Accessibility / Report Error

Variações dos teores de fibras celulósicas e amido no colmo de bambu

Variation of cellulosic fibers and starch contents in bamboo culm

Resumos

Em colmos de Bambusa vulgaris Schrad. com três anos de idade, determinaram-se as variações da densidade básica e teores de fibras celulósicas e amido nos sentidos axial e radial do colmo, visando obter informações tecnológicas para otimizar a produção conjunta de fibras celulósicas e amido a partir do bambu. A amostragem, tanto no sentido axial como no radial, foi realizada em cinco regiões, considerando, respectivamente, o comprimento útil do colmo (base, 25, 50, 75 e 100% do comprimento útil) e a espessura da parede do colmo, que foi dividida em cinco camadas iguais. Os resultados mostraram que os menores valores para a densidade básica foram obtidos na região basal (0,660 g/cm³) e nas camadas mais internas da parede do colmo (0,690 g/cm³). Os teores de fibras celulósicas (38,7 a 40,1%) e amido (26,2 a 29,7%) não variaram significativamente ao longo do comprimento do colmo. No sentido radial as concentrações de libra celulósicas variaram de 28,3 a 48,8%, sendo o valor mais elevado obtido na região externa do colmo. Para os teores de amido (20,0 a 35,1%), o maior valor foi observado na região interna do colmo.

bambu; Bambusa vulgaris Schrad.; fibras celulósicas e amido


The basic density, cellulosic fibers and starch contents in the axial and radial directions were determined in three-year old culms of Bambusa vulgaris Schrad. The samples were obtained considering the useful length of the culm at the base and at 25, 50, 75 and 100% of the useful length. In the radial direction the culm wall thickness was divided in five equal parts. The results showed that the lowest values of the basic density were obtained in the basal position of the culm (0.660 g/cm³) and in the inner parts of the culm wall (0.690 g/cm³). The cellulosic fibers contents (38.7 to 40.1%) and starch percentages (26.2 to 29.7%) didn't vary significantly along the culm length. In the radial direction the cellulosic fiber concentration vary from 48.8 to 28.3%, being the highest value obtained in the outer portion of the culm. For the starch contents (20.0 to 35.1%) the highest value was observed in the inner portion of the bamboo culm.

bamboo; Bambusa vulgaris Schrad.; cellulosic fibers; starch


NOTAS

Variações dos teores de fibras celulósicas e amido no colmo de bambu

Variation of cellulosic fibers and starch contents in bamboo culm

Anisio AzziniI, * * Com bolsa de suplementação do CNPq. ; Maria Carla Queiroz de ArrudaI, II; Mário Tomazello FilhoIII; Antônio Luiz de Barros SalgadoI; Dirceu CiaramelloI

ISeção de Plantas Fibrosas, Instituto Agronômico (IAC), Caixa Postal 28, 13001 Campinas (SP)

IIQuímica Tecnóloga. Bolsista da FAPESP

IIIDepartamento de Silvicultura. Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz', Caixa Postal 9. 13400 Piracicaba (SP)

RESUMO

Em colmos de Bambusa vulgaris Schrad. com três anos de idade, determinaram-se as variações da densidade básica e teores de fibras celulósicas e amido nos sentidos axial e radial do colmo, visando obter informações tecnológicas para otimizar a produção conjunta de fibras celulósicas e amido a partir do bambu. A amostragem, tanto no sentido axial como no radial, foi realizada em cinco regiões, considerando, respectivamente, o comprimento útil do colmo (base, 25, 50, 75 e 100% do comprimento útil) e a espessura da parede do colmo, que foi dividida em cinco camadas iguais. Os resultados mostraram que os menores valores para a densidade básica foram obtidos na região basal (0,660 g/cm3) e nas camadas mais internas da parede do colmo (0,690 g/cm3). Os teores de fibras celulósicas (38,7 a 40,1%) e amido (26,2 a 29,7%) não variaram significativamente ao longo do comprimento do colmo. No sentido radial as concentrações de libra celulósicas variaram de 28,3 a 48,8%, sendo o valor mais elevado obtido na região externa do colmo. Para os teores de amido (20,0 a 35,1%), o maior valor foi observado na região interna do colmo.

Termos de indexação: bambu, Bambusa vulgaris Schrad., fibras celulósicas e amido.

SUMMARY

The basic density, cellulosic fibers and starch contents in the axial and radial directions were determined in three-year old culms of Bambusa vulgaris Schrad. The samples were obtained considering the useful length of the culm at the base and at 25, 50, 75 and 100% of the useful length. In the radial direction the culm wall thickness was divided in five equal parts. The results showed that the lowest values of the basic density were obtained in the basal position of the culm (0.660 g/cm3) and in the inner parts of the culm wall (0.690 g/cm3). The cellulosic fibers contents (38.7 to 40.1%) and starch percentages (26.2 to 29.7%) didn't vary significantly along the culm length. In the radial direction the cellulosic fiber concentration vary from 48.8 to 28.3%, being the highest value obtained in the outer portion of the culm. For the starch contents (20.0 to 35.1%) the highest value was observed in the inner portion of the bamboo culm.

Index terms: bamboo, Bambusa vulgaris Schrad., cellulosic fibers, and starch.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido para publicação em 4 de julho de 1986.

  • AZZINI, A. & ARRUDA, M.C.Q. de. Sacarificação da serragem de bambu visando ao estabelecimento de um método de determinação de amido. Bragantia, Campinas, 45(1):15-22, 1986.
  • __________; __________; CIARAMELLO, D.; SALGADO, A.L. de B. & TOMAZELLO FILHO, M. Produção conjunta de fibras celulósicas e etanol a partir do bambu. Bragantia, Campinas, 46(1):17-25, 1987.
  • CAMUS, E.G. Les bambuses: monographie, biologie, culture, principaux usages. Paris, Paul Lechevalier, 1913. 215p.
  • FOELKEL, C.E.B.; BRASIL, M.A.M. & BARRICHELLO, L.E.G. Métodos para a determinação da densidade básica de cavacos para coníferas e folhosas. IPEP, Piracicaba, 2/3:65-74,1971.
  • *
    Com bolsa de suplementação do CNPq.
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      06 Dez 2007
    • Data do Fascículo
      1987

    Histórico

    • Recebido
      04 Jul 1986
    Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
    E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br