Comparação da aplicação de bandagem elástica e esparadrapo na redução da dor em professores de ensino fundamental e médio

Debora Mottin Cássio Preis Luiz Bertassoni NetoSobre os autores

RESUMO

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS:

As circunvoluções geradas na pele do paciente com a aplicação da bandagem elástica reduzem a pressão dos mecanorreceptores e assim, o estímulo nociceptivo. O objetivo deste estudo foi comparar o efeito da aplicação da bandagem elástica com a aplicação de esparadrapo na dor miofascial na região das fibras superiores do músculo trapézio de professores.

MÉTODOS:

Os participantes foram avaliados através do questionário da dor de McGill-Melzack e a escala numérica, palpação para detecção de pontos-gatilho, goniometria de abdução do ombro e láteroflexão de cervical e teste de força no músculo trapézio superior. Aleatoriamente foram divididos em dois grupos. No primeiro momento, os participantes do grupo A, receberam a aplicação de bandagem elástica, com a técnica em “Y” e, os pertencentes ao grupo B, receberam a aplicação da mesma técnica, entretanto com esparadrapo. Ambos os grupos foram reavaliados após ministrar aula e após 24 horas. Duas semanas após, ocorreu a inversão dos materiais utilizados.

RESULTADOS:

A amostra foi constituída por 16 professores. O grupo A apresentou redução estatisticamente significativa da dor na escala numérica entre a avaliação inicial e pós-aplicação no primeiro momento (p=0,00) e no segundo momento (p=0,02). Resultado semelhante foi encontrado no grupo B na escala numérica, tanto no primeiro momento (p=0,01) quanto no segundo momento (p=0,03). Em ambos os grupos a dor atenuou sem haver significância para o efeito da bandagem elástica ou esparadrapo.

CONCLUSÃO:

A aplicação de bandagem elástica apresenta o mesmo efeito da aplicação de esparadrapo para a redução do quadro álgico.

Descritores:
Dor; Fisioterapia; Modalidades de fisioterapia; Professores; Síndromes da dor miofascial

Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 937 Cj2 - Vila Mariana, CEP: 04014-012, São Paulo, SP - Brasil, Telefones: , (55) 11 5904-2881/3959 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: dor@dor.org.br