIEstação Experimental de Tietê, IAC, Caixa Postal 18, 18530-000 Tietê (SP)

IVEstação Experimental de Tatuí, IAC, Caixa Postal 33, 18270-000 Tatuí (SP)

VEstação Experimental de Votuporanga, IAC, Caixa Postal 401, 15500-000 Votuporanga (SP)

VIEstação Experimental de Mococa, IAC, Caixa Postal 58, 13730-970 Mococa (SP) VIICom bolsa de pesquisa do CNPq

RESUMO

Estudaram-se, em dez experimentos de campo, os efeitos dos seguintes fitorreguladores de crescimento e da capação na cultura algodoeira: cloreto de clorocolina, aplicado na dose de 50 g/ha; cloreto de chlormequat, 100 g/ha e cloreto de mepiquat, 100 g/ha. A capação foi realizada manualmente, planta por planta, na mesma época da aplicação dos fitorreguladores, aos 60-70 dias da emergência das plantas. O delineamento estatístico foi de blocos ao acaso, com cinco tratamentos e seis repetições e, a variedade utilizada, a IAC 19. Para a avaliação dos resultados de produção e altura de plantas, efetuaram-se dois agrupamentos de ensaios, sendo um com maior e outro com menor desenvolvimento, ou seja: plantas em parcelas testemunhas com altura superior e inferior a 100 cm respectivamente. As demais características agronômicas e tecnológicas da fibra foram analisadas em um só grupo. Para o grupo de plantas com maior desenvolvimento, foi obtido, em média, um aumento de 16,3 e 8,4%, respectivamente, para o tratamento com capação e aplicação de fitorreguladores. O fitorregulador proporcionou, em média, redução de 12,1% na altura das plantas e a capação, em média, 20,8%. Os fitorreguladores, indistintamente, proporcionaram aumento de peso do tapulho e das sementes, enquanto, com a prática da capação, não se verificou esse efeito. A aplicação de cloreto de clorocolina resultou em menor porcentagem de fibra do que o cloreto de mepiquat.

Termos de indexação: algodão, Gossypium hirsutum L., cloreto de clorocolina; cloreto de chlormequat; cloreto de mepiquat; fitorregulador de crescimento; capação; produtividade e altura de plantas.

ABSTRACT

The effects of growth phytoregulators and pruning on the cotton crop were studied in ten field experiments. The phytoregulators used were: chlorocholine chloride, applied on dose of 50 g/ha; chlormequat chloride 100 g/ha, and mepiquat chloride, applied on dose of 100 g/ha. The pruning was done handly and individually by plant, at the same period of the application of the phytoregulators by 60-70 days after the plant emergence. The statistical delineament used was the randomized complete block design, with five treatments and six replications. The variety used was the IAC 19. Two groups of tests were done for the evaluation of yield and plant height results, one with a bigger development and another one with a smaller development, that is: plants of check plots with a height above and below 100 cm, respectively. The others agronomic and technological fiber characteristics were analyzed in an only group. For plants with the biggest development there was, on average, an increase in height of 16.3 and 8.4%, respectively, for the pruning treatment and for application of the phytoregulators. The application of the phytoregulator provided, on average, a reduction of 12.1% in the height of plants. In the other hand on average the practice of the pruning reduced in 20.8% the height of the plants, on average. The use of phytoregulators indistinctly, provided boll and seed weight increases, while with the practice of pruning, this effect was not significant. The application of chlormequat resulted in a lower percentage of fiber than the mepiquat chloride.

Index terms: cotton, Gossypium hirsutum L.; chlorocholine chloride; chlormequat chloride; mepiquat chloride; growth phytoregulator; pruning; productivity and plant height.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido para publicação em 21 de fevereiro e aceito em 14 de novembro de 1994.

  • ATHAYDE, M.L.F. Efeito do CCC no algodoeiro (Gossypium hirsutum L.). Piracicaba, 1978. 51p. Tese (Mestrado) - ESALQ/USP, 1978.
  • ATHAYDE, M.L.F. Efeitos de N e cloreto de clorocolina (CCC) no metabolismo nitrogenado e em algumas características do algodoeiro (Gossypium hirsutum L.). Piracicaba, 1980. 94p. Tese (Doutorado) - ESALQ/USP, 1980.
  • ATHAYDE, M.L.F.; SOUZA JÚNIOR., J.E.; PARDUCCI, S. & PIPOLO, A.E. Efeito do volume de calda e doses de CCC aplicados em algodoeiro, na fase inicial e média do florescimento. In: REUNIÃO NACIONAL DO ALGODÃO, 5., Campina Grande, 1988. Resumos. Campina Grande, 1988. p.78.
  • BARBOSA, L.M. Efeitos de reguladores vegetais em algodoeiro (Gossypium hirsutum L. cv. IAC 17). Piracicaba, 1983. 97p. Tese (Mestrado) - ESALQ/USP, 1983.
  • BARBOSA, L.M. & CASTRO, P.R.C. Desenvolvimento e produtividade de algodoeiros sob efeito de reguladores vegetais. Anais da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Piracicaba, XL:33-86, 1983.
  • BELTRÃO, N.E. DE M.; DINIZ, M. DE S.; VIEIRA, D.J.; NÓBREGA, L.B. da; SOUSA, R.P. de & SOUSA NETO, J.B. de. Configuração de plantio e época de capação em algodoeiro herbáceo de curta duração irrigado. In: REUNIÃO NACIONAL DO ALGODÃO, 5., Campina Grande, 1988. Resumos. Campina Grande, 1988. p.70.
  • CATHEY, G.W. & MEREDITH JR., W.R. Cotton response to planting date and mepiquat chloride. Agronomy Journal, Madison, 80:463-466, 1988.
  • CIA, E.; CARVALHO, L.H.; KONDO, J.I.; FUZATTO, M.G.; BORTOLETTO, N.; GALLO, P.B.; CRUZ, L.S.P.; SABINO, N.P; PETTINELLI JÚNIOR., A.; MARTINS, A.L.M. & SILVEIRA, J.C.O. Efeito de clorocolina e cloreto de mepiquat na cultura do algodoeiro. Planta Daninha, Campinas, 7(2):23-36, 1984.
  • CRUZ, L.S.P.; SABINO, N.P. & TOLEDO, N.M.P Efeitos do cloreto de mepiquat empregado como fitorregulador sobre algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum L. IAC 16). Planta Daninha, Campinas 5(1):15-18, 1982.
  • FERRAZ, C.A.M.; CIA, E.; SABINO, N.P; GROSSI, J.M.M.; VIEGA, A.A. & YOSHIDA, H. Efeitos da densidade de plantio e da aplicação de CCC em algodoeiro. Bragantia, Campinas, 36:39-51, 1977.
  • KERBY, T.A. Cotton response to mepiquat chloride. Agronomy Journal, Madison, 77:515-518, 1985.
  • KERBY, T.A.; HAKE, K. & KEELEY, M. Cotton fruiting modification with mepiquat chloride. Agronomy Journal, Madison, 78:907-912, 1986.
  • LACA-BUENDIA, J.P. DEL C. Efeito da época de capação na produtividade do algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum L.) no Triângulo Mineiro. Campina Grande, EMBRAPA-CNPA, 1982. 11p. Circular Técnica, 5)
  • LACA-BUENDIA, J.P. DEL C. Efeito de doses de reguladores de crescimento no algodoeiro (Gossypium hirsutum L.). Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, Londrina, 1(1):109-113, 1989.
  • SANTOS, E. de A.; BARROSO, A.L. de L. & PRADO, P.C.N. do. Efeito de fitorreguladores de crescimento em duas variedades de algodoeiro de porte e ciclos diferentes. In: REUNIÃO NACIONAL DO ALGODÃO, 5., Campina Grande, 1988. Resumos. Campina Grande, 1988. p.64.
  • SCHMIDT, W.; AGUIAR, H.C. de & CORRÊA, D.M. Ensaios sobre capação e desbrota do algodoeiro. Bragantia, Campinas, 21:425-448, 1962.
  • STUART, B.L.; ISBELL, V.R.; WENDT, C.W. & ABERNATY, J.R. Modification of cotton water relations and growth with mepiquat chloride. Agronomy Journal, Madison, 76:651-655, 1984.
  • THOMAS, O.R. Effects of application timing and concentration of 2 chloroethyl trimethylammonium chloride on plant size and fruiting response of cotton. Crop. Science, Madison, 4:403-405, 1964.
  • WILLARD, J.J.; KUPELIAN, R.H. & SCHOTT, P.E. Effect of 1,1 Dimethyl piperidinium chloride on cotton yield and development. In: BELTWIDE COTTON PRODUCTION RESEARCH CONFERENCE, Atlanta, 1977. Proceedings, Atlanta, 1977. p.69.
  • YAMAOKA, R.S.; PIRES, J.R. & ALMEIDA, W.P. de. Estudo de época de parcelamento de aplicação de fitohormônio em diferentes populações de plantas. In: REUNIÃO NACIONAL DO ALGODÃO, 2., Salvador, 1982. Resumos. Salvador, EMBRAPA, 1982. p. 110.
  • YORK, A.C. Cotton cultivar response to mepiquat chloride. Agronomy Journal, Madison, 75:663-666, 1983a.
  • YORK, A.C. Response of cotton to mepiquat chloride with varying N rates and plant populations. Agronomy Journal, Madison, 75:667-672, 1983b.
  • 1
    Trabalho apresentado na IV Reunião Nacional do Algodão, em Belém (PA), outubro de 1986.
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      16 Out 2007
    • Data do Fascículo
      1994

    Histórico

    • Aceito
      14 Nov 1994
    • Recebido
      21 Fev 1994
    Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
    E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br