Influência de fatores biológicos e de manejo sobre o leitão na fase de maternidade

Cristina Satie Hideshima Geraldo Camilo Alberton Sergio Rodrigo Fernandes Daiane Güllich Donin Ray Nascimento Gonsalves Ana Paula Backes Félix Daniel Martins Mentges Alex Junior dos Santos Silva Altair Silveira de Farias JúniorSobre os autores

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de manejo de uniformização, ordem de nascimento (ON), peso ao nascimento (PN) e suas interações no desempenho de leitões na fase de maternidade. Porcas (n = 25) e suas leitegadas (n = 388 leitões) foram distribuídas em dois tratamentos: UNIF - uniformização de leitões entre leitegadas distintas logo após o nascimento; MBIO - leitões mantidos até 12 horas pós-parto com a mãe biológica. Nos dois tratamentos o efeito da ON foi avaliado em três grupos caracterizados pela ON de 1-6, 7-12 e ≥ 13; o efeito de PN foi avaliado em quatro grupos definidos como Muito leve, Leve, Médio e Pesado. O delineamento foi inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 × 3 × 4, totalizando 24 tratamentos com 16 leitões/tratamento, em média. O ganho de peso do nascimento até 72 horas de vida (GP72h) foi maior em MBIO. A quantidade de colostro ingerida (QCI) foi menor em leitões de ON ≥ 13. Em geral, o desempenho dos leitões aumentou em resposta ao aumento do PN. Houve interação entre manejo de uniformização e PN para QCI em relação ao peso corporal (QCIPC), que foi maior em leitões Muito leves em UNIF (27,48% PC) e menor em leitões Pesados em MBIO (16,82% PC). É possível obter bom desempenho de leitões mantendo a leitegada com a mãe biológica até 12 horas pós-parto. A quantidade de colostro ingerida em base absoluta (g) é maior, mas relativa ao peso corporal (% PC) é menor em leitões pesados.

Palavras-chave:
colostro; desmame; hiperprolificidade; manejo de uniformização; peso ao nascimento; suinocultura

Universidade Federal de Goiás Universidade Federal de Goiás, Escola de Veterinária e Zootecnia, Campus II, Caixa Postal 131, CEP: 74001-970, Tel.: (55 62) 3521-1568, Fax: (55 62) 3521-1566 - Goiânia - GO - Brazil
E-mail: revistacab@gmail.com