Accessibility / Report Error

Avaliação da maturação de grãos de milho através da linha do leite para aplicação de dessecantes químicos

Evaluation of corn kernel maturation by the milk line for chemical desiccants application

Resumos

Neste trabalho, avaliou-se a utilização da linha do leite ("milk line") como meio visual de monitorar a maturação do grão de milho, para determinar o melhor momento de aplicação de dessecantes, visando antecipar a colheita sem ocasionar decréscimos na produção. O experimento foi instalado em 1993 em uma cultura de milho híbrido HT 8551 da Zeneca Sementes Ltda, no município de Holambra (SP), em um podzólico vermelho-amarelo. A maturação foi monitorada pelo movimento da linha do leite no grão, e comparada com a perda de umidade, acúmulo de massa seca e desenvolvimento da camada preta ("black layer"). O dessecante foi aplicado em seis épocas, espaçadas de sete dias, consistindo em pulverizações da planta toda com paraquat (íon 1,1-dimetil-4,4-bipiridílio dicloreto) na dose de 400 g/ha. A linha do leite foi uma característica facilmente visível para acompanhar a maturação e estimar o teor de umidade do grão. Não houve mais acúmulo significativo de massa no grão quando a linha do leite se posicionava na metade do grão, que apresentava 35% de umidade. Todas as aplicações com o dessecante paraquat, efetuadas quando os grãos apresentavam umidade inferior a 42% (linha do leite posicionada no terço superior do grão), não alteraram significativamente o decréscimo na umidade que ocorre durante a maturação. A produção de grãos não foi alterada pelos tratamentos com dessecante efetuados 127 dias após o plantio (linha do leite posicionada na metade do grão). Nas aplicações anteriores, ocorreram decréscimos na produção. A porcentagem de germinação das sementes não foi prejudicada pelas aplicações com paraquat.

milho; dessecante; maturação fisiológica; umidade do grão; paraquat; acúmulo de massa seca


In order to determine the time of application of desiccant to antecipate corn harvest without yield loss, the kernel milk line was used as a mean of visual monitoring of grain maturity in maize. The experiment was carried out in 1993 on a Red-yellow Podzolic soil, using HT 8551 corn hybrid (Zeneca Sementes Ltda). Grain maturity was monitored by the movement of the milk line and compared with the humidity loss, cumulative dry matter yield, and development of the kernel black layer. Desiccant paraquat (1,1-dimethyl-4,4-bipyridinium ion) was applied to the whole plant, at the rate of 400g/ha, in six different periods, seven days apart. Milk line showed to be an easily detected characteristic to follow grain maturity and to estimate grain humidity. There was no significant increase in grain dry matter mass when milk line was placed after the mid of the kernel, which had 35% humidity. Milk line reached the base of the kernel when grain humidity was below 30%. When grain humidity was below 42% (milk line in the upper third part of the grain) paraquat application did not affect significantly the decrease of grain moisture which occur during maturation. Grain yield was not affected by desiccant application 127 days after planting, or later (milk line placed in the middle of the grain), whereas earlier sprays caused yield losses. Seed germination was not affected by paraquat application.

corn; desiccant; physiological maturity; kernel moisture; paraquat; dry weight accumulation


V. FITOTECNIA

Avaliação da maturação de grãos de milho através da linha do leite para aplicação de dessecantes químicos

Evaluation of corn kernel maturation by the milk line for chemical desiccants application

Joel Irineu FahlI, II; Maria Luiza Carvalho CarelliI, II; Egídio Aristides Luiz e MonizIII; André Luiz de Freitas OliveiraIII

ISeção de Fisiologia, Instituto Agronômico (IAC), Caixa Postal 28, 13001-970 Campinas (SP)

IICom bolsa de pesquisa do CNPq

IIIZeneca Brasil S.A. - Divisão Agrícola

RESUMO

Neste trabalho, avaliou-se a utilização da linha do leite ("milk line") como meio visual de monitorar a maturação do grão de milho, para determinar o melhor momento de aplicação de dessecantes, visando antecipar a colheita sem ocasionar decréscimos na produção. O experimento foi instalado em 1993 em uma cultura de milho híbrido HT 8551 da Zeneca Sementes Ltda, no município de Holambra (SP), em um podzólico vermelho-amarelo. A maturação foi monitorada pelo movimento da linha do leite no grão, e comparada com a perda de umidade, acúmulo de massa seca e desenvolvimento da camada preta ("black layer"). O dessecante foi aplicado em seis épocas, espaçadas de sete dias, consistindo em pulverizações da planta toda com paraquat (íon 1,1-dimetil-4,4-bipiridílio dicloreto) na dose de 400 g/ha. A linha do leite foi uma característica facilmente visível para acompanhar a maturação e estimar o teor de umidade do grão. Não houve mais acúmulo significativo de massa no grão quando a linha do leite se posicionava na metade do grão, que apresentava 35% de umidade. Todas as aplicações com o dessecante paraquat, efetuadas quando os grãos apresentavam umidade inferior a 42% (linha do leite posicionada no terço superior do grão), não alteraram significativamente o decréscimo na umidade que ocorre durante a maturação. A produção de grãos não foi alterada pelos tratamentos com dessecante efetuados 127 dias após o plantio (linha do leite posicionada na metade do grão). Nas aplicações anteriores, ocorreram decréscimos na produção. A porcentagem de germinação das sementes não foi prejudicada pelas aplicações com paraquat.

Termos de indexação: milho, dessecante, maturação fisiológica, umidade do grão, paraquat, acúmulo de massa seca.

ABSTRACT

In order to determine the time of application of desiccant to antecipate corn harvest without yield loss, the kernel milk line was used as a mean of visual monitoring of grain maturity in maize. The experiment was carried out in 1993 on a Red-yellow Podzolic soil, using HT 8551 corn hybrid (Zeneca Sementes Ltda). Grain maturity was monitored by the movement of the milk line and compared with the humidity loss, cumulative dry matter yield, and development of the kernel black layer. Desiccant paraquat (1,1-dimethyl-4,4-bipyridinium ion) was applied to the whole plant, at the rate of 400g/ha, in six different periods, seven days apart. Milk line showed to be an easily detected characteristic to follow grain maturity and to estimate grain humidity. There was no significant increase in grain dry matter mass when milk line was placed after the mid of the kernel, which had 35% humidity. Milk line reached the base of the kernel when grain humidity was below 30%. When grain humidity was below 42% (milk line in the upper third part of the grain) paraquat application did not affect significantly the decrease of grain moisture which occur during maturation. Grain yield was not affected by desiccant application 127 days after planting, or later (milk line placed in the middle of the grain), whereas earlier sprays caused yield losses. Seed germination was not affected by paraquat application.

Index terms: corn, desiccant, physiological maturity, kernel moisture, paraquat, dry weight accumulation.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido para publicação em 31 de maio e aceito em 6 de setembro de 1994.

  • AFUAKWA, J.J. & CROOKSTON, R.K. Using the kernel milk line to visually monitor grain maturity in maize. Crop Science, Madison, 24:687-691, 1984.
  • AFUAKWA, J.J.; CROOKSTON, R.K. & JONES, R.J. Effect of temperature and sucrose availability on black layer formation in maize. Crop Science, Madison, 24:285-288, 1984.
  • BRASIL. Ministério da Agricultura. Departamento Nacional de Produção Vegetal. Regras para análise de sementes. Brasília, Divisão de Sementes e Mudas, 1976. 188p.
  • CARTER, M.W. & PONELEIT, C.G. Black layer maturity and filling period variation among inbred lines of corn (Zea mays L.). Crop Science, Madison, 13:436-439, 1973.
  • DAYNARD, T.B. & DUNCAN, W.G. The black layer and grain maturity in corn. Crop Science, Madison, 9:473-476, 1969.
  • GUBBELS, G.H.; BONNER, D.M. & KENASCHUK, E.O. Effect of time of swathing and desiccation on plant drying, seed color and germination of flax. Canadian Journal of Plant Science, Ottawa, 73:1001-1007, 1993.
  • GUBBELS, G.H. & KENASCHUK, E.O. Desiccation of flax with diquat. Canadian Journal of Plant Science, Ottawa, 61:575-581, 1981.
  • NASCIMENTO, W.M. & GUEDES, A.C. Efeito do paraquat na qualidade da semente de cenoura. Horticultura Brasileira, Brasília, 6(1):38, 1988.
  • RENCH, W.F. & SHAW, R.H. Black layer development in corn. Agronomy Journal, Madison, 63:303-305, 1971.
  • SUMMERS, L.A. The Bipyridinium herbides. New York, Academic Press, 1980. 449p.
  • TOLLENAAR, M. & DAYNARD, T.B. Effect of defoliation on kernel development in maize. Canadian Journal of Plant Science, Ottawa, 58:207-212, 1978.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    16 Out 2007
  • Data do Fascículo
    1994

Histórico

  • Aceito
    06 Set 1994
  • Recebido
    31 Maio 1994
Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br