Cobre em solos do estado de São Paulo I: cobre total

Copper in soils of the state of São Paulo I: total copper

Determinou-se o cobre total, com ataque perclórico-fluorídrico e espectrofotometria de absorção atômica, em 227 amostras de 28 perfis pertencentes a 14 unidades representativas dos solos de São Paulo. O material de origem foi o fator preponderante a condicionar os teores de cobre dos solos. Os solos derivados de rochas básicas, os mais ricos em cobre, têm os teores médios ponderados dos horizontes A de seus perfis compreendidos entre 89 e 335 ppm; os derivados de materiais aluviais e coluviais, 26 e 29 ppm; os derivados de sedimentos modernos, entre 6 e 40 ppm; e os derivados do arenito Bauru e dos sedimentos modernos arenosos, entre 2 e 12 ppm, os mais pobres em cobre. Observou-se boa correlação (r = 0,79**) entre os teores de cobre e os de óxidos de ferro dos solos.


Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br