Marcha de absorção de nutrientes pelo rami 'Miyasaki' conduzido em casa de vegetação

Nutrient uptake by ramie 'Miyasaki' grown under greenhouse conditions

Os acúmulos de matéria seca e de nutrientes pelo rami, Boehmeria nívea 'Miyasaki', em ensaio conduzido em casa de vegetação, na presença e na ausência de adubação NPK, foram estudados em cinco idades do seu desenvolvimento: aos 30, 45, 60, 75 e 90 dias. As plantas do tratamento sem adubo cessaram de crescer após 60 dias de idade, provavelmente devido à insuficiência de N, P, K e S, e produziram matéria seca em quantidade 25 vezes menor que a do tratamento adubado. Os teores de N, P e K dos componentes da parte aérea da planta adubada e os de Cu das folhas, de modo geral, diminuíram com a idade das plantas até aos 90 dias, enquanto os de Ca das folhas aumentaram até aos 75 dias. A folha foi o órgão onde houve concentrações mais elevadas de nutrientes, sendo o Ca encontrado na concentração mais elevada (5,87%) e o Cu, na mais baixa (5,6 ppm). Aos 90 dias de idade, a planta acumulou 126,7g de matéria seca, sendo 1.015,4mg de nitrogênio, 126,8mg de fósforo, 1.382,8mg de potássio, 3.035,3mg de cálcio, 341,4mg de magnésio, 65,4mg de enxofre, 3,50mg de boro, 0,45mg de cobre, 21,45mg de ferro, 33,11mg de manganês e 2,51mg de zinco.

rami; Boehmeria nívea 'Miyasaki'; nutrientes absorvidos


Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br