Joint mobilization associated or not to other therapies reduces chronic musculoskeletal pain: a systematic review

Thiago dos Santos Sousa Abner Maria Ivone Oliveira Dantas Isabela Freire Azevedo-Santos Josimari Melo DeSantana Sobre os autores

RESUMO

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS:

Mobilização articular é uma técnica não farmacológica usada no tratamento da dor musculoesquelética crônica. No entanto, é controverso devido à falta de estudos que comparem seus efeitos sobre essa condição de dor. O objetivo deste estudo foi avaliar o risco de viés em ensaios clínicos que investigam o efeito da mobilização articular na dor musculoesquelética crônica.

CONTEÚDO:

Foi realizada uma busca sistematizada no Pu-bmed, Cochrane Library, ScienceDirect, Scielo, PEDro, CINAHL, SPORTDiscus, LILACS, BVS, PsycINFO, Web of Science e Scopus em setembro de 2019 com a combinação de três palavras-chave: Musculoskeletal Manipulations AND Chronic Pain AND Musculoskeletal Pain. Ensaios clínicos controlados e aleatorizados que avaliaram o uso de mobilização articular associada ou não a outras terapias no tratamento da dor muscu-loesquelética crônica foram incluídos. Foram encontrados 5587 artigos e analisados 14 estudos, incluindo 812 participantes, com idade média de 54 anos, sendo o sexo feminino o mais afetado. Nestes, a mobilização articular promoveu redução da dor em curto e longo prazo, amplitude de movimento, força e melhora da função quando utilizado isoladamente ou em associação à fisioterapia convencional. Em relação à qualidade metodológica, a maioria dos estudos foi classificada com baixo risco para seleção, desempenho, detecção e viés de relato. No item “other bias”, que considerou terapeutas com tempo de experiência e tipos de tratamento aplicados, apenas um estudo apresentou baixo risco e outro estudo apresentou risco incerto.

CONCLUSÃO:

Mobilizaç ão articular parece ser uma técnica eficaz para o tratamento da dor musculoesquelética crônica. No entanto, é necessário realizar estudos com maior qualidade metodológica, promovendo maior apoio à prática baseada em evidências.

Descritores:
Dor crônica; Dor musculoesquelética; Manipulações musculoesqueléticas

Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 937 Cj2 - Vila Mariana, CEP: 04014-012, São Paulo, SP - Brasil, Telefones: , (55) 11 5904-2881/3959 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: dor@dor.org.br