Influência da salinidade sobre o crescimento, absorção e distribuição de sódio, cloro e macronutrientes em plântulas de maracujazeiro-amarelo

Influence of NaCl salinity on uptake and distribution of sodium, chloride and macronutrients in yellow passion fruit seedlings

A presença de sódio (Na) e de cloro (Cl) no substrato tem ocasionado redução no crescimento dos vegetais, em virtude desses íons causarem, entre outros efeitos negativos, mudanças na capacidade das plantas em absorver, transportar e utilizar alguns dos nutrientes. Assim, o objetivo do presente trabalho foi o de avaliar a influência da salinidade sobre o crescimento e a absorção e distribuição do Na e Cl e dos macronutrientes em plântulas de Maracujazeiro-amarelo, durante 50 dias de crescimento sob condições salinas, em vasos com capacidade para 2,2 dm³. Foram utilizados três níveis de NaCl (0, 50 e 100 m mol L-1). Observou-se que a altura, o número de folhas, a área foliar e a massa seca de todas as partes da planta foram significativamente reduzidas pela salinidade. A concentração dos íons Na e Cl aumentaram com o acréscimo da salinidade no meio de cultivo, porém, foram parcialmente retidos na raiz, no caso do Cl, e nas folhas mais velhas, no caso do Na. As concentrações de nitrogênio (N), fósforo (P) e cálcio (Ca) não foram afetadas pela salinidade. As concentrações de potássio (K), ao contrário, decresceram em todas as partes da planta, enquanto as do enxofre (S) foi reduzida apenas nas raízes. Dada a pequena redução nas características de crescimento conclui-se que o Maracujazeiro-amarelo é uma espécie moderadamente tolerante ao estresse salino.

estresse salino; NaCl; tolerância; crescimento; massa seca


Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br