Accessibility / Report Error

Melhoramento do trigo: IV. Novas linhagens de trigo a partir de cruzamentos com o cultivar recorrente IAC-5 para o estado de São Paulo

Wheat breeding: IV. Evaluation of hybrid lines obtained by using cultivar IAC-5 as the recurrent paren

Resumos

Novas linhagens de trigo, obtidas a partir de cruzamentos e retrocruzamentos entre o cultivar recorrente IAC-5 e outros portadores de qualidades agronômicas, foram estudadas em ensaios de campo instalados na Fazenda Santa Inês, em Maracaí, em 1979 e 1980, na Fazenda Fachinal, em Paranapanema, em 1979, e na Estação Experimental de Capão Bonito em 1980. Foram feitas avaliações do rendimento de grãos, altura das plantas e resistência à ferrugem do colmo, em condições de campo, e estudos da tolerância ao alumínio, em soluções nutritivas, em laboratório. Na média geral dos experimentos, destacaram-se, quanto à produção, as linhagens 4-H-1695-1, 8-H-1695-2, 17-H-1695-3, 7-H-1694, e 2-H-1610, sendo a última mais adaptada a solos de boa fertilidade sem a presença de Al3+. As linhagens 2-H-1610 e 14-H-1699-3 foram as que revelaram maior resistência às raças de ferrugem do colmo (Puccinia graminis tritici), tanto em condições de campo como em casa de vegetação **. Quatro das linhagens estudadas apresentaram redução no porte quando comparadas com o cultivar IAC-5. As linhagens 7-H-1694, 8-H-1695-2, 17-H-1695-3 e ll-H-1698-2 foram tão tolerantes a 6 ppm de Al3+ em solução nutritiva quanto o cultivar IAC-5, não diferindo estatisticamente entre si.


Wheat lines were obtained by crossing and backcrossing the recurrent cultivar IAC-5 with others showing good agronomic characteristics. They were studied in field experiments carried out at Santa Inês Farm, Maracaí, during the years of 1979 and 1980, in Fachinal Farm, Paranapanema, in 1979 and Capão Bonito Experimental Station, in 1980. Grain yield, plant height and resistance to stem rust were evaluated under field conditions, and tests of tolerance to rust and to aluminum were made in greenhouse and in laboratory, respectively. Considering the mean of all experiments in relation to grain yield the best lines were: 4-H-1695-1, S-H-1695-2, 17-H-1695-3, 7-H-1694 and 2-H-1610. The last one behaved as the most adapted to high soil fertility without Al3+ toxicity. The lines 2-H-1610 and 14-H-1699-3 showed very good resistance to the stem rust races under field and greenhouse conditions. Four lines out of the fifteen studied were shorter than the cultivar IAC-5. The lines 7-H-1694, 8-H-1695-2, 17-H-1695-3 and 11-H-1698-2 were as tolerant to 6 ppm of aluminum in the nutrient solution as the cultivar IAC-5.


ARTIGOS

Melhoramento do trigo.IV. Novas linhagens de trigo a partir de cruzamentos com o cultivar recorrente IAC-5 para o estado de São Paulo

Wheat breeding.IV. Evaluation of hybrid lines obtained by using cultivar IAC-5 as the recurrent parent

João Carlos FelícioI; Carlos Eduardo de Oliveira CamargoI, * * Com bolsa de suplementação do CNPq. ; Benedito de Camargo BarrosII

ISeção de Arroz e Cereais de Inverno, Instituto Agronômico, IAC

IISeção de Doenças das Plantas Alimentícias Básicas, Instituto Biológico, IAC

RESUMO

Novas linhagens de trigo, obtidas a partir de cruzamentos e retrocruzamentos entre o cultivar recorrente IAC-5 e outros portadores de qualidades agronômicas, foram estudadas em ensaios de campo instalados na Fazenda Santa Inês, em Maracaí, em 1979 e 1980, na Fazenda Fachinal, em Paranapanema, em 1979, e na Estação Experimental de Capão Bonito em 1980. Foram feitas avaliações do rendimento de grãos, altura das plantas e resistência à ferrugem do colmo, em condições de campo, e estudos da tolerância ao alumínio, em soluções nutritivas, em laboratório. Na média geral dos experimentos, destacaram-se, quanto à produção, as linhagens 4-H-1695-1, 8-H-1695-2, 17-H-1695-3, 7-H-1694, e 2-H-1610, sendo a última mais adaptada a solos de boa fertilidade sem a presença de Al3+. As linhagens 2-H-1610 e 14-H-1699-3 foram as que revelaram maior resistência às raças de ferrugem do colmo (Puccinia graminis tritici), tanto em condições de campo como em casa de vegetação ** ** Os autores agradecem à Dra. Elisa T. Coelho, do Centro Nacional de Trigo, o teste de resistência à ferrugem do colmo em casa de vegetação. . Quatro das linhagens estudadas apresentaram redução no porte quando comparadas com o cultivar IAC-5. As linhagens 7-H-1694, 8-H-1695-2, 17-H-1695-3 e ll-H-1698-2 foram tão tolerantes a 6 ppm de Al3+ em solução nutritiva quanto o cultivar IAC-5, não diferindo estatisticamente entre si.

SUMMARY

Wheat lines were obtained by crossing and backcrossing the recurrent cultivar IAC-5 with others showing good agronomic characteristics. They were studied in field experiments carried out at Santa Inês Farm, Maracaí, during the years of 1979 and 1980, in Fachinal Farm, Paranapanema, in 1979 and Capão Bonito Experimental Station, in 1980. Grain yield, plant height and resistance to stem rust were evaluated under field conditions, and tests of tolerance to rust and to aluminum were made in greenhouse and in laboratory, respectively.

Considering the mean of all experiments in relation to grain yield the best lines were: 4-H-1695-1, S-H-1695-2, 17-H-1695-3, 7-H-1694 and 2-H-1610. The last one behaved as the most adapted to high soil fertility without Al3+ toxicity.

The lines 2-H-1610 and 14-H-1699-3 showed very good resistance to the stem rust races under field and greenhouse conditions.

Four lines out of the fifteen studied were shorter than the cultivar IAC-5.

The lines 7-H-1694, 8-H-1695-2, 17-H-1695-3 and 11-H-1698-2 were as tolerant to 6 ppm of aluminum in the nutrient solution as the cultivar IAC-5.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido para publicação a 9 de julho de 1981.

  • 1. BORLAUG, N. E. Mejoramiento del trigo: su impacto en el abastecimento mundial de alimentos. México, CIMMYT, 1969. 40p.
  • 2. CAMARGO, C. E. O. Estudos de variedades de trigo para o Estado de São Paulo. Piracicaba, E. S. A. "Luiz de Queiroz", 1972. 102p. (Tese de Doutoramento)
  • 3. __________; KRONSTAD, W. E.; METZGER, R. J. Parent-progeny regression estimates and associations of height level with aluminum toxicity and grain yield in wheat. Crop Science, 20:355-358, 1980.
  • 4. __________ & OLIVEIRA, O. F. Tolerância de cultivares de trigo a diferentes níveis de alumínio em solução nutritiva e no solo. Bragantia, Campinas, 40:21-31, 1981.
  • 5. COELHO, E. T. Ferrugem do colmo do trigo no Brasil: levantamento de raças em 1978 e 1979 (parcial) e teste de resistência dos cultivares no ensaio norte brasileiro. In: REUNIÃO DA COMISSÃO NORTE BRASILEIRA DE PESQUISA DE TRIGO. 6., Curitiba, PR, 1980. Passo Fundo, Centro Nacional de Pesquisa do Trigo, 1980. p. 13-19.
  • 6. MOORE, D. P.; KRONSTAD, W. E.; METGER, R. J. Screening wheat for aluminum tolerance. In: PROCEEDINGS OF WORKSHOP ON PLANT ADAPTATIONS TO MINERAL STRESS IN PROBLEM SOILS. Beltsville, Maryland, 1976. p. 287-295.
  • 7. POEHLMAN, J. M. Mejoramiento genético de las cosechas. México, E. Limusa, 1974. Cap. 6, p. 123-150.
  • 8. SCHRAM, W.; FULCO, W. S.; SOARES, M. H. G.; ALMEIDA, A. M. P. Resistência de cultivares de trigo em experimentação ou cultivo no Rio Grande do Sul, às principais doenças fúngicas. Agronomia Sulriograndense, Porto Alegre, 10:31-39, 1974.
  • 9. SILVA, A. R. Melhoramento de variedades de trigo destinadas às diferentes regiões do Brasil. Rio de Janeiro. Serviço de Informações Agrícolas, 1966. 82p. (Estudos Técnicos, 33)
  • *
    Com bolsa de suplementação do CNPq.
  • **
    Os autores agradecem à Dra. Elisa T. Coelho, do Centro Nacional de Trigo, o teste de resistência à ferrugem do colmo em casa de vegetação.
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      19 Dez 2007
    • Data do Fascículo
      1983

    Histórico

    • Recebido
      09 Jul 1981
    Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
    E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br